Processos Climáticos: Eventos característicos que ocorrem na ATMOSFERA durante interações e transformações de várias condições e componentes atmosféricos.Esclerodermia Localizada: Termo utilizado para descrever vários espessamentos assimétricos e localizados na PELE, semelhantes aos do ESCLERODERMA SISTÊMICO, porém sem as características da doença nos diversos órgãos internos e VASOS SANGUÍNEOS. As lesões podem ser caracterizadas como crostas ou placas (morfeias), bandas (lineares) ou nódulos.Testa: Porção da cabeça humana entre as arcadas superciliares e o início do couro cabeludo.Hemiatrofia Facial: Síndrome caracterizada por atrofia unilateral lentamente progressiva da gordura subcutânea facial, tecido muscular, pele, cartilagem e osso. O estado progride tipicamente por um período de 2 a 10 anos e tende a se estabilizar.Instituições Acadêmicas: Instituições educacionais.Proteínas com Domínio LIM: Grande classe de proteínas estruturalmente relacionadas que contêm um ou mais domínios de dedos de zinco LIM. Muitas das proteínas desta classe estão envolvidas em processos de sinalização intracelular e medeiam seus efeitos por meio dos domínios das interações proteína-proteína. O nome LIM é derivado das três proteínas em que o motivo foi encontrado pela primeira vez: LIN-11, Isl1 e Mec-3.Dermatoses do Couro CabeludoFelidae: Família de gatos (order CARNIVORA) composta por carnívoros terrestres musculosos, tórax profundo, com estilo de vida muito predatório.Botsuana: República na África austral, entre a NAMÍBIA e a ZÂMBIA. Foi chamada antigamente Bechuanalândia. Sua capital é Gaborone. O Deserto de Kalahari está a oeste e sudoeste.Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Ração Animal: Produtos alimentícios usados para animais domésticos, de laboratório ou para o gado.Egito: País ao norte da África, limitado pelo Mar Mediterrâneo, entre a Líbia e a Faixa de Gaza, e pelo Mar Vermelho, ao norte do Sudão e inclui a parte asiática da Península do Sinai. Sua capital é Cairo.Inundações: 1) Fenômenos aquosos de estabelecimento repentino com diferentes velocidades de ocorrência. Incluem inundações instantâneas, enchentes sazonais de rios, e enchentes costeiras associadas a TEMPESTADES CICLÔNICAS, ONDAS DE MARÉ e ondas de tempestade. 2) Transbordamento de água do leito normal de um rio ou acúmulo de água, por drenagem, em áreas não habitualmente submersas (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992). Podem ser repentinas (CHEIA REPENTINA) ou de subida lenta.Mali: País na África ocidental, a leste da MAURITÂNIA e ao sul da ARGÉLIA. Sua capital é Bamako. Entre 1904-1920 era conhecida como Alto Senegal-Níger; antes de 1958, como Sudão Francês; entre 1958-1960 como a República Sudanesa e entre 1959-1960 juntou-se ao Senegal na Federação Mali. Tornou-se uma república independente em 1960.Lagos: 1)Corpos continentais de ÁGUA DOCE ou salgada parada ou em movimento calmo, maiores do que lagoas, e abastecidas por águas de RIOS e córregos. 2)Massa continental de águas superficiais de extensão considerável.Livros RarosLivros de Texto como Assunto: Livros usados no estudo de um assunto que contém uma apresentação sistemática dos princípios e vocabulário de um assunto.Internato e Residência: Programas de treinamento em medicina e especialidades médicas oferecidos por hospitais para graduados em medicina para ir de encontro às exigências estabelecidas por autoridades competentes.Internato não Médico: Programas avançados de treinamento para responder a certas exigências em outros campos que não a medicina ou a odontologia, por exemplo, a farmacologia, a nutrição, a enfermagem, etc.BolíviaMagnetometria: Medida de vários aspectos dos CAMPOS MAGNÉTICOS.EquadorInvestimentos em Saúde: Recursos de natureza financeira destinados à manutenção ou melhoria do sistema de saúde, visando rendimento ou lucro. (Depto. Práticas em Saúde Pública - FSP/USP, para Investimentos em Saúde)Tempo (Meteorologia): Estado da ATMOSFERA no período de minutos até meses.Desastres: 1) Calamidades que produzem grandes danos, perda de vidas e desgraça. Incluem aquelas que são resultados de fenômenos naturais e de fenômenos originados pelo homem. As condições normais de existência são interrompidas e o nível de impacto supera a capacidade da comunidade afetada. 2) Resultado de eventos adversos, naturais ou provocados pelo homem, sobre um ecossistema vulnerável, causando danos humanos, materiais e ambientais e consequentes prejuízos econômicos e sociais. Os desastres classificam-se quanto à Evolução, Intensidade e Tipologia. Quanto à Evolução, podem ser: Súbitos ou de Evolução Aguda, de Evolução Crônica e Gradual e Por Somação de Efeitos Graduais. A intensidade do desastre é definida, em termos absolutos, a partir da proporção entre necessidade/possibilidade de meios disponíveis na área, para responder ao problema. Dessa forma, caracterizam-se: Acidentes, quando os danos e os prejuízos são de pouca importância; Desastres de Médio Porte, quando solucionados com recursos locais; Desastres de Grande Porte, quando exigem reforço de recursos regionais e algum apoio central; Desastres de Muito Grande Porte, quando exigem a intervenção coordenada dos três níveis do Sistema Nacional de Defesa Civil. Quanto à Tipologia, classificam-se: a) Natural, provocado por fenômenos e desequilíbrios da natureza e gerados por fatores de origem externa que atuam independentemente das ações humanas; b) Humano, provocado pelas ações ou omissões do homem, de origem interna, enquanto resultante da atividade humana, provocadora de desajustes políticos ou sociais, de desequilíbrios ambientais ou da redução de padrões de segurança coletiva; c) Misto, quando as ações ou omissões humanas contribuem para intensificar ou complicar os efeitos dos desastres naturais (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Mudança Climática: 1) Qualquer alteração significativa nas medidas do clima (tais como temperatura, precipitação ou ventos) que dura por um período extenso (décadas ou mais). Pode resultar de fatores naturais como mudanças na intensidade do sol, processos naturais dentro do sistema de climas terrestres como mudanças na circulação oceânica, ou de atividades humanas (MeSH). 2) Mudança observada no clima, em uma escala global, regional ou sub-regional, causado por processos naturais e/ou atividade humana. (Material II - IDNDR, 1992)Clima: Manifestações a longo prazo do TEMPO (METEOROLOGIA). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Brasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Homeostase: Processo por meio do qual o meio ambiente interno tende a permanecer estável e equilibrado.TextbooksAcidentes de Trânsito: Acidentes em ruas, estradas e rodovias envolvendo condutores, passageiros, pedestres ou veículos. Estes acidentes referem-se a AUTOMÓVEIS (carros para passageiros, ônibus e caminhões), BICICLETAS e MOTOCICLETAS, mas não VEÍCULOS RECREACIONAIS A MOTOR, FERROVIAS nem veículos para neve.Hospitais Universitários: Hospitais mantidos por uma universidade para o ensino médico de estudantes, pós-graduandos e para pesquisa clínica.LivrosFatores de Troca do Nucleotídeo Guanina: Fatores proteicos que promovem a troca de ligações de GTP por GDP de PROTEÍNAS LIGADAS AO GTP.Seleção de LivrosResenhas de Livros como Assunto: Análises críticas de livros ou de outros trabalhos monográficos.Proteínas de Drosophila: Proteínas que se originam a partir de espécies de insetos pertencendo ao gênero DROSOPHILA. As proteínas da espécie de Drosophila mais intensamente estudadas, a DROSOPHILA MELANOGASTER, são objeto de muito interesse na área da MORFOGÊNESE e desenvolvimento.União Europeia: A designação coletiva de três organizações com associação comum: a Comunidade Econômica Europeia (Mercado Comum), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço e a Comunidade de Energia Atômica Europeia (Euratom). Era conhecida como a Comunidade Europeia até 1994. É principalmente uma união econômica com os objetivos principais de movimentar livremente bens, capital e trabalho. Serviços profissionais, sociais, médicos e paramédicos estão incluídos dentro do trabalho. Os países constituintes são a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Energia Solar: Energia transmitida pelo sol na forma de radiação eletromagnética.Fontes Geradoras de Energia: Materiais ou fenômenos que fornecem energia diretamente ou por meio de conversão.Hemoglobinas: Proteínas carreadoras de oxigênio dos ERITRÓCITOS. São encontradas em todos os vertebrados e em alguns invertebrados. O número de subunidades de globina na estrutura quaternária da hemoglobina difere entre as espécies. As estruturas variam de monoméricas a uma vasta possibilidade de arranjos multiméricos.Europa (Continente)AMP Cíclico: Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.National Library of Medicine (U.S.): Agência do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.) envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes ao avanço das ciências médicas e relacionadas. A maioria de suas atividades inclui a coleção, disseminação e troca de informação importante para o progresso da medicina e da saúde, pesquisa em informática médica e apoio para o desenvolvimento de biblioteca médica.Face: Parte anterior da cabeça que inclui a pele, os músculos e as estruturas da fronte, olhos, nariz, boca, bochechas e mandíbula.Montanhismo: Esporte envolvendo técnicas de escalada de montanha.Doença da Altitude: Sintomas múltiplos associados com concentração reduzida de oxigênio em grande ALTITUDE.Qualidade de Vida: Conceito genérico que reflete um interesse com a modificação e a aprimoramento dos componentes da vida, ex. ambiente físico, político, moral e social; a condição geral de uma vida humana.Altitude: Distância vertical medida entre um objeto e um nível conhecido na superfície de um planeta ou outro corpo celeste.Intuição: Conhecimento ou compreensão que ocorrem sem o uso consciente do raciocínio.Planetas: Corpos celestes queorbitam ao redor do sol ou de outras estrelas.Saúde Ambiental: 1) Ciência que controla ou modifica as condições, influências ou forças que rodeiam o ser humano que se relacionam a promover, estabelecer e manter a saúde. (MeSH). 2) Refere-se ao controle de todos os processos, influências e fatores físicos, químicos e biológicos que exercem ou podem exercer, direta ou indiretamente, efeito significativo sobre a saúde e bem-estar físico e mental do homem e sua sociedade.Poluição Ambiental: Contaminação do ar, corpos d'água ou territórios com substâncias que são danosas à saúde humana e ao ambiente.Terra (Planeta): Planeta que é o terceiro a partir do sol. É um dos quatro planetas internos ou terrestres do SISTEMA SOLAR.