1) Predição ou projeção da natureza de problemas futuros ou condições existentes baseadas na extrapolação ou interpretação de dados científicos existentes ou por aplicação de metodologia científica. (MeSH) 2) Declaração da hora, lugar e magnitude esperada, de um evento futuro (para terremotos, erupções vulcânicas, etc.) (Material II - IDNDR, 1992).
Estado da ATMOSFERA no período de minutos até meses.
Manifestações a longo prazo do TEMPO (METEOROLOGIA). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)
1) Ciência que estuda as características da atmosfera, tais como sua temperatura, densidade, ventos, nuvens, precipitações, e outros fenômenos atmosféricos, que objetiva considerar o tempo climático em termos de influências externas e de acordo com as leis básicas da física (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed). 2) Ciência que estuda os fenômenos que se produzem na atmosfera, suas causas e seus mecanismos.
Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.
Quaisquer variações no aparecimento da energia liberada (output) pelo sol.
1) Qualquer alteração significativa nas medidas do clima (tais como temperatura, precipitação ou ventos) que dura por um período extenso (décadas ou mais). Pode resultar de fatores naturais como mudanças na intensidade do sol, processos naturais dentro do sistema de climas terrestres como mudanças na circulação oceânica, ou de atividades humanas (MeSH). 2) Mudança observada no clima, em uma escala global, regional ou sub-regional, causado por processos naturais e/ou atividade humana. (Material II - IDNDR, 1992)
Materiais viscosos constituidos de compostos complexos e de massa (weight) molecular elevada, obtidos da destilação do petróleo ou da destilação destrutiva da madeira ou do carvão.
Objetos inanimados que ficam encerrados no corpo.
Afeição; em psiquiatria, geralmente refere-se ao prazer, particularmente no que se aplica às experiências gratificantes entre indivíduos.
Técnica de entrada de imagens bidimensionais em um computador e então realçar ou analisar a imagem em uma forma que é mais útil ao observador humano.
Procedimento constituído por uma sequência de fórmulas algébricas e/ou passos lógicos para se calcular ou determinar uma dada tarefa.
Programas e dados operacionais sequenciais que instruem o funcionamento de um computador digital.
Ociosidade involuntária daqueles que estão dispostos a trabalhar e não encontram quem os empregue. (Houaiss, 2001)
Produtos resultantes da conversão de uma linguagem a outra.
Conversão de uma linguagem para outra linguagem.
Aqueles aspectos ou características que identificam uma cultura.
Meio, verbal ou não verbal, de comunicar ideias ou sentimentos.
Projeto, desenvolvimento, fabricação e operação de AERONAVES mais pesadas que o ar.
A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.
Sequências de DNA altamente repetitivas encontradas na HETEROCROMATINA, principalmente próximo aos centrômeros. São compostos por sequências simples (muito curtas) (veja REPETIÇÕES MINISSATÉLITES) repetidas em sequência por várias vezes para formar grandes blocos de sequência. Adicionalmente, após o acúmulo de mutações, esses blocos de repetições foram repetidos um após o outro. O grau de repetição é da ordem de 1000 a 10 milhões em cada locus. Os locus são poucos, geralmente um ou dois por cromossomo. Eles são chamados satélites visto que em gradientes de densidade, eles frequentemente sedimentam como distintas bandas satélites separadas do conjunto de DNA genômico possuindo uma BASE DE COMPOSIÇÃO distinta.
Plano financeiro detalhado usado na execução de atividades especificas por um determinado período de tempo; inclui recursos propostos e gastos.
Forma de entretenimento interativo no qual o jogador controla imagens geradas eletronicamente exibidas em uma tela de vídeo. Isto inclui os jogos de 'videogame' jogados em casa, em máquinas especiais ou em computadores caseiros, e aqueles jogados em fliperamas.
Plataformas que fornecem a habilidade e as ferramentas para criar e publicar informação acessada via INTERNET. Geralmente, estas plataformas possuem três características com conteúdo gerado pelo usuário, alto grau de interação entre o criador e o usuário e facilmente integrado com outros sites.
O ato ou prática de chamar a atenção pública para um produto, serviço, necessidade, etc., especialmente por anuncios pagos em jornais, revistas, no rádio ou na televisão.
Bebida feita dos grãos do CAFÉ (SEMENTES) em infusão em água quente. Geralmente contém CAFEÍNA e TEOFILINA, a menos que seja descafeinado.
Indivíduos conectados por família, trabalho ou outros interesses. Também inclui a conectividade facilitada por comunicações baseadas em computador.
O intercâmbio de bens ou artigos, especialmente em uma larga escala, entre países diferentes ou entre populações dentro do mesmo país. Inclui comércio (a compra, venda ou troca de artigos no atacado ou varejo) e negócios (a compra e venda de bens para obter lucro).
Uso de diário pessoal mantido na INTERNET que pode consistir de reflexões, comentários e, com frequência, 'hyperlinks'.
Local ou localização física do trabalho ou emprego.
Ciência da utilização, distribuição e consumo de serviços e materiais.
Uso de mamadeiras para alimentação. Aplica-se a humanos e animais. Corresponde à alimentação de lactantes com leite não humano. A expressão "alimentação artificial" pode ser também usada para alimentação de adultos em condições especiais, por ex. no pós-operatório.
Hormônio pancreático de 51 aminoácidos que desempenha um papel fundamental no metabolismo da glucose, suprimindo diretamente a produção endógena de glucose (GLICOGENÓLISE, GLUCONEOGÊNESE) e indiretamente a secreção de GLUCAGON e a LIPÓLISE. A insulina nativa é uma proteína globular composta por um hexâmero coordenado de zinco. Cada monômero de insulina contém duas cadeias, A (21 resíduos) e B (30 resíduos), ligadas entre si por duas pontes dissulfeto. A insulina é usada para controlar o DIABETES MELLITUS TIPO 1.
Atividades relacionadas com políticas governamentais, funções governamentais, etc.
Contribuição monetária exigida pelos poderes públicos sobre propriedades, heranças, doações, bens, etc.
Total pago pela organização ou instituição de saúde pelos medicamentos. É um componente do preço final que é repassado ao consumidor (TAXAS, TAXAS DE PRESCRIÇÃO OU FARMACÊUTICA).
Número de indivíduos por unidade de espaço.
Estações do ano: Divisões do ano de acordo com algum fenômeno regularmente recorrente, geralmente astronômico ou climático. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed) Variações sazonais: Diferenças sazonais na ocorrência de eventos vitais.
A mais comum e menos grave das micoses profundas, caracterizada por lesões nodulares de tecidos cutâneos e subcutâneos. Ela é causada pela inalação de poeira contaminada ou pela infecção de um ferimento.
Extensão de água circundada em sua grande maioria por terra, geralmente menor que um golfo e que possui acesso ao mar.
Gênero de plantas (família BROMELIACEAE) cujos membros contêm caratasina e balansaína (ENDOPEPTIDASES) e BROMELAÍNAS.
Transmissão de informações a distância por meios eletrônicos.
Medida quantitativa da frequência média que artigos em uma revista científica foram citados (por outros artigos) em um determinado período de tempo.
Ingestão de quantidade excessiva de alimento em um curto intervalo de tempo, como se observa no transtorno da BULIMIA NERVOSA. É causado por um desejo anormal por alimento ou fome insaciável, também conhecida como "fome de touro" (ox hunger).
Oferta dos serviços de saúde por telecomunicação remota. Inclui os serviços de consulta e de diagnóstico interativos.
Sistema que contém qualquer combinação de computadores, terminais de computador, impressoras, dispositivos de exibição auditivos ou visuais ou telefones interconectados por equipamento de telecomunicações ou cabos: usados para transmitir ou receber informação.
Dispositivo de comunicações analógica ou digital em que o usuário tem uma conexão sem fios de um telefone para um transmissor próximo. É denominado celular porque a área de serviço é dividida em múltiplas "células" . Assim como os movimentos do usuário são transferidos de uma área celular para outra, a chamada é transferida ao transmissor local.