Lactoglobulinas: Globulina que ocorre no SORO DO LEITE.Moringa oleifera: Espécie de plantas (família Moringaceae, ordem Capparales, subclasse Dilleniidae) fonte de niaziminina e dos glicosídeos tiocarbamato hipotensivos.Moringa: Gênero de plantas (família MORACEAE, ordem Capparales, subclasse Dilleniidae e classe Magnoliopsida).Punicaceae: Família pequena de plantas (ordem Myrtales, subclasse Rosidae, classe Magnoliopsida) com apenas um gênero.Envelhecimento da Pele: Processo de envelhecimento devido a alterações na estrutura e na elasticidade da pele ao longo do tempo. Pode ser parte do envelhecimento fisiológico ou ser devido aos efeitos da radiação ultravioleta, geralmente por exposição à luz solar.Cosméticos: Substâncias [produzidas] com a intenção de serem aplicadas no corpo humano para limpeza e embelezando, promovendo atratividade ou alterando a aparência, sem afetar a estrutura ou as funções do corpo. Estão incluídas nesta definição os cremes para pele, loções, perfumes, batons, esmaltes para unha, preparações para maquiagem facial e dos olhos, ondas permanentes, cores de cabelo, cremes dentais, desodorizantes, bem como qualquer material dirigido para uso como componente de um produto cosmético.PortugalBeleza: Características ou atributos das pessoas ou coisas que provocam sentimentos prazerosos.Ouro: Elemento metálico amarelo, cujo símbolo atômico é Au (número atômico 79 e massa atômica 197). É utilizado em joias, para banhar outros metais, como moeda e em restaurações dentárias. Em muitas de suas aplicações clínicas, por exemplo como ANTIRREUMÁTICOS, encontra-se na forma de sais.Proteínas do Leite: Principais constituintes proteicos do leite são as CASEÍNAS e proteínas do soro do leite, como LACTALBUMINA e LACTOGLOBULINAS. As IMUNOGLOBULINAS aprecem em altas concentrações no COLOSTRO e em relativamente baixas concentrações no leite. (Tradução livre do original: Singleton and Sainsbury, Dictionary of Microbiology and Molecular Biology, 2d ed, p554)Unified Medical Language System: Programa de pesquisa e desenvolvimento iniciado pela NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE para construir fontes de conhecimento para auxiliar o desenvolvimento de sistemas que ajudem aos profissionais da saúde a recuperar e integrar as informações biomédicas. As fontes do conhecimento podem ser utilizadas para integrar informações discrepantes para compensar os problemas de recuperação devidos a diferenças de terminologia e dispersão das informações relevantes nos diversos bancos de dados. As três fontes de conhecimento são: o Metathesaurus, o Semantic Network e o Specialist Lexicon.Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.Métodos: Série de etapas a adotadas para realizar uma pesquisa.Reoperação: Operação refeita para a mesma doença, no mesmo paciente, devido à evolução ou recidiva da doença, ou como acompanhamento de cirurgia anterior que não atingiu seu objetivo.Caseínas: Mistura de fosfoproteínas relacionadas presentes no leite e queijo. O grupo é caracterizado como uma das proteínas mais nutritivas do leite, contendo todos os aminoácidos mais comuns e rica naqueles aminoácidos essenciais.Insulisina: Enzima que catalisa a degradação de insulina, glucagon e outros polipeptídeos. É inibida por bacitracina, pelos agentes quelantes EDTA e 1,1, o-fenantrolina, e pelos reagentes bloqueadores de tiol, tais como N-etilmaleimida, mas não fosforamidon. (Tradução livre do original: Eur J Biochem 1994;223:1-5) EC 3.4.24.56.Leite Humano: Líquido branco secretado pelas glândulas mamárias da mulher. Contém proteínas, açúcar, lipídeos, vitaminas e minerais.Pioderma Gangrenoso: Doença severamente debilitante, idiopática e de evolução rápida, mais comumente encontrada em associação com colite ulcerativa crônica. É caracterizada pela presença de úlceras púrpuras, pantanosas com margens pouco delimitadas, que surgem principalmente nas pernas. A maioria dos casos ocorre em pessoas entre os 40 e 60 anos de idade. A etiologia é desconhecida.Calcificações da Polpa DentáriaTranstornos da Nutrição Fetal: Transtornos causados por desequilíbrio nutricional, tanto supernutrição ou desnutrição, no FETO, no útero.Intolerância à Lactose: Afecção resultante da ausência ou deficiência de LACTASE nas CÉLULAS DA MUCOSA do TRATO GASTROINTESTINAL e incapacidade para quebrar a LACTOSE do leite para ABSORÇÃO. A fermentação bacteriana da lactose não absorvida leva a sintomas que variam desde indigestão moderada (DISPEPSIA) a DIARREIA grave. A intolerância à lactose pode ser um defeito congênito ou adquirido.Aleitamento Materno: Amamentação de um lactente no peito da mãe.Compostos de Zinco: Compostos inorgânicos que contêm zinco como parte integral da molécula.Zinco: Elemento metálico com número atômico 30 e peso atômico 65,38. Este elemento é necessário na dieta, formando uma porção essencial de muitas enzimas e exercendo um importante papel na síntese de proteína e divisão celular. A deficiência de zinco está associada com ANEMIA, estatura baixa, HIPOGONADISMO, prejudica a CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS e geofagia. É conhecido pelo símbolo Zn.Ração Animal: Produtos alimentícios usados para animais domésticos, de laboratório ou para o gado.Cloretos: Compostos inorgânicos derivados do ácido clorídrico que contêm o íon Cl-.Hexaclorofeno: Antisséptico bisfenol clorado com ação bacteriostática contra organismos Gram-positivos, porém com menor eficácia contra organismos Gram-negativos. É amplamente utilizado em sabonetes e cremes, sendo um ingrediente em várias preparações utilizadas em distúrbios dermatológicos.Hidrolisados de ProteínaChá: Infusão de folhas de CAMELLIA SINENSIS (anteriormente chamada Thea sinensis) como uma bebida (o familiar chá asiático) que contém CATEQUINA (especialmente epigalocatequina) e CAFEÍNA.Mundo Romano: Entidade histórica e cultural espalhada através de uma extensa área geográfica, sob o domínio político e influência da Roma antiga, trazendo ao povo subjugado a civilização e cultura romanas de 753 a.C. até o início do governo imperial de Augustus em 27 a.C. A cidade primitiva construída nas sete colinas cresceu para tomar a Sicília, Sardenha, Cartagena, Gália, Espanha, Grã-Bretanha, Grécia, Ásia Menor, etc., e estendeu-se finalmente da Mesopotâmia ao Atlântico. A medicina romana estava quase totalmente em mãos gregas, mas Roma, com seu sistema hídrico superior, permanece um modelo de saneamento e higiene. (Tradução livre do original: A. Castiglioni, A History of Medicine, 2d ed pp196-99; from F. H. Garrison, An Introduction to the History of Medicine, 4th ed, pp107-120)Reino UnidoMama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.Aloe: Gênero de plantas da família Aloeaceae, ordem Liliales (ou Asphodelaceae, Asparagales no sistema APG), usadas medicinalmente. Contém glicosídeos de antraquinona, como aloína-emodina ou aloe-emodina (EMODINA).Nácar: Biomineral que consiste de camadas de CARBONATO DE CÁLCIO cristalizadas separadas por camadas interlamelares de matriz orgânica contendo beta-QUITINA e circundadas por uma membrana orgânica intercristalino de fibroína de seda. O nácar é a substância iridescente mais conhecida como madrepérola secretada por MOLUSCOS.Frequência Cardíaca: Número de vezes que os VENTRÍCULOS CARDÍACOS se contraem por unidade de tempo, geralmente por minuto.CorticosteroidesCefaleia: Sintoma de DOR na região craniana. Pode ser uma ocorrência ou manifestação benigna isolada de uma ampla variedade de TRANSTORNOS DA CEFALEIA.Consumo de Bebidas Alcoólicas: Comportamentos associados à ingestão de bebidas alcoólicas, incluindo o ato de beber em situações sociais.Policitemia Vera: Transtorno mieloproliferativo de etiologia desconhecida, caracterizado por proliferação anormal de todos os elementos da medula óssea hematopoética e um aumento absoluto na massa das células vermelhas e volume sanguíneo total, associado frequentemente com esplenomegalia, leucocitose e trombocitemia. A hematopoese é também reativa em sítios extramedulares (fígado e baço). Com o tempo, ocorre mielofibrose.