Cério: Elemento químico da família de terras-raras. Possui símbolo atômico Ce, número atômico 58 e peso atômico 140,12. O cério é um metal maleável com aplicações industriais.Isótopos de Cério: Átomos de cério estáveis que possuem o mesmo número atômico que o elemento cério, porém diferem em relação ao peso atômico. Ce-136, 138 e 142 são isótopos de cério estáveis.Isótopos: Espécies atômicas que diferem quanto ao número de massa, porém apresentam o mesmo número atômico.Radioisótopos de Cério: Isótopos de cério instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de cério com pesos moleculares 132-135, 137, 139 e 141-148 são radioisótopos de cério.Marcação por Isótopo: Técnicas para marcação de uma substância com um isótopo estável ou radioativo. Não é utilizada para condições envolvendo substâncias marcadas a menos que o método de marcação seja substancialmente discutido. Os traçadores que podem ser marcados incluem substâncias, células ou microrganismos.Nanopartículas Metálicas: Nanopartículas produzidas de metais cuja utilização estão os biossensores, ópticos e catalizadores. Nas aplicações biomédicas, as partículas geralmente são envolvidas em metais nobres, especialmente ouro e prata.Metais Terras Raras: Grupo de elementos que incluem escândio, ítrio e os ELEMENTOS DA SÉRIE DOS LANTANOIDES. Historicamente, os metais terrosos raros foram assim denominados por não serem encontrados em sua forma elementar pura, mas como óxidos (além disso, sua purificação era muito difícil). Eles não são realmente raros e compreendem cerca de 25 por cento dos metais na crosta terrestre.Isótopos de Nitrogênio: Átomos de nitrogênio estáveis que possuem mesmo número atômico que o elemento nitrogênio, porém diferem em relação ao peso atômico. N-15 é um isótopo estável do nitrogênio.TiadiazinasIsótopos de Carbono: Átomos de carbono que possuem o mesmo número atômico que o elemento carbono, porém diferem quanto ao peso atômico. C-13 é um isótopo de carbono estável.Praseodímio: Praseodímio. Um elemento da família de terras raras (lantanídeos). Possui símbolo atômico Pr, número atômico 59 e peso atômico 140,91.Metais Leves: Metais com baixa densidade, normalmente menor que 5, caracterizados por uma única valência (1, 2 ou 3). Compostos incolores, com um espectro simples e intensa força eletromotora (positiva).Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Alcaloides de Claviceps: Alcaloides originalmente isolados do fungo da espécie Claviceps purpurea (Hypocreaceae). Entre eles estão os compostos estruturalmente relacionados com a ergolina (ERGOLINAS) e a ergotamina (ERGOTAMINAS). Muitos dos alcaloides de Claviceps agem como antagonistas alfa-adrenérgicos.Elementos: Substâncias que compõem toda a matéria. Cada elemento é formado de átomos que são idênticos em número de elétrons, prótons e carga nuclear, mas podem ser diferentes em massa ou número de nêutrons.Microscopia de Força Atômica: Tipo de microscopia de varredura por sonda, na qual uma sonda montada sistematicamente na superfície da amostra que está sendo varrida em um padrão rastreado. A posição vertical é registrada como uma mola fixada a uma sonda que sobe e cai em resposta aos picos e vales da superfície. Estas deflexões produzem um mapa topográfico da amostra.Esteróis: Esteróis com um grupo hidroxila no carbono 3, e a maior parte do esqueleto do colestano. Átomos de carbono adicionais podem estar presentes na cadeia lateral.Propriedade: Relação legal entre uma entidade (indivíduo, grupo, corporação, com fins lucrativos, laica, governo) e um objeto. O objeto pode ser corpóreo, como um equipamento, ou uma criação do direito, como uma patente; pode ser móvel, como um animal, ou imóvel, como um edifício.Plutônio: Plutônio. Um elemento radioativo natural da série dos actinídeos metálicos. Seu símbolo atômico é Pu, seu número atômico 94 e seu peso atômico 242. Plutônio é utilizado como combustível natural, na produção de radioisótopos para pesquisa, em baterias radionuclídicas de marca-passos e como agente de fissão em armamentos nucleares.Plutão: Nono planeta [contado] na ordem a partir do sol. É um dos cinco planetas externos do sistema solar. Seu único satélite natural é Charon.Urânio: Urânio. Um elemento radioativo da série dos actinídeos metálicos. Seu símbolo atômico é U, seu número atômico 92, e seu peso atômico 238,03. U-235 é utilizado como combustível de fissão nuclear em armas e reatores nucleares.PortugalPoluentes Radioativos: Substâncias radioativas que agem como poluentes. Incluem compostos químicos cuja radiação é liberada via lixo radioativo, acidentes nucleares, sobras de explosões nucleares e similares.Silicatos: O termo genérico para os sais derivados da sílica ou do ácido silícico. Contêm silício, oxigênio e um ou mais metais, além de poderem conter hidrogênio. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th Ed)Cristalização: Formação de substâncias cristalinas a partir de soluções ou fusões. (tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Compostos de Alúmen: Compostos de sulfato de alumínio metálico usados medicamente como adstringente além de outros propósitos industriais. São usados em medicina veterinária no tratamento de estomatite ulcerativa, leucorreia, conjuntivite, faringite, metrite e ferimentos leves.Silicatos de Magnésio: Termo genérico para uma variedade de compostos que contêm silício, oxigênio, magnésio e que podem conter hidrogênio. São exemplos de silicatos de magnésio o TALCO e alguns tipos de ASBESTOS.Cimento de Silicato: Material para restaurações, relativamente duro, translúcido, usado basicamente nos dentes anteriores.Evolução Fatal: Morte resultante da presença de uma doença em um indivíduo, como mostrado por um único caso relatado ou um número limitado de pacientes. Deve ser diferenciado de MORTE, a interrupção fisiológica da vida e de MORTALIDADE, um conceito epidemiológico ou estatístico.Água: Líquido transparente, inodoro e insípido que é essencial para a maioria dos animais e vegetais, além de ser um excelente solvente para muitas substâncias. A fórmula química é óxido de hidrogênio (H2O). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Legislação Veterinária: Leis e regulamentos, relativos ao campo da medicina veterinária, propostos para aprovação ou aprovados por um corpo legislativo.Militares: Pessoas (incluindo soldados) envolvidas com as forças armadas.Medicina Militar: A arte e a ciência da medicina, que inclui, em particular, cuidados críticos, cirurgia de emergência e traumatologia aplicadas em situações de feridos em massa, condições nas frentes de batalha e no atendimento às necessidades dos soldados.Hospitais Militares: Hospitais que prestam assistência a pessoal militar e usualmente a seus dependentes.Instalações Militares: Áreas designadas para uso pelo pessoal das forças armadas.Fita Cirúrgica: Tira plana e flexível de material usado para cobrir ou fixar tecido lesionado.Psiquiatria Militar: O ramo da psiquiatria voltado para os problemas relacionados à prevenção, diagnóstico, etiologia e tratamento dos transtornos mentais ou emocionais dos integrantes das Forças Armadas.Atitude: Predisposição adquirida e duradoura que age sempre do mesmo modo diante de uma determinada classe de objetos, ou um persistente estado mental e/ou neural de prontidão para reagir diante de uma determinada classe de objetos, não como eles são, mas sim como são concebidos.Quercetina: Flavonol amplamente distribuído em plantas. É um antioxidante como muitos outros compostos heterocíclicos fenólicos. Entre as formas glicosiladas estão RUTINA e quercetrina.Viscum album: Espécie de planta da família VISCACEAE, ordem Santales, subclasse Rosidae. É o tradicional visco da literatura e do Natal. Os membros contêm viscotoxina (5 kDa de polipeptídeos básicos relacionados às tioninas), lectina II específica de beta-galactosídeo e N-acetil-galactosamina (60 kDa) e polissacarídeos. A lectina I do visco é uma proteína inativadora de ribossomo do tipo 2. Entre os extratos comerciais estão Plenosol, Eurixor, Helixor Isorel, Iscador e NSC 635089 (ANTINEOPLÁSICOS FITOGÊNICOS).Atitude do Pessoal de Saúde: Atitudes do pessoal de saúde em relação a seus pacientes, a outros profissionais, em relação ao sistema de atendimento médico, etc.Atitude Frente à Saúde: Atitudes do público em relação à saúde, doença e sistema de atendimento médico.Luteolina: 5,7,3',4'-tetra-hidroxi-flavona, uma das FLAVONAS.Listas de Espera: Lista de pacientes prováveis para consultas ou tratamentos.Ácido Clorídrico: Ácido altamente corrosivo, geralmente utilizado como reagente em laboratório. É formado pela dissolução do cloreto de hidrogênio em água. O ÁCIDO GÁSTRICO é o ácido clorídrico que faz parte do SUCO GÁSTRICO.Fricção: Resistência ao movimento de um corpo (envolvendo deslizamento, rolagem, ou fluxo) em relação a outro, devido às características das superfícies em contato.Substâncias Explosivas: Substâncias energeticamente instáveis que podem gerar uma expansão súbita de material, denominada explosão, acompanhada de calor, pressão e ruído. Outras coisas que foram descritas como explosivas e que não foram incluídas aqui são o aquecimento da ação do laser, o comportamento humano, surtos epidêmicos súbitos ou rápido crescimento celular.Vestuário: Tecido ou outro material utilizado para cobrir o corpo.Carbonato de Cálcio: Sal de cálcio do ácido carbônico (CaCO3). Existe na natureza na forma de cristal ou pó inodoro e insípido. É utilizado terapeuticamente como um tampão fosfato em tratamentos de hemodiálise e como suplemento de cálcio.Vestíbulo do Labirinto: Câmara óssea (oval) da orelha interna, parte do labirinto ósseo. Continua-se anteriormente com a CÓCLEA óssea e posteriormente com os CANAIS SEMICIRCULARES. O vestíbulo contém dois sacos intercomunicantes (utrículo e sáculo) do aparelho de equilíbrio. A janela oval (na parede lateral) é ocupada pela base do ESTRIBO da ORELHA MÉDIA.África do Sul: República ao sul da África, a parte mais austral da África. Possui três capitais: Pretoria (administrativa), Cidade do Cabo (legislativa) e Bloemfontein (jurídica). É oficialmente a República da África do Sul desde 1960, e foi chamada de União da África do Sul entre 1910 e 1960.Complexo de Golgi: Pilha de vesículas achatadas que funcionam no processo pós-traducional e escolha de proteínas, recebendo-as do RETÍCULO ENDOPLÁSMICO rugoso e dirigindo-as para vesículas secretórias, LISOSSOMOS ou MEMBRANA CELULAR. O movimento das proteínas ocorre pela transferência de vesículas que brotam do retículo endoplasmático rugoso ou complexo de Golgi e se fundem com o Golgi, com os lisossomos ou com a membrana celular.Estômatos de Plantas: Aberturas que se fecham na epiderme das plantas sobre a face inferior das folhas. Permitem as trocas gasosas entre os tecidos internos da planta e a atmosfera.Hospitais Universitários: Hospitais mantidos por uma universidade para o ensino médico de estudantes, pós-graduandos e para pesquisa clínica.Método Duplo-Cego: Método de estudo sobre uma droga ou procedimento no qual ambos, grupos estudados e investigador, desconhecem quem está recebendo o fator em questão. (Tradução livre do original: Last, 2001)