Indústria Alimentícia: Indústria preocupada com o processamento, preparo, preservação, distribuição e o ato de servir comidas e bebidas.Indústria de Processamento de Alimentos: Os empreendimentos produtivos preocupados com o processamento de alimentos.Alimentos: Qualquer substância tomada pelo corpo que proporciona nutrição.Microbiologia de Alimentos: Presença de bactérias, vírus e fungos em alimentos e produtos alimentícios. Esse termo não se restringe a organismos patogênicos: a presença da várias bactérias e fungos não patogênicos em queijos e vinhos, por exemplo, está incluída neste conceito.Indústrias: Qualquer empreendimento centralizado no processamento, montagem, produção ou negociação de uma linha de produtos, serviços, mercadorias em uma determinada área em particular, que com frequência recebe seu nome pelo produto principal. Exemplos incluem as indústrias de automóveis, da música, de editoras, de seguros e indústrias têxteis.Rotulagem de Alimentos: Uso de materiais escritos, impressos ou gráficos juntamente com um alimento ou sua embalagem ou envoltório. Inclui, entre outras informações, os ingredientes, VALOR NUTRITIVO, orientação sobre uso, advertências e outras informações relevantes.Manipulação de Alimentos: Qualquer aspecto das operações envolvidas no preparo, processamento, transporte, armazenagem, embalagem e exposição para venda, serviços ou distribuição de alimentos.Conservantes de Alimentos: Substâncias capazes de inibir, retardar ou interromper o processo de fermentação, acidificação ou outra deterioração dos alimentos.Inspeção de Alimentos: Fiscalização para verificar o cumprimento das normas de higiene na produção de alimentos.Análise de Alimentos: Medida e avaliação de componentes de substâncias ingeridas como ALIMENTO.Alimentos Naturais: Termo não médico definido pela lei pública como alimento que apresenta pouco ou nenhum conservante, que não sofreu processamento significativo, enriquecimento ou refinamento e que pode crescer sem o auxílio de praguicidas. (Tradução livre do original: Segen, The Dictionary of Modern Medicine, 1992)Abastecimento de Alimentos: Produção de alimentos e seu percurso desde o ponto de origem até o seu uso ou consumo.Tecnologia de Alimentos: Aplicação da ciência e da tecnologia para a utilização eficiente e eficaz dos alimentos para assegurar que estarão o mais disponível possível e para manter ou aumentar seu valor nutritivo e para melhorar ou modificar suas características organolépticas. Usualmente em referência à produção e preparação de alimentos em grande escala: abrange aroma, sabor, cor, textura, temperatura, preparação, cozimento, empacotamento, etc.Indústria do Tabaco: Os empreendimentos empresariais agregados da agricultura, manufatura e distribuição relacionados a tabaco e produtos derivados do tabaco.Aditivos Alimentares: Substâncias com pouco ou nenhum valor nutritivo, mas são usados no processamento ou armazenamento de alimentos ou ração animal, AROMATIZANTES, ANTI-INFECCIOSOS (tanto tópico como LOCAL), VEÍCULOS, EXCIPIENTES e outras substâncias com aplicação semelhante. Muitas dessas substâncias são EXCIPIENTES FARMACÊUTICOS quando adicionados aos medicamentos em vez de alimentos.Contaminação de Alimentos: Presença de elementos estranhos nos alimentos, por ex. substâncias químicas, micro-organismos, diluentes, que possam torná-lo nocivo ou inadequado para o consumo, durante, antes e após seu processamento ou armazenagem.Legislação sobre Alimentos: Leis e regulamentos relativos ao processamento industrial e comercialização de alimentos.Compostos de Nitrogênio: Compostos inorgânicos que contêm nitrogênio como parte integral da molécula.Indústria Farmacêutica: O segmento de empresas comerciais dedicado ao projeto, desenvolvimento e fabricação de produtos químicos para uso no diagnóstico e tratamento de doenças, deficiências ou outras disfunções ou para melhorar as funções orgânicas e corporais.Conservação de Alimentos: Procedimentos e técnicas usadas para impedir a deterioração de alimentos.Ácido Peracético: Líquido que funciona como um potente agente oxidante. Possui um odor picante e é utilizado como desinfetante.Desinfetantes: Substâncias usadas nos objetos inanimados, que destroem os microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. Os desinfetantes são classificados como completos, que destroem os ESPOROS e as formas vegetativas dos microrganismos, e incompletos, os que destroem somente as formas vegetativas dos organismos. São diferenciados dos ANTISSÉPTICOS, que são agentes anti-infecciosos locais usados nos humanos e em outros animais. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 11th ed)Política Nutricional: Diretrizes e objetivos que pertencem ao suprimento de alimentos e nutrição, incluindo recomendações para dieta saudável.Preferências Alimentares: Atitude em relação a um determinado tipo de alimento, geralmente comparado com outros alimentos, baseada em reações fisiológicas favoráveis, normas sociológicas ou sensações agradáveis.Listeria monocytogenes: Espécie de bactéria Gram-positiva, em forma de bastonete, que é amplamente distribuída na natureza. Foi isolada de esgotos, do solo, de depósitos de cereais e das fezes de animais saudáveis e do homem. A infecção por esta bactéria leva à encefalite, meningite, endocardite e aborto.Viabilidade Microbiana: Capacidade de um micróbio sobreviver abaixo de determinadas condições. Pode também estar relacionado a uma capacidade da colônia para replicar-se.Promoção da Saúde: Promoção da saúde é o processo de capacitação do indivíduo em melhorar e controlar sua saúde. Para alcançar o estado de completo bem-estar físico, mental e social, um indivíduo ou grupo deve ser capaz de identificar aspirações, satisfazer necessidades e mudar ou lidar com seu ambiente. Saúde é vista, portanto, como um meio de vida e não um objetivo. Política de promoção de saúde envolve abordagens diversas, mas complementares, levando em conta as diferenças sociais, culturais e econômicas de cada país. (Ottawa Charter 1986)Indústrias Extrativas e de Processamento: Indústria que se ocupa da remoção de matérias-primas da crosta terrestre e de sua conversão em produtos refinados.Indústria Química: O empreendimento agregado de fabricação e produção técnica de substâncias químicas.Hábitos Alimentares: Preferências alimentares adquiridas ou aprendidas.Dieta: Método regular de ingestão de comida e bebida adotado por uma pessoa ou animal.Fermentação: Degradação anaeróbica da GLUCOSE (ou de outros nutrientes orgânicos), que fornece energia em forma de ATP. Os produtos finais variam, dependendo dos organismos, substratos e das vias enzimáticas. Entre os produtos comuns de fermentação estão o ETANOL e o ÁCIDO LÁTICO.Fenóis: Derivados de benzeno que incluem um ou mais grupos hidroxila ligados à estrutura em anel.Manobras Políticas: Processo por meio do qual os representantes de um grupo de interesse particular tentam influenciar aqueles que tomam decisões governamentais a aceitar os desejos políticos da organização influenciadora.Estados UnidosHipersensibilidade Alimentar: Distúrbios gastrointestinais, erupções cutâneas ou choque causados por reações alérgicas aos alérgenos ingeridos nos alimentos.Engenharia Genética: Modificação dirigida do gene complementar de um organismo vivo por técnicas como alteração do DNA, substituição de material genético por meio de um vírus, transplantação de um núcleo inteiro, transplantação de células híbridas, etc.Inocuidade dos Alimentos: Atividades que envolvem a garantia da segurança dos ALIMENTOS, incluindo o impedimento de contaminação por bactérias ou outros tipos de contaminação.Fast Foods: Comida preparada pronta para consumo ou parcialmente preparada que possui tempo de preparação final de poucos minutos ou menos.Extratos Vegetais: Preparações farmacêuticas concentradas de plantas obtidas pela remoção dos constituintes ativos com um solvente adequado (que é eliminado por evaporação) e ajuste do resíduo [seco] a um padrão prescrito.Indústria Têxtil: Os empreendimentos empresariais agregados da manufatura de tecidos.Conflito de Interesses: Situação na qual um indivíduo pode se beneficiar pessoalmente de ações de funcionário ou profissional. Inclui um conflito entre os interesses privados de uma pessoa e responsabilidades de funcionário em posição de confiança. O termo não se restringe aos funcionários governamentais. O conceito se refere tanto ao conflito atual de interesse quanto ao aparecimento ou percepção de conflito.Privação de Alimentos: Suspensão da alimentação em uma situação experimental estruturada.Temperatura Ambiente: Propriedade de objetos que determina a direção do fluxo de calor quando eles são posicionados em contato térmico direto. A temperatura é a energia dos movimentos microscópicos (translacionais e de vibração) das partículas dos átomos.Marketing: Atividade envolvida na transferência de mercadorias do produtor para o consumidor ou em troca de serviços.Alimentos Fortificados: Qualquer alimento que tenha sido suplementado com nutrientes essenciais em quantidades normais ou em maiores quantidades do que aquelas presentes naturalmente, ou que não estejam presentes no alimento em condições originais. Os alimentos fortificados incluem também aqueles aos quais vários nutrientes tenham sido adicionados para compensar aqueles removidos pelo refino ou processamento. (tradução livre do original: Segen, Dictionary of Modern Medicine, 1992)Serviços de Alimentação: Equipamentos, instalações e funções relacionadas com a preparação e a distribuição de alimentos prontos para consumo.United States Food and Drug Administration: Agência do PUBLIC HEALTH SERVICE envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes à manutenção de padrões de qualidade de comida, medicamentos, dispositivos terapêuticos, etc.Alimentos Geneticamente Modificados: Alimentos originados de ORGANISMOS GENETICAMENTE MODIFICADOS.Cadeia Alimentar: Sequência de transferências de matéria e energia de um organismo para outro em forma de ALIMENTO. As cadeias alimentares se entrelaçam localmente em uma rede alimentar, pois a maioria dos organismos consome mais de um tipo de animal ou vegetal. As PLANTAS [que convertem ENERGIA SOLAR em alimento através da FOTOSSÍNTESE] são as fontes primárias de alimento. Em uma cadeia de predadores, um animal herbívoro é devorado por um animal maior. Em uma cadeia de parasitas, o menor organismo consome parte de grandes hospedeiros e podem eles mesmos serem parasitados por organismos ainda menores. Em uma cadeia saprofitica, os micro-organismos vivem da matéria orgânica de um organismo morto.Meios de Cultura: Qualquer preparação líquida ou sólida preparada especificamente para o crescimento, armazenamento ou transporte de micro-organismos ou outros tipos de células. A variedade de meios existentes (como os meios diferenciados, seletivos, para teste, e os definidos) permite o cultivo de micro-organismos e tipos celulares específicos. Os meios sólidos são constituídos de meios líquidos que foram solidificados com um agente como AGAR ou GELATINA.Doenças Profissionais: Doenças causadas por fatores que têm relação com o trabalho de uma pessoa.Exposição Ocupacional: Exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais, que ocorre como resultado da ocupação profissional.Relações Públicas: Atitudes e julgamentos do público em relação a uma organização ou um indivíduo.Proteínas de Bactérias: Proteínas encontradas em qualquer espécie de bactéria.Concentração de Íons de Hidrogênio: Normalidade de uma solução com relação a íons de HIDROGÊNIO, H+. Está relacionada com medições de acidez na maioria dos casos por pH = log 1/2[1/(H+)], onde (H+) é a concentração do íon hidrogênio em equivalentes-grama por litro de solução. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Publicidade como Assunto: O ato ou prática de chamar a atenção pública para um produto, serviço, necessidade, etc., especialmente por anuncios pagos em jornais, revistas, no rádio ou na televisão.Alimentos em Conserva: Comida preparada e conservada de modo a impedir a deterioração.Borracha: Elastômero polimérico de elevado peso molecular, obtido da seiva (LÁTEX) da HEVEA brasiliensis e de outras árvores e plantas. É uma substância que pode ser esticada à temperatura ambiente, até pelo menos duas vezes seu comprimento original e depois de liberada a tensão retrai rapidamente recuperando completamente suas dimensões originais.Propaganda: Tentativa deliberada de influenciar atitudes e crenças para favorecer sua causa ou prejudicar a causa de um adversário.