Estudo da distribuição intracelular de substâncias químicas, sítios de reação, enzimas etc., por meio de reações coradas, captação de isótopo radioativo, distribuição seletiva de metais em microscopia eletrônica ou outros métodos.
1) Regulamentos para garantir a proteção de equipamentos e da propriedade (MeSH). 2) REGULAMENTOS para garantir a proteção de pessoas e bens. No Brasil, também designa tipo de SANÇÃO aplicável a pessoas sem IMPUTABILIDADE que tenham cometido CRIME (Direito Sanitário).
O efeito das ervas, outras PLANTAS ou EXTRATOS DE PLANTAS sobre a atividade, metabolismo ou toxicidade das drogas.
A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.
Conhecimento, atitudes e comportamentos associados, que fazem parte dos tópicos relacionados com a saúde, como doenças e PROCESSOS PATOLÓGICOS, sua prevenção e tratamento. Este termo refere-se a trabalhadores da área da saúde (PESSOAL DE SAÚDE) ou não.
Decisões geralmente desenvolvidas por formuladores de políticas do governo, para definição de objetivos imediatos e futuros do sistema de saúde.
Proibição do fumo em áreas específicas a fim de controlar a POLUIÇÃO POR FUMAÇA DE TABACO.
Provisão de barreiras físicas e biológicas à disseminação de agentes ativos com potencial biologicamente perigoso (bactérias, vírus, DNA recombinante, etc.). A contenção física envolve o uso de equipamento especial, facilidades e procedimentos para prevenir a evasão do agente. A contenção biológica inclui o uso de pessoal imune e a seleção de agentes e hospedeiros que minimizariam o risco devido à contenção da facilidade de evasão do agente.
Gênero de cobras da família VIPERIDAE, uma das víboras com fosseta loreal, assim chamadas pela fosseta que se aprofunda no osso maxilar, abrindo entre o olho e a narina. São serpentes americanas características. A maioria das 25 espécies conhecidas são encontradas no sudoeste dos Estados Unidos e norte do México. Diversas espécies são encontradas ao norte até o Canadá e ao leste do Mississippi, incluindo o sul da Appalachia. São denominadas por seu chocalho articulado (krotalon grego) na ponta da cauda.
Venenos de cobras da subfamília Crotalinae ou "pit vipers", encontrados principalmente nas Américas. Isto inclui as cascavéis, bocas de algodão, jararaca, surucucu-pico-de-jaca, e a cabeças de cobre americana. Seus venenos contêm proteínas não tóxicas, cardio-, hemo-, cito- e neurotoxinas, e muitas enzimas, principalmente a fosfolipase A. Muitas dessas toxinas já foram caracterizadas.
Complexo específico de proteínas tóxicas do veneno da Crotalus durissus terrificus (cascavel sul-americana). Este complexo pode ser separado em fosfolipase A e um fragmento da crotapotina; esta última consiste em três cadeias de aminoácidos diferentes, potencializa a enzima, e é especificamente neurotóxica.
RÉPTEIS sem membros da subordem Serpentes.
Antissoros utilizados para neutralizar envenenamento por VENENOS animais, especialmente VENENOS DE SERPENTE.
Mordeduras por serpentes. A mordida de uma serpente venenosa é caracterizada por dor pungente no local do ferimento. O veneno injetado no sítio da mordida é capaz de produzir um efeito nocivo no sangue ou no sistema nervoso. (Tradução livre do original: Webster's 3d ed; from Dorland, 27th ed, at snake, venomous)
Anexos altamente queratinizados que são afiadas e curvas, ou achatadas e com bordas pontiagudas. São encontrados principalmente na terminação dos membros em certos animais.
Nome vulgar dado à ordem Siluriformes que tem muitas famílias e mais de 2.000 espécies (inclusive espécies venenosas). Os gêneros Heteropneustes e Plotosus apresentam ferrões perigosos e são agressivos, porém na maioria das espécies seu uso é defensivo.
Leucócitos que apresentam muitos grânulos no citoplasma. São divididos em três grupos, conforme as características (neutrofílicas, eosinofílicas e basofílicas) de coloração destes grânulos. São granulócitos maduros os NEUTRÓFILOS, EOSINÓFILOS e BASÓFILOS.
Micro-organismos endoparasitas aquáticos unicelulares pertencentes ao filo CNIDARIA. Possuem ciclo de vida complexo e parasitam uma grande variedade de hospedeiros, incluindo PEIXES, ANELÍDEOS e BRIOZOÁRIOS.
Grandes correntes naturais de ÁGUA DOCE formadas pela convergência de afluentes e que desembocam em um grande volume de água (lago ou oceano).
Células em formato de discos e que não apresentam núcleo. São formadas no megacariócito e são encontradas no sangue de todos os mamíferos. Encontram-se envolvidas principalmente na coagulação sanguínea.
Glicoproteína IIb da membrana de plaquetas é uma subunidade da integrina alfa que heterodimeriza com a INTEGRINA BETA3 para formar COMPLEXO GLICOPROTEICO GPIIB-IIIA de PLAQUETAS. É sintetizada como uma cadeia polipeptídica única clivada pós-transducionalmente e processada em duas subunidades ligadas a dissulfeto de aproximadamente 18 e 110 kDa de tamanho.
Processo de formação de trombócitos (PLAQUETAS) a partir das CÉLULAS-TRONCO HEMATOPOÉTICAS pluripotentes na MEDULA ÓSSEA via MEGACARIÓCITOS. O fator humoral com atividade estimuladora da trombopoese é denominado TROMBOPOETINA.