Introdução de uma substância no corpo usando-se uma agulha e uma seringa.
Administração forte e assertiva no músculo, de uma medicação líquida, nutrientes ou outros fluidos através de uma agulha que penetra o músculo e qualquer tecido que o cubra.
Forma esterificada da TRIANCINOLONA. É um glucocorticoide anti-inflamatório usado topicamente no tratamento de vários transtornos dérmicos. Injeções intralesionais, intramusculares e intra-articulares também são administradas sob certas condições.
Profissão preocupada com os dentes, cavidade oral e estruturas associadas, e o diagnóstico e tratamento de suas doenças, incluindo prevenção e restauração de tecido defeituoso e perdido.
Prática da odontologia voltada para os problemas dentais das crianças, com manutenção e tratamento adequados [a elas]. O cuidado odontológico pode incluir os serviços de especialistas odontológicos.
Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.
Administração forte e assertiva sob a pele, de medicação líquida, nutrientes ou outros fluidos através de uma agulha que perfura a pele.
Fase da dentística clínica interessada na restauração de partes dos dentes existentes que são defeituosos por doença, trauma ou desenvolvimento anormal, para o estado de função normal, saúde e estética, incluindo técnicas preventivas, diagnósticas, biológicas, mecânicas e terapêuticas, bem como técnica e aplicação de material e instrumento.
Ramo de odontologia voltado para os problemas odontológicos das pessoas mais idosas.
Abordagem ou processo de prática de saúde bucal que requer a integração crítica de avaliações sistemáticas de evidências científicas relevantes, relacionando a condição oral e médica do paciente e sua história, com a competência clínica do dentista e as necessidades e preferências do tratamento do paciente. (Tradução livre do original: J Am Dent Assoc 134: 689, 2003)
Injeções feitas em uma veia, para fins terapêuticos ou experimentais.
Introdução através da pele, de medicação líquida, nutrientes ou outros fluidos através de uma agulha, que perfura a camada superior da pele.
Usada para artigos relativos a educação dental em geral.
Injeções introduzidas diretamente no local da lesão.
Enzimas da classe das isomerases que catalisam a transferência de acil-, fosfo-, amino- ou outros grupos de uma posição para outra dentro de uma molécula. EC 5.4.
Especialidade da odontologia que estuda a prevenção das doenças e a manutenção da saúde oral através da promoção de programas de saúde oral abrangendo comunidades.
Instituições educacionais para indivíduos em especialização no campo da odontologia.
Prática da odontologia voltada para programas preventivos, bem como de diagnóstico e de tratamento em uma população circunscrita.
Indivíduos matriculados em uma escola de odontologia ou em um programa de educação formal que leva a uma graduação em odontologia.
Métodos de administração de drogas em um espaço articular.
Programas educacionais para graduados em odontologia que ingressam em uma especialidade. Eles incluem treinamento convencional da especialidade bem como trabalho acadêmico nas ciências odontológicas básicas e clínicas e podem conduzir a uma certificação ou grau odontológico avançado.
Princípios de conduta profissional própria relativos aos direitos e deveres do dentista, relações com os pacientes e profissionais da mesma categoria, assim como ações do dentista no cuidado ao paciente e relações interpessoais com a família do paciente. (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed)
Estudo de leis, teorias e hipóteses através de um exame sistemático dos fatos pertinentes, e sua interpretação no campo da odontologia.
Administração forte e assertiva na cavidade peritoneal de medicação líquida, nutrientes ou outros fluidos através de uma agulha que perfura a parede abdominal.
Enzima que catalisa a hidrólise de histidinol-fosfato a histidinol. Uma das enzimas reguladoras na biossíntese da histidina. EC 3.1.3.15.
Controle, direção e financiamento da totalidade da assistência odontológica a uma população pelo governo nacional.
Centros para o armazenamento das diferentes partes do olho para uso futuro.
Prática da odontologia adaptada (applied) a circunstâncias especiais associadas às operações militares.
Centros para coleta, identificação e armazenamento de sangue humano.
Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.
Indivíduos autorizados a praticar ODONTOLOGIA.
O pessoal de ensino e o pessoal administrativo que possui graduação acadêmica em uma escola de odontologia.
Prática odontológica não especializada que permite oferecer cuidado odontológico primário e contínuo.
Divisão operacional do Departamento dos EUA de Saúde e Serviços Humanos. Lida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes a saúde e pesquisa médica.
Administração de substâncias dentro do olho com uma seringa hipodérmica.
Campo da odontologia envolvido em procedimentos para projetar e construir aparelhos dentários. Inclui também a aplicação de qualquer tecnologia no campo da odontologia.
Ramo da odontologia que estuda a prevenção de doenças e a manutenção da saúde oral.
Injeção de quantidades muito pequenas de líquido, frequentemente com o auxílio de um microscópio e microsseringas.
Injeção de medicamentos, na maioria das vezes analgésicos, no canal espinhal sem punção da dura máter.
Injeções nos ventrículos cerebrais.
As relações psicológicas entre o dentista e o paciente.
Totalidade de serviços odontológicos diagnósticos, preventivos e restauradores fornecidos de modo a satisfazer as necessidades de um paciente. (Tradução livre do original: Illustrated Dictionary of Dentistry, 1982).
Linhagem de ratos albinos amplamente utilizada para propósitos experimentais por sua tranquilidade e facilidade de manipulação. Foi desenvolvida pela Companhia de Animais Sprague-Dawley.
Liberação de drogas em uma artéria.
Instrumentos afiados usados para puncionar ou suturar.
Administração de substâncias no CORPO VÍTREO do olho com uma seringa hipodérmica.
Variedade de métodos usados para reduzir a dor e a ansiedade durante procedimentos odontológicos.
Especialidade dentária que se ocupa da restauração e manutenção da função oral pela substituição de DENTE perdido e estruturas relacionadas por aparelhos artificiais ou PRÓTESE DENTÁRIA.
Introdução de agentes terapêuticos na região espinal usando agulha e seringa.
Organização e operação dos aspectos empresariais da prática da odontologia.
Instalações onde é providenciado cuidado odontológico aos pacientes.
Serviço hospitalar que presta assistência odontológica.
Restauração feita para permanecer em funcionamento por não menos que 20 a 30 anos, usualmente feita de molde de ouro, ouro coesivo ou amálgama.
Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.
Conjunto de normas, regulamentos e recomendações técnicas no âmbito nacional visando a implementação de estratégias sanitárias específicas, cuja organização pode basear-se em enfermidades (doenças infecciosas, cânceres etc.) ou ciclos de vida (infância, adolescência, adultos etc).
Imagem de radionuclídeo no SISTEMA LINFÁTICO.
Vários ramos da prática odontológica limitados a setores (áreas) especializados.
Injeção de soluções na pele por dispositivos de ar comprimido onde somente a solução perfura a pele.
Vermelhidão da pele produzida pela congestão dos capilares. Esta afecção pode resultar de uma variedade de causas.
Especialidade dentária preocupada com o diagnóstico e tratamento cirúrgico de doenças, lesões e defeitos da região oral e maxilofacial humana.
Aminoácido essencial necessário para a produção de HISTAMINA.
Relação entre a quantidade (dose) de uma droga administrada e a resposta do organismo à droga.
Em bactérias, um grupo de genes metabolicamente relacionados com um promotor comum, cuja transcrição em um único RNA MENSAGEIRO policistrônico está sob controle de uma REGIÃO OPERADORA.
Provisão de todos os tipos de serviços odontológicos para diagnóstico, tratamento, acompanhamento e reabilitação de pacientes.
Dar atenção às necessidades dentárias especiais dos idosos para manutenção ou tratamento apropriado. A assistência odontológica pode incluir os serviços fornecidos por especialistas odontológicos.
Padrões de conduta em odontologia relacionadas ao diagnóstico e tratamento.
Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
Fármacos que bloqueiam a condução nervosa quando aplicados localmente (no tecido nervoso) em concentrações adequadas. Atuam em qualquer parte do sistema nervoso e em todos os tipos de fibras nervosas. Em contato com um tronco nervoso, estes anestésicos podem causar paralisia sensitiva e motora na área inervada. Sua ação é totalmente reversível. (Tradução livre do original: Gilman AG, et. al., Goodman and Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics, 8th ed). Quase todos os anestésicos locais atuam diminuindo a tendência para a ativação dos canais de sódio dependentes de voltagem.
Sociedades cuja associação é limitada aos dentistas.
Aplicação do conhecimento odontológico às perguntas da lei.
Dar atenção à necessidade odontológica especial das crianças, incluindo a prevenção das doenças dos dentes e instrução em higiene e saúde dentária. A assistência odontológica pode incluir os serviços prestados por especialistas odontológicos.
Mulheres que praticam a odontologia.
Assistência odontológica a pacientes com doenças crônicas. Essas doenças incluem doenças cardiovasculares crônicas, doenças endocrinológicas, hematológicas, imunológicas, neoplásicas e renais. O conceito não abrange assistência odontológica para os mentalmente ou fisicamente deficientes que é a ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PARA DEFICIENTES.
Sorotipo de Salmonella enterica que é frequente agente de gastroenterite por Salmonella em humanos. Também causa FEBRE PARATIFOIDE.
Técnicas e estratégias que incluem o uso de sequências gênicas codificadoras e outros meios convencionais e radicais para transformar ou modificar as células com o propósito de tratar ou reverter situações de doença.
Aplicação de computador e ciências da informação para aperfeiçoar prática, pesquisa, educação e gerenciamento odontológicos.
Substâncias usadas para identificar a localização de VIAS NERVOSAS e para caracterizar seus tipos.
Sensação desagradável induzida por estímulos nocivos que são detectados por TERMINAÇÕES NERVOSAS de NOCICEPTORES.
Moléculas de DNA capazes de replicação autônoma dentro de uma célula hospedeira, na qual outras sequências de DNA podem ser inseridas e amplificadas. Muitos são provenientes de PLASMÍDEOS, BACTERIÓFAGOS ou VÍRUS. São usados para transportar genes estranhos às células receptoras. Os vetores genéticos possuem um local de replicação funcional e contêm MARCADORES GENÉTICOS para facilitar seu reconhecimento seletivo.
Assistência odontológica para pacientes emocionalmente, mentalmente ou fisicamente deficientes. Não inclui assistência odontológica para cronicamente enfermos (= ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PARA CRONICAMENTE ENFERMOS).
Enxerto ou inserção de um dispositivo protético de material aloplástico dentro do tecido oral, abaixo da camada mucosa ou periósteo, ou dentro do osso. Sua finalidade é dar suporte e retenção parcial ou completa à dentadura.
Aminoácido essencial de cadeia alifática ramificada encontrado em muitas proteínas. É um isômero da LEUCINA. É importante na síntese de hemoglobina, regulação de açúcar no sangue e níveis de energia.
Ramo da odontologia que lida com doenças das estruturas orais e para-orais e o controle de doenças sistêmicas. (Tradução livre do original: Hall, What is Oral Medicine, Anyway? Clinical Update: National Naval Dental Center, March 1991, p7-8)
Introdução de GENES funcionais (geralmente clonados) nas células. Uma variedade de técnicas e processos que ocorrem naturalmente são usados para a transferência gênica, como hibridização celular, transferência gênica mediada por microcélulas ou LIPOSSOMOS, ELETROPORAÇÃO, transferência gênica mediada por cromossomos, TRANSFECÇÃO e TRANSDUÇÃO GENÉTICA. A transferência gênica pode resultar em células e indivíduos geneticamente transformados.
Lectina aglutinina do germe de trigo conjugada à enzima PEROXIDASE DO RÁBANO SILVESTRE. É amplamente usada para mapear vias neurais.
Substâncias que aumentam, estimulam, ativam, potenciam ou modulam a resposta imune em nível celular ou humoral. Os agentes clássicos (adjuvante de Freund, BCG, Corynebacterium parvum, etc.) contêm antígenos bacterianos. Alguns são endógenos (p. ex., histamina, interferon, fator de transferência, tuftsina, interleucina-1). Seu modo de ação pode ser inespecífico (resultando em responsividade imune aumentada a uma ampla variedade de antígenos), ou específico para o antígeno (i.e., afetando um tipo restrito de resposta imune a um grupo reduzido de antígenos). A eficácia terapêutica de muitos modificadores de respostas biológicas está relacionada com a especificidade entre os imunoadjuvantes e os antígenos.
Análise de uma substância química pela inserção de uma amostra em um fluxo carreador de reagente, utilizando uma válvula de injeção de amostra que impele a amostra ao longo do fluxo onde ocorre uma mistura em um tubo espiralado, e então o fluxo passa através de um detector e um registrador ou outro aparelho que manipula os dados.
Acúmulo de uma droga ou substância em vários órgãos (inclusive naqueles não relevantes para sua ação farmacológica ou terapêutica). Essa distribuição depende do fluxo sanguíneo ou da taxa de perfusão do órgão, da capacidade de a droga permear membranas de órgãos, da especificidade do tecido, da ligação a proteínas. A distribuição geralmente é expressa como razão tecido / plasma.
A concessão de uma licença para praticar odontologia.
Anestésico local e depressor cardíaco utilizado como antiarrítmico. Suas ações são mais intensas e seus efeitos mais prolongados em relação à PROCAÍNA, mas a duração de sua ação é menor do que a da BUPIVACAÍNA ou PRILOCAÍNA.
Enzima isolada de rábano silvestre que é capaz de agir como antígeno. É usada frequentemente como marcador histoquímico em microscopia óptica e eletrônica. Sua antigenicidade tem permitido seu uso como um antígeno combinado e marcador em imunologia experimental.
Enzima que catalisa a formação de 2 moléculas de glutamato a partir de glutamina mais alfa-cetoglutarato, na presença de NADPH. EC 1.4.1.13.
Administração de vacinas para estimulação da resposta imune do hospedeiro. Isto inclui qualquer preparação que objetive a profilaxia imunológica ativa.
Amina derivada da descarboxilação enzimática de HISTIDINA. É um estimulante poderoso de secreção gástrica, constritor da musculatura lisa dos brônquios, vasodilatador e também neurotransmissor de ação central.
Linhagem de ratos albinos desenvolvida no Instituto Wistar e que se espalhou amplamente para outras instituições. Este fato diluiu marcadamente a linhagem original.
Sociedade profissional que representa o campo da odontologia.
Composto com muitas aplicações biomédicas: como antiácido gástrico, antiperspirante, emulsionante em dentifrícios, adjuvante em vacinas bacterianas e vacinas, purificação de água, etc.
Apoio financeiro para o desenvolvimento de recursos humanos incluindo estipêndios e empréstimos para estudantes e recursos para instituições.
Coleta de dados feita durante um exame odontológico para o estudo, diagnóstico ou planejamento do tratamento.
Transporte direcionado de ORGANELAS e moléculas ao longo dos AXÔNIOS da célula nervosa. O transporte pode ser anterógrado (a partir do corpo celular) ou retrógrado (em direção ao corpo celular). (Tradução livre do original: Alberts et al., Molecular Biology of the Cell, 3d ed, pG3)
Conjunto de estudos e práticas destinadas a que o aluno desenvolva plenamente suas possibilidades (Diccionario de la Real Academia de la Lengua Española). As matérias constantes de um curso (Dicionário Aurélio)
Espécie Oryctolagus cuniculus (família Leporidae, ordem LAGOMORPHA) nascem nas tocas, sem pelos e com os olhos e orelhas fechados. Em contraste com as LEBRES, os coelhos têm 22 pares de cromossomos.
Fármacos usados por suas ações sobre o músculo esquelético. Entre eles estão os fármacos que agem diretamente na musculatura esquelética, os que alteram a transmissão neuromuscular (BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES), e aqueles que agem centralmente como relaxantes musculares esqueléticos (RELAXANTES MUSCULARES CENTRAIS). Os fármacos usados no tratamento de transtornos motores são os ANTIDISCINÉTICOS.
Especialidade dentária que se ocupa da histologia, fisiologia e patologia dos tecidos que suportam, prendem e envolvem os dentes, e de tratamento e prevenção de doenças que afetam estes tecidos.
São corpos ovais ou em forma de feijão (1-30 mm de diâmetro) localizados ao longo do sistema linfático.
Vazamento de materiais diagnósticos e terapêuticos do vaso onde foram introduzidos, para o tecido ou cavidade do corpo subjacente.
Classe de enzimas que catalisam alterações geométricas ou estruturais dentro de uma molécula para formar um único produto. As reações não envolvem uma legítima alteração na concentração de outros compostos que não o substrato e o produto. A classe inclui epimerases, isomerases, mutases e racemases. (Dorland, 28a ed)
Métodos usados para marcar e seguir o percurso feito pelos MARCADORES DO TRATO NERVOSO nas VIAS NEURAIS por meio do TRANSPORTE AXONAL.
Especialidade dentária preocupada com a manutenção da polpa dentária em um estado de saúde e o tratamento da cavidade da polpa (câmara da polpa e canal da polpa).
Procedimentos para melhorar ou realçar a aparência de partes visíveis do corpo.
Interferência na síntese de uma enzima devido ao nível elevado de uma substância efetora, geralmente um metabólito, cuja presença causaria depressão do gene responsável pela síntese enzimática.
Programas educacionais destinados a informar os dentista sobre recentes avanços em seus campos.
Sorotipo de toxina botulínica com especificidade para clivagem da PROTEÍNA 25 ASSOCIADA A SINAPTOSSOMA.
Abuso, uso excessivo, ou mau uso de uma substância, através de uma injeção em uma veia.
Método de estudo sobre uma droga ou procedimento no qual ambos, grupos estudados e investigador, desconhecem quem está recebendo o fator em questão. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Agência do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.) envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes ao avanço das ciências médicas e relacionadas. A maioria de suas atividades inclui a coleção, disseminação e troca de informação importante para o progresso da medicina e da saúde, pesquisa em informática médica e apoio para o desenvolvimento de biblioteca médica.
Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.
Técnica de fertilização assistida que consiste na microinjeção de um único esperma viável em um óvulo extraído. É utilizado principalmente para superar a baixa contagem de esperma, baixa motilidade de esperma, inabilidade do esperma em penetrar no óvulo ou outras afecções relacionadas à INFERTILIDADE MASCULINA.
Especialidade dentária que se ocupa da prevenção e correção de anormalidades dentárias e orais (maloclusão).
Medo ou pavor anormal de procurar o dentista para cuidados preventivos e ansiedade injustificada em relação aos procedimentos dentários.
Exame da boca e dentes para identificação e diagnóstico de doença intraoral ou manifestação de afecções não orais.
Grupo de polímeros de glucose produzido por determinadas bactérias. Têm uso terapêutico como expansores de volume plasmático e anticoagulantes. São comumente utilizados em experimentação biológica e na indústria para uma grande variedade de propostas.
Uma das desoxirribonucleases do tipo II sítio-específicas (EC 3.1.21.4). Reconhece e cliva a sequência A/AGCTT. HindIII vem do Haemophillus influenzae R(d). Numerosos isoesquisômeros foram identificados. EC 3.1.21.-.
Instrumentos usados para injetar ou retirar líquidos. (Stedman, 25a ed)
Indivíduos geneticamente idênticos desenvolvidos de cruzamentos entre animais da mesma ninhada que vêm ocorrendo por vinte ou mais gerações ou por cruzamento entre progenitores e ninhada, com algumas restrições. Também inclui animais com longa história de procriação em colônia fechada.
As várias maneiras de se administrar um medicamento ou outra substância química, em um local no paciente ou animal, de onde a substância química é absorvida no sangue e distribuída aos tecidos alvo.
Espécie do gênero MACACA que vive tipicamente próximo à costa em riachos de maré e pântanos artificiais, primariamente nas ilhas da península Malaia.
Pessoal cujo trabalho é designado e supervisionado por um dentista.
Componente do PUBLIC HEALTH SERVICE que dirige a prestação de serviços de saúde e os requisitos dos recursos de saúde e sua distribuição, incluindo o treinamento do trabalhador.
Os empreendimentos produtivos preocupados com o processamento de alimentos.
Componente do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.). Através das pesquisas biomédicas básica e clínica administra e sustenta as pesquisas com o objetivo de evitar, identificar o estágio precocemente e eliminar o câncer. Este instituto foi fundado em 1937.
Componente do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.). Busca alcançar saúde oral, odontológica e crâniofacial através de pesquisas, treinamento de pesquisadores e disseminação da informação da saúde conduzindo e sustentando a pesquisa básica e clínica. Foi fundado em 1948 como National Institute of Dental Research e renomeado em 1998 como National Institute of Dental and Craniofacial Research.
Vacinas ou candidatas a vacina projetadas para impedir ou tratar câncer. As vacinas são produzidas utilizando-se células tumorais inteiras do próprio paciente como fonte dos antígenos ou fazendo uso de antígenos específicos de tumores, frequentemente produzidos recombinantemente.
Destruição localizada na superfície dentária, iniciada por descalcificação do esmalte, seguido por lise enzimática das estruturas orgânicas levando à formação de cavidades. Se não for avaliada, a cavidade pode penetrar no esmalte e na dentina alcançando a polpa.
Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.
Operação na qual o material cariado é removido dos dentes e formas bioquimicamente corretas são estabelecidas nos dentes para receber e reter restaurações. Uma exigência constante é o fornecimento para prevenção de falha da restauração por recorrência de cárie ou resistência inadequada à tensão aplicada.
A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO (MeSH). Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro)
O cão doméstico (Canis familiaris) compreende por volta de 400 raças (família carnívora CANIDAE). Estão distribuídos por todo o mundo e vivem em associação com as pessoas (Tradução livre do original: Walker's Mammals of the World, 5th ed, p1065).
Centros para aquisição e armazenamento de esperma.
Escalas, questionários, testes e outros métodos utilizados para avaliar a severidade e duração da dor em pacientes ou animais experimentais, com o objetivo de ajudar no diagnóstico, terapêutica e estudos fisiológicos.
Modelos teóricos que propõem métodos para o aprendizado ou para o ensino, como base ou como suplemento para mudanças de atitude ou de comportamento. Estas intervenções educacionais são usualmente aplicadas nas áreas de educação sanitária e do paciente, mas não se restringem aos cuidados com o paciente.
Família de vírus sem capa (envelope) que infectam mamíferos (MASTADENOVIRUS), aves (AVIADENOVIRUS) ou ambos (ATADENOVIRUS). As infecções podem ser assintomáticas ou produzir várias doenças.
Agentes químicos injetados em vasos sanguíneos e seios linfáticos para encolher ou causar TROMBOSE localizada, FIBROSE e obliteração dos vasos. Este tratamento é aplicado em várias afecções, tais como VARIZES, HEMORROIDAS, VARIZES ESOFÁGICAS E GÁSTRICAS, ÚLCERA PÉPTICA HEMORRÁGICA.
Transplante experimental de neoplasias em animais de laboratório para fins de investigação.
Subfamília de MURIDAE encontrada praticamente em todo o mundo e que compreende 20 gêneros. Ratazanas, lemingues e ratos almiscarados são membros desta subfamília.
Gênero da família PARVOVIRIDAE, subfamília PARVOVIRINAE, que é dependente da co-infecção com adenovírus auxiliares ou vírus de herpes para replicação eficiente. A espécie típica é o vírus adeno-associado 2.
Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO.
Pessoas que receberam treinamento ou especialização acadêmica em um país diferente daquele no qual exercem sua profissão.
Preparações de uma droga que agem durante um intervalo de tempo por meio de processos ou tecnologia de liberação controlada .
Exercício de uma profissão de saúde, por uma pessoa, oferecendo serviços individuais a outra pessoa, ao contrário da prática de grupo.
Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.
Pequenas moléculas de RNA com 73-80 nucleotídeos que atuam durante a TRADUÇÃO GENÉTICA para alinhar os AMINOÁCIDOS nos RIBOSSOMOS em uma sequência determinada pelo RNA MENSAGEIRO. Há cerca de 30 RNAs de transferência diferentes. Cada um reconhece um grupo específico de CÓDON no RNAm através de seu ANTICÓDON e como RNA transportadores de aminoacil (RNA DE TRANSFERÊNCIA DE AMINOACIL), cada um transporta um aminoácido específico para o ribossomo para adicionar às cadeias peptídicas que estão se formando.
Solução antigênica emulsificada em óleo mineral. A forma completa é feita de micobactérias neutralizadas dessecadas, usualmente M. tuberculosis, suspensa na fase óleo. É eficaz na estimulação da imunidade mediada por células (IMUNIDADE CELULAR) e potencializa a produção de certas IMUNOGLOBULINAS em alguns animais. A forma incompleta não contém micobactérias.
Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.
Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.
Proteínas preparadas através da tecnologia de DNA recombinante.
Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.
Materiais usados na produção de bases dentais, restaurações, impressões, próteses, etc.
Centro do PUBLIC HEALTH SERVICE que tem como foco principal a coleta, análise e disseminação de estatísticas de saúde em eventos vitais e atividades de saúde para refletir o nível de saúde da população, necessidades e recursos de saúde.
Grande órgão glandular lobulado no abdomen de vertebrados responsável pela desintoxicação, metabolismo, síntese e armazenamento de várias substâncias.
Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.
Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.
O processo educacional de instrução.
Drogas e seus metabólitos, encontrados nos tecidos comestíveis e no leite de animais depois, de serem medicados com drogas específicas. Aplica igualmente às drogas encontradas no tecido adiposo de humanos depois de um tratamento farmacológico.
A execução de uma radiografia de um objeto ou tecido registrando-se em uma placa fotográfica a radiação emitida pelo material radioativo dentro do objeto, tal como ao estudar a síntese e a localização do DNA dentro das células usando-se isótopos radioativos que foram incorporados no DNA. (Dorland, 28a ed)
Maior país na América do Norte, abrange 10 províncias e três territórios. Sua capital é Ottawa.
Família carnívora FELIDAE (Felis catus, gato doméstico), composta por mais de 30 raças diferentes. O gato doméstico descende primariamente do gato selvagem da África e do extremo sudoeste da Ásia. Embora provavelmente estivessem presentes em cidades da Palestina há 7.000 anos, a domesticação em si ocorreu no Egito aproximadamente há 4.000 anos . (Tradução livre do original: Walker's Mammals of the World, 6th ed, p801)
Programas educacionais projetados para assegurar que os estudantes possam atingir níveis de competência pré-especificados em um determinado campo ou atividade de treinamento. A ênfase está na realização ou objetivos especificados.
Reunião sistemática de dados, com um objetivo específico, de várias fontes, incluindo questionários, entrevistas, observação, registros existentes e equipamentos eletrônicos.
Serviços preventivos de odontologia prestados a escolares em colégios de primeiro e segundo graus.
Substâncias usadas para permitir a visualização aumentada de tecidos.
Ramo da odontologia que cuida da manutenção da saúde oral dos trabalhadores no ambiente de trabalho.
Fiscalização para verificar o cumprimento das normas de higiene na produção de alimentos.
Serviços destinados a promoção, reabilitação, manutenção e restauração da saúde oral.
Compostos inorgânicos que contêm TECNÉCIO como parte integral da molécula. Tecnécio 99m (m=metaestável) é um isótopo de tecnécio que apresenta uma meia-vida de aproximadamente 6 horas. O Tecnécio 99 que tem uma meia-vida de 210.000 anos é um produto da desintegração do tecnécio 99m.
Ausência de exposição a perigo e proteção contra a ocorrência ou risco de lesão ou perda. Sugere precauções ideais no ambiente de trabalho, na rua, no lar, etc., e inclui segurança pessoal assim como a segurança de propriedade.
Tratos neurais que conectam partes distintas do sistema nervoso.
Moléculas extracromossômicas, geralmente de DNA CIRCULAR, que são autorreplicantes e transferíveis de um organismo a outro. Encontram-se em uma variedade de bactérias, Archaea, fungos, algas e espécies de plantas. São usadas na ENGENHARIA GENÉTICA como VETORES DE CLONAGEM.
Coleta sistemática de dados relativos ao estado de saúde de determinada população. Pode ser descritiva, exploratória ou explicativa. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Seguro que cobre tratamentos odontológicos.
Isótopos de iodo instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de iodo com pesos atômicos de 117 a 139, exceto I-127, são radioisótopos do iodo.
Agentes usados para ocluir fossas e fissuras no esmalte dentário na prevenção de cáries dentárias.
Composto de cintilografia emissor de raios gama utilizado no diagnóstico de doenças em inúmeros tecidos, particularmente no sistema gastrointestinal, fígado e baço.
Qualquer membro de uma subsubclasse de enzimas da classe das liases que catalisam a clivagem de uma ligação C-C de um 3-hidroxi ácido. (Dorland, 28a ed). EC 4.1.3.
A capacidade de realizar aceitavelmente aqueles deveres diretamente relacionados ao cuidado de paciente.
Revisão e avaliação detalhada de registros clínicos selecionados por profissionais qualificados para avaliação da qualidade dos cuidados dentários.
Substância transparente, semigelatinosa, que preenche a cavidade existente atrás do CRISTALINO do OLHO e à frente da RETINA. Está contido em uma membrana hialoide fina, formando cerca de 4/5 do globo ocular.
Proteína acida encontrada no RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO que se liga ao cálcio em até 700-900 nmoles/mg. Desempenha o papel de sequestrar o cálcio transportado para o interior da vesícula intracelular.
ESTILBENOS com AMIDINAS unidas.
Escolha do tipo de ocupação ou profissão.
A resposta observável de um animal diante de qualquer situação.
A avaliação das realizações acadêmica ou educacional. Inclui todos os aspectos de teste e construção de teste.