Estabilidade de Medicamentos: Integridade química e física de um produto farmacêutico.Comércio: O intercâmbio de bens ou artigos, especialmente em uma larga escala, entre países diferentes ou entre populações dentro do mesmo país. Inclui comércio (a compra, venda ou troca de artigos no atacado ou varejo) e negócios (a compra e venda de bens para obter lucro).Investimentos em Saúde: Recursos de natureza financeira destinados à manutenção ou melhoria do sistema de saúde, visando rendimento ou lucro. (Depto. Práticas em Saúde Pública - FSP/USP, para Investimentos em Saúde)Intoxicação por ChumboEstados UnidosIndústria do Tabaco: Os empreendimentos empresariais agregados da agricultura, manufatura e distribuição relacionados a tabaco e produtos derivados do tabaco.Marketing: Atividade envolvida na transferência de mercadorias do produtor para o consumidor ou em troca de serviços.Livros RarosLivros de Texto como Assunto: Livros usados no estudo de um assunto que contém uma apresentação sistemática dos princípios e vocabulário de um assunto.Internato e Residência: Programas de treinamento em medicina e especialidades médicas oferecidos por hospitais para graduados em medicina para ir de encontro às exigências estabelecidas por autoridades competentes.Internato não Médico: Programas avançados de treinamento para responder a certas exigências em outros campos que não a medicina ou a odontologia, por exemplo, a farmacologia, a nutrição, a enfermagem, etc.BolíviaMagnetometria: Medida de vários aspectos dos CAMPOS MAGNÉTICOS.EquadorAçores: Grupo de nove ilhas e várias ilhotas pertencentes a Portugal no Oceano Atlântico afastadas da costa de Portugal. As ilhas foram assim denominadas devido aos açores (Accipiter gentilis) que vivem lá em abundância. (Tradução livre do original: Webster's New Geographical Dictionary, 1988, p102 & Room, Brewer's Dictionary of Names, 1992, p42)Pinípedes: Subordem de CARNÍVOROS aquáticos composta por MORSAS; OTÁRIAS; LEÕES MARINHOS; e FOCAS VERDADEIRAS. Apresentam um corpo fusiforme com cauda curta e são encontradas em todas as costas marinhas. Os filhotes nascem em terra.Exantema Vesicular de Suínos: A infecção por calicivirus que ocorre em suínos caracterizada por degeneração hidrópica dos epitélios bucal e cutâneo.Leões-Marinhos: Grupo composto por várias espécies de carnívoros aquáticos (diferentes gêneros da família Otariidae). Comparado com as OTÁRIAS, apresentam pelos menores e menos densos.Vírus do Exantema Vesicular de Suínos: Representante do gênero VESIVIRUS, que infecta porcos. A infecção resultante é uma doença febril aguda, clinicamente indistinguível da FEBRE AFTOSA. Sua transmissão ocorre por alimentos contaminados.Drogas Veterinárias: Drogas usadas por veterinários no tratamento de doenças dos animais. O arsenal farmacológico do veterinário é a contrapartida das drogas [usadas no] tratamento de doenças humanas, com a dosagem e a administração ajustadas ao tamanho, peso, doença e às idiossincrasias da espécie. Nos Estados Unidos a maioria das drogas está sujeita a normas federais, particularmente quanto à segurança e aos resíduos [que podem ser encontrados] em produtos animais comestíveis.Botânica: Estudo da origem, estrutura, desenvolvimento, crescimento, função, genética e reprodução dos vegetais.Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Plantas Medicinais: Plantas cujas raizes, folhas, sementes, cascas ou outros constituintes possuem atividades terapêuticas, tônicas, purgativas, curativas ou outros atributos farmacológicos quando administradas a humanos ou outros animais.Fitoterapia: Uso de plantas e ervas para tratar doenças ou aliviar dores.Verduras: Grupo de alimentos que compreende as PLANTAS COMESTÍVEIS e/ou suas partes.Produção de Droga sem Interesse Comercial: Produção de drogas ou substâncias biológicas que dificilmente seriam fabricadas pela indústria privada, a menos que incentivos especiais fossem proporcionados por outros.SuíçaClofibrato: Derivado do ácido fíbrico utilizado no tratamento de HIPERLIPOPROTEINEMIA TIPO III e HIPERTRIGLICERIDEMIA grave. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p986)União Europeia: A designação coletiva de três organizações com associação comum: a Comunidade Econômica Europeia (Mercado Comum), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço e a Comunidade de Energia Atômica Europeia (Euratom). Era conhecida como a Comunidade Europeia até 1994. É principalmente uma união econômica com os objetivos principais de movimentar livremente bens, capital e trabalho. Serviços profissionais, sociais, médicos e paramédicos estão incluídos dentro do trabalho. Os países constituintes são a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido.Aprovação de Drogas: Processo através do qual um medicamento recebe aprovação por uma agência de regulamento governamental. Inclui qualquer teste pré-clínico ou clínico requisitado, revisão, submissão e avaliação das aplicações e resultados de testes, e vigilância "pós-marketing" da droga.Cromossomos em Anel: Cromossomos aberrantes sem extremidades, isto é, circular.Seringas: Instrumentos usados para injetar ou retirar líquidos. (Stedman, 25a ed)Pós: Substâncias feitas de uma agregação de pequenas partículas, como as obtidas pela moagem ou trituração de uma substância sólida. (Dorland, 28a ed)Soluções: Misturas homogêneas formadas ao se misturar uma substância (soluto) sólida, líquida ou gasosa em um líquido (solvente), do qual as substâncias dissolvidas podem ser recuperadas através de processos físicos.Programas de Troca de Agulhas: Serviços organizados para troca de agulhas e seringas estéreis usadas para injeções como um meio potencial de reduzir a transmissão de doenças infecciosas.Câmara Anterior: Espaço localizado no olho, preenchido com humor aquoso, limitado anteriormente pela córnea e uma pequena porção da esclera, e posteriormente por uma pequena porção do corpo ciliar, pela íris e pela parte do cristalino que se apresenta através da pupila.Epitestosterona: Isômero 17-alfa de TESTOSTERONA, derivado da PREGNENOLONA através da via esteroide delta-5 e da via 5-androsteno-3-beta, 17-alfa-diol. A epitestosterona atua como um antiandrógeno em vários tecidos-alvo. A taxa entre testosterona/epitestosterona é utilizada para monitorar o abuso de drogas anabólicas.Hidantoínas: Compostos baseados na imidazolidina diona. Alguns derivados são ANTICONVULSIVANTES.Brasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Doenças do Nervo Óptico: Doenças que produzem lesão ou disfunção do segundo nervo craniano ou nervo óptico, que geralmente é considerado um componente do sistema nervoso central. Danos às fibras do nervo óptico podem ocorrer na retina ou próximo a sua origem, no disco óptico ou no nervo, quiasma óptico, trato óptico ou núcleos geniculados laterais. As manifestações clínicas podem incluir diminuição da acuidade visual e sensibilidade a contraste, visão de cores prejudicada e defeito pupilar aferente.Bacillus anthracis: Espécie de bactéria que causa ANTRAZ em humanos e animais.Strongyloidea: Superfamília de estrôngilos ou vermes cilíndricos que são parasitas do trato intestinal de equinos, porcos, roedores e primatas (incluindo o homem). Inclui os gêneros Cyasthostomum, Ransomus, Globocephalus, OESOPHAGOSTOMUM e STRONGYLUS.Cucurbitaceae: Família de cabaças (ordem Violales, subclasse Dilleniidae, classe Magnoliopsida) às vezes classificada em sua própria ordem (Cucurbitales). Geralmente, 'Melão' se refere ao CUCUMIS, CITRULLUS ou MOMORDICA.Legislação de Medicamentos: Leis e regulamentos referentes à produção, dispensação e comercialização de medicamentos.Carum: Gênero (família Apiaceae) de planta cujas sementes são utilizadas como condimento.Indústria Farmacêutica: O segmento de empresas comerciais dedicado ao projeto, desenvolvimento e fabricação de produtos químicos para uso no diagnóstico e tratamento de doenças, deficiências ou outras disfunções ou para melhorar as funções orgânicas e corporais.AMP Cíclico: Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.AMP Desaminase: Enzima que catalisa a desaminação de AMP a IMP. EC 3.5.4.6.Monofosfato de Adenosina: Nucleotídeo de adenina que contém um grupo fosfato esterificado a uma molécula de açúcar nas posições 2'-,3'- ou 5'-.Receptores de AMP Cíclico: Proteínas de superfície celular que ligam AMP cíclico com alta afinidade e desencadeiam alterações intracelulares que influenciam o comportamento celular. Os receptores de AMP cíclico melhor caracterizados são aqueles do fungo Dictyostelium discoideum. Nem o regulador de transcrição denominado PROTEÍNA RECEPTORA DE AMP CÍCLICO de procariotos nem as proteínas citoplasmáticas dos receptores de AMP cíclico de eucariotos (que são as subunidades reguladoras das PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE AMP CÍCLICO) encontram-se incluídos.Bucladesina: Derivado do nucleotídeo cíclico que imita a ação do AMP CÍCLICO endógeno e é capaz de permear a membrana celular. Tem propriedades vasodilatadoras e é usado como estimulante cardíaco. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed)Proteína Receptora de AMP Cíclico: Regulador transcricional em procariotos que, quando ativado pela ligação do AMP cíclico, atua em diversos promotores. A proteína receptora de AMP cíclico foi originalmente identificada como um catabólito da proteína ativadora do gene. Subsequentemente foi demonstrado que regula diversas funções não relacionadas ao catobolismo, e que seria um regulador tanto positivo quanto negativo da transcrição. Os receptores de AMP cíclico de superfície celular não estão incluídos (RECEPTORES DE AMP CÍCLICO), nem estão as proteínas receptoras de P cíclico do citoplasma eucariótico, as quais são subunidades reguladoras das PROTEÍNAS QUINASE DEPENDENTES DE AMP CÍCLICO.Teofilina: Derivado da metil xantina obtida do chá, com atividades relaxante diurética e muscular lisa, dilatação brônquica e estimuladora cardíaca e do sistema nervoso central. A teofilina inibe a 3',5'-NUCLEOTÍDEO CÍCLICO FOSFODIESTERASE que degrada o AMP CÍCLICO potencializando, assim, as ações dos agentes que atuam através de ADENILIL CICLASES e do AMP cíclico.