A capital é Seul. O país, estabelecido em 9 de setembro de 1948, é localizado na parte meridional da Península da Coreia. Faz fronteira ao norte com a República Democrática Popular da Coreia.
Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.
Constituintes da subunidade 30S dos ribossomos procarióticos contendo 1600 nucleotídeos e 21 proteínas. O RNAr 16S encontra-se envolvido no início da síntese polipeptídica.
Sequências de DNA que codificam o RNA RIBOSSÔMICO e os segmentos de DNA separando os genes individuais do RNA ribossômico, citados como DNA ESPAÇADOR RIBOSSÔMICO.
Genes encontrados tanto nos procariotos como nos eucariotos, que são transcritos para produzir o RNA que é incorporado nos RIBOSSOMOS. Os genes dos RNAr procarióticos geralmente são encontrados em óperon dispersados no GENOMA, enquanto os genes dos RNAr eucarióticos são unidades transcritivas multicistrônicas agrupadas.
Processo de vários estágios que inclui clonagem, mapeamento físico, subclonagem, determinação da SEQUÊNCIA DE DNA e análise de informação.
Quantidades relativas de PURINAS e PIRIMIDINAS em um ácido nucleico.
Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de bactérias.
Procedimentos para identificação de tipos e variedades de bactérias. Os sistemas de tipagem mais frequentemente empregados são TIPAGEM DE BACTERIÓFAGO e SOROTIPAGEM bem como tipagem de bacteriocinas e biotipagem.
Água salinizada dos OCEANOS E MARES que supre habitat para organismos marinhos.
Presença de bactérias, vírus, e fungos no solo. A expressão não se restringe a organismos patogênicos.
Prática médica ou disciplina baseada no conhecimento, culturas e crenças de pessoas da COREIA.
Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.
Infecção das vias biliares pelo trematódeo hepático OPISTORCHIS SINENSES, a qual pode levar à inflamação da árvore biliar, proliferação do epitélio biliar, fibrose portal progressiva, e às vezes carcinoma das vias biliares; a extensão para dentro do parênquima hepático pode levar a alterações gordurosas e cirrose. (Dorland, 28a ed)
Ácidos monobásicos orgânicos derivados de hidrocarbonetos pela oxidação equivalente de um grupo metil em um álcool, aldeído e, então, ácido. Ácidos graxos são saturados e não saturados (ÁCIDOS GRAXOS NÃO SATURADOS).
Espécie de trematódeos da família Opisthorchidae. Muitas autoridades consideram que este gênero pertence a Opisthorchis. É comum na China e outros países asiáticos. Caramujos e peixes são os hospedeiros intermediários.
Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.
Gênero araliáceo de plantas contendo vários agentes farmacologicamente ativos, usados como estimulantes, sedativos e tônicos, especialmente na medicina tradicional. Às vezes é confundido com o ginseng Siberiano (ELEUTHEROCOCCUS).
Infecção com nematoides do gênero ENTEROBIUS. O "E. vermicularis", o oxiúro do homem, causa uma sensação de rastejar na pele e prurido. Essa afecção resulta do ato de coçar a área afetada causando, ocasionalmente, sua escarificação.
Massa de material sólido fragmentado, orgânico ou inorgânico, ou o próprio fragmento sólido, que vem do desgaste das rochas, sendo transportado, suspenso ou aprisionado pelo ar, água ou gelo. Refere-se também a uma massa acumulada por qualquer outro agente natural e que se deposita em camadas na superfície terrestre, como areia, pedregulhos, lodo, lama, terra ou argila.
As infecções por tênias verdadeiras da subclasse CESTODA dos helmintos.
Gênero de vermes nematoides intestinais que inclui os oxiúros ou as filárias Enterobius vermicularis.
Protozoário parasita que causa a MALÁRIA VIVAX. Esta espécie é encontrada em praticamente todo local em que a malária é endêmica e é a única cuja amplitude se estende a regiões temperadas.
Família da ordem Rhodobacterales, classe ALPHAPROTEOBACTERIA.
Ordem de BACTÉRIAS Gram-positivas (principalmente aeróbicas) que tendem a formar filamentos ramificados.
Anéis de hidrocarbonetos que contêm duas partes cetona em qualquer posição. Podem ser substituídos em qualquer posição exceto nos grupos cetonas.
Corante que é uma mistura de violetas rosanilinas com propriedades antibacterianas, antifúngicas e anti-helmínticas.
Determinação do número de ovos de parasitas nas fezes.
Constituição genética do indivíduo que abrange os ALELOS presentes em cada um dos LOCI GÊNICOS.
Área geográfica do leste e sudeste da Ásia que abrange CHINA, HONG KONG, JAPÃO, COREIA, MACAU, MONGÓLIA e TAIWAN.
Método in vitro para produção de grandes quantidades de DNA específico ou fragmentos de RNA de comprimento definido de pequenas quantidades de oligonucleotídeos curtos de sequências flanqueantes (iniciadores ou "primers"). O passo essencial inclui desnaturação térmica de moléculas alvo da dupla fita, reassociação dos primers a suas sequências complementares e extensão do iniciador reassociado pela síntese enzimática com DNA polimerase. A reação é eficiente, específica e extremamente sensível. A utilização da reação inclui diagnóstico de doenças, detecção de patógenos difíceis de se isolar, análise de mutações, teste genético, sequenciamento de DNA e análise das relações evolutivas.
Ácido ribonucleico das bactérias, que tem papéis regulatórios e catalíticos, tanto quanto envolvimento na síntese proteica.
Família de bactérias da ordem Sphingobacteriales, classe Sphingobacteria. São bacilos Gram-negativos, a maioria saprófita em habitats terrestres e aquáticos.
ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS baseados na detecção, por meio de testes sorológicos, de alterações típicas no nível sérico de ANTICORPOS específicos. Além de casos clinicamente manifestos, infecções subclínicas latentes e condições de portadores podem ser detectadas.
Família de bacterias Gram-negativas, da ordem Xanthomonadales, patogênica para plantas.
Pessoas (incluindo soldados) envolvidas com as forças armadas.
Filo de bactéria composto de três classes: Bacteroides, Flavobacteria e Sphingobacteria.
Estações do ano: Divisões do ano de acordo com algum fenômeno regularmente recorrente, geralmente astronômico ou climático. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed) Variações sazonais: Diferenças sazonais na ocorrência de eventos vitais.
Encefalite transmitida por mosquitos e causada pelo VÍRUS DA ENCEFALITE JAPONESA tipo B, que ocorre ao longo da Ásia Oriental e Austrália. A maioria das infecções ocorre em crianças e são subclínicas ou têm características limitadas à febre transitória e sintomas gastrointestinais. Inflamação no cérebro, medula espinhal e meninges pode ocorrer e levar a déficit neurológico transitório ou permanente (incluindo apresentação semelhante à da POLIOMIELITE), CONVULSÕES, COMA e morte. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p 751; Lancet 1998 Apr 11; 351(9109): 1094-7)
Cobertura do seguro que estabelece compensação e benefícios médicos aos trabalhadores por danos ou doenças relacionados ao trabalho.
O maior dos continentes. Foi conhecido mais especificamente pelos Romanos como o que nós conhecemos hoje como Ásia Menor. O nome vem de pelo menos duas possíveis fontes: do Assírio asu (subir) ou do Sânscrito usa (amanhecer), ambos com referência a ser esta a terra do sol nascente, ou seja, oriente em oposição a Europa, para o oeste.
A infestação em animais de vermes parasitas da classe dos helmintos. A infecção pode ser experimental ou veterinária.
Forma larval de tênias difilobotrídias do gênero DIPHYLLOBOTHRIUM e SPIROMETRA. Mamíferos que se alimentam de peixe e o homem são os hospedeiros definitivos.
Conjunto de métodos de estatística usados para agrupar variáveis ou observações em subgrupos altamente inter-relacionados. Em epidemiologia, pode-se usar para analisar séries de grupos de eventos com grande afinidade entre si ou casos de doença ou outros fenômenos relacionados à saúde cujos modelos de distribuição sejam bem definidos com respeito a tempo ou espaço, ou a ambos.
Corpos preservados por antigas técnicas egípcias ou devido ao acaso sob condições climáticas favoráveis.
Gênero de tênia contendo diversas espécies que ocorrem no intestino de peixes, aves e mamíferos, incluindo o homem. A infestação do homem ocorre geralmente pela ingestão de peixe não cozido. A fase larval é conhecida como SPARGANUM.
Família de plantas (ordem Cornales, subclasse Rosidae, classe Magnoliopsida) que forma um grupo pouco definido de árvores ornamentais: 11 de seus 14 gêneros foram classificados em famílias simples por algumas autoridades. Alguns botânicos incluem membros de NYSSACEAE nesta família .
Vômito de sangue que apresenta característica de cores vermelho claro ou café-terra. Geralmente indica sangramento do TRATO GASTROINTESTINAL SUPERIOR.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) cujos membros contêm NICOTINA (e outros produtos químicos biologicamente ativos) e cujas folhas secas são usadas para TABAGISMO.
Plantas ou partes de plantas que são prejudiciais ao homem e outros animais.
O ovário desenvolvido de uma planta, podendo ser carnudo ou seco, portando a(s) semente(s).
Estruturas expandidas, geralmente verdes, de plantas vasculares, consistindo caracteristicamente de uma expansão em lâmina ligada a um caule, funcionando como o principal órgão de fotossíntese e transpiração.
Gênero da família Lorisidae que possui quatro espécies que habitam as florestas e regiões de arbustos da África, ao sul do Saara, e algumas ilhas próximas. As quatro espécies são G. alleni, G. crassicaudatus, G. demidovii e G. senegalensis. Há outro gênero, Euoticus, que contém duas espécies que foram incluídas no gênero Galago por alguns autores.