Interação de pessoas ou grupos de pessoas que representam várias nações na busca de uma meta ou interesse comum.
Organizações internacionais que cooperam técnica e/ou financeiramente no campo da saúde ou em outros campos, com finalidade de desenvolver políticas, programas e/ou projetos nos âmbitos federal, estadual ou municipal.
Qualidade ou estado de relacionar ou afetar duas ou mais nações. (Tradução livre do original: Merriam-Webster Collegiate Dictionary, 10th ed)
Sistema estabelecido pela Organização Mundial de Saúde e pelo Comitê Internacional em Trombose e Hemostase, para monitorar e informar testes de coagulação sanguínea. Nesse sistema, os resultados são padronizados utilizando o Índice de Sensibilidade Internacional para a combinação usada no teste de reagentes/instrumentos particulares.
1)Sistema de categorias às quais as morbidades são atribuídas de acordo com critérios estabelecidos. Está incluída a vasta extensão de afecções disposta em um número manuseável de categorias, agrupadas para facilitar registros de mortalidade. É produzida pela Organização Mundial da Saúde (Tradução livre do original: ICD-10, p1). As Modificações Clínicas, produzidas pelo UNITED STATES DEPT. OF HEALTH AND HUMAN SERVICES são extensões usadas para morbidade e com propósitos epidemiológicos gerais, principalmente nos EUA. 2) Gênero de nomenclatura médica criada pela OMS com o objetivo de promover a comparabilidade internacional na coleção, processamento, classificação e apresentação de estatísticas de mortalidade. Inclui a indexação de dados hospitalares em relação a doenças e procedimentos cirúrgicos para que os mesmos sejam armazenados e futuramente analisados. (EPM, 2000)
A troca de estudantes ou pessoal profissional entre países feita sob patrocínio de uma organização com a finalidade de educação adicional.
Conceito relativo ao estado de saúde dos habitantes do mundo. Por ordem de gravidade os principais riscos para a saúde mundial foram assim classificados: subalimentação, prática de sexo sem proteção, hipertensão, tabagismo, álcool, má qualidade da água, colesterol, fumaça de combustíveis sólidos como carvão e lenha, carência de ferro e a obesidade.
Agência especializada das Nações Unidas, designada como uma autoridade coordenadora no trabalho internacional de saúde. Sua intenção é promover o nível mais alto possível de saúde para todos os povos.
Conferências, convenções ou outros encontros formais geralmente reunindo pessoas que representam uma área específica de interesse.
Os termos, expressões, designações ou símbolos usados em uma ciência particular, disciplina ou área de assunto especializada.
Médicos com diplomas emitidos por universidades de países que não aquele no qual exercem sua profissão.
Países no processo de mudança com o crescimento econômico, ou seja, um aumento na produção, consumo e renda per capita. O processo de crescimento econômico envolve a melhor utilização de recursos naturais e humanos que resultam em uma mudança nas estruturas sociais, políticas e econômicas.
Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.
Categorias da classificação da Organização Mundial da Saúde em saúde e domínios relacionados à saúde. A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) consiste de duas listas: uma lista de funções e estruturas do corpo e uma lista de domínios de atividade e participação. A CIF também inclui uma lista de fatores ambientais.
Sistemática de regras de fiscalização ou de princípios. Podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou por reunião de especialistas para discussão. O texto pode ser cursivo ou em forma esquemática, mas é geralmente um guia completo para os problemas e abordagens em qualquer campo de atividade. Para guias nos campos dos cuidados de saúde e medicina clínica, GUIAS DE PRÁTICA CLÍNICA COMO ASSUNTO está disponível.
Base [metodológica] com valores estabelecidos para se medir quantidade, massa, extensão ou qualidade, p.ex. padrões para massa, soluções, métodos, técnicas e procedimentos usados no diagnóstico e na terapêutica.
A designação coletiva de três organizações com associação comum: a Comunidade Econômica Europeia (Mercado Comum), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço e a Comunidade de Energia Atômica Europeia (Euratom). Era conhecida como a Comunidade Europeia até 1994. É principalmente uma união econômica com os objetivos principais de movimentar livremente bens, capital e trabalho. Serviços profissionais, sociais, médicos e paramédicos estão incluídos dentro do trabalho. Os países constituintes são a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido.
Países que alcançaram um nível de realização econômica através de aumento de produção, renda per capita e consumo, e utilização de recursos naturais e humanos.
Organização internacional formada por vários Estados soberanos, fundada logo após a II Guerra Mundial para manter a paz e a segurança internacionais, fomentar relações amistosas entre as nações, e promover o progresso social, melhores padrões de vida e os direitos humanos. Os estados-membros são unidos pelos princípios e deveres como membros da comunidade internacional. (ONU - Centro de Informações das Nações Unidas no Brasil)
Aspectos de saúde e de doença relacionados a viagens.
Maior país na América do Norte, abrange 10 províncias e três territórios. Sua capital é Ottawa.
Opinião geral coletiva ou de concordância. O julgamento é feito pela maioria dos interessados.
Menor continente e um país independente que abrange seis estados e dois territórios. Sua capital é Canberra.
Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.
Sociedades cuja associação é limitada aos médicos.
Anticoagulante que age inibindo a síntese de fatores de coagulação dependentes da vitamina K. Warfarina é indicado para a profilaxia e/ou tratamento da trombose venosa e sua extensão, da embolia pulmonar e da fibrilação atrial com embolia. Também é usado como adjunto na profilaxia da embolia sistêmica após infarto do miocárdio. Warfarina também é usado para matar roedores.
Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.
Pesquisa que envolve a aplicação das ciências naturais, especialmente a biologia, fisiologia à medicina.
Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.
Estudos que comparam duas ou mais culturas ou que comparam variáveis, de como estas são afetadas em diferentes contextos culturais.
Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.
Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.
Sociedades cuja associação é limitada aos cientistas.
Tempo de coagulação do PLASMA recalcificado na presença de excesso de TROMBOPLASTINA TECIDUAL. Os fatores medidos são FIBRINOGÊNIO, PROTROMBINA, FATOR V, FATOR VII e FATOR X. É utilizado para monitorar terapia anticoagulante com CUMARÍNICOS.
Agentes que impedem a coagulação.
Coleções extensivas, supostamente completas, de fatos e dados armazenados do material de uma área de assunto especializada posto à disposição para análise e aplicação. A coleção pode ser automatizada através de vários métodos contemporâneos para recuperação. O conceito deve ser diferenciado de BASES DE DADOS BIBLIOGRÁFICAS que é restringida a coleções de referências bibliográficas.
Refere-se aos direitos das pessoas a oportunidades culturais, sociais, econômicas e educacionais oferecidas pela sociedade ex. direito ao trabalho, direito a educação e direito a previdência social.
Orientações ou princípios apresentando regras de política atuais ou futuras para o praticante de cuidados de saúde, para assisti-lo nas decisões de cuidados ao paciente a respeito de diagnóstico, terapia ou circunstâncias clínicas relacionadas. Os guias podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou reuniões de especialistas para discussão. Os guias formam a base para avaliação de todos os aspectos de cuidados e distribuição da saúde.
Predição do provável resultado de uma doença baseado nas condições do indivíduo e no curso normal da doença como observado em situações semelhantes.
Ramo da medicina voltado para a prevenção e o controle de doenças e deficiências, e para a promoção da saúde física e mental da população tanto nos níveis internacional e nacional, como no estadual ou municipal.
O intercâmbio de bens ou artigos, especialmente em uma larga escala, entre países diferentes ou entre populações dentro do mesmo país. Inclui comércio (a compra, venda ou troca de artigos no atacado ou varejo) e negócios (a compra e venda de bens para obter lucro).
Sistemas e processos relativos ao estabelecimento, manutenção, administração e operação de registros e cadastros como por exemplo, registros de doenças.
Decisões geralmente desenvolvidas por formuladores de políticas do governo, para definição de objetivos imediatos e futuros do sistema de saúde.
Investigação crítica e exaustiva ou experimentação, tendo por objetivo a descoberta de fatos novos e sua interpretação correta, a revisão de conclusões, teorias ou leis aceitas, à luz de fatos recentemente descobertos, ou a aplicação prática dessas conclusões, teorias ou leis novas ou revisadas.
Período de tempo a partir de 2001 até 2100 da era comum.
Sistema para verificação e manutenção de um nível desejado de qualidade em um produto ou processo por planejamento cuidadoso, uso de equipamento apropriado, inspeção continuada e ação corretiva quando necessária (Random House Unabridged Dictionary, 2d ed) (NLM). Entende-se por boa qualidade de assistência o serviço que reúne os requisitos estabelecidos e, dados os conhecimentos e recursos de que se dispõe, satisfaz as aspirações de obter o máximo de benefícios com o mínimo de riscos para a saúde e bem-estar dos pacientes. Por conseguinte, uma assistência sanitária de boa qualidade se caracteriza por um alto grau de competência profissional, a eficiência na utilização dos recursos, o risco mínimo para os pacientes, a satisfação dos pacientes e um efeito favorável na saúde. (Racoveanu y Johansen)
Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.
Apresentações de declarações resumidas que representam o acordo da maioria dos médicos, cientistas e outros profissionais que concordam com a finalidade de alcançar um consenso -- frequentemente com descobertas e recomendações -- em um assunto de interesse. A Conferência, que consiste de participantes que representam os pontos de vista científicos e leigos, é um meio significante de avaliar o pensamento médico atual e reflete os mais recentes avanços em pesquisa para o respectivo campo a que se dirige.
1) Programas de vigilância elaborados para prevenir a transmissão de doenças, por qualquer via, de pessoa para pessoa ou de animal para humano (MeSH). 2) Operações e programas de monitoramento de doenças transmissíveis com o objetivo de reduzir e eliminar sua incidência e/ou prevalência. (Tradução livre do original: Last, 2001)
O maior dos continentes. Foi conhecido mais especificamente pelos Romanos como o que nós conhecemos hoje como Ásia Menor. O nome vem de pelo menos duas possíveis fontes: do Assírio asu (subir) ou do Sânscrito usa (amanhecer), ambos com referência a ser esta a terra do sol nascente, ou seja, oriente em oposição a Europa, para o oeste.
Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.
Métodos e técnicas aplicadas para identificar os fatores de risco e medir a vulnerabilidade aos perigos potenciais causados por desastres e substâncias químicas.
Curso ou método de ação escolhido geralmente por um governo entre várias alternativas para guiar ou determinar decisões presentes e futuras.
Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.
Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.
Estudos epidemiológicos que avaliam a relação entre doenças, agravos ou características relacionadas à saúde, e outras variáveis de interesse, a partir de dados coletados simultaneamente em uma população. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.
Reunião sistemática de dados, com um objetivo específico, de várias fontes, incluindo questionários, entrevistas, observação, registros existentes e equipamentos eletrônicos.
Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.
Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.
Plano para se coletar e utilizar dados de forma que a informação desejada seja obtida com precisão suficiente, ou de forma que uma hipótese seja testada adequadamente.
Organizações compostas por membros com os mesmos interesses e cujas profissões podem ser semelhantes.
Exame minucioso de uma população (população em geral, estudo de população, objetivo da população, etc.) geralmente usando métodos notáveis por sua praticabilidade, uniformidade e frequentemente por sua rapidez e mais ainda por sua completa precisão.
Pessoas que receberam treinamento ou especialização acadêmica em um país diferente daquele no qual exercem sua profissão.
Instalações equipadas para executar análises.
Organização profissional internacional composta de uma associação por país com a finalidade de melhorar e desenvolver a contribuição da enfermagem para a promoção da saúde e dos cuidados ao doente.
Atividades relacionadas com políticas governamentais, funções governamentais, etc.
Trabalhos sobre estudos pré-planejados sobre segurança, eficácia, ou esquema de dosagem ótima (se apropriado) de uma ou mais drogas diagnósticas, terapêuticas, ou profiláticas, dispositivos, ou técnicas selecionadas de acordo com critérios pré-determinados de elegibilidade e observadas para evidência pré-definida de efeitos favoráveis ou desfavoráveis. Este conceito inclui ensaios clínicos conduzidos tanto nos EUA quanto em outros países.
Negócio ou profissão da produção comercial e distribuição de literatura. Inclui o publicador, processo de publicação, edição e editores. A produção pode ser através de métodos de impressão convencionais ou publicação eletrônica.
Determinação do grau de desvantagem física, mental ou emocional. O diagnóstico é feito por pessoal legalmente habilitado visando benefícios e rendimentos sobre seguros de incapacidade e aptidão à Seguridade Social e compensação de benefícios de trabalhadores.
Questionário iterativo que busca avaliar consenso entre respostas individuais. Na abordagem clássica Delfos não há interação entre o consultado e o entrevistador.
Estrutura que transporta carga para navegação pelo ar que é apoiada por sua própria flutuabilidade ou pela ação dinâmica do ar contra suas superfícies. (Tradução livre do original: Webster, 1973)
Procedimentos estatísticos pra estimar a curva de sobrevivência de população mediante tratamentos, fatores de prognóstico, de exposição ou outras variáveis. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)
Grupo de ilhas no sudoeste do Pacífico. Sua capital é Wellington. Foi descoberta pelo explorador holandês Abel Tasman em 1642 e circunavegada por Cook em 1769. Colonizada em 1840 pela Companhia da Nova Zelândia, tornou-se uma colônia da coroa britânica em 1840 até 1907 quando seu estado colonial foi encerrado. Nova Zelândia é uma forma anglicizada parcial do nome holandês original Nieuw Zeeland, nova terra do mar, possivelmente com referência a província holandesa de Zeeland. (Tradução livre do original: Webster's New Geographical Dictionary, 1988, p842 & Room, Brewer's Dictionary of Names, 1992, p378)
Estruturas administrativas e funcionais cujo propósito é a sistematização de atividades coletivas para um fim particular.
Criança durante o primeiro mês após o nascimento.
A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.
Incapacidade do macho para ter uma EREÇÃO PENIANA devido à disfunção orgânica ou psicológica.
Publicação emitida em intervalos fixos, mais ou menos regulares. As revistas científicas constituem as principais publicações periódicas que publicam resultados de pesquisa.
Agência do PUBLIC HEALTH SERVICE envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes à manutenção de padrões de qualidade de comida, medicamentos, dispositivos terapêuticos, etc.
A profissão de escrever. Também a identidade do escritor como o criador de uma produção literária.
Processo de substituição de um símbolo ou código para um termo como diagnóstico ou procedimento. (Tradução livre do original: Slee's Health Care Terms, 3d ed.)
Instalações em terminais usadas para decolagem e pouso de aeronaves que incluem instalações para movimentação de passageiros. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed.)
A área geográfica da América Latina em geral e quando não são indicados o país específico ou países. Normalmente inclui a América Central, América do Sul, México e as ilhas do Caribe.
Estudo da estrutura, crescimento, função, genética e reprodução de bactérias, e de INFECÇÕES BACTERIANAS.
Refere-se a todos os aspectos da provisão e distribuição de serviços de saúde a uma população.
Qualquer ato pelo qual são infligidos dor e sofrimento físico e mental a uma pessoa, para se obter uma confissão ou uma informação, para punir um ato cometido por ela ou por alguma outra suspeita, para intimidar, degradar ou exercer pressão; ou por qualquer motivo discriminatório, quando essa dor e esse sofrimento são infligidos por um servidor público a alguma outra pessoa em nome de um oficial, com ou sem o consentimento deste - Convenção contra a Tortura das Nações Unidas, 1984. A Anistia Internacional é a principal organização que atua contra a tortura.
Movimento de entrada ou saída de indivíduos ou grupo de indivíduos, de um mesmo país para outro, geralmente em busca de melhores condições de vida.
Exercício de autoridade governamental para controlar o comportamento.
A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.
Viagem além da atmosfera da terra.
Obrigações morais que regulam a conduta de pesquisa. Usada para discussões de ética na pesquisa como tópico geral.
Tratados autorizados sobre drogas e preparações, sua descrição, formulação, composição analítica, constantes físicas, propriedades químicas principais usadas em identificação, padrões de força, pureza, e dosagem, testes químicos para determinação de identidade e pureza, etc. Elas normalmente são publicadas sob jurisdição governamental ( por exemplo, USP, the United States Pharmacopoeia; BP, British Pharmacopoeia; P. Helv., the Swiss Pharmacopoeia). Elas diferem de FORMULÁRIOS por serem mais completas: formulários tendem a ser meras listas de fórmulas e prescrições.
Aceitação voluntária de uma criança de outros pais como filho próprio, normalmente com confirmação legal.
Processo através do qual um medicamento recebe aprovação por uma agência de regulamento governamental. Inclui qualquer teste pré-clínico ou clínico requisitado, revisão, submissão e avaliação das aplicações e resultados de testes, e vigilância "pós-marketing" da droga.
Proporção de sobreviventes de um grupo em estudo acompanhado por determinado período. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Aumento repentino na incidência de uma doença. O conceito inclui EPIDEMIA e PANDEMIA.
Coleta sistemática de dados relativos ao estado de saúde de determinada população. Pode ser descritiva, exploratória ou explicativa. (Tradução livre do original: Last, 2001)
Viagem a outro país com o propósito de tratamento médico.
Usado quando sexo é discutido como um fator em relação a algum assunto ou problema específico.
Processo de decisão pelo qual indivíduos, grupos ou instituições estabelecem legislações ou regulações que legitimem políticas relativas a planos, programas ou procedimentos.
Pesquisa voltada ao monitoramento da qualidade e efetividade da assistência à saúde medida em termos da obtenção de resultados pré-estabelecidos. Inclui parâmetros como melhoria do estado de saúde, diminuição de morbidade e mortalidade e melhoria de estados anormais (ex: pressão sanguínea elevada).
Abordagem da prática médica que tem o objetivo de melhorar e avaliar o cuidado com o paciente. Necessita de integração crítica das melhores evidências em pesquisa com os valores dos pacientes para tomar decisão sobre cuidado médico. Este método é usado para auxiliar os médicos a fazer diagnósticos apropriados, construir a melhor bateria de testes, escolher o melhor tratamento e metodologia para a prevenção de doença, bem como desenvolver orientações para grupos grandes de pacientes com a mesma doença. (Tradução livre do original: JAMA 296 (9), 2006)
O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)
País que se estende da Ásia central ao Oceano Pacífico.
Órgão independente do governo federal dos EUA estabelecido em 1961 responsável por programas de assistência econômica e humanitária em todo o mundo.
1) Regulamentos para garantir a proteção de equipamentos e da propriedade (MeSH). 2) REGULAMENTOS para garantir a proteção de pessoas e bens. No Brasil, também designa tipo de SANÇÃO aplicável a pessoas sem IMPUTABILIDADE que tenham cometido CRIME (Direito Sanitário).
Austrália, Nova Zelândia e ilhas vizinhas no Oceano Pacífico Sul.
Trabalhos sobre ensaios clínicos que envolvem pelo menos um tratamento teste e um tratamento controle, com matrícula simultânea e acompanhamento de grupos testes e de tratamento controle, e nos quais os tratamentos a serem administrados são selecionados por um processo randômico, como o uso de uma tabela de números randômicos.
Controle exercido pelas organizações mais estáveis da sociedade como por exemplo instituições estabelecidas e a lei. De maneira geral estão incorporados em códigos definidos, frequentemente na forma escrita.
Recomendações para a orientação do planejamento e das políticas de saúde. São geralmente emitidas pelo órgão central nacional de saúde como por exemplo o ministério da saúde.
O uso de métodos estatísticos na análise de um corpo de literatura para revelar o desenvolvimento histórico de campos de assuntos e padrões de autoria, publicação e uso. Antigamente chamada bibliografia estatística.
Método de medida dos efeitos de uma substância biologicamente ativa utilizando um modelo de tecido ou célula intermediários in vivo ou in vitro sob condições controladas. Inclui estudos de virulência em fetos animais no útero, bioensaios de convulsão por insulina em camundongo, sistemas de quantificação de iniciador de tumor em pele de camundongo, cálculo dos efeitos de potenciação de um fator hormonal em uma faixa isolada de músculo estomacal contrátil, etc.
Período após êxito do tratamento, em que não existem sintomas ou efeitos da doença.
Campo da enfermagem voltado para a promoção, manutenção e restauração da saúde.
Especialidade médica voltada para o uso de agentes físicos, de aparelhos mecânicos, e de manipulação para reabilitação de pacientes com doenças ou lesões físicas.
Trabalhos sobre estudos controlados e executados por diversas instituições cooperantes para avaliar a magnitude de certas variáveis e resultados numa população específica de pacientes. Por exemplo, estudos multicêntricos de anormalidades congênitas em crianças.
O segmento de empresas comerciais dedicado ao projeto, desenvolvimento e fabricação de produtos químicos para uso no diagnóstico e tratamento de doenças, deficiências ou outras disfunções ou para melhorar as funções orgânicas e corporais.
Métodos que tentam expressar em termos replicáveis a extensão de neoplasias no paciente.
Assistência, tal como dinheiro, comida ou abrigo, dado aos necessitados, idosos, ou vítimas de desastres. É geralmente concedida a título temporário. (Tradução livre do original: The American Heritage Dictionary, 2d college ed) Usar para documentos que tratem da organização e provisão de socorro (albergues, alimentos, assistência médica, serviços de saúde pública e serviço social) em situações de desastres (DeCS/BIREME) Ato ou efeito de socorrer. Atendimento a pessoa acidentada ou atingida por mal súbito. Ajuda ou assistência vinda do exterior para comunidades que se encontram sob o efeito de um grande desastre. Equipe de bombeiros ou de pessoas capacitadas, designadas para atender a uma ocorrência (sinistro). Pedido de auxílio (Material III- Ministério da Ação Social, 1992). Assistência e/ou intervenção durante ou após um desastre, para garantir a preservação da vida e das necessidades básicas de subsistência. Pode ser de emergência ou de duração prolongada.
Atos criminosos cometidos durante ou em conexão com a guerra, por exemplo, maus-tratos de prisioneiros, assassinato proposital de civis, etc.
Fatores sociais e econômicos que caracterizam o indivíduo ou o grupo dentro da estrutura social.
Agrupamento de indivíduos segundo idade ou faixa etária. O conceito não é restrito a humanos.
Conceito genérico que reflete um interesse com a modificação e a aprimoramento dos componentes da vida, ex. ambiente físico, político, moral e social; a condição geral de uma vida humana.
Conjunto de técnicas usadas quando a variação em diversas variáveis deve ser estudada simultaneamente. Em estatística, a análise multivariada se interpreta como qualquer método analítico que permita o estudo simultâneo de duas ou mais variáveis dependentes. Análise e interpretação das inter-relações entre três ou mais variáveis.
País localizado na EUROPA. Faz fronteira com o Mar do Norte, BÉLGICA e ALEMANHA. Áreas ultramarinas são Aruba, Curaçao, São Martinho, antigamente incluído nas ANTILHAS HOLANDESAS.
Processo de observação ou detecção dos efeitos de uma substância química administrada a um indivíduo, com fins terapêuticos ou diagnósticos.
Organizações representativas de áreas especializadas que são aceitas como autoridades; podem ser não governamentais, universidades ou uma organização independente de pesquisa, por ex. Academia Nacional de Ciências etc.
Linfoma maligno composto de grandes células B linfoides, cujo tamanho nuclear pode exceder núcleos de macrófagos normais, ou mais que duas vezes o tamanho de um linfócito normal. O padrão é predominantemente difuso. A maioria destes linfomas representa a parte maligna de linfócitos B no estágio intermediário do processo de diferenciação.
Membros da tripulação de uma astronave que inclui aqueles que viajam no espaço e aqueles em treinamento para voo espacial.
Pessoas com deficiência física ou mental que afeta ou limita suas atividades de vida diárias e que podem requerer acomodações especiais.
Desenvolvimento organizacional que inclui melhorias das estruturas de gestão, processos e procedimentos, dentro de organizações, e entre diferentes organizações e setores, para atender as necessidades presentes e futuras.
Doenças infecciosas que são novas em relação à abrangência de seus surtos (geográficos e de hospedeiros) ou modo de transmissão.
Procedimento ou método de ação selecionado para orientar e determinar decisões presentes e futuras.
Determinação, por medida ou comparação com um padrão, do valor correto de cada escala lida em um metro ou outro instrumento de medida; ou a determinação da calibragem de um dispositivo controle que corresponda a valores particulares de voltagem, corrente, frequência ou outra potência.
Doença causada por um agente infeccioso ou suas toxinas através da transmissão deste agente ou seus produtos, do reservatório ou de uma pessoa infectada ao hospedeiro suscetível, quer diretamente através de uma pessoa ou animal infectado quer indiretamente através de um hospedeiro intermediário vegetal ou animal, por meio de um vetor, ou através do meio ambiente inanimado.
Refere-se a todos os métodos organizados de reservas financeiras.
Processo de formulação, implementação e avaliação de planos e programas nos âmbitos federal, estadual e/ou municipal.
Método para medir desempenho em relação a padrões estabelecidos de melhor prática.
Os empreendimentos empresariais agregados da agricultura, manufatura e distribuição relacionados a tabaco e produtos derivados do tabaco.
Criada como o Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos em 1918. Iugoslávia tornou-se o nome oficial em 1929. BÓSNIA-HERZEGÓVINA, CROÁCIA e ESLOVÊNIA formaram países independentes em 7 de abril de 1992. A Macedônia tornou-se um país independente em 8 de fevereiro de 1994 como a antiga República Iugoslava da Macedônia (MACEDÔNIA (REPÚBLICA)).
Unidades administrativas do governo responsável por criar políticas e administrar as atividades governamentais.
Alcaloide antitumoral isolado de Vinca rosea. (ver CATHARANTHUS). (Tradução livre do original: Merck, 11th ed.)
Crescimento novo anormal de tecido. As neoplasias malignas apresentam um maior grau de anaplasia e têm propriedades de invasão e de metástase quando comparadas às neoplasias benignas.
A interação de duas ou mais pessoas ou organizações, que é direcionada para um objetivo comum, mutuamente benéfico. Uma situação de trabalho ou de atuação em conjunto com um propósito ou benefício comum, i. é, uma ação conjunta.
Indivíduos que se ocupam da pesquisa. (DeCS) Profissionais que trabalham na concepção ou criação de novos conhecimentos, produtos, processos, métodos ou sistemas e na gestão de ditos projetos, envolvendo tanto as atividades científicas como as tecnológicas (RICYT).
Inalação e exalação da fumaça do TABACO queimado.
Organizações que não funcionam visando lucro, podendo ser mantidas por doações ou contribuições privadas.
Número de homens e mulheres numa dada população ou grupo.
País na Europa ocidental limitado pelo Oceano Atlântico, Canal Inglês, Mar Mediterrâneo e pelos países Bélgica, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça, os principados de Andorra e Mônaco e ducado de Luxemburgo. Sua capital é Paris.
Ramificação da ética aplicada que estuda as implicações de valor de práticas e desenvolvimentos nas ciências da vida, medicina e cuidados de saúde.
Sangramento ou escape de sangue [a partir] de um vaso.
Democracia parlamentar localizada entre a França ao nordeste e Portugal ao oeste, limitada pelo Oceano Atlântico e pelo Mar Mediterrâneo.
Conflito hostil entre grupos organizados de pessoas.
Dois ou mais compostos químicos quando usados simultaneamente ou sequencialmente no tratamento farmacológico da neoplasia. As drogas não precisam estar na mesma dosagem.
Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.
Uso de materiais escritos, impressos ou gráficos em acompanhamento a um produto ou seu recipiente ou invólucro. Inclui propósito, efeito, descrição, direções, perigos, advertências e outras informações pertinentes.
Retorno de um sinal, sintoma ou doença após uma remissão.
Acordo internacional da Associação Médica Mundial que oferece diretrizes para administrar experiências que usam modelos humanos. Foi adotada em 1962 e revisada pela 18a Assembleia Médica Mundial em Helsinki, Finlândia em 1964. Foram feitas revisões subsequentes em 1975, 1983, 1989, e 1996. (Tradução livre do original: Encyclopedia of Bioethics, rev ed, 1995)
Aquisição de conhecimento como resultado de instrução em um curso formal de estudo.
Circulação ou ampla dispersão de informação.
Período de tempo a partir de 1801 até 1900 da era comum.
Dispositivos tripulados e não tripulados que são projetados para serem colocados em uma órbita sobre a Terra ou em uma trajetória para outro corpo celeste.
Classe de transtornos cefaleicos primários e incapacitantes caracterizados por cefaleias pulsáteis, unilaterais e recorrentes. Os dois subtipos principais são a enxaqueca comum (sem aura) e a clássica (com aura ou sintomas neurológicos) (Tradução livre do original: International Classification of Headache Disorders, 2nd ed. Cephalalgia 2004: suppl 1)
Sistemas e processos de medida e peso.
Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.
Constituição genética do indivíduo que abrange os ALELOS presentes em cada um dos LOCI GÊNICOS.
Proteção, preservação, restauração e uso racional de todos os recursos ambientais.
Atividades e programas encarregados de assegurar a qualidade dos cuidados em um ato ou um programa médico definido.
Grupo de afecções caracterizadas por perda súbita, não convulsiva, da função neurológica, devido a ISQUEMIA ENCEFÁLICA ou HEMORRAGIAS INTRACRANIANAS. O acidente cerebral vascular é classificado pelo tipo de NECROSE de tecido, como localização anatômica, vasculatura envolvida, etiologia, idade dos indivíduos afetados e natureza hemorrágica versus não hemorrágica (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp777-810).
Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.
República ao sul da África, a parte mais austral da África. Possui três capitais: Pretoria (administrativa), Cidade do Cabo (legislativa) e Bloemfontein (jurídica). É oficialmente a República da África do Sul desde 1960, e foi chamada de União da África do Sul entre 1910 e 1960.
Procedimentos para encontrar a função matemática que melhor descreve a relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. Na regressão linear (v. MODELOS LINEARES) a relação é construída para ser uma linha reta e usa-se a ANÁLISE DOS MÍNIMOS QUADRADOS para determinar o melhor ajuste. Na regressão logística (v. MODELOS LOGÍSTICOS) a variável dependente é qualitativa em vez de uma variável contínua e são usadas FUNÇÕES VEROSSIMILHANÇA para encontrar a melhor relação. Na regressão múltipla, considera-se que a variável dependente pende mais que uma única variável independente.
Projeto, desenvolvimento, fabricação e operação de AERONAVES mais pesadas que o ar.
Grupos constituídos para aconselhar corpos governamentais, sociedades ou outras instituições sobre política. (Tradução livre do original: Bioethics Thesaurus)
Diretrizes e comunicações de política editorial estabelecidas pelo(s) editor(es) ou conselho editorial de uma publicação.
Apoio financeiro às atividades de pesquisa.
Medidas-síntese que contêm informação relevante sobre determinados atributos e dimensões do estado de saúde, bem como do desempenho do sistema de saúde. Vistos em conjunto, devem refletir a situação sanitária de uma população e servir para a vigilância das condições de saúde. (adaptação OPAS)
Incluem o espectro das infecções pelo vírus da imunodeficiência humana que vão desde o estado soropositivo assintomático, passando pelo complexo relação-AIDS até a síndrome de imunodeficiência adquirida (AIDS).
Maus-tratos deliberados de grupos de seres humanos incluindo violações dos direitos fundamentais universalmente aceitos e estabelecidos pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotados e proclamados pela Assembleia Geral das Nações Unidas, resolução 217 A (III) de 10 de dezembro de 1948.
Conjunto de tópicos que pertencem ao domínio da BIOÉTICA, o campo de estudo preocupado com os valores das questões que surgem na biomedicina e assistência à saúde.
Região do sudoeste da Ásia e nordeste da África normalmente considerado como se estendendo da Líbia no oeste até o Afeganistão no leste. (Tradução livre do original: Webster's New Geographical Dictionary, 1988)
Relato detalhado ou declaração formal ou registro de dados resultantes de investigação empírica (MeSH). Relatório de progresso ou de resultados da pesquisa, preparados com o objetivo de dar a conhecer a metodologia e resultados de projetos (DeCS/SH).
Realização das atividades básicas de cuidados pessoais próprios como vestir-se, caminhar ou comer.
Promoção da saúde é o processo de capacitação do indivíduo em melhorar e controlar sua saúde. Para alcançar o estado de completo bem-estar físico, mental e social, um indivíduo ou grupo deve ser capaz de identificar aspirações, satisfazer necessidades e mudar ou lidar com seu ambiente. Saúde é vista, portanto, como um meio de vida e não um objetivo. Política de promoção de saúde envolve abordagens diversas, mas complementares, levando em conta as diferenças sociais, culturais e econômicas de cada país. (Ottawa Charter 1986)
É uma aproximação do risco relativo, característica de estudos de casos e controles, dada pela proporção entre a probabilidade de adoecer e não adoecer mediante a exposição e não exposição ao fator de risco em estudo.
Exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais, que ocorre como resultado da ocupação profissional.
Estado independente que consiste em três ilhas no Mar Mediterrâneo, ao sul da Sicília. Sua capital é Valetta. A ilha principal é Malta, as duas ilhas menores são Comino e Gozo. Era uma colônia fenícia e cartaginesa, capturada pelos romanos em 218 a.C. Foi invadida por sarracenos em 870, tomada pelo normandos em 1090 e subsequentemente tomada pelos franceses e depois pelos britânicos, que as atribuiu um governo de domínio em 1921. Tornou-se uma colônia da coroa em 1933 e alcançou independência em 1964. O nome vem possivelmente da raiz pré-indo-europeia mel, alto, referindo-se as suas pedras, mas uma origem mais pitoresca deriva o nome do grego melitta ou melissa, mel, com referência a sua fama antiga na produção de mel.