Complexo Burkholderia cepacia: Grupo de espécies fenotipicamente similares mas genotipicamente distintas (genomovares) do gênero BURKHOLDERIA. São encontrados em água, solo e rizosfera de plantações. Podem agir como patógenos humanos oportunistas e como promotores do crescimento de plantas e agentes de biocontrole.Burkholderia cepacia: Espécie de BURKHOLDERIA que é considerada um patógeno oportunista em humanos. Tem sido associada a diversos tipos de infecções de origem hospitalar.Infecções por Burkholderia: As infecções por bactérias do gênero BURKHOLDERIA.Burkholderia: Gênero de bactérias em bastonete, Gram-negativas e aeróbias. Organismos deste gênero haviam sido previamente classificados como membros do gênero PSEUDOMONAS, mas grandes achados químicos e bioquímicos indicaram a necessidade de separá-los das outras espécies de Pseudomonas, e assim o gênero foi criado.Fibrose Cística: Doença genética, autossômica e recessiva das GLÂNDULAS EXÓCRINAS. Causadora por mutações no gene que codifica o REGULADOR DE CONDUTÂNCIA TRANSMEMBRANA EM FIBROSE CÍSTICA, expresso em vários órgãos, inclusive PULMÃO, PÂNCREAS, Sistema Biliar e GLÂNDULAS SUDORÍPARAS. A fibrose cística é caracterizada por disfunção secretória epitelial associada com obstrução ductal, resultando em OBSTRUÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS, INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS crônicas, Insuficiência Pancreática, má digestão, depleção de sal e EXAUSTÃO POR CALOR.Burkholderia cenocepacia: Espécie de bactéria Gram-negativa que causa doença em plantas. É encontrada comumente no ambiente e é um patógeno oportunista em humanos.Burkholderia pseudomallei: Espécie de bactérias Gram-negativas aeróbias que causam MELIOIDOSE. Foi isolada do solo e da água em regiões tropicais, particularmente no sudeste asiático.Recombinases Rec A: Família de recombinases identificadas inicialmente em BACTÉRIAS. Catalisam a troca de fitas de DNA dirigida por ATP durante a RECOMBINAÇÃO GENÉTICA. O produto da reação consiste em um duplex e uma alça de fita simples deslocada, que tem a forma da letra D, razão pela qual é denominada estrutura em alça D.Técnicas de Tipagem Bacteriana: Procedimentos para identificação de tipos e variedades de bactérias. Os sistemas de tipagem mais frequentemente empregados são TIPAGEM DE BACTERIÓFAGO e SOROTIPAGEM bem como tipagem de bacteriocinas e biotipagem.Cianeto de Hidrogênio: Cianeto de hidrogênio (HCN). Líquido tóxico ou gás incolor. É encontrado na fumaça de vários produtos do tabaco e liberado a partir da combustão de materiais orgânicos que contêm nitrogênio.Cebolas: Plantas herbáceas bianuais e seus bulbos comestíveis, que pertencem às liliáceas (LILIACEAE).DNA Bacteriano: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de bactérias.Escarro: Material expelido dos pulmões e expectorado através da boca. Contém MUCO, fragmentos celulares e micro-organismos. Pode também conter sangue ou pus.Microbiologia Ambiental: Estudo dos micro-organismos que vivem em diferentes ambientes (ar, solo, água, etc.) e sua relação patogênica com outros organismos inclusive o ser humano.Biofilmes: Incrustações, formadas por micróbios (bactérias, algas, fungos, plâncton ou protozoários) mergulhados em polímeros extracelulares, que aderem a superfícies como dentes (DEPÓSITOS DENTÁRIOS), PRÓTESES E IMPLANTES e cateteres. Os biofilmes são impedidos de se formarem pelo tratamento das superfícies com DENTIFRÍCIOS, DESINFETANTES, ANTI-INFECCIOSOSOS e agentes anti-incrustantes.Polimorfismo de Fragmento de Restrição: Variação que ocorre dentro de uma espécie na presença ou no comprimento de um fragmento de DNA gerado por uma endonuclease específica em um sítio específico do genoma. Estas variações são geradas por mutações que criam ou abolem sítios de reconhecimento para estas enzimas, ou modificam o comprimento do fragmento.Pirrolnitrina: 3-Cloro-4-(3-cloro-2-nitrofenil)pirrol. Antibiótico antifúngico isolado de Pseudomonas pyrrocinia. É eficaz principalmente contra Trichophyton, Microsporium, Epidermophyton e Penicillium.Benzetônio: Surfactante quaternário de amônio, um bactericida catiônico utilizado como agente anti-infeccioso tópico. É um ingrediente de medicamentos, desodorantes, enxágues bucais, etc. É utilizado para desinfetar objetos, no processamento de alimentos, na indústria farmacêutica, em cirurgias, e também como conservante. O composto é oralmente tóxico por ocasionar um bloqueio neuromuscular.Melioidose: Doença em homens e em animais que se assemelha ao MORMO. É causada por BURKHOLDERIA PSEUDOMALLEI e pode variar entre uma infecção dormente até uma afecção que cause abscessos múltiplos, pneumonia e bacteremia.Infecções Oportunistas: Infecção causada por um organismo que se torna patogênico sob certas situações como, por exemplo, durante imunossupressão.Análise de Sequência de DNA: Processo de vários estágios que inclui clonagem, mapeamento físico, subclonagem, determinação da SEQUÊNCIA DE DNA e análise de informação.Benzoato de Sódio: O sal de sódio do ÁCIDO BENZOICO. É utilizado como antifúngico, para preservar preparações farmacêuticas e alimentos. Pode ser utilizado também para testar a função hepática.RNA Ribossômico 16S: Constituintes da subunidade 30S dos ribossomos procarióticos contendo 1600 nucleotídeos e 21 proteínas. O RNAr 16S encontra-se envolvido no início da síntese polipeptídica.Reação em Cadeia da Polimerase: Método in vitro para produção de grandes quantidades de DNA específico ou fragmentos de RNA de comprimento definido de pequenas quantidades de oligonucleotídeos curtos de sequências flanqueantes (iniciadores ou "primers"). O passo essencial inclui desnaturação térmica de moléculas alvo da dupla fita, reassociação dos primers a suas sequências complementares e extensão do iniciador reassociado pela síntese enzimática com DNA polimerase. A reação é eficiente, específica e extremamente sensível. A utilização da reação inclui diagnóstico de doenças, detecção de patógenos difíceis de se isolar, análise de mutações, teste genético, sequenciamento de DNA e análise das relações evolutivas.Tobramicina: Antibiótico aminoglicosídico de largo espectro produzido pelo Streptomyces tenebrarius. É efetivo contra bactérias Gram-negativas, especialmente a espécie PSEUDOMONAS. Este é um componente (10 por cento) do complexo antibiótico NEBRAMICINA, produzido pela mesma espécie.Técnica de Amplificação ao Acaso de DNA Polimórfico: Técnica de amplificação que utiliza reação em cadeia por polimerase (PCR) de baixa viscosidade com primers únicos de sequência arbitrária para gerar um sistema de força específica de fragmentos anônimos de DNA. A técnica de RAPD pode ser utilizada para determinar identidade taxonômica, avaliar relações de parentesco, analisar amostras de genomas misturados e criar sondas específicas.4-Butirolactona: Um dos FURANOS com um carbonil que resulta na formação da lactona cíclica. É um composto endógeno feito do gama-aminobutirato e precursor do gama-hidroxibutirato. É também utilizado como um agente farmacológico e solvente.Virulência: Grau de patogenicidade dentro de um grupo ou espécies de micro-organismos ou vírus, conforme indicado pela taxa de fatalidade dos casos e/ou pela capacidade do organismo invadir os tecidos do hospedeiro. A capacidade patogênica de um organismo é determinada por seus FATORES DE VIRULÊNCIA.Filogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Eletroforese em Gel de Campo Pulsado: Eletroforese em gel na qual a direção do campo elétrico é alterada periodicamente. Esta técnica é similar a outros métodos eletroforéticos normalmente utilizados para separar a dupla fita das moléculas de DNA de variáveis tamanhos até dezenas de milhares de pares de bases. Contudo, pela alternância da direção do campo elétrico é possível separar moléculas de DNA de comprimentos de até vários milhões de pares de bases.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Microbiologia do Solo: Presença de bactérias, vírus, e fungos no solo. A expressão não se restringe a organismos patogênicos.Percepção de Quorum: Fenômeno no qual os micro-organismos se comunicam e coordenam seu comportamento, acumulando moléculas sinalizadoras. A reação ocorre quando uma sustância acumulada atinge uma concentração adequada. É muito comum na maioria das bactérias.DNA Ribossômico: Sequências de DNA que codificam o RNA RIBOSSÔMICO e os segmentos de DNA separando os genes individuais do RNA ribossômico, citados como DNA ESPAÇADOR RIBOSSÔMICO.Antibacterianos: Substâncias que reduzem a proliferação ou a reprodução de BACTÉRIAS.Infecções por Bactérias Gram-Negativas: As infecções causadas por bactérias que se coram de rosa (negativa) quando tratadas pelo método de coloração do gram.Proteínas de Bactérias: Proteínas encontradas em qualquer espécie de bactéria.Especificidade da Espécie: Restrição de um comportamento característico, estrutura anatômica ou sistema físico, como resposta imunológica, resposta metabólica ou gene ou variante gênico dos membros de uma espécie. Refere-se às propriedades que diferenciam uma espécie de outra, mas também se usa para níveis filogenéticos superiores ou inferiores ao nível de espécie.Genes Bacterianos: Unidades hereditárias funcionais das BACTERIAS.Viabilidade Microbiana: Capacidade de um micróbio sobreviver abaixo de determinadas condições. Pode também estar relacionado a uma capacidade da colônia para replicar-se.Burkholderia gladioli: Espécie de bactéria Gram-negativa, aeróbia que atua tanto como patógeno humano como de plantas.Impressões Digitais de DNA: Técnica para identificação de indivíduos de uma espécie baseada na singularidade de suas sequências de DNA. A singularidade é determinada identificando-se qual combinação de variações alélicas ocorrem no indivíduo em número estatisticamente relevante de diferentes loci. Em estudos forenses, o POLIMORFISMO DE FRAGMENTO DE RESTRIÇÃO de LOCI VNTR ou loci de REPETIÇÕES MINISSATÉLITE múltiplos e altamente polimórficos são analisados. O número de loci usados para o perfil depende da FREQUÊNCIA ALÉLICA na população.Testes de Sensibilidade Microbiana: Qualquer teste que demonstre a eficácia relativa de diferentes agentes quimioterápicos contra micro-organismos específicos (isto é, bactérias, fungos, vírus).Ácido 2,4,5-Triclorofenoxiacético: Herbicida com poderosas propriedades irritantes. O uso deste composto em campos de arroz, pomares, canaviais, pradarias e outros locais sem plantação foi suspenso pelo EPA em 1985. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed).Meios de Cultura: Qualquer preparação líquida ou sólida preparada especificamente para o crescimento, armazenamento ou transporte de micro-organismos ou outros tipos de células. A variedade de meios existentes (como os meios diferenciados, seletivos, para teste, e os definidos) permite o cultivo de micro-organismos e tipos celulares específicos. Os meios sólidos são constituídos de meios líquidos que foram solidificados com um agente como AGAR ou GELATINA.Mormo: Doença contagiosa de cavalos que pode ser transmitida a humanos. Causada por BURKHOLDERIA MALLEI e caracteriza-se por ulceração da mucosa respiratória e erupção de nódulos na pele.Polissacarídeos Bacterianos: Polissacarídeos encontrados em bactérias e em suas cápsulas.Farmacorresistência Bacteriana: Capacidade da bactéria em resistir ou tornar-se tolerante aos agentes quimioterápicos, antimicrobianos ou a antibióticos. Essa resistência pode ser adquirida através de mutação gênica ou plasmídeos transmissíveis com DNA estranho (FATORES R).Regulação Bacteriana da Expressão Gênica: Qualquer dos processos pelos quais os fatores citoplasmáticos ou intercelulares influem no controle diferencial da ação gênica nas bactérias.Genoma Bacteriano: Complemento genético de uma BACTÉRIA como representado em seu DNA.Fatores de Virulência: Componentes de um organismo que determinam sua capacidade para provocar doença, mas não são necessários para sua viabilidade. Tem sido caracterizadas duas classes: TOXINAS BIOLÓGICAS e moléculas de adesão de superfície que executam a capacidade do micro-organismo invadir e colonizar um hospedeiro. (Tradução livre do original: From Davis et al., Microbiology, 4th ed. p486)Sequência de Bases: Sequência de PURINAS e PIRIMIDINAS em ácidos nucleicos e polinucleotídeos. É chamada também de sequência nucleotídica.Pseudomonas: Gênero de bactérias em forma de bastonete, Gram-negativas e aeróbias, que são amplamente distribuídas na natureza. Algumas espécies são patogênicas a humanos, animais e plantas.Biodegradação Ambiental: Eliminação de POLUENTES AMBIENTAIS, PRAGUICIDAS e outros resíduos usando organismos vivos, geralmente envolvendo intervenção de engenheiros ambiental ou saneamento.Pseudomonas aeruginosa: Espécie de bactérias em bastonete, gram-negativas e aeróbias, comumente isoladas de amostras clínicas (feridas, queimaduras e infecções do trato urinário). Também é amplamente distribuída no solo e na água. P. aeruginosa é um dos principais agentes de infecção hospitalar.Genótipo: Constituição genética do indivíduo que abrange os ALELOS presentes em cada um dos LOCI GÊNICOS.