Coma: Estado profundo de inconsciência associado a depressão da atividade cerebral da qual o indivíduo não pode ser despertado. O coma geralmente ocorre quando há disfunção ou lesão envolvendo ambos os hemisférios cerebrais ou a FORMAÇÃO RETICULAR do tronco cerebral.Escala de Coma de Glasgow: Escala que avalia a resposta aos estímulos em pacientes com lesões craniocerebrais. Os parâmetros são abertura dos olhos, resposta motora e resposta verbal.Coma Diabético: Estado de inconsciência como resultado de uma complicação de diabetes mellitus. Ocorre em casos de HIPERGLICEMIA ou HIPOGLICEMIA extrema como uma complicação da terapia com INSULINA.Coma Insulínico: HIPOGLICEMIA grave induzida por uma ampla dose de INSULINA exógena que resulta em COMA ou estado profundo de inconsciência na qual o indivíduo não consegue ser despertado.Coma Pós-Traumatismo da Cabeça: Inconsciência prolongada da qual o indivíduo não pode ser despertado, associada com lesões traumáticas ao CÉREBRO. Pode ser definido como inconsciência persistindo por 6 horas ou mais. O coma resulta de traumatismos em ambos hemisférios cerebrais ou na FORMAÇÃO RETICULAR do TRONCO CEREBRAL. Os mecanismos contribuintes incluem LESÃO AXONAL DIFUSA e EDEMA CEREBRAL.Mixedema: Afecção causada por deficiência no nível dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS e caracterizada por um tipo ceroso de EDEMA seco, com depósito anormal de MUCOPOLISSACARÍDEOS na PELE e outros tecidos. A pele se torna entumecida ao redor dos olhos e nas bochechas, e a face é parva e sem expressão, com lábios e nariz mais espessos.Coma Hiperglicêmico Hiperosmolar não Cetótico: Complicação grave de DIABETES MELLITUS TIPO 2. Caracteriza-se por HIPERGLICEMIA extrema, DESIDRATAÇÃO, hiperosmolaridade sérica e consciência deprimida levando ao COMA na ausência de CETOSE e ACIDOSE.Traumatismos Encefálicos: Lesões agudas e crônicas (ver também LESÃO ENCEFÁLICA) ao encéfalo, incluindo os hemisférios cerebrais, CEREBELO e TRONCO CEREBRAL. As manifestações clínicas dependem da natureza da lesão. O trauma difuso ao encéfalo é frequentemente associado com LESÃO AXONAL DIFUSA ou COMA PÓS-TRAUMÁTICO. As lesões localizadas podem estar associadas com MANIFESTAÇÕES NEUROCOMPORTAMENTAIS; HEMIPARESIA ou outras deficiências neurológicas focais.Traumatismos Craniocerebrais: Lesões traumáticas envolvendo o crânio e estruturas intracranianas (i. é, CÉREBRO; NERVOS CRANIANOS; MENINGES e outras estruturas). As lesões podem ser classificadas de acordo com o crânio ser penetrado ou não (i. é, penetrante vs. não penetrante), ou se houver hemorragia associada.Encefalopatia Hepática: Síndrome caracterizada por disfunção do sistema nervoso central em associação com FALÊNCIA HEPÁTICA, incluindo derivações portossistêmicas. Entre as características clínicas estão letargia e CONFUSÃO (progredindo frequentemente para o COMA), Asterixe, NISTAGMO PATOLÓGICO, reflexos oculovestibulares bruscos, postura de descerebração e descorticação, ESPASTICIDADE MUSCULAR e reflexo plantar extensor bilateral (v. REFLEXO DE BABINSKI). A ELETROENCEFALOGRAFIA pode demonstrar ondas trifásicas. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp1117-20; Plum & Posner, Diagnosis of Stupor and Coma, 3rd ed, p222-5)Malária Cerebral: Afecção caracterizada por sonolência ou coma na presença de uma infecção aguda com PLASMODIUM FALCIPARUM (e mais raramente por outras espécies de Plasmodium). As manifestações clínicas iniciais incluem CEFALEIAS, ATAQUES e alterações mentais seguida de uma rápida progressão para o COMA. As características da doença incluem a presença de capilares cerebrais preenchidos por eritrócitos parasitas e múltiplos focos pequenos de necrose cortical e subcortical. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p136)Estado Vegetativo Persistente: Estado vegetativo referente à posição neurocognitiva de indivíduos com dano cerebral grave, nos quais as funções fisiológicas (ciclos dormir-despertar, controle autônomo e respiração) persistem, mas o estado de consciência (incluindo todas as funções e emoções cognitivas) é abolido.Aberrações de Frente de Onda da Córnea: Assimetrias na topografia e no índice de refração da superfície da córnea que afetam a acuidade visual.Aberrometria: Uso do aberrômetro para medir as imperfeições do tecido ocular ou anormalidades baseadas na forma como a luz passa através do olho, o que afeta a habilidade do olho de focalizar adequadamente.Índices de Gravidade do Trauma: Sistemas para avaliar, classificar e codificar lesões. Esses sistemas são utilizados em registros médicos, sistemas de vigilância e registros estaduais e nacionais para ajudar na coleta e relato do trauma.Escala de Resultado de Glasgow: Escala que avalia o resultado de lesões craniocerebrais graves, baseada no nível da função social recuperada.Astigmatismo: Curvatura desigual das superfícies refrativas do olho; por isso, um ponto de luz não pode ser trazido a um foco puntiforme na retina, mas é espalhado por uma área mais ou menos difusa. Isto resulta de o raio de curvatura em um plano ser mais longo ou mais curto que o rádio perpendicular a ele.Topografia da Córnea: Medida da curvatura e forma da superfície anterior da córnea usando-se técnicas como ceratometria, ceratoscopia, fotoceratoscopia, perfil fotográfico, processamento de imagem assistido por computador e videoceratografia. Esta medida é frequentemente feita para adaptação de lentes de contato e para diagnóstico de doenças corneanas ou de alterações corneanas inclusive ceratocone que ocorre após ceratotomia e ceratoplastia.Gelo-Seco: Forma sólida de dióxido de carbono utilizado como agente refrigerante.Astronomia: Ciência voltada para os corpos celestes, e [também] para a observação e interpretação das radiações recebidas das diferentes partes do universo nas vizinhanças da Terra.Ensaio Cometa: Técnica de toxicologia genética para medir o dano ao DNA em uma célula individual que utiliza eletroforese em gel de células ao nível individual por meio do emprego de amostras celulares extremamente pequenas. Os fragmentos de DNA celular assumem uma formação de "cometa com cauda" na eletroforese e são detectados com um sistema de análise por imagem. As condições alcalinas do ensaio facilitam a sensível detecção de danos em uma única fita.Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Gases: Fluido aeriforme. Toma a forma do espaço onde está confinado e pode mudar para o estado líquido ou sólido por perda de temperatura ou aumento de pressão (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Legislação de Medicamentos: Leis e regulamentos referentes à produção, dispensação e comercialização de medicamentos.Mononucleose Infecciosa: Infecção aguda, comum, normalmente causada pelo vírus Epstein-Barr (HERPESVIRUS 4 HUMANO). Há um aumento das células brancas mononucleares do sangue e outros linfócitos atípicos, linfoadenopatia generalizada, esplenomegalia e ocasionalmente hepatomegalia com hepatite.Prêmio NobelNorth CarolinaNeve: Cristais de água congelada que caem da ATMOSFERA.AMP Cíclico: Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.Distinções e PrêmiosInconsciência: Perda da capacidade em manter consciência de si próprio e do ambiente, combinados com uma resposta acentuadamente reduzida a estímulos ambientais. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp344-5)Estado de Consciência: Conhecimento de si mesmo e do ambiente.Transtornos da Consciência: Transtornos mentais orgânicos em que há deficiência da capacidade em manter consciência de si próprio e do ambiente, e em responder a estímulos ambientais. A disfunção dos hemisférios cerebrais ou da FORMAÇÃO RETICULAR do tronco cerebral pode resultar nesta afecção.Alucinações: Sensações experimentadas subjetivamente na ausência de um estímulo apropriado, mas que são guardadas pelo indivíduo como se fossem reais. Podem ter origem orgânica ou estarem associadas com TRANSTORNOS MENTAIS.Inconsciente (Psicologia): As forças e conteúdo mentais que não estão comumente disponíveis à percepção consciente ou à lembrança imediata.Salários e Benefícios: Refere-se à remuneração ou benefícios assegurados a um empregado.Elementos da Série Actinoide: Série de elementos radioativos do ACTÍNIO, número atômico 89 até o LAURÊNCIO, número atômico 103.Crime: Violação da lei criminal, ou seja, uma violação do código de conduta especificamente sancionada pelo ESTADO, que através do PODER JUDICIÁRIO, julga e aplica penas ao criminoso.Decepção: Ato de enganar ou o fato de ser enganado.União Europeia: A designação coletiva de três organizações com associação comum: a Comunidade Econômica Europeia (Mercado Comum), a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço e a Comunidade de Energia Atômica Europeia (Euratom). Era conhecida como a Comunidade Europeia até 1994. É principalmente uma união econômica com os objetivos principais de movimentar livremente bens, capital e trabalho. Serviços profissionais, sociais, médicos e paramédicos estão incluídos dentro do trabalho. Os países constituintes são a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido.Marketing: Atividade envolvida na transferência de mercadorias do produtor para o consumidor ou em troca de serviços.Sangue Oculto: Detecção química, espectroscópica ou microscópica de quantidades extremamente pequenas de sangue.AMP Desaminase: Enzima que catalisa a desaminação de AMP a IMP. EC 3.5.4.6.Alimentos: Qualquer substância tomada pelo corpo que proporciona nutrição.Visitas a Pacientes: As visitas dos pacientes e regras para visitação.Fenômenos Astronômicos: Agregados de matéria no espaço sideral, como estrelas, planetas, cometas, etc., além das propriedades e processos que eles sofrem.Microcomputadores: Computadores pequenos que usam chips microprocessadores LSI (large-scale integration) como a CPU (central processing unit) e semicondutores de memória para armazenamento compacto e barato de instruções de programa e dados. Eles são menores e menos caros que minicomputadores e normalmente são construídos em um sistema dedicado onde são aperfeiçoados para uma aplicação particular. "Microprocessador" pode se referir a CPU ou ao microcomputador inteiro.Legislação Veterinária: Leis e regulamentos, relativos ao campo da medicina veterinária, propostos para aprovação ou aprovados por um corpo legislativo.Software: Programas e dados operacionais sequenciais que instruem o funcionamento de um computador digital.Ribonuclease III: Endorribonuclease específica para o RNA bicatenário. Desempenha um papel no processamento do RNA pós-transcritivo do pré-RNA RIBOSSÔMICO e outras variedades de estruturas de RNA contendo regiões bicatenárias.ComputadoresMotivação: Aqueles fatores que levam um organismo a se comportar ou a agir de modo a atingir um objetivo ou alguma satisfação. Podem ser influenciados por impulsos psicológicos ou por estímulos externos.Dispositivos Lab-On-A-Chip: Microdispositivos que combinam tecnologia microfluídica com funções elétricas e/ou mecânicas para analisar volumes de fluido muito pequenos. Consistem de microcanais encravados em substratos feitos de silicone, vidro ou polímeros usando processos semelhantes à fotolitografia. Os fluidos em teste nos canais podem, então, interagir com diferentes elementos tais como eletrodos, fotodetectores, sensores químicos, bombas e válvulas.