Gênero de plantas da família RUTACEAE. Seus membros contêm anetol e CARBAZÓIS.
Tipo de cumarina (CUMARÍNICOS) com outro(s) anel(éis) pirano.
Gênero de plantas (família RUTACEAE) cujos membros contêm alcaloides quinolínicos.
Família de plantas da ordem Sapindales que cresce em regiões mais quentes e possui flores conspícuas.
Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.
Plantas da divisão Rhodophyta conhecidas comumente como algas vermelhas em que predomina o pigmento vermelho (FICOERITRINA). Entretanto, quando este pigmento é destruído, as algas podem aparecer roxas, castanhas, verdes ou amarelas. Duas substâncias importantes são encontradas nas paredes celulares das algas vermelhas: ÁGAR e CARRAGENINA. Algumas rodofíceas são ALGAS MARINHAS (macroalgas) notáveis.
Tratamento cirúrgico da doença isquêmica da artéria coronária pelo enxerto de uma secção da veia safena, uma artéria torácica interna, ou outro substituto entre a aorta e a artéria coronária obstruída distante da lesão obstrutiva.
Gênero de plantas (família SAPINDACEAE) em que a semente da P. cupana é fonte do pó de guaraná (que contém 4 por cento de CAFEÍNA).
Família de plantas (ordem Sapindales, subclasse Rosidae, classe Magnoliopsida) de árvores resinosas e arbustos com folhas alternadas compostas por muitos folhetos.
Gênero de plantas (família RANUNCULACEAE) cujos membros contêm ESCOPOLETINA e SAPONINAS.
Família de plantas da ordem Dilleniales, subclasse Dillenniidae, classe Magnoliopsida.
Gênero de plantas (família RANUNCULACEAE) que contém protoanemonina, anemonina e ranunculina.
Gênero de plantas (família RANUNCULACEAE) cujos membros contêm ACONITIDINA e outros alcaloides diterpenoides.
Gênero de plantas (família Illiciaceae, ordem Illiciales, subclasse Magnoliidae, classe Magnoliopsida) com folhas aromáticas, sempre verdes e flores bissexuais. A porção feminina da flor é constituída por 7 a 15 carpelos.
Gênero de plantas (família RANUNCULACEAE) que apresentam aquiledina, isoquiledina e glicosídeos do tipo cicloartano.
Gênero de plantas (família Paeoniaceae, ordem Dilleniales, subclasse Dilleniidae, classe Magnoliopsida) de ervas perenes com até 2 m (6') de altura. As folhas são alternadas, divididas em três lobos, que por sua vez, são divididos em três lobos menores. As flores são grandes, simétricas, bissexuais com 5 sépalas, 5 pétalas (às vezes, 10) e vários estames.
Óleo de brotos de flor de árvores de SYZYGIUM que contém quantias grandes de EUGENOL.
Cinamato derivado da via do shikamato encontrado em ÓLEO DE CRAVO e outras PLANTAS.
Inflamação da mucosa do nariz semelhante àquela encontrada na febre do feno exceto que os sintomas persistem ao longo do ano. As causas são normalmente alérgenos presentes no ar, particularmente poeiras, penas, fungos, pele animal, etc.
Gênero da família Myrtaceae algumas vezes conhecido por rolhas na MEDICINA TRADICIONAL. Muitas  espécies do gênero SYZYGIUM possuem sinônimos que começam com o nome genérico Eugenia.
Expulsão súbita de ar, forçada e involuntária, do NARIZ e BOCA causada por irritação das MEMBRANAS MUCOSAS do TRATO RESPIRATÓRIO superior.
Gênero de plantas (família ERICACEAE) conhecido por espécies de frutas comestíveis.
Rinite alérgica que ocorre na mesma época todos os anos. Caracteriza-se por CONJUNTIVITE aguda com lacrimejamento, coceira e é considerada uma afecção alérgica desencadeada por ALÉRGENOS específicos.
Gênero de plantas da família RUTACEAE. A família abrange as frutas cítricas conhecidas, incluindo laranjas, pomelos, limões e limas. Há muitos híbridos, o que torna sua nomenclatura confusa.
Família de bactérias Gram-negativas que são saprófitas, simbiontes ou patógenos de plantas.
Grande ordem de insetos caracterizados por ter peças bucais adaptadas para perfurar ou sugar. É formada por quatro subordens: HETERÓPTEROS, Auchenorryncha, Sternorryncha e Coleorryncha.
Doenças de plantas.
Insetos que transmitem organismos infecciosos de um hospedeiro para outro, ou de um reservatório inanimado para um hospedeiro animado.
Espécie de plantas (gênero CITRUS, família RUTACEAE) que fornecem a conhecida fruta laranja que também é fonte do óleo de laranja.
Classe Insecta, no filo dos ARTRÓPODOS, cujos membros são caracterizados pela divisão em três partes: cabeça, tórax e abdome. Consistem no grupo dominante de animais na Terra; várias centenas de milhares de tipos foram descritos. Três ordens, HEMIPTERA, DIPTERA e SIPHONAPTERA são de interesse para a medicina porque causam doenças em humanos e animais. (Tradução livre do original: Borror et al., An Introduction to the Study of Insects, 4th ed, p1)
República na África ocidental, ao sul do NÍGER e entre o TOGO e a NIGÉRIA. Sua capital é Porto-Novo. Fora outrora chamada de Dahomey. No século XVII era um reino na área meridional da África. Posições seguras no litoral foram estabelecidas pelos franceses que depuseram o soberano por volta de 1892. Foi feita colônia francesa em 1894 e ganhou independência em 1960. Benin vem do nome dos habitantes indígenas, os Bini, agora mais intimamente ligados à Nigéria meridional (Cidade de Benin, uma cidade daquele país). Bini pode ser relacionado ao árabe bani, filhos.
República na África ocidental, ao sul do NÍGER entre BENIN e CAMARÕES. Sua capital é Abuja.
Período de tempo a partir de 1801 até 1900 da era comum.
Período de tempo a partir de 1601 até 1700 da era comum.
Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.
Período de tempo a partir de 1701 até 1800 da era comum.
Migrantes involuntários, vítimas de condições políticas, guerras ou catástrofes naturais. (Tradução livre do original: Popline, 2002)
Inibidor potente e específico da protease de HIV que parece ter boa biodisponibilidade oral.
Substâncias sintéticas ou de ocorrência natural que estão relacionadas à cumarina, a delta-lactona do ácido cumarínico.
Som que expressa emoção por meio do ritmo, melodia, harmonia e timbre.
Hormônio pancreático de 51 aminoácidos que desempenha um papel fundamental no metabolismo da glucose, suprimindo diretamente a produção endógena de glucose (GLICOGENÓLISE, GLUCONEOGÊNESE) e indiretamente a secreção de GLUCAGON e a LIPÓLISE. A insulina nativa é uma proteína globular composta por um hexâmero coordenado de zinco. Cada monômero de insulina contém duas cadeias, A (21 resíduos) e B (30 resíduos), ligadas entre si por duas pontes dissulfeto. A insulina é usada para controlar o DIABETES MELLITUS TIPO 1.
Expulsão súbita e audível de ar dos pulmões através de uma glote parcialmente fechada precedida por inalação. É uma resposta protetora que serve para limpar a traqueia, brônquios e/ou pulmões de irritantes e secreções ou para prevenir a aspiração de materiais estranhos para dentro dos pulmões.
Habilidades no uso de linguagem que conduz a proficiência em comunicação escrita ou falada.
Glicose no sangue.
Gênero de plantas da família ASTERACEAE há muito utilizadas em medicina popular para tratamentos de feridas.
Grande família de plantas (ordem Asterales, subclasse Asteridae, classe Magnoliopsida), também conhecidas como Compositae. As pétalas da flor são unidas próximo à base e os estames se alternam com os lóbulos da corola. O nome vulgar 'margarida' refere-se a vários gêneros desta família, inclusive Aster, CHRYSANTHEMUM, RUDBECKIA e TANACETUM.
Série de elementos radioativos do ACTÍNIO, número atômico 89 até o LAURÊNCIO, número atômico 103.
Parte da planta acima da terra (sem as raizes).
Gênero de plantas (família LAMIACEAE) mais conhecidas pelo 'tomilho' (thyme) que é adicionado aos alimentos.
Grupo de DITERPENOS ciclizados em 2 anéis com uma cadeia lateral.