Ancilostomíase: Infecção de humanos e animais com ancilóstomas do gênero ANCYLOSTOMA. As características incluem anemia, dispepsia, eosinofilia e inchaço abdominal.Ancylostoma: Gênero de nematoides parasitas intestinais que compreende diversas espécies. A. duodenale é o ancilóstomo comum em humanos. A. braziliense, A. ceylonicum e A. caninum ocorrem primariamente em cães e gatos, mas também já foram relatados em humanos.Necator americanus: Parasita comum de humanos nos trópicos e subtrópicos úmidos. Estes organismos aderem às vilosidades do intestino delgado e sugam sangue, causando diarreia, anorexia e anemia.Necatoríase: Infecção em humanos ou animais por ancilóstomos do gênero NECATOR. A anemia resultante desta infecção é menos grave do que a da ANCILOSTOMÍASE.Necator: Gênero de vermes parasitas intestinais que inclui um dos mais importantes ancilóstomos do homem, NECATOR AMERICANUS. A outra única espécie conhecida, N. suillus, foi recuperada de porcos.Larva Migrans: As infecções causadas por larvas de nematoides que nunca atingem o estágio adulto e que migram através de vários tecidos do organismo. Elas normalmente infectam a pele, os olhos e as vísceras no homem. O Ancylostoma brasiliensis causa a larva migrans cutânea. O Toxocara causa a larva migras visceral.Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Termômetros: Instrumentos de medida para determinar a temperatura da matéria. A maioria dos termômetros usados no campo da medicina é projetada para medir a temperatura corporal ou para uso no laboratório clínico. (Tradução livre do original: UMDNS, 1999)Meio Ambiente: Elementos e condições externos que envolvem, influenciam e afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo ou população.Preconceito: Julgamento preconcebido feito sem evidência factual.Temperatura Corporal: Medida do nível de calor de um animal, incluindo o ser humano.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Faringe: Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e aos PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, estendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICOIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe).Estavudina: Análogo didesoxinucleosídeo que inibe a transcriptase reversa e tem atividade in vitro contra o HIV.Galinhas: Nome vulgar dado a espécie Gallus gallus "ave doméstica" (família Phasianidae, ordem GALIFORME). São descendentes das aves selvagens vermelha do SUDESTE DA ÁSIA.Dermatite Atópica: Doença inflamatória crônica da pele, determinada geneticamente, marcada pela habilidade elevada em formar reagina (IgE), com suscetibilidade aumentada à rinite alérgica e asma, e disposição hereditária para um limiar diminuído para prurido. Manifesta-se por liquenificação, escoriação e crostas, principalmente nas superfícies das curvaturas do cotovelo e joelho. Em recém-nascidos, é conhecida como eczema infantil.Sacos Aéreos: Sacos ou espaços de paredes finas que funcionam como uma parte do sistema respiratório de pássaros, peixes, insetos e mamíferos.Aranhas: Artrópodes da classe ARACHNIDA [ou ARACNÍDEOS], ordem Araneae. Exceto pelos ácaros e carrapatos, aranhas constituem a maior ordem de aracnídeos, com aproximadamente 37.000 espécies descritas. A maioria das aranhas são inofensivas, embora algumas espécies possam ser consideradas moderadamente nocivas já que suas picadas podem levar a sintomas locais bastante severos.Piometra: Acúmulo de PUS no interior da cavidade uterina (ÚTERO). Geralmente indica a presença de outras infecções.Solo: Mineral inconsolidado ou matéria orgânica na superfície da terra que serve como meio natural para o crescimento de plantas terrestres.Laringe: Órgão tubular da produção da VOZ. É localizado no pescoço anterior, superior à TRAQUEIA e inferior à LÍNGUA e ao OSSO HIOIDE.Doenças do Cão: Doenças do cão doméstico (Canis familiaris). Este termo não inclui doenças de cães selvagens, LOBOS, RAPOSAS e outros Canidae, para os quais o termo CARNÍVOROS é utilizado.Volume Sanguíneo: Volume de SANGUE circulante. É a soma do VOLUME PLASMÁTICO e VOLUME DE ERITRÓCITOS.AMP Cíclico: Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.Parasitos: Organismos invertebrados que vivem sobre um organismo ou dentro dele (hospedeiro) tirando proveito. Tradicionalmente, estão excluídos da definição de parasitas, as BACTÉRIAS patogênicas, os FUNGOS, os vírus e as PLANTAS, embora possam viver de forma parasita.Alimentos: Qualquer substância tomada pelo corpo que proporciona nutrição.Parede Celular: Camada mais externa de uma célula na maioria das PLANTAS, BACTÉRIAS, FUNGOS e ALGAS. Geralmente é uma estrutura rígida externa à MEMBRANA CELULAR, e oferece uma barreira protetora contra agentes físicos e químicos.Doença de Whipple: Infecção sistêmica crônica por bactéria Gram positiva (Tropheryma whippelii) que afeta principalmente o INTESTINO DELGADO; também afeta os ARTICULAÇÕES, o SISTEMA CARDIOVASCULAR e o SISTEMA NERVOSO CENTRAL. A doença é caracterizada por depósitos de gordura na MUCOSA INTESTINAL e nos LINFONODOS, má absorção, DIARREIA com esteatorreia oleosa, DESNUTRIÇÃO e ARTRITE.Tropheryma: Gênero de bactérias Gram-positivas da família Cellulomonadaceae.Gastroenterite: INFLAMAÇÃO de qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL do ESÔFAGO ao RETO. Entre as várias causas da gastroenterite estão genética, infecção, HIPERSENSIBILIDADE, efeitos de drogas e CÂNCER.Minerais: Substâncias orgânicas fossilizadas ou inorgânicas, naturais, que apresentam uma composição química definida e formadas por reações inorgânicas. Podem apresentar-se sob a forma de cristais individuais ou podem estar disseminadas em outros minerais ou rochas.Norovirus: Gênero de vírus (família CALICIVIRIDAE) associado com GASTROENTERITES endêmicas em humanos. O representante da espécie (VÍRUS NORWALK) apresenta múltiplas linhagens.Síndromes de Malabsorção: Termo geral para um grupo de síndromes de DESNUTRIÇÃO causada por insuficiência da ABSORÇÃO INTESTINAL de nutrientes.Ancylostomatoidea: Superfamília de nematódeos uncinados parasitas que compreendem quatro gêneros: ANCYLOSTOMA, NECATOR, Bunostomum e Uncinaria. ANCYLOSTOMA e NECATOR ocorrem em humanos e outros mamíferos. Bunostomum é comum em ruminantes e Uncinaria, em lobos, raposas e cães.Filariose: Infecções com nematoides da superfamília FILARIOIDEA. A presença de vermes vivos no corpo é principalmente assintomática, mas a morte dos vermes adultos causa a inflamação granulomatosa e fibrose permanente. Os organismos do gênero Elaeophora infectam alces silvícolas e carneiro doméstico causando necrose isquêmica do cérebro, cegueira e dermatose facial.Infecções por Uncinaria: A infecção em homens e animais por ancilóstomas duodenais que não sejam aqueles do gênero Ancylostoma ou Necator, para os quais os termos à disposição são a ANCILOSTOMÍASE E NECATORÍASE.Salmonella paratyphi A: Sorotipo de SALMONELLA ENTERICA, causadora de FEBRE PARATIFOIDE amena em humanos.Vibrio cholerae: Agente etiológico da CÓLERA.Salmonella paratyphi B: Sorotipo de SALMONELLA ENTERICA, agente etiológico da FEBRE PARATIFOIDE em humanos.Salmonella paratyphi C: Sorotipo de SALMONELLA ENTERICA que é agente etiológico de FEBRE PARATIFOIDE na Ásia, África e sul da Europa.Vibrio cholerae O1: Linhagem do VIBRIO CHOLERAE contendo o grupo 1 de ANTÍGENOS O. Todas as linhagens (sorotipos) são causadoras do CÓLERA. Há duas 'biovariedades' (biovars; biotipos): cholerae e 'eltor' (El tor).Salmonella typhi: Sorotipo de SALMONELLA ENTERICA (agente etiológico da FEBRE TIFOIDE).Mebendazol: Benzimidazol que atua interferindo no METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS e inibindo a polimerização dos MICROTÚBULOS.Antinematódeos: Substâncias usadas no tratamento ou no controle das infestações por nematoides. Também são usados na prática veterinária.Aprovação de Drogas: Processo através do qual um medicamento recebe aprovação por uma agência de regulamento governamental. Inclui qualquer teste pré-clínico ou clínico requisitado, revisão, submissão e avaliação das aplicações e resultados de testes, e vigilância "pós-marketing" da droga.Precauções Universais: Medidas preventivas padrões para serem tomadas por profissionais e pessoal de saúde em contato com pessoas atingidas por doença transmissível, para evitar contrair a doença por contágio ou infecção. Precauções são especialmente aplicáveis no diagnóstico e cuidado de pacientes com AIDS.Albendazol: Anti-helmíntico benzimidazólico de largo espectro, relacionado estruturalmente com o MEBENDAZOL, que é eficaz contra muitas doenças.Anti-Helmínticos: Agentes destrutivos para os vermes parasitários. São usados terapeuticamente para tratar a HELMINTÍASE, tanto no homem como nos animais.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Livros RarosLivros de Texto como Assunto: Livros usados no estudo de um assunto que contém uma apresentação sistemática dos princípios e vocabulário de um assunto.BolíviaEquadorMoraceae: Família das amoreiras (ordem Urticales, subclasse Hamamelidae, classe Magnoliopsida) contendo látex leitoso e pequenas flores machos ou fêmeas, sem pétalas.Internato e Residência: Programas de treinamento em medicina e especialidades médicas oferecidos por hospitais para graduados em medicina para ir de encontro às exigências estabelecidas por autoridades competentes.Internato não Médico: Programas avançados de treinamento para responder a certas exigências em outros campos que não a medicina ou a odontologia, por exemplo, a farmacologia, a nutrição, a enfermagem, etc.