Alcaloides, principalmente tropanos, elaborados por plantas da família Solanaceae, incluindo Atropa, Hyoscyanus, Mandragora, Nicotiana, Solanum, etc. Alguns agem como antagonistas colinérgicos; a maioria é muito tóxica; muitos são usados como remédios.
Bases orgânicas nitrogenadas. Muitos alcaloides de importância médica ocorrem nos reinos animal e vegetal e alguns são sintéticos.
Alcaloides originalmente isolados do fungo da espécie Claviceps purpurea (Hypocreaceae). Entre eles estão os compostos estruturalmente relacionados com a ergolina (ERGOLINAS) e a ergotamina (ERGOTAMINAS). Muitos dos alcaloides de Claviceps agem como antagonistas alfa-adrenérgicos.
Grupo de alcaloides contendo um grupo benzilpirrólico (derivado do TRIPTOFANO).
Grupo de ALCALOIDES caracterizados por uma necina contendo nitrogênio e encontrados principalmente em plantas das seguintes famílias BORAGINACEAE, COMPOSITAE e LEGUMINOSAE. Podem ser ativados no fígado por hidrólise do éster e desnaturação da base necina para reativar as CITOTOXINAS pirrólicas eletrofílicas.
Grupo de dímeros ALCALOIDES do tipo indol-indolina obtidos de plantas do gênero VINCA. Inibem a polimerização de TUBULINAS em MICROTÚBULOS, bloqueando assim a formação do fuso e parando as células na METÁFASE. Representam alguns dos ANTINEOPLÁSICOS mais úteis.
Alcaloides extraídos de várias espécies de Cinchona.
Grupo de alcaloides relacionados de plantas que contêm a estrutura de anel heterocíclico de BERBERINA.
Alcaloides derivados da TIRAMINA e combinados com 3,4-di-hidroxibenzaldeído pela via da norbeladina, incluindo a GALANTAMINA, licorina e crinina. São encontrados na família de plantas Amaryllidaceae (LILIACEAE).
Ato de empregar feitiçaria (o uso do poder ganho da assistência ou controle dos espíritos), especialmente com propósito malévolo, e a prática dos poderes sobrenaturais e pretensa relação com o demônio ou similar.
Afeição; em psiquiatria, geralmente refere-se ao prazer, particularmente no que se aplica às experiências gratificantes entre indivíduos.
Agentes químicos ou odores que estimulam o desejo sexual.
Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.
Corpo de histórias, cujas origens podem ser desconhecidas ou esquecidas, que servem para explicar práticas, convicções, instituições ou fenômenos naturais. Mitologia inclui lendas e contos do povo. Pode se referir à mitologia clássica ou a um corpo de pensamento moderno e vida moderna.
VERTEBRADOS de sangue frio que respiram ar pertencentes à Classe Reptilia, geralmente cobertos com escamas externas ou placas ósseas.
Todo comportamento relativo ao conflito entre dois indivíduos.
Família de plantas (ordem Solanales, subclasse Asteridae) entre as mais importantes estão BATATAS, TOMATES, CAPSICUM (pimentões verdes e vermelhos), TABACO e BELADONA.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) cujos membros contêm ALCALOIDES DE SOLANÁCEOS. Algumas espécies deste gênero são chamadas 'Beladona' que também é o nome vulgar para ATROPA BELLADONNA.
Espécie de plantas (gênero SOLANUM, família SOLANACEAE) cuja raiz (rica em amido) é utilizada como alimento. A SOLANINA é encontrada nas partes verdes.
Espécie de plantas (família SOLANACEAE) nativas da América do Sul, amplamente cultivadas por seu fruto, geralmente vermelho, carnudo e comestível. Também são usadas como medicamento homeopático.
Espécie vegetal do gênero SOLANUM, família SOLANACEAE. O fruto consiste de uma grande baga em forma de ovo, que varia na cor, indo do roxo escuro ao vermelho, amarelado ou branco. As folhas são grandes e ovaladas. As flores são pendentes, violetas e com uns cinco centímetros de comprimento.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) cujos membros contêm NICOTINA (e outros produtos químicos biologicamente ativos) e cujas folhas secas são usadas para TABAGISMO.
Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.
Agência especializada das Nações Unidas, designada como uma autoridade coordenadora no trabalho internacional de saúde. Sua intenção é promover o nível mais alto possível de saúde para todos os povos.
Contaminação do ar por fumaça de tabaco.
Inalação e exalação da fumaça do TABACO queimado.
Conceito relativo ao estado de saúde dos habitantes do mundo. Por ordem de gravidade os principais riscos para a saúde mundial foram assim classificados: subalimentação, prática de sexo sem proteção, hipertensão, tabagismo, álcool, má qualidade da água, colesterol, fumaça de combustíveis sólidos como carvão e lenha, carência de ferro e a obesidade.
Instrumentos afiados usados para puncionar ou suturar.
Grau em que se encontra um indivíduo ou população quanto às funções físicas e mentais, independentemente do sistema de saúde local. (Tradução livre do original: Last, 2001)
1) Espécie de plantas do gênero ATROPA da família SOLANACEAE que contêm ATROPINA, ESCOPOLAMINA, ALCALOIDES DE BELADONA e outros ALCALOIDES DE SOLANÁCEAS. Algumas espécies deste gênero são chamadas de beladona, sendo este também o nome vulgar para SOLANUM (MeSH/NLM). 2) Também se utiliza como medicamento homeopático. Atropa belladona. Abrev.: "bell.". Origem vegetal. Parte utilizada: planta fresca, sem as partes lenhosas inferiores do caule ao final da florada.
Espécie de plantas (gênero SOLANUM, família SOLANACEAE) contendo glicosídeos esteroides.
Estilo ou modo típico de viver que caracteriza um indivíduo ou grupo. (Tradução livre do original: From APA, Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed)
Ordem de MAMÍFEROS, normalmente comedores de carne com dentição apropriada. As subordens incluem os carnívoros terrestres, fissipedia e os carnívoros aquáticos PINÍPEDES.
Distúrbios gastrointestinais, erupções cutâneas ou choque causados por reações alérgicas aos alérgenos ingeridos nos alimentos.
Inflamação da mucosa do nariz semelhante àquela encontrada na febre do feno exceto que os sintomas persistem ao longo do ano. As causas são normalmente alérgenos presentes no ar, particularmente poeiras, penas, fungos, pele animal, etc.
Expulsão súbita de ar, forçada e involuntária, do NARIZ e BOCA causada por irritação das MEMBRANAS MUCOSAS do TRATO RESPIRATÓRIO superior.
Rinite alérgica que ocorre na mesma época todos os anos. Caracteriza-se por CONJUNTIVITE aguda com lacrimejamento, coceira e é considerada uma afecção alérgica desencadeada por ALÉRGENOS específicos.
Fármacos usados para tratar reações alérgicas. A maioria age impedindo a liberação de mediadores inflamatórios ou inibindo as ações dos mediadores liberados em suas células alvo.
Aplicação de alérgenos para mucosa nasal. A interpretação inclui observação de sintomas nasais, rinoscopia e rinomanometria. Os testes de provocação nasal são utilizados nos diagnósticos de hipersensibilidade nasal, incluindo a RENITE ALÉRGICA SAZONAL.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) que contém ALCALOIDES SOLANÁCEOS, inclusive ATROPINA (que recebeu este nome devido a este gênero).
Alcaloides obtidos de várias plantas, especialmente da mortal árvore sombra da noite (Atropa belladonna), variedade acuminata. Atropina, hiosciamina e escopolamina são agentes antimuscarínicos específicos clássicos, com muitos efeitos farmacológicos. São usados principalmente como antiespasmódicos.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) contendo TROPANOS.
Gênero de plantas (família ASTERACEAE) wue contém defensina antifúngica.
Insetos da família Formicidae, bastante comuns e amplamente distribuídos, provavelmente o grupo de maior êxito dentre os insetos. Todas as formigas são insetos sociais e a maioria das colônias possui três castas: rainhas, machos e operárias. Seus hábitos são frequentemente muito elaborados e diversos estudos têm sido realizados sobre o comportamento das formigas. Formigas produzem diversas secreções que funcionam no ataque, defesa e comunicação.
Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.
Fibrocartilagens interarticulares da superfície superior da tíbia.
Enzima que catalisa a desaminação de AMP a IMP. EC 3.5.4.6.
Gênero de mosquitos (CULICIDAE) frequentemente encontrados em regiões tropicais e subtropicais. A FEBRE AMARELA e a DENGUE são duas das doenças que podem ser transmitidas por espécies deste gênero.
A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.
Processo pelo qual múltiplas transcrições de RNA são geradas a partir de um gene único. O processamento alternativo envolve o processamento conjunto de outros grupos de ÉXONS durante o processamento de algumas, mas não de todas as transcrições do gene. Assim um determinado éxon pode ser conectado a qualquer um dos vários éxons alternativos para formar o RNA maduro. As formas alternativas maduras de RNA MENSAGEIRO produzem ISOFORMAS DE PROTEÍNAS, nas quais uma parte das isoformas é comum enquanto as outras partes são diferentes.