Poliquetídeos com algumas dúzias de carbonos de comprimento, constituídos por uma sequência de vários PROPIONATOS, e oxigenados formando anéis de tetraidrofurano e lactona ao longo da cadeia. São encontrados em ANNONACEAE e outras PLANTAS. Compostos relacionados ciclizam gerando a MACROLÍDEOS.
Gênero de plantas da família ANNONACEAE. Possui frutos comestíveis e sementes contendo acetogeninas, benzoquinazolina e outros alcaloides.
Família da planta 'custard-apple' (ordem Magnoliales, subclasse Magnoliidae e classe Magnoliopsida) com alguns membros fornecendo grandes frutos carnudos e madeira para o comércio. As folhas e a madeira são frequentemente aromáticas. As folhas são simples com margens simples e dispostas alternadamente em duas fileiras ao longo do talo.
Compostos com anel de 5 membros, sendo 4 carbonos e um oxigênio. São heterociclos aromáticos. A forma reduzida é o tetra-hidrofurano.
Gênero de plantas da família ANNONACEAE cujos membros contêm uvarigrina, uvarigrandina, chamuvaritina e outras acetogeninas, e alcaloides benzilisoquinolínicos.
Surfactante quaternário de amônio, um bactericida catiônico utilizado como agente anti-infeccioso tópico. É um ingrediente de medicamentos, desodorantes, enxágues bucais, etc. É utilizado para desinfetar objetos, no processamento de alimentos, na indústria farmacêutica, em cirurgias, e também como conservante. O composto é oralmente tóxico por ocasionar um bloqueio neuromuscular.
Ésteres cíclicos de ácidos hidroxicarboxílicos, contendo uma estrutura 1-oxacicloalcano-2-ona. Grandes lactonas cíclicas (com mais de 12 átomos) são MACROLÍDEOS.
Gênero de ALGAS VERMELHAS da família Rhodomelaceae. Algumas espécies são fonte rica de metabólitos que contêm cloro e bromo e apresentam atividade antibacteriana significativa.
Flavoproteína e complexo oxidorredutase contendo ferro-enxofre que catalisa a conversão da UBIQUINONA em ubiquinol. Na MITOCÔNDRIA, o complexo também acopla a reação ao transporte de PRÓTONS através da membrana interna. O componente NADH DESIDROGENASE do complexo pode ser isolado e está classificado como EC 1.6.99.3.
Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.
Construção teórica usada em matemática aplicada para analisar determinadas situações em que há uma interação entre as partes que podem ter interesses semelhantes, opostos ou mistos. Em um jogo típico, "jogadores" que tomam decisões, cada um com suas próprias metas, tentam ganhar vantagem sobre os outros jogadores antecipando a decisão do oponente. O jogo, finalmente é resolvido em consequência das decisões dos jogadores.
Consideração e preocupação pelos outros (em contraposição a amor-próprio ou egoísmo), os quais podem ser uma influência motivadora.
Aplicação de fumaça, vapor ou gás para desinfetar ou destruir pestes ou micro-organismos. (MeSH/NLM) Fumigante, m. Produto formulado com base em substâncias voláteis, que penetram no inseto através das espiráculas respiratórias. Ver Fumigação. F1: BRASIL. Fundação Nacional de Saúde. Controle de vetores: procedimentos de segurança. Brasília: Fundação Nacional de Saúde, 2001. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/funasa/controle_vetores.pdf
Corpos celestes queorbitam ao redor do sol ou de outras estrelas.
Gênero de plantas da família ANNONACEAE. Membros contêm DITERPENOS.
Doação voluntária de benefícios materiais ou intangíveis e, em geral, sem expectativa de algum retorno. Entretanto, as doações podem ser motivadas por sentimentos de ALTRUISMO ou gratidão, por um senso de obrigação, ou pela esperança de receber alguma coisa em troca.
Originalmente uma ilha do Arquipélago Malaio, a segunda maior ilha do mundo. Ela se dividiu em Nova Guiné Ocidental, tornando-se parte da Indonésia, e Nova Guiné Oriental, tornando-se Papua Nova Guiné.
Substâncias naturais ou sintéticas que inibem ou retardam a oxidação de uma substância na qual é adicionado. Agem contra os efeitos nocivos e danosos da oxidação em tecidos animais.
O ovário desenvolvido de uma planta, podendo ser carnudo ou seco, portando a(s) semente(s).
Composto de seis carbonos relacionado à glucose. Na natureza é encontrado em frutas cítricas e muitos vegetais. O ácido ascórbico é um nutriente essencial na dieta humana, necessariamente para manter a conectividade entre tecido e osso. Sua forma biologicamente ativa, a vitamina C, atua como um agente redutor e como coenzima em muitas vias metabólicas. A vitamina C é considerada um antioxidante.
Perturbação no equilíbrio pró-oxidante-antioxidante em favor do anterior, levando a uma lesão potencial. Os indicadores do estresse oxidativo incluem bases de DNA alteradas, produtos de oxidação de proteínas e produtos de peroxidação de lipídeos.
Forma sólida de administração, de peso variável, tamanho e formato, que pode ser moldada ou comprimida, e que contém uma substância medicinal em forma pura ou diluída. (Dorland, 28a ed)
Compostos inorgânicos ou orgânicos que contêm ferro trivalente.
O intercâmbio de bens ou artigos, especialmente em uma larga escala, entre países diferentes ou entre populações dentro do mesmo país. Inclui comércio (a compra, venda ou troca de artigos no atacado ou varejo) e negócios (a compra e venda de bens para obter lucro).
Enzima que ativa a glicina com seu RNA de transferência específico. EC 6.1.1.14.
Açúcar ácido derivado da D-glucose na qual tanto o átomo de carbono aldeídico como o átomo de carbono ligado ao grupo hidroxila primário são oxidados a grupos de ácido carboxílico.
Proteínas citoplasmáticas que ligam especificamente glucocorticoides e medeiam seus efeitos celulares. O complexo receptor glucocorticoide-glucocorticoide atua no núcleo induzindo a transcrição do DNA. Os glucocorticoides são nomeados pelos seus efeitos sobre a concentração de glucose sanguínea, mas eles possuem efeitos igualmente importantes sobre o metabolismo de proteína e gordura. O cortisol é o exemplo mais importante.
Instalações para a preparação e dispensação de drogas.
Aplicação de princípios e técnicas de marketing para aumentar o uso dos recursos de saúde.
Química que estuda a composição e preparação de agentes usados em AÇÕES FARMACOLÓGICAS ou uso diagnóstico.
Macrolida antibiótica bacteriostática produzida por Strepmyces erythreus. A eritromicina A é considerada seu componente mais ativo. Em organismos sensíveis inibe a síntese proteica por ligação às subunidades ribossômicas 50S. Este processo de ligação inibe a atividade da peptidil transferase e interfere com a translocação de aminoácidos durante a tradução e produção de proteínas.
Gênero de bactérias Gram-positivas cujos esporos são redondos a ovais e cobertos por uma bainha.
Atos criminosos cometidos durante ou em conexão com a guerra, por exemplo, maus-tratos de prisioneiros, assassinato proposital de civis, etc.
Grupo de compostos macrocíclicos frequentemente glicosilados formado por uma cadeia em extensão de vários PROPIONATOS ciclizados em uma lactona grande (caracteristicamente de 12, 14 ou 16 membros). Os macrolídeos pertencem à classe de POLICETÍDEOS de produtos naturais e muitos membros apresentam propriedades antibióticas.
inflamação da garganta (FARINGE).
Gênero de mosquitos (CULICIDAE) frequentemente encontrados em regiões tropicais e subtropicais. A FEBRE AMARELA e a DENGUE são duas das doenças que podem ser transmitidas por espécies deste gênero.
A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.
Doença febril aguda transmitida por picada de mosquitos AEDES infectados com o VÍRUS DA DENGUE. É autolimitada e caracterizada por febre, mialgia, cefaleia e exantema. A DENGUE GRAVE é uma forma mais virulenta da dengue.
Espécie do gênero FLAVIVIRUS que causa doença febril aguda, e às vezes hemorrágica, no homem. A dengue é transmitida por mosquitos, tendo quatro sorotipos conhecidos.
Dispositivo artificial como uma câmera externa anexada a um estimulador na RETINA, NERVO ÓPTICO ou CÓRTEX VISUAL, com o intuito de restabelecer ou amplificar a visão.
Secreção líquida da mucosa estomacal composta por ácido clorídrico (ÁCIDO GÁSTRICO), PEPSINOGÊNIOS, FATOR INTRÍNSECO, GASTRINA, MUCO e íon bicarbonato (BICARBONATOS). (tradução livre do original: Best & Taylor's Physiological Basis of Medical Practice, 12th ed, p651).
Subtipo de DIABETES MELLITUS caracterizada por deficiência de INSULINA. Manifesta-se por um início repentino de intensa HIPERGLICEMIA, progressão rápida a CETOACIDOSE DIABÉTICA e MORTE, a menos que tratada com insulina. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum durante a infância ou adolescência.
Grupo de transtornos heterogêneos caracterizados por HIPERGLICEMIA e INTOLERÂNCIA À GLUCOSE.
Grande classe de proteínas estruturalmente relacionadas que contêm um ou mais domínios de dedos de zinco LIM. Muitas das proteínas desta classe estão envolvidas em processos de sinalização intracelular e medeiam seus efeitos por meio dos domínios das interações proteína-proteína. O nome LIM é derivado das três proteínas em que o motivo foi encontrado pela primeira vez: LIN-11, Isl1 e Mec-3.
Serina proteína quinases envolvidas na regulação da polimerização da ACTINA e desmontagem dos MICROTÚBULOS. Sua atividade é regulada por fosforilação de um resíduo de treonina dentro da alça de ativação por quinases de sinalização intracelular, como as QUINASES ATIVADAS POR P21, e por QUINASES ASSOCIADAS A RHO.
Subclasse de DIABETES MELLITUS que não é responsiva ou dependente de INSULINA (DMNID). Inicialmente, caracteriza-se por RESISTÊNCIA À INSULINA e HIPERINSULINEMIA e finalmente, por INTOLERÂNCIA À GLUCOSE, HIPERGLICEMIA e obviamente diabetes. O diabetes mellitus tipo 2 não é mais considerado uma doença encontrada exclusivamente em adultos. Os pacientes, raramente desenvolvem CETOSE, porém com frequência exibem OBESIDADE.