Fungistático que é amplamente utilizado na preservação de alimentos. É conjugado em GLICINA no fígado e é excretado como ácido hipúrico.
Derivados do ÁCIDO BENZOICO. Sob este descritor está uma ampla variedade de formas de ácidos, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura carboxibenzeno.
Ácido benzoico ou ésteres do ácido benzoico substituídos com um ou mais nitro grupos.
Sais e ésteres do ácido hipúrico.
Porfirinas combinadas com um íon metálico. O metal encontra-se igualmente ligado a quatro átomos de nitrogênio dos anéis pirrólicos. Possuem espectro de absorção característico que pode ser utilizado para a identificação ou estimação quantitativa de porfirinas e compostos ligados a porfirinas.
Glicoproteínas de membrana celular que formam canais para a passagem seletiva de íons cloro. Entre os bloqueadores não seletivos estão FENAMATOS, ÁCIDO ETACRÍNICO, e TAMOXIFENO.
Substâncias capazes de inibir, retardar ou interromper o processo de fermentação, acidificação ou outra deterioração dos alimentos.
Ácidos, sais ou ésteres benzoicos que contêm um grupo amina ligado ao carbono 2 ou ao 6 da estrutura do anel benzênico.
Ordem de MAMÍFEROS insetívoros, incluindo TOUPEIRAS, MUSARANHOS, OURIÇOS-CACHEIROS e tanreques.
Derivados do ÁCIDO BENZOICO que contêm um ou mais grupamentos amina ligados à estrutura de anel benzênico. Estão incluídos sob este descritor uma ampla variedade de formas ácidas, sais, ésteres e amidas que incluem a estrutura de aminobenzoato.
Ácidos, sais ou ésteres benzoicos que contêm um grupo amina ligado ao carbono 4 da estrutura do anel benzênico.
Isômero de ácido aminobenzoico que se combina com pteridina e com ÁCIDO GLUTÂMICO, formando ÁCIDO FÓLICO. O fato de que o ácido 4-aminobenzoico absorve a luz pelo espectro UVB também resultou no seu uso como um ingrediente como PROTETORES SOLARES.
Inibidor da condutância aniônica, incluindo o transporte de ânions mediados pela faixa 3.
Ésteres metílicos, propílicos, butílicos e etílicos do ácido p-hidroxibenzoico. Foram aprovados pelo FDA (vide UNITED STATES FOOD AND DRUG ADMINISTRATION) como agentes antimicrobianos para alimentos e fármacos. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 11th ed, p872)
Os sais ou ésteres dos ácidos salicílicos ou os ésteres salicilatos de um ácido orgânico. Alguns apresentam atividade analgésica, antipirética e anti-inflamatória por inibir a síntese de prostaglandinas.
Ácido benzoicos ou ésteres do ácido benzoico substituídos com um ou mais átomos de bromo.
Analgésico e anti-inflamatório utilizado no tratamento de artrite reumática.
Gênero de fungos ascomicetos da família Saccharomycetaceae, ordem SACCHAROMYCETALES.
Aromatizante. É o produto intermediário da bioconversão em duas etapas do ácido ferúlico em vanilina.
Compostos orgânicos contendo o grupo carboxi (-COOH). Este grupo de compostos inclui os aminoácidos e ácidos graxos. Os ácidos carboxílicos podem ser saturados, insaturados ou aromáticos.
Ácido benzoico substituído por um ou mais grupos hidroxi em qualquer posição do anel benzênico.
Compostos inorgânicos derivados do ácido clorídrico que contêm o íon Cl-.
Composto obtido da casca do salgueiro branco e de folhas perenes. Possui ações bacteriostáticas, fungicidas e ceratolíticas.
2-Hidroxi-N-fenilbenzamidas. Salicilamidas substituídas por N-fenil. Derivados foram utilizados como fungicidas, agentes antimíldio e antifúngicos da aplicação tópica. Na forma concentrada pode causar irritação da pele e das mucosas.
Gênero de plantas (família SOLANACEAE) cujos membros contêm glicosídeos esteroides.
Soluções que possuem pressão osmótica menor que a da solução padrão (sangue, plasma ou líquido intersticial).
Grupo de tetraterpenos com quatro unidades de terpenos ligadas da ponta ao término. Os membros desta classe biologicamente ativos são utilizados clinicamente no tratamento da ACNE cística grave, PSORÍASE e outros transtornos de queratinização.
Compostos que inibem ou evitam a proliferação de CÉLULAS.
Família das plantas boragos (classe Magnoliopsida, subclasse Asteridae, ordem Lamiales) caracterizadas por folhagem pilosa, frequentemente alternada e simples. As flores são afuniladas ou tubulares. Algumas espécies contêm ALCALOIDES DE PIRROLIZIDINA.
Compostos parcialmente saturados de 1,2,3,4-tetra-hidronaftaleno.
Partes das plantas, incluindo as SEMENTES.
Álcool aromático antisséptico e desinfetante.
Enzimas que catalisam reversivelmente a formação de um epóxido ou óxido de areno a partir de um glicol ou diol aromático, respectivamente.
Normalidade de uma solução com relação a íons de HIDROGÊNIO, H+. Está relacionada com medições de acidez na maioria dos casos por pH = log 1/2[1/(H+)], onde (H+) é a concentração do íon hidrogênio em equivalentes-grama por litro de solução. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)
Derivados do ácido fenilacético. Sob este descritor está incluída uma ampla variedade de formas de ácidos, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura do ácido benzenoacético. Note-se que esta classe de compostos não deve ser confundida com os derivados do fenilacetato, que contêm o éster FENOL do ÁCIDO ACÉTICO.
Derivados orgânicos de silicone utilizados para caracterizar hidroxiesteroides, nucleosídeos e compostos relacionados. Aminoácidos ésteres de trimetilsilil são utilizados na síntese de peptídeos.
Compostos utilizados extensivamente como agentes de acetilação, oxidação e desidratação, além de serem utilizados na modificação de proteínas e enzimas.
Derivados alcoólicos do radical arílico (C6H5CH2-) e definidos por C6H5CHOH. O conceito inclui derivados com qualquer substituto no anel benzênico.
Ácido hidroxicinâmico e seus derivados. Atua como ativadores do sistema de oxidação do ácido indolacético, consequentemente produzindo uma diminuição nos níveis endógenos do ácido indolacético ligado em plantas.
Compostos químicos que cedem íons hidrogênio ou prótons quando dissolvidos em água podendo o hidrogênio ser substituído por metais ou radicais básicos ou ainda, substâncias que podem reagir com bases formando sais e água (neutralização). Uma extensão do termo inclui também substâncias dissolvidas em outros meios que não água. (Tradução livre do original: Grant & Hackh's Chemical Dictionary, 5th ed)
Compostos com três átomos de nitrogênio contíguos em formato linear (H2N-N=NH) e derivados hidrocarbil.
Átomos, radicais ou grupos atômicos carregados negativamente capazes de se deslocarem em direção ao anodo ou polo positivo durante a eletrólise.
Ácido benzoico ou ésteres do ácido benzoico substituídos com um ou mais átomos de cloro.
Substâncias que afetam o curso de uma reação química por se combinarem rapidamente com radicais livres. Entre outros efeitos, esse [tipo de] ação protege as ilhotas pancreáticas contra danos pelas citocinas e impede lesões de perfusão miocárdica e pulmonar.
Grupo de 1,2-benzenodióis que contêm a fórmula geral R-C6H5O2.
Derivados de benzeno que incluem um ou mais grupos hidroxila ligados à estrutura em anel.
Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.