• dias
  • O período de incubação é de 01(um) até vinte e um dias, sendo que doença se inicia rapidamente através de febre alta e passa a ser transmissível quando os sintomas se iniciam. (docplayer.com.br)
  • Segundo o Guia de Vigilância Epidemiológica (Brasil, 2006) um caso suspeito é aquele que apresenta febre há menos de 7 dias, acompanhada de pelo menos dois dos seguintes sintomas: cefaléia (dor de cabeça), mialgia (dor nos músculos), dor retro-orbitária (dor atrás dos olhos), artralgia (dor nas articulações), prostração (abatimento, enfraquecimento), exantema (erupção puntiforme na pele). (docplayer.com.br)
  • A hepatite D só pode se tornar crônica ou fulminante em co-infecção com o vírus da hepatite B. Quadro clínico (primeiros 3 a 10 dias - pródromo): febre, mal-estar, inapetência, mialgia, cefaleia, náuseas, adinamia Após cessam sintomas prodrômicos e iniciam-se: colúria, acolia, icterícia. (wikipedia.org)
  • Chikungunya no Brasil
  • 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Departamento de Vigilância Epidemiológica Esplanada dos Ministérios, Edifício Sede, 1º andar, Ala Sul Brasília-DF Tel NOTA INFORMATIVA - SVS/MS Assunto: Procedimentos a serem adotados para a vigilância da Febre do Chikungunya no Brasil 1. (docplayer.com.br)
  • Vigilância Epidemiológica de Febre Chikungunya No Brasil, a febre chikungunya é uma doença de notificação compulsória e imediata, conforme a Portaria de 6 de junho de Os casos suspeitos devem ser imediatamente notificados para a autoridade sanitária local, para fins de adoção das medidas de intervenção pertinentes. (docplayer.com.br)
  • Aedes
  • Vetores de Reservatório: O mosquito da espécie Aedes aegypti é o transmissor da febre amarela urbana. (docplayer.com.br)
  • 11 Febre Amarela Profilaxia Agente Infectante flavivírus Vetor / Transmissão Picada do mosquito Aedes Aegypti. (docplayer.com.br)
  • A Febre do Chikungunya é uma doença causada por um vírus do gênero Alphavirus transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo Ae. (docplayer.com.br)
  • Além da dengue, outra importante arbovirose relacionada à essa espécie é a febre amarela, que apesar de ter sua relevância diminuída drasticamente no século passado, graças ao advento da vacina contra o vírus, ameaça voltar a atingir a humanidade, graças à permanência do vírus no ambiente silvestre e à larga distribuição do Aedes aegypti pelas regiões tropicais do planeta (GUBLER 2002). (docplayer.com.br)
  • Uma outra espécie de mosquito a ser considerada como vetor da dengue e até mesmo da febre amarela é o Aedes albopictus, que também está distribuída por todo o mundo. (docplayer.com.br)
  • casos
  • De acordo com o Plano de Contingência Nacional para Febre Chikungunya, a partir da confirmação de casos de CHIKV por transmissão autóctone ou situação de epidemia em determinada área, o diagnóstico deve ocorrer somente por critério clínico-epidemiológico, exceto para formas atípicas e óbitos. (docplayer.com.br)
  • sistema
  • Edição 17 Shirley da Luz Gomes 1 Rômulo Luis de Oliveira Bandeira 2 Selonia Patrícia Oliveira Sousa 3 Otacílio Batista de Sousa Nétto 4 Esta edição traz como foco de pesquisa a Febre Amarela, uma doença viral do sistema cardiovascular e linfático, transmitida por mosquitos na América Central e do Sul, e caracterizada pela taxa de mortalidade elevada. (docplayer.com.br)
  • urina
  • A transmissão da febre hemorrágica pelo vírus ebola ocorre entre humanos, através de contato direto com sangue e fluidos corporais (saliva, suor, secreções, vômito, suor, urina, lágrima e até mesmo fezes) dos doentes, bem como contato com objetos e superfícies contaminadas. (docplayer.com.br)