• produz
  • Acontece que o Hipotálamo produz diversas substâncias denominadas Fatores de Liberação (ou de Inibição) Hipotalâmicos , substâncias estas que, atingindo as células da adenohipófise, fazem-nas aumentar ou reduzir a secreção de determinados hormônios, conforme o Fator de Liberação ou Inibição liberado e conforme as células atingidas por tais fatores. (oocities.org)
  • parte
  • Os peptídeos liberados pelos núcleos neurossecretores do hipotálamo à veia portal pituitária, que cerca a glândula, são os principais controladores da secreção do GH por parte dos somatótropos. (wikipedia.org)
  • A hipófise é considerada uma glândula mestra, pois secreta hormônios que controlam o funcionamento de outras glândulas, sendo grande parte de suas funções reguladas pelo hipotálamo. (wikipedia.org)
  • O hipotálamo faz parte integrante do diencéfalo, entre o quiasma óptico e os corpos mamilares, e dispõem-se nas paredes do terceiro ventrículo, inferiormente ao sulco hipotalâmico que o separa do tálamo. (wikipedia.org)
  • sistema
  • O sistema nervoso central manifesta seu controle sobre a hipófise através do hipotálamo via ligações nervosas ou substâncias parecidas com hormônios conhecidas como fatores de liberação no sexo. (wikipedia.org)
  • O hipotálamo liga o sistema nervoso ao sistema endócrino sintetizando a secreção de neuro hormônios (também chamado de "liberador de hormônios") sendo necessário no controle da secreção de hormônios da glândula pituitária - entre eles, liberação da gonadotropina (GnRH). (wikipedia.org)
  • Sistema porta-hipofisário é uma rede de capilares venosos sinusóides (são irregulares, se adaptam a forma da estrutura na qual circundam) que fazem a ligação entre o hipotálamo e a hipófise. (wikipedia.org)
  • haste
  • 3 HIPÓFISE A hipófise ou glândula pituitária está localizada na sela túrcica do corpo do esfenóide, separada do crânio por uma membrana, atravessada por uma haste, que une a hipófise ao hipotálamo. (docplayer.com.br)
  • ACTH
  • A regulação da secreção de ACTH ocorre por retroalimentação negativa do cortisol livre e pelo hormônio liberador de corticotrofina (CRH) do hipotálamo. (wikipedia.org)
  • Adenoma hipofisario doença de addison, estresse, insulficiencia suprarrenal primaria, hipoglicemia e sindrome de secreçao ectopica de ACTH. (wikipedia.org)
  • sinais
  • Quase toda a secreção hipofisária é controlada pelo hipotálamo, que recebe informações oriundas da periferia (que vão desde a dor até pensamentos depressivos) e dependendo das necessidades momentâneas inibirá ou estimulará a secreção dos hormônios hipofisários, por meio de sinais hormonais ou neurais. (wikipedia.org)
  • devido
  • Os hormônios lançados pelo hipotalamo são processados pela hipófise e costumam fazer a pessoa diminuir devido a um efeito reverso ao GH (Hormonio do crescimento). (wikipedia.org)
  • vascular
  • O núcleo hipofisiotrófico do hipotálamo, lança seu hormônio no plexo vascular primário, que se anastomosa formando a veia porta hipofisária que se ramifica no plexo vascular secundário. (wikipedia.org)
  • grande
  • O hipotálamo surge então de um grande nº de núcleos que se desenvolve na porção mais inferior da placa alar. (wikipedia.org)
  • A RM em um paciente sintomático mostra uma grande massa intrasselar com sinal em geral semelhante ao tecido hipofisário na fase não contrastada, além de ter um aspecto homogêneo. (docplayer.com.br)
  • central
  • O Hipotálamo (do idioma grego antigo ὑποθαλαμος, sob o tálamo) é uma região do encéfalo dos mamíferos (tamanho aproximado ao de uma amêndoa) localizado sob o tálamo, formando uma importante área na região central do diencéfalo, tendo como função regular determinados processos metabólicos e outras atividades autônomas. (wikipedia.org)
  • Nas placas alares, mais propriamente na parede da cavidade central (futuro III ventrículo) surgem 3 dilatações que darão origem ao epitálamo, tálamo e hipotálamo. (wikipedia.org)