• outras
  • A detecção é mais fácil no homem no que na mulher, pois há outras bacterias semelhantes na microbiota natural da vagina. (wikipedia.org)
  • Embora nunca perfeito, o preservativo é eficaz na redução da transmissão de organismos que provocam SIDA, herpes genital, cancro do colo do útero, verrugas genitais, sífilis, clamídia e gonorreia, entre outras. (wikipedia.org)
  • O plano original era que os dois homens inicialmente realizassem tarefas simples antes de aprenderem outras funções. (wikipedia.org)
  • sendo
  • Há uma proporção maior de casos em homens, sendo que, em 70% dos casos femininos, a gonorréia é assintomática. (medicinanet.com.br)
  • No praticante passivo, ou seja aquele cujo ânus está sendo penetrado, quer homem quer mulher, o prazer nem sempre é garantido porque, dada a complexidade da preparação prévia, muitos entusiastas acabam por atropelar o tempo necessário para o devido relaxamento da musculatura em questão, nomeadamente através de anilingus (também chamado beijo grego ou beijo negro) ou de outra qualquer actividade similar. (wikipedia.org)
  • Contato
  • Mark', o mais jovem deles, relembra a primeira vez que teve contato com fotos de mulheres nuas e sua primeira ejaculação noturna durante um sonho erótico, enquanto outros trocam lembranças da adolescência. (wikipedia.org)
  • contrair
  • A utilização de preservativo diminui drasticamente o risco de contrair VIH/SIDA, gonorreia, clamídia, tricomoníase e hepatite B. Os preservativos oferecem também proteção contra a transmissão de herpes genital, vírus do papiloma humano (VPH) e sífilis. (wikipedia.org)
  • devido
  • Na mulher a infecção gonocócica não costuma se manter na vagina devido às defesas naturais, por ser este um ambiente ácido. (wikipedia.org)
  • Quando os cuidados adequados são devidamente atendidos, o prazer do praticante passivo pode ser alcançado, especialmente no homem pro-orgástico até, devido à repetida massagem da próstata através da parede do reto. (wikipedia.org)
  • especiais
  • A presença de diplococos intra e extracelulares sela o diagnóstico, mas, nas mulheres, é necessário o cultivo em meios especiais, como o Thayer-Martin modificado. (medicinanet.com.br)
  • poucos
  • No caso das mulheres, o diagnóstico geralmente estabelece-se em poucos minutos, examinando uma amostra da secreção vaginal ao microscópio. (wikipedia.org)
  • Do mesmo modo, um relatório de 1992 realizado em Porto Rico demonstrou que 40% dos homens fazem sexo anal com as mulheres, e poucos deles afirmaram usar preservativo. (wikipedia.org)
  • anal
  • A gonorreia pode infectar o pênis, o colo uterino, o canal anal, a garganta e os olhos. (medicoresponde.com.br)
  • A prática da penetração anal pode envolver, em simultâneo, a estimulação do clítoris (quando o praticante passivo é uma mulher), ou do pénis (quando o praticante passivo é um homem), o que facilitaria o orgasmo. (wikipedia.org)
  • colo
  • Nas mulheres pode haver colpite, manifesta à colposcopia pelo "colo em framboesa" e pelo aspecto tigróide à análise pelo Teste de Schiller. (wikipedia.org)
  • risco
  • Recentes estudos têm comprovado que o risco destes pontos citados anteriormente está a aumentar entre os homens que fazem sexo com homens. (wikipedia.org)
  • gays
  • Pouco depois, um número inesperado de homens gays desenvolveu um tipo de câncer de pele raro chamado sarcoma de Kaposi. (wikipedia.org)
  • raro
  • no parto normal, se a mãe estiver infectada, ou por contaminação indireta se, por exemplo, uma mulher usar artigos de higiene íntima de uma amiga contaminada (evento considerado raro). (wikipedia.org)
  • caso
  • No caso dos homens, é necessária a coleta de secreção uretral por meio de Zaragatoa ou alça de platina, preferencialmente pela manhã, quando a secreção é mais abundante. (wikipedia.org)
  • genital
  • O homem sente dor e ardência na região genital e elimina uma secreção branca ou amarelada ao urinar. (wikipedia.org)
  • Brasil
  • No Brasil, estatísticas estimam que haja mais de 1.500.000 novas infecções por gonorreia por ano. (candidiasetratamento.com)
  • Selecionamos 2.646 prontuários com diagnóstico de gonorreia, sífilis e tricomoníase de pacientes que procuraram o Setor de DST da Universidade Federal Fluminense em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. (scielo.br)