• outras
  • A Dopamina, uma catecolamina, foi identificada no nemátodo C. elegans utilizando-se esta técnica A imunocitoquímica, que envolve criar anticorpos contra alvos químicos ou biológicos, inclui algumas outras técnicas de interesse. (wikipedia.org)
  • 9 Capítulo 1 Organização hierárquica da estrutura de proteínas Capítulo 2 Funções das proteínas Capítulo 3 Binômio estrutura-função de uma cadeia polipeptídica Unidade II estudos estruturais Capítulo 4 A Luz como Fonte de Informação Capítulo 5 Absorção no UV-Visível Capítulo 6 Difração de raios-x e cristalografia de proteínas Capítulo 7 Outras técnicas espectroscópicas Capitulo 8 O uso de Microscopia PARA (NÃO) FINALIZAR REFERÊNCIAS. (docplayer.com.br)
  • genoma
  • Nos últimos anos, no entanto, com a descoberta das células-tronco embrionárias humanas e o desenvolvimento de uma nova técnica de mapeamento de DNA capaz de sequenciar o genoma completo de uma única célula, tornou-se possível estudar melhor esse fenômeno e com isso muitos grupos passaram a investigar a inativação do cromossomo X humano. (fapesp.br)
  • A existência de genes homólogos no genoma humano, de Drosophila e de outros doze animais bilaterais, permitiu supor que os miRNAs seriam uma classe com funções reguladoras amplas em muitas espécies diferentes. (wikipedia.org)
  • V - produto onde são utilizadas técnicas que empregam moléculas de ADN/ARN que, absorvidas ou não de forma sistêmica, não causam modificação permanente do genoma. (mcti.gov.br)
  • Na reprodução sexuada ambos os progenitores contribuem parcialmente, de modo que o novo genoma expressa os genes dominantes ou semi-dominantes, enquanto genes recessivos permanecem latentes. (scribd.com)
  • novos
  • Nesta ocasião, os autores descreveram, no total, mais de cem novos genes de miRNA em vertebrados e invertebrados e de forma geral os consideraram amplamente conservados entre as espécies estudadas (humanos, Drosophilae e Caenorhabditis). (wikipedia.org)
  • Desde então, uma série de novos trabalhos utilizando técnicas de clonagem revelaram numerosos novos genes para miRNAs em mamíferos, peixes, helmintos, insetos e plantas. (wikipedia.org)
  • 2º Os casos a serem enquadrados não se limitam às tecnologias descritas no Anexo I, uma vez que o avanço rápido e contínuo de diferentes tecnologias poderá propiciar novos produtos, aos quais os preceitos desta Resolução Normativa serão igualmente aplicáveis. (mcti.gov.br)
  • pode
  • Sabe-se hoje que essa inativação pode acometer tanto o cromossomo X paterno como o materno, e que, uma vez definido o X inativo, seus genes deixam de ser expressos, característica que se mantém nas células descendentes. (fapesp.br)
  • Um corante deste tipo e comumente utilizado é o éster de succinimidil 5,6-carboxifluoresceína diacetato (CSFE), que pode ser detectado nas células por técnicas de citometria de fluxo padrão. (yumpu.com)
  • dados
  • A partir de análise de sequências de RNA de células de embriões humanos disponíveis em banco de dados públicos, elas verificaram que a inativação do cromossomo X se dá nos primeiros dias após a fecundação, antes do que se pensava. (fapesp.br)
  • processo
  • Em mamíferos, a inativação do cromossomo X foi estudada sobretudo em células embrionárias de camundongos, nos quais esse processo se dá assim que o embrião em estágio blastocisto se implanta na parede do útero e as células começam a se diferenciar. (fapesp.br)
  • 1º O produto a que se refere o caput deste artigo é definido como a descendência, linhagem ou o produto final de um processo que utiliza Técnicas Inovadoras de Melhoramento de Precisão em uma de suas fases de desenvolvimento. (mcti.gov.br)
  • mecanismos
  • Os mecanismos precisos através dos quais os AGCML ocasionam a destruição da bainha de mielina ainda são desconhecidos.A incidência de ALD é de cerca de 1 para cada 10.000 indivíduos. (blogspot.com)
  • vezes
  • As células humanas têm 46 cromossomos, cada uma com 22 pares de cromossomos somáticos, iguais em homens e mulheres, e um par de cromossomos sexuais: nas mulheres são dois cromossomos X e nos homens, um X e um Y. Com uma dose dupla dos genes presentes no cromossomo X, as mulheres poderiam produzir duas vezes mais proteínas relacionadas a esses genes do que os homens. (fapesp.br)