• maioria
  • 12 Lesões subcentimétricas na TC indeterminadas por suas pequenas dimensões Cistos simples, hemangiomas, hamartomas biliares e lesões secundárias Maioria benigna Pacientes com antecedente de neoplasia Acompanhamento para avaliar crescimento. (docplayer.com.br)
  • Embora a maioria dos TSPP apresente comportamento benigno, degeneração maligna pode ocorrer. (docplayer.com.br)
  • A osteopetrose benigna foi primeiramente descrita pelo radiologista alemão Albers Schönberg, em 1904 (Síndrome de Albers Schönberg ou Doença dos Ossos Marmóreos), que observou alterações ósseas escleróticas em crianças e adultos, na maioria das vezes assintomáticas, com expectativa de vida normal, embora estivessem mais propensos a fraturas. (spenzieri.com.br)
  • anos
  • 35 anos) ( 2 ) Os tumores mais frequentes deste grupo são benignos ( 3 ) Estão frequentemente associados a actividade hormonal, que deve ser avaliada ( 4 ) A apresentação é unilateral, sendo a bilateralidade inferior a 10% 9. (docplayer.com.br)
  • Neste trabalho relata-se o caso de uma paciente de 72 anos com história clínica de massa lipomatosa nodular, localizada na região supraclavicular direita, submetida a biopsia aspirativa por agulha fina. (docplayer.com.br)
  • aumento
  • 1,0 cm, idoso, tabagista, história de neoplasia, aumento de volume comprovado, até 40% benignos na avaliação por imagem Adeno 40% Epidermóide 20% Grandes células 15% Bronquíolo alveolar 10% Outros Indeterminados Não se enquadra em nenhuma definição acima 70-75% malignos OBJETIVOS PRIMÁRIOS DO MANEJO 1. (docplayer.com.br)
  • podem
  • Os métodos de imagem atualmente disponíveis podem auxiliar no diagnóstico diferencial entre o TSPP e outras neoplasias pancreáticas. (docplayer.com.br)
  • 2 HISTÓRIA CLÍNICA História de doenças infecciosas prévias Idade Rx anteriores Exposição (fumo, asbestos) História de neoplasia prévia História familiar positiva para neoplasia Informações clínicas podem ser decisivas! (docplayer.com.br)
  • massa
  • Efetuou Raio X cervical que revelou a presença de uma massa nodular densa, de limites bem definidos, subcutânea, sem aparente aderência aos planos profundos. (docplayer.com.br)
  • ASPETOS MACROSCÓPICO E DIAGNÓSTICO MICROSCÓPICO Macroscopicamente, a peça cirúrgica correspondia a uma massa nodular, bem limitada, envolvida por uma cápsula fina, de Fig.3 Aspeto morfológico da massa puncionada. (docplayer.com.br)
  • arterial
  • Tomografia computadorizada com contraste endo-venoso demonstrou processo expansivo localizado no lobo posterior direito com realce precoce e fugaz na fase arterial com centro hipodenso característico da Hiperplasia Nodular Focal. (spenzieri.com.br)