Loading...


  • esporos
  • O micélio do fungo atravessa as membranas intersegmentares do corpo da larva causando sua morte, esta é transformada em uma múmia (larva seca) cor preto e branco, devido desenvolvimentos dos esporos do fungo ascocistos). (wikipedia.org)
  • A germinação destes esporos forma hifas haploides de um novo micélio. (wikipedia.org)
  • Com o rompimento da parede do esporângio, os esporos são liberados, e cada esporo pode germinar para produzir um novo micélio, completando o ciclo assexuado. (wikipedia.org)
  • 5 Poucas vezes Não muito para a disseminação Esporos mais resistentes Estruturas de Resistência Evolução Trocas Genéticas Estirpes e Raças Parassexual - Formação do micélio heterocariótico, Cariogamia (Micélio diplóide heterozigoto), Mitose (Permuta - Crossing over mitótico), Haploidização (Aneuploidia - um dos núcleos é eliminado) - Função: Sempre que necessário Alternativa de Sexo Estirpes e Raças SOBREVIVÊNCIA - Estruturas de Sobrevivência Clamidosporo - Fusarium sp anos Escleródio (Microescleródios) - Botrytis sp anos, Rhizoctonia sp. (docplayer.com.br)
  • Engloba as espécies que produzem esporos numa estrutura em forma de bastão chamada basídio e também são chamados de basidiomicetos, o micélio é septado, dividido por paredes celulares, mas os septos ou paredes transversais são perfurados. (wikipedia.org)
  • O início da fase sexuada se dá pela fusão entre células haploides compatíveis, tornando-se células dicarióticas (e não diplóides) Esse micélio dicariótico dá origem aos basídios, onde, na formação desses esporos, ocorre a união dos núcleos (Alexopoulos et al. (wikipedia.org)
  • Os esporos germinam sob condições apropriadas de temperatura e humidade, desenvolvendo-se em hifas, que se internam como raízes na madeira em decomposição. (wikipedia.org)
  • ocorre
  • A reprodução sexuada ocorre quando tipos reprodutores opostos (designados + e -) se encontram muito próximos, induzindo a formação de hifas especializadas chamadas gametângios. (wikipedia.org)
  • Foi demonstrado em estudos citológicos que a dicariotização ocorre em hifas monocarióticas derivadas de um único basidiósporo uninucleado, evidenciando a natureza homotálica (autofértil) de M. perniciosa. (wikipedia.org)
  • Entretanto, ocorre logo a formação de septos, e o micélio é dividido em células monocarióticas (uninucleadas). (wikipedia.org)
  • Comumente, o micélio dicariótico é produzido pela fusão de hifas monocarióticas de diferentes linhagens (que, neste caso, é heterocariótico), resultando na formação de um micélio dicariótico (binucleado) ou secundário, visto que a cariogamia não ocorre imediatamente após a plasmogamia.As células apicais do micélio dicariótico dividem-se habitualmente pela formação de ansas. (wikipedia.org)
  • diferentes
  • Um ascoma, estrutura vegetativa composta de hifas emaranhadas, pode ter diferentes morfologias: aberto e com forma de taça (apotécio), fechado (cleidostécio), esférico piriforme com um pequeno poro (peritécio), através do qual os ascósporos são liberados. (wikipedia.org)
  • A fusão pode ocorrer entre gametângios de micélios de tipos diferentes (micélios heterotálicos, identificados como linhagem + e -), ou entre gametângios de um mesmo micélio (micélios homotálicos), dependendo da espécie considerada. (wikipedia.org)
  • Do ponto de vista da reprodução, as hifas atuam, tanto na reprodução assexuada, produzindo gomos ou brotos, ou ainda se ramificando, ou no caso de hifas aéreas, corpos reprodutivos como os conídios, que produzem conidiósporos, existindo vários tipos diferentes. (wikipedia.org)
  • fungos
  • Pseudo-hifas são adaptações de alguns fungos unicelulares (leveduras), os quais se multiplicam mas permanecem unidos, semelhante a hifas, com função de adaptação ao meio. (wikipedia.org)
  • Como os fungos são heterótrofos, ou seja, não produzem seu próprio alimento e se alimentam principalmente das substâncias orgânicas do substrato onde vivem, as hifas libertam através da sua parede celular as enzimas necessárias à degradação dos carboidratos e absorvem os glícidos necessários ao seu metabolismo. (wikipedia.org)
  • No caso das micorrizas e dos fungos parasitas, as hifas invadem os tecidos das raizes ou dos hospedeiros cumprindo um papel semelhante. (wikipedia.org)
  • septos
  • As hifas são tipicamente constituídas por uma parede tubular contendo quitina e β-Glicanos e são dividas por septos regulares, dotados de poros simples. (wikipedia.org)
  • O micélio é sempre septado, porém, os septos são perfurados Em muitas espécies, o poro do septo tem margem inflada em forma de barril, denominada doliporo. (wikipedia.org)
  • tecidos
  • Estes tubos germinativos penetram unicamente em tecidos meristemáticos formando um micélio uninuclear e haplóide que invade os espaços intercelulares do tecido com hifas relativamente grossas (5-20 um), irregulares, monocarióticas e com ausência de grampos de conexão. (wikipedia.org)
  • filamentosas
  • Como muitos outros cogumelos, Lactarius indigo se desenvolve a partir de um nódulo ou cabeça de alfinete que se forma dentro de um micélio, uma massa de células fúngicas filamentosas chamadas de hifas e que constituem a maior parte do organismo. (wikipedia.org)
  • BASIDIOMYCOTA
  • 2007). Não só na formação dos basídios, mas também na formação de novas células do micélio secundário de Basidiomycota, há a formação de um gancho denominado ansa ou fíbula (figura 01). (wikipedia.org)
  • Algumas
  • Este tipo de estruturas origina-se quando se dá a divisão das células dicarióticas das hifas de algumas espécies. (wikipedia.org)
  • estrutura
  • Os Erysiphales são notáveis pela presença de intrincadas hifas especializadas cuja estrutura segue uma geometria fractal ditada por séries de Fibonacci que são utilizadas para identificação das espécies. (wikipedia.org)
  • formando
  • Estes tubos germinativos penetram unicamente em tecidos meristemáticos formando um micélio uninuclear e haplóide que invade os espaços intercelulares do tecido com hifas relativamente grossas (5-20 um), irregulares, monocarióticas e com ausência de grampos de conexão. (wikipedia.org)
  • Nas partes hipertrofiadas da planta o micélio desenvolve-se com especial vigor, formando-se grandes quantidades de teliósporos que quando libertados dão à planta um aspeto queimado. (wikipedia.org)
  • esporos
  • 4-Clamidosporos - células com paredes espessadas ricas em nutrientes e substâncias de reserva intercalares no micélio somático ou em células de esporos clonais (conídios) de certos fungos. (colegioweb.com.br)
  • Pode assim dizer-se que este tipo de fungos apresenta alternância de gerações, pois têm um micélio haploide, que produz esporos por reprodução assexuada, e uma estrutura diploide, o zigosporângio, resultante da reprodução sexuada. (wikipedia.org)
  • Os esporos germinam sob condições apropriadas de temperatura e humidade, desenvolvendo-se em hifas, que se internam como raízes na madeira em decomposição. (wikipedia.org)
  • ocorre
  • Foi demonstrado em estudos citológicos que a dicariotização ocorre em hifas monocarióticas derivadas de um único basidiósporo uninucleado, evidenciando a natureza homotálica (autofértil) de M. perniciosa. (wikipedia.org)
  • irregulares
  • 6- Esclerócios - formações caracteristicamente pletenquimatosas (oriundas da fusão das paredes das hifas), irregulares ou esféricas, produzidas por certos ascomicetos (Sclerotinia, Claviceps, etc. ) ou estados anamórficos de certos basidiomicetos. (colegioweb.com.br)
  • pode
  • M. perniciosa é um fungo hemibiotrófico (ataca células vivas, porém pode se desenvolver e reproduzir após a morte dos tecidos atacados), com dois tipos de micélio: o biotrófico (parasítico) e o necrotrófico (saprotrófico). (wikipedia.org)
  • Pode ser sólido ou recheado com um micélio de aspecto algodonoso, embora às vezes se torne parcialmente oco a medida que envelhece. (wikipedia.org)
  • planta
  • As hifas dos micélios dicariotas prosseguem a penetração nos tecidos da planta, crescendo nos espaços intercelulares, especialmente na direcção do meristema. (wikipedia.org)
  • camada
  • Foi observado um micélio intra-radicular nos espaços intracelulares da raiz, e arbúsculos na camada de células da parede semelhantes a parênquima em paliçada. (wikipedia.org)
  • normalmente
  • Uma das características físicas utilizadas para diagnóstico é a presença de hifas entre os segmentos do abdómen, no entanto, normalmente a doença não é detectada previamente à morte do lagostim. (wikipedia.org)