• papel da biliverdina
  • No estudo publicado agora na Scientific Reports , os pesquisadores investigaram o papel da biliverdina no ciclo de vida do parasita, que infecta por ano 250 milhões de pessoas no mundo (e mata quase 1 milhão, a maioria crianças), sobretudo na África, na Ásia e na América Latina. (fapesp.br)
  • anel
  • 4. Na via metabólica de síntese do heme duas moléculas de ALA originam, por acção catalítica da desidrátase do ALA (2 ALA → 2 H2O + porfobilinogénio), o porfobilinogénio que contém um anel pirrol com duas cadeias laterais distintas (ácidos acético e propiónico). (ebah.com.br)
  • pode
  • Desse processo, explica Célia, resulta uma molécula chamada heme, que, se não for eliminada, pode atingir concentrações tóxicas e lesar as células e o próprio parasita que a produziu. (fapesp.br)
  • A partir de certos níveis, porém, a biliverdina pode se tornar nociva para o protozoário. (fapesp.br)
  • Converter o heme em biliverdina, em vez de transformá-lo em um polímero, pode representar um risco à sobrevivência do parasita dentro dos glóbulos vermelhos", diz Célia. (fapesp.br)
  • 2. O heme pode ser descrito como sendo formado por protoporfirina I, um composto corado e fluorescente que contém "pontes" metenilo (não metileno como nos porfirinogénios precursores que são incolores e não fluorescentes) unindo 4 anéis pirrólicos (4C,1N), e Fe2+. (ebah.com.br)