• rins
  • A causa pré-renal (antes de chegar aos rins), é devida a um excesso de proteínas ou aumento do catabolismo protéico e, também, a uma redução do volume sanguíneo ou da circulação renal. (wikipedia.org)
  • A síndrome envolve a constrição dos vasos sanguíneos dos rins e a dilatação dos vasos da circulação esplâncnica, que irriga os intestinos. (wikipedia.org)
  • GlomeruloNefrite MembranoProliferativa (GNMP) é uma doença renal caracterizada por lesão da membrana basal e mesângios dos glomérulos dos néfrons, partes dos rins essenciais para a boa filtração do plasma sanguíneo. (wikipedia.org)
  • Fisiologia renal é o estudo da fisiologia dos rins. (wikipedia.org)
  • Insuficiência renal: a circulação deficiente compromete a função dos rins. (nutricaoglobal.pt)
  • Doença renal crônica (português brasileiro) ou doença renal crónica (português europeu) é a presença de alterações da estrutura ou funções dos rins, com ou sem alteração da filtração glomerular, por um período maior que 3 meses e com implicações na saúde do indivíduo. (wikipedia.org)
  • Anteriormente utilizava-se o termo insuficiência renal crônica, definida como a perda da função dos rins de forma progressiva e irreversível. (wikipedia.org)
  • A Kidney Disease: Improving Global Outcomes (KDIGO) define doença renal crônica como a presença de alterações estruturais ou da função dos rins, por um período maior que 3 meses, e com implicações na saúde do indivíduo. (wikipedia.org)
  • Essa definição classifica como portadores de doença renal crônica aqueles pacientes que possuem alguma lesão renal independente da taxa de filtração glomerular, ou seja, pacientes com lesão renal mas sem perda da função dos rins também são considerados como portadores de doença renal crônica. (wikipedia.org)
  • Considerando que doença renal crônica é a presença de alterações da estrutura ou função dos rins por um período maior que 3 meses, convém detalhar melhor quais são essas alterações. (wikipedia.org)
  • Depuração ou clearence descreve a intensidade ou a velocidade com que uma substância é removida (depurada) do plasma - depuração renal intensidade de remoção pelos rins. (ebah.com.br)
  • Depuração renal = volume de plasma inteiramente depurado de uma substância pelos rins, na unidade de tempo. (ebah.com.br)
  • No caso da depuração renal, é uma relação que permite quantificar a quantidade de uma substância X excretada na urina, em relação à quantidade devolvida à circulação sistêmica É o termo adotado na medicina para designar a capacidade de retirada, pelos rins, de alguma substância da corrente sanguínea. (wikipedia.org)
  • estudo da fisiologia
  • Assim, tem-se, na extremidade arterial: Jv = 1 [(30 + 3) - (28 - 8)] = + 13 mmHg Na extremidade venosa: Jv = 1 [(10 + 3) - (28 - 8)] = - 7 mmHg A equação de Starling guarda relações com a incidência de derrames, como os pleurais, com o estudo da fisiologia renal, como os edemas. (wikipedia.org)
  • progressiva
  • A SHR tipo 1 é caracterizada por insuficiência renal rapidamente progressiva, com a duplicação da creatinina sérica para um nível superior a 221 mmol/L (2,5 mg/dL), ou uma redução de metade do clearance de creatinina, para um valor menor que 20 mL/min durante um período de menos de duas semanas. (wikipedia.org)
  • A hipertensão constitui um dos principais fatores de risco para desenvolvimento de acidente vascular cerebral (AVC), infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, doença renal crônica, aterosclerose progressiva e demência. (medicinanet.com.br)
  • A desidratação não corrigida levara a uma deterioração progressiva da circulação, da função renal e do balanço hidroeletrolítico, produzindo dano a todos os sistemas do organismo. (medicinanet.com.br)
  • Ocorre
  • Isso ocorre quando há absorção óssea acelerada, absorção gastrointestinal excessiva, ou excreção renal diminuída de cálcio. (wikipedia.org)
  • A degradação da GSH e GSSG nos seus aminoácidos ocorre ao nível extracelular e, especialmente, ao nível renal, numa reacção catalisada pela γ-glutamiltranspeptidase e pela cisteinil-glicina-dipeptidase. (wikipedia.org)
  • tratamento
  • Estágio final da doença renal crônica ou insuficiência renal crônica terminal ou doença renal crônica estádio 5 dialítico / doença renal crônica estádio 5 transplantado, é o termo usado para definir os pacientes portadores de doença renal crônica em estágio bem avançado e em tratamento por hemodiálise, diálise peritoneal ou transplante renal. (wikipedia.org)
  • tubular
  • A reabsorção e a secreção dos vários solutos através do epitélio renal são feitas por mecanismos específicos, passivos ou ativos, localizados nas membranas da célula tubular. (wikipedia.org)
  • Como exemplos, o excesso de vitamina D aumenta tanto a absorção intestinal de cálcio, quanto a reabsorção óssea, e o hiperparatireoidismo primário aumenta a reabsorção óssea, reabsorção tubular de cálcio e a síntese renal de calcitriol (1,25-dihidroxivitamina D, o metabólito mais ativo da vitamina D) e a absorção intestinal de cálcio. (wikipedia.org)
  • renais
  • Os túbulos renais são subdivididos em vários segmentos, sendo a padronizada a seguinte nomenclatura pela The Renal Commission of the International Union of Physiological Sciences (IUPS): Túbulo proximal: formado pela parte convoluta ou pars convoluta e pela parte reta ou pars recta. (wikipedia.org)
  • seja
  • Alterações em alguns desses exames podem estar relacionadas a lesão renal, seja estrutural ou funcional. (wikipedia.org)
  • arterial
  • A intensa vasoconstricção na circulação renal acaba por levar à insuficiência renal, caracterizando então a síndome hepato-renal, encontrada na cirrose avançada e representante final do extremo "sub-enchimento" da circulação arterial secundário à vasodilatação no leito vascular esplâncnico. (medicinanet.com.br)
  • formada
  • A alça de Henle é o nome dado ao segmento do túbulo renal em forma de U, formada pela porção reta do túbulo proximal, pelo túbulo intermediário (ramo descendete fino e ramo ascendente fino) e pela porção ascendente espessa do túbulo distal. (wikipedia.org)
  • aumento
  • A causa pós-renal compreende um aumento desproporcional de ureia em relação à creatinina. (wikipedia.org)
  • A SHR do tipo 2 parece fazer parte de um espectro de doenças associadas com o aumento da pressão na circulação da veia porta, que se manifesta clinicamente com o acúmulo de líquido no abdome, a ascite. (wikipedia.org)
  • permite
  • Isso permite detectar pacientes em uma fase inicial da doença, possibilitando a prevenção para evitar a progressão para níveis mais avançados, como a falência renal. (wikipedia.org)
  • cirrose
  • A síndrome hepatorrenal (SHR) é uma condição clínica grave, que consiste em uma rápida deterioração da função renal em pessoas com cirrose ou insuficiência hepática fulminante. (wikipedia.org)
  • A síndrome hepatorrenal é uma causa de insuficiência renal que acomete indivíduos com cirrose ou, mais raramente, com insuficiência hepática fulminante. (wikipedia.org)
  • A classificação da síndrome hepatorrenal estabelece duas categorias de insuficiência renal, denominadas síndrome hepatorrenal dos tipos 1 e 2, ambas ocorrem em indivíduos com cirrose ou falência hepática fulminante. (wikipedia.org)
  • Cerca
  • O piroxicam é passa por circulação entero-hepática, com uma meia-vida de cerca de 50 horas, uma das mais longas entre os analgésicos. (wikipedia.org)
  • sendo
  • Alguns exames laboratoriais e de imagem são utilizados para investigar a presença de lesão renal, sendo por isso chamados de marcadores de lesão renal. (wikipedia.org)
  • causa
  • Nos países desenvolvidos, e em progressão nas demais regiões, a diabetes é a principal causa de cegueira não-traumática e de insuficiência renal crónica. (wikipedia.org)
  • gravidez
  • Edema renal Edema cardíaco Edema da gravidez Edema das cirroses hepáticas Edema iatrogênico (causados por tratamentos) Hidropisia Abcessos Empiema http://www.uff.br/fisio6/aulas/aula_00/topico_06.htm Boron W.F., Boulpaep E.L. (2012. (wikipedia.org)
  • onde
  • Trata-se de um estágio mais avançado da doença renal crônica, onde a maioria dos pacientes já apresenta sinais e sintomas de uremia, com necessidade de iniciar alguma terapia renal substitutiva. (wikipedia.org)
  • dois
  • Os dois tipos da síndrome hepatorrenal partilham três fenômenos principais: função do fígado alterada, anormalidades na circulação e insuficiência renal. (wikipedia.org)
  • pacientes
  • Muitos pacientes com a SHR do tipo 2 tem uma ascite com essas características antes de desenvolverem a deterioração da função renal. (wikipedia.org)
  • KDIGO é uma fundação sem fins lucrativos, regida por um conselho internacional, administrada pela National Kidney Foundation e que tem a missão de melhorar os cuidados e prognóstico dos pacientes com doença renal. (wikipedia.org)