• enzimas
  • Uma vez ativada, a proteína G intermedeia o processo de sinalização que é iniciado com a ativação do respectivo GPCR e termina com a resposta mediada pela ação de moléculas efetoras que incluem canais iônicos e enzimas que geram segundos mensageiros, como, por exemplo, a adenililciclase, a enzima que gera o segundo mensageiro AMP cíclico. (wikipedia.org)
  • Nitrogênio » É o elemento mineral mais abundante nas plantas, pois é constituinte de aminoácidos, proteínas, enzimas, coenzima e nucleotídeos. (ebah.com.br)
  • As enzimas que catalisam a fosforilação de proteínas são denominadas cinases protéicas. (ebah.com.br)
  • minerais
  • As principais funções dos nutrientes minerais tais como, nitrogênio, enxofre e fósforo que servem como constituintes de proteínas e ácidos nucléicos são descritos. (ebah.com.br)
  • Os solutos, incluindo os nutrientes minerais, alteram as propriedades físicas da água (solvente) através da formação de uma camada de hidratação em torno do íon, bem como as propriedades de proteínas através de interações, particularmente com grupos carregados de macromoléculas (interações eletrostáticas). (ebah.com.br)
  • Ele fazia pesquisas em cinzas de pessoas que haviam sido cremadas, para ver que minerais faltavam em suas células e estudava todo o histórico destas pessoas, fazendo uma ligação entre os minerais faltantes e as doenças que elas tiveram. (blog.br)
  • vitamina
  • Você provavelmente sabe também que a Vitamina D ajuda a aumentar a absorção de cálcio dos alimentos, certo? (musclemass.com.br)
  • No intestino delgado , a vitamina aumenta o transporte ativo de cálcio através do intestino, assim como o estímulo do transporte de fosfato intestinal. (musclemass.com.br)
  • As atividades da vitamina D restauram o cálcio plasmático por intensificar a absorção entérica, retenção renal e mobilização a partir do osso. (musclemass.com.br)
  • A vitamina D regula o funcionamento neuromuscular e os impactos da síntese de proteína no organismo. (musclemass.com.br)
  • A baixa vitamina D afeta alguns aspectos do sistema imunológico , incluindo o desenvolvimento de certas doenças auto-imunes. (musclemass.com.br)
  • A vitamina D promove a absorção do cálcio e ajuda a manter a concentração do mesmo no sangue, bem como a mineralização dos ossos. (musclemass.com.br)
  • 1 ARTIGO DE REVISÃO / REVIEW ARTICLE Aspectos da absorção no metabolismo do cálcio e vitamina D * Absorption aspects of calcium and vitamin D metabolism Vera Sônia Grüdtner 1, Pedro Weingrill 2 e Antonio Luiz Fernandes 2 RESUMO Nesta revisão, analisam-se os aspectos da absorção do cálcio e da vitamina D, comenta-se a necessidade diária do íon, variando com a faixa etária e a suplementação, quando se fizer necessária. (docplayer.com.br)
  • A vitamina D, fundamental para a absorção do cálcio, passa por um processo metabólico complexo ao nível do aparelho digestivo e rins, até a formação do seu metabólito ativo. (docplayer.com.br)
  • Palavras-chaves: osteoporose, osteomalacia, absorção de cálcio, metabolismo da vitamina D, massa óssea ABSTRACT The mechanisms of calcium and vitamin D absorption in the gastrointestinal tract are revised and coments about the daily necessity of the ion in the different ages are made, as well as the * Liga para Estudos e Investigação da Osteoporose (LEIO). (docplayer.com.br)
  • Tanto o cálcio como a vitamina D, quando ingeridos, passam por mecanismos de absorção em que interagem vários fatores (4). (docplayer.com.br)
  • Há efetivamente uma relação entre deficiência de absorção de cálcio e/ou vitamina D e perda de massa óssea, o que leva a se considerar de muita importância o entendimento dos mecanismos de absorção e dos fatores que neles interferem. (docplayer.com.br)
  • atividade
  • Achamos interessante oferecer um curso básico sobre técnicas utilizadas, pretendendo em termos gerais, abordar desde medidas básicas de proteínas e ensaios de atividade enzimática até a purificação de proteínas e análise proteômica. (slideshare.net)
  • AMPc
  • Obs: A fosforilação por AMP cíclico ocorre a partir de uma sinalização feita pelo Glucagon, que ao integrar-se aos seus receptores na membrana das células hepáticas promove a ativação da adenilato ciclase a partir da ação da proteína G. A adenilato ciclase converte o ADP em AMPc, que ativa a proteína quinase A, responsável por fosforilar a piruvato quinase, inativando-a. (trabalhosfeitos.com)
  • Proteína G estána membrana celular e quando o agonista se liga ao seu receptor há ativação da proteína G e teremos a ativação de 2os mensageiros (fosfato de inositol, cálcio, AMPc) que desencadeiam uma cascata de eventos intracelulares por ex. (comunidades.net)
  • receptores
  • Os receptores acoplados à proteína G (GPCR's) são responsáveis pela grande maioria das respostas celulares a hormônios e neurotransmissores, bem como pelos sentidos da visão, olfato e paladar. (wikipedia.org)
  • Cada vez mais tem sido percebido que a regulação e sinalização desses receptores são muito mais complexas do que originalmente previsto, incluindo vias independentes através da proteína G . Recentes análises do genoma humano demonstraram a existência de aproximadamente 800 únicos GPCRs, dentre os quais aproximadamente 460 são receptores olfatórios. (wikipedia.org)
  • Os receptores acoplados às proteínas G (GPCRs) podem ser ativados por ligantes como, por exemplo, hormônios, neurotransmissores, fatores de crescimento, odorantes e fótons de luz. (wikipedia.org)
  • A potência (resposta) da droga depende de dois parâmetros: a afinidade da droga por seus receptores (isto é, tendência a ligar-se aos receptores) e da eficácia (isto é capacidade, uma vez ligada, de iniciar alterações que levam a efeitos). (comunidades.net)
  • Ácido
  • Os leucócitos eosinófilos tem afinidade pela eosina ,ou seja, tem afinidade por corante ácido (também chamado de leucócito acidófilo) e o basófilo tem afinidade pela hematoxilina, que é um corante básico, então chamado basófilo. (ebah.pt)
  • fraca
  • Estes orbitais são classificados como antiligações - debilitam a ordem de ligação de três para dois-, de forma a que a ligação do dioxigénio é mais fraca do que a tripla ligação do nitrogénio diatómico, em que todos os orbitais das ligações moleculares são preenchidos, mas alguns orbitais de antiligação não. (wikipedia.org)
  • muscular
  • Para permitir a contração da célula muscular, a tropomiosina deve ser movida para "descobrir" os sítios de ligação com a miosina presentes ao longo do filamento fino. (wikipedia.org)
  • Conseqüentemente a contração muscular termina quando o cálcio é bombeado de volta para o retículo sarcoplasmático. (wikipedia.org)
  • o potencial de ação gerado na célula muscular muda a permeabilidade do retículo sarcoplasmático, permitindo o fluxo de íons cálcio para o sarcômero. (wikipedia.org)
  • Como foi abordado no parágrafo anterior, altas concentrações de cálcio no sarcômero permite que a cabeça da miosina tenha acesso ao sitio de ligação correspondente na actina, desencadeando a contração muscular que é o deslizamento da actina sobre a miosina causando encurtamento dos sarcômeros, e conseqüentemente, o encurtamento do músculo. (wikipedia.org)
  • Enxofre
  • Complexo I: NADH é oxidado a NAD++, fornecendo 2e- para o FMN, que os transfere para as proteínas Ferro-Enxofre (Fe-S) reduzirem totalmente a ubiquinona, que passa para sua forma totalmente reduzida (QH2). (trabalhosfeitos.com)
  • devido
  • É natural que devido sua baixa concentração, os micronutrientes não tenham função direta na osmorregulação ou na manutenção do equilíbrio eletroquímico. (ebah.com.br)
  • destas
  • Em plantas mais do que 30 cinases protéicas tem sido identificadas, e 10 destas são dependentes de cálcio. (ebah.com.br)
  • Existem
  • Existem várias formulações para suplementação de cálcio que, como veremos adiante, devem, dependendo do paciente, ser individualizadas, buscando-se uma melhor absorção. (docplayer.com.br)
  • celular
  • É importante ressaltar que no músculo cardíaco boa parte do cálcio necessário para a contração provem do liquido extra celular (LEC) enquanto que no músculo esquelético é quase que exclusivamente fornecido pelo retículo sarcoplasmático. (wikipedia.org)
  • ligantes
  • A diversidade de ligantes naturais dos GPCRs é muito grande, variando de partículas subatômicas (fótons) a íons (H+, Ca++) e pequenas moléculas orgânicas, como peptídeos e proteínas. (wikipedia.org)
  • Norte
  • Seguros, eficientes, e de baixo custo, são usados na Europa e América do Norte há mais de 200 anos. (blog.br)
  • geral
  • Salientam-se as formas de apresentação de cálcio e a quantidade desse elemento nos leites em geral e nos reduzidos em lactose. (docplayer.com.br)
  • ligam
  • Seus locais de ligação também são bem determinados: enquanto pequenos agonistas orgânicos se ligam aos segmentos transmembrana, hormônios peptídicos e proteínas se ligam preferencialmente à extremidade aminoterminal e às sequências extracelulares dos domínios transmembrana. (wikipedia.org)
  • Diferentes classes de GPCRs ligam-se exclusivamente ou preferencialmente a uma proteína G específica. (wikipedia.org)