Loading...


  • aguda
  • Uma diarreia aguda com 48 ou mais horas de duração, especialmente se acompanhada de febre e fezes sanguinolentas, é muito provavelmente causada por agentes bacterianos como Shigella, Salmonella ou Campylobacter, e sendo assim deve colher-se fezes para exame bacteriológico antes de iniciar uma terapêutica antibiótica empírica. (medicinaemcasa.com)
  • A forma aguda, frequentemente denominada endocardite bacteriana aguda (EBA), é causada por patógenos invasivos e tende a apresentar progressão rápida, em geral levando à internação do paciente em menos de 1 semana após a manifestação clínica e causando sua morte em menos de 4 semanas, exceto quando tratada com sucesso. (medicinanet.com.br)
  • A infecção pelo estreptococo citado acima, envolve sempre o trato superior , nunca se demonstrou que a infecção estreptocócica cutânea, que inclusive pode ser precursora da glomerulonefrite aguda, seja causa da Febre Reumática. (ebah.com.br)
  • Entre as causas bacterianas, merece destaque a faringotonsilite causada pelo Streptococcus pyogenes , ou simplesmente estreptococo do grupo A (EGA), especialmente por ser a única faringotonsilite aguda bacteriana onde a antibioticoterapia está definitivamente indicada, com o objetivo de prevenir as seqüelas não-supurativas (especialmente a febre reumática) 2 . (scielo.br)
  • O tempo e evolução é ligeiramente encurtado pelo tratamento, instituído basicamente para evitar as complicações supurativas e a febre reumática aguda, cuja prevenção depende da erradicação do microrganismo da faringe, e não simplesmente da resolução dos sintomas. (wikipedia.org)
  • As complicações não-supurativas incluem febre reumática aguda e glomerulonefrite pós-estreptocócica, acreditando-se que ambas possam resultar de respostas imunes à infecção estreptocócica. (wikipedia.org)
  • meningite
  • Os sintomas geralmente aparecem entre 3 a 10 dias após a infecção, por exemplo através de mordida ou arranhão de rato, e inclui: Febre súbita (38 a 41oC) Dor, vermelhidão e inchaço nas articulações (poliartrite) Erupções cutâneas (maculopapulares, vermelhas ou púrpuras) Dor de cabeça Calafrios Náusea e vômitos Se não for tratada adequadamente, a infecção pode resultar em complicações como endocardite, miocardite, meningite, pneumonia ou sepse. (wikipedia.org)
  • As complicações supurativas da faringite estreptocócica resultam da disseminação da infecção da mucosa faríngea para tecidos mais profundos por extensão direta ou por vias hematogênica ou linfática, podendo consistir em linfadenite cervical, abscesso periamigdaliano ou retrofaríngeo, sinusite, otite média, meningite, bacteremia, endocardite, pneumonia. (wikipedia.org)
  • Quando não é tratada, a meningite bacteriana é quase sempre fatal. (wikipedia.org)
  • No entanto, apenas cerca de 45% dos casos de meningite bacteriana é que apresentam em simultâneo todos estes três sinais. (wikipedia.org)
  • Em adultos, o sinal mais comum é uma dor de cabeça intensa, presente em cerca de 90% dos casos de meningite bacteriana, seguido por rigidez da nuca, presnete em 70% dos casos. (wikipedia.org)
  • Outro exame, denominado "manobra de acentuação", ajuda a determinar a presença de meningite em pessoas com febre e dor de cabeça. (wikipedia.org)
  • infecciosa
  • A endocardite infecciosa é uma doença relativamente rara, porém importante, que apresenta uma ampla variedade de formas e manifestações, todas associadas a uma morbidade e mortalidade significativas. (medicinanet.com.br)
  • A endocardite trombótica não bacteriana (ETNB) e a endocardite marântica referem-se a vegetações estéreis presentes no coração, que podem se desenvolver nos mesmos locais onde as vegetações da endocardite infecciosa se desenvolvem. (medicinanet.com.br)
  • A incidência geral da endocardite infecciosa varia de 1,7 a 6,2 casos:100.000 indivíduos/ano. (medicinanet.com.br)
  • Os cocos gram-positivos, que abrangem diversas espécies de estreptococos e enterococos, além do Staphylococcus aureus , constituem a principal causa de endocardite infecciosa 2 [ Tabela 1 ]. (medicinanet.com.br)
  • Ver artigo principal: Endocardite infecciosa Apresenta-se na forma de uma massa amorfa, chamada de vegetação, que se podem deslocar e atingir diversos pontos do corpo, como os pulmões e o cérebro. (wikipedia.org)
  • A endocardite infecciosa é uma patologia recorrente de um processo infeccioso da superfície do endocárdio, um contágio microbiano do endotélio, onde agentes infecciosos invadem as superfícies endocárdicas produzindo inflamação e lesões, normalmente envolvendo as valvas cardíacas, sendo caracterizada pela destruição dos tecidos e presença de vegetação nas válvulas cardíacas, câmaras cardíacas e nas grandes artérias. (wikipedia.org)
  • Antigamente os estudos epidemiológicos envolvendo a endocardite infecciosa encontravam barreiras para serem concretizados, como a raridade da doença, a ausência da definição do caso e por não serem oficialmente registradas, fazendo com que os pesquisadores baseassem seus estudos em autópsias. (wikipedia.org)
  • Cerca de 70% a 75% dos indivíduos com endocardite infecciosa tem história de cardiopatia. (wikipedia.org)
  • A Prevenção da Endocardite Infecciosa (EI) vem sendo discutida há décadas por associações e entidades como a American Heart Association (AHA), traduzida como Associação Americana do Coração. (wikipedia.org)
  • outros
  • As conseqüências do uso inadequado dos antimicrobianos já se faz sentir no crescimento da resistência bacteriana de outros agentes que provocam infecções comunitárias (como o Streptococcus pneumoniae e o Haemophilus influenzae ). (scielo.br)
  • Portanto, o conceito antigo de que a endocardite ocorria quase que exclusivamente em portadores de valvulopatias, já não se aplica e, cada vez mais, a endocardite é diagnosticada em pacientes com outros quadros. (wikipedia.org)
  • Outros indícios inclúem: dor de cabeça, náuseas e vómitos, dor abdominal, dor muscular, febre escarlata ou petéquias palatais. (wikipedia.org)
  • casos
  • Muitos casos se enquadram na síndrome de febre de origem obscura (FOO). (medicinanet.com.br)
  • Embora no nome da doença seja incluída a febre, mas, esta manifestação ocorre na minoria dos casos, segundo alguns autores, somente em cerca de 3% dos casos são precedidos por febre. (ebah.com.br)
  • Os sintomas e/ou sinais que caracterizam as faringotonsilites não servem como diagnóstico diferencial entre casos virais e bacterianos. (scielo.br)
  • gastrite e úlcera péptica por Helicobacter pylori - prevenção de endocardite bacteriana Contra indicação A amoxicilina contra indicada em casos de pacientes hipersensíveis a penicilinas, nos casos de infecções por Staphylococcus penicilinoresistentes e nas produzidas por bacilo piociânico, ricketsias e vírus. (wikipedia.org)
  • aumento
  • O hemograma é essencial para distinguir entre a infeção bacteriana - leucocitose (aumento dos leucócitos) com neutrofilia (aumento do número de neutrófilos), ou no caso de uma infeção viral, leucocitose com linfocitose (aumento dos linfócitos) ou monocitose (aumento dos monócitos) no caso da Mononucleose infeciosa. (wikipedia.org)
  • A febre é o aumento da temperatura de todo o corpo, inclusive da pele. (mdsaude.com)
  • Realmente é possível termos um aumento de temperatura apenas de uma parte específica do corpo, mas isto não é febre. (mdsaude.com)
  • A aglomeração em grandes famílias convivendo em pequenos quartos, instituições fechadas, agrupamentos militares, superpopulação, condições habitacionais e econômicas precárias, tem sido associados ao aumento da incidência da Febre Reumática. (ebah.com.br)
  • Pode haver aumento do volume abdominal nas esplenomegalias mais severas (como na doença de Gaucher) ou dor em hipocôndrio esquerdo acompanhada ou não de febre nas esplenomegalias infecciosas ou por câncer. (wikipedia.org)
  • muitas
  • Como muitas vezes não temos um histórico da variação habitual da temperatura de cada indivíduo, usamos os valores médios encontrados em estudos para definir os limites de temperatura que indicam febre. (mdsaude.com)
  • parede
  • Por ser um antibiótico beta-lactâmico, atua destruindo a parede das células bacterianas, pois se une a uma grande variedade de proteínas responsáveis pela síntese de enzimas que alimentam bactérias infecciosas, deixando-as sem ação. (wikipedia.org)
  • O mecanismo de ação das penicilinas não é totalmente conhecido, embora sua analogia com a D-alanil-D-alanina terminal, localizada na cadeia lateral peptídica da subunidade do peptidoglicano (o principal constituinte da parede bacteriana) sugere que o seu caracter bactericida deriva da sua intervenção como inibidor enzimático do processo de transpeptidação durante a sua síntese. (wikipedia.org)
  • Desta forma, a penicilina actua debilitando a parede bacteriana e favorecendo a lise osmótica da bactéria durante o processo de multiplicação. (wikipedia.org)
  • Péptidoglicano, na parede celular: tem alguma atividade de endotoxina, estimulando a febre e vasodilatação excessivas, devido à produção pelas células imunitárias de citocinas como a IL-1. (wikipedia.org)
  • sendo
  • Não existe o que as pessoas costumam chamar de febre interna, que seria supostamente um estado de febre que ficaria restrito ao interior do corpo, não sendo identificado pelos termômetros. (mdsaude.com)
  • Nos países em desenvolvimento, a Febre Reumática (FR) também denominada Moléstia Reumática (MR) constitui um problema de saúde pública, inclusive ocasionando danos responsáveis por aproximadamente oito mil cirurgias cardíacas no Brasil, por ano, pois, a doença tem provocado graves seqüelas secundárias à enfermidade, sendo a causa mais comum de doença cardíaca infantil e juvenil em nosso país. (ebah.com.br)
  • Algumas pesquisas têm revelado a ocorrência de uma variação de 10 a 50% dos jovens sadios sendo portadores do estreptococo beta-hemolítico do grupo A, em determinadas comunidades, entretanto, fatores genéticos podem envolver o desenvolvimento da doença, e, somente uma parcela afetada pela infecção desenvolve a Febre Reumática, não tendo predisposição racial. (ebah.com.br)
  • A faringite estreptocócica é uma infecção bacteriana comum em crianças, sendo a causa de 15-40% dos quadros de dor de garganta nesse grupo etário. (wikipedia.org)
  • assim
  • Quando a infecção é provocada pelo vírus de Epstein-Barr as adenopatias ocupam um lugar de destaque assim como a febre e a debilidade geral A febre e a dor à deglutição têm lugar de destaque com algumas adenopatias quando o agente causal é o tão temível Estreptococus pyogenes Quando acompanha o Sarampo, os sinais e sintomas são os da doença principal. (wikipedia.org)
  • causa
  • Este grupo de pacientes em situação de risco, no entanto, foi substituído por um novo grupo de risco, que inclui usuários de drogas intravenosas(com os Estafilococos aureus despontando como causa crescente de endocardite), pessoas idosas com esclerose de válvula, pacientes com próteses intravasculares, aqueles expostos a doença nosocomiais e hemodiálise. (wikipedia.org)
  • alguns
  • A endocardite de Libman-Sacks refere-se a pequenas vegetações não infectadas, que afetam particularmente os folhetos da valva mitral e são observadas em alguns pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES). (medicinanet.com.br)
  • No entanto, alguns autores afirmam o contrário, alegando que este tipo de profilaxia não reduz a incidência de infecção, que há possível indução de resistência bacteriana, além de uma falsa segurança, podendo impactar em efeitos adversos na técnica operatória e nas normas de biossegurança e controle de infecções durante o ato operatório. (wikipedia.org)
  • comum
  • Este procedimento é importante não só em termos epidemiológicos, como também para que possamos ter um teste de sensibilidade aos antibióticos, pois é comum verificarem-se diferentes susceptibilidades de um mesmo agente bacteriano em diferentes locais geográficos e/ou em diferentes alturas. (medicinaemcasa.com)
  • A febre é tão comum que a maioria de nós nunca parou para pensar no seu real significado. (mdsaude.com)
  • Também é comum as pessoas dizerem que estão com febre na perna ou febre na mão. (mdsaude.com)
  • desenvolvimento
  • O endocárdio não é uma superfície fácil de ser infecta, então doenças que favoreçam o desenvolvimento de endocardite, como febre reumática ou prolapso de válvula mitral, devem ser avaliadas também. (wikipedia.org)
  • As principais são: Foliculite Mastite bovina Otite externa em cães Doenças sistêmicas potencialmente fatais Infecções cutâneas (piodermite) Infecções oportunistas Doenças das vias urinárias Endocardite Impetigo Necessita de vários nutrientes para seu desenvolvimento. (wikipedia.org)
  • Sepse
  • Os diversos acontecimentos relacionados a esta resposta (como febre, resfriados ou hipotensão) são conhecidos como sepse. (wikipedia.org)
  • adquirida
  • o tipo de valva cardíaca atingida e as circunstancias responsáveis pelo seu desencadeamento (abrangendo aqui a endocardite adquirida em hospitais ou através do uso de drogas injetáveis). (wikipedia.org)
  • sangue
  • Endocardite é uma infecção que atinge parte da membrana mais interna do coração, o endocárdio, que está em contato direto com o sangue interno. (wikipedia.org)
  • O diagnóstico é feito por cultura bacteriana, por métodos de ecocardiografia ou pela demonstração de infecção sanguínea através de hemocultura, que permite identificar as bactérias livres no sangue. (wikipedia.org)
  • corpo
  • Na verdade, toda febre é interna, pois a temperatura se eleva no centro do nosso corpo e por transmissão chega à pele. (mdsaude.com)
  • Não há como o corpo ter febre internamente e a pele não aquecer junto. (mdsaude.com)
  • fatores
  • Para evitar fatores confusionais, normalmente consideramos febre uma temperatura maior que 37,5ºC na axila ou 38ºC no ânus. (mdsaude.com)
  • Estudos indicam que suscetibilidade genética nos indivíduos com febre reumática, ocorre por uma associação de fatores genéticos e imunológicos, como marcadores em linfócitos B e antígenos de classe II com diferentes alelos do HLA-DR - no Brasil, principalmente DR7 e DRw53, por exemplo. (ebah.com.br)
  • consiste
  • A tríade clássica de sinais de diagnóstico consiste em rigidez da nica, febre súbita e elevada e dor de cabeça intensa com alteração do estado mental. (wikipedia.org)
  • risco
  • Algumas das considerações do documento de 1997 foram reavaliadas em 2007 pelo "Conselho de Febre Reumática, Endocardite e Doença de Kawasaki em Jovens" da AHA, resultando na redução significativa dos grupos de risco para a doença. (wikipedia.org)
  • faringite
  • Ultimamente a Febre Reumática tem reaparecido através da faringite por um tipo mais virulento do estreptococo. (ebah.com.br)
  • Se o indivíduo padecer de conjuntivite, ronqueira, secreção nasal ou úlceras na boca, ou se não tiver febre, é pouco provável que se trate de faringite estreptocócica. (wikipedia.org)