• camada
  • Estas células são produzidas na camada mais inferior da epiderme (camada basal ougerminativa) e em sua evolução em direção à superfície sofrem processo de queratinização ou corneificação, que dá origem à camada córnea, composta basicamente de queratina, uma proteína responsável pelaimpermeabilização da pele. (trabalhosfeitos.com)
  • A renovação celular constante da epiderme faz com que as células da camada córnea sejam gradativamente eliminadas e substituídas por outras. (trabalhosfeitos.com)
  • A pele apresenta múltiplas funções, entre as quais a proteção contra agentes físicos, químicos e biológicos do ambiente, e ser relativamente impermeável, graças à camada de queratina (córnea) que recobre a epiderme . (trabalhosfeitos.com)
  • As células da epiderme são vivas, desprovidas de cloroplastos, justapostas e, geralmente, constituem uma única camada de células. (resumoescolar.com.br)
  • celular
  • A epiderme atua na proteção contra agentes infecciosos e desidratação, cada célula vegetal é composta por parede celular (celulose), membrana plasmáticas, citoplasma e. (trabalhosfeitos.com)
  • A célula vegetal é semelhante à célula animal, mas contém algumas organelas diferentes da célula animal, como a parede celular que dá maior rigidez à célula, vacúolos e cloroplastos. (wikipedia.org)
  • Taninos: um grupo de compostos fenólicos que podem ficar em vários órgãos vegetais (se acumulam no vacúolos) e podem impregnar a parede celular É originado do protoplastídeo e tem configurações diferentes, com várias finalidades: Cloroplastos são plastos de clorofila, responsáveis pela fotossíntese. (wikipedia.org)
  • A mebrana celular da célula vegetal invagina em redor do corpo principal do haustório e o espaço entre as duas membranas passa a designar-se matriz extra-haustórica. (wikipedia.org)
  • Ao contrário das células vegetais, as células animais não têm parede celular nem cloroplastos. (wikipedia.org)
  • geralmente
  • Forma: geralmente discóide e unidas à epiderme por um pedúnculo. (docplayer.com.br)
  • Echinoidea Leske, 1778 (do grego: ἐχῖνος echinos = ouriço) é uma classe de organismos pertencentes ao filo Echinodermata que agrupa invertebrados marinhos dióicos de corpo globoso ou disciforme, geralmente espinhosos, com 3-10 cm de diâmetro, revestidos por um tegumento coriáceo. (wikipedia.org)
  • ocorre
  • Isso ocorre porque as células vegetais são capazes de se desdiferenciar, ao contrário das células animais em que há diferenciação definitiva de todos os tecidos no embrião. (wikipedia.org)
  • Não possuem raízes e a absorção da água ocorre diretamente através da superfície do corpo do gametófito em contato com o substrato, fixo por meio de estruturas denominadas de RIZÓIDES. (slideplayer.com.br)
  • Em alguns mamíferos, como o ser humano, a transpiração ocorre na forma de suor sobre a pele, que além de eliminar o calor em excesso de dentro do corpo, ainda resfria a superfície ao entrar em contato com correntes de ar. (wikipedia.org)
  • Velame é um exemplo de epiderme múltipla, que ocorre em raízes aéreas de orquídeas. (trabalhosfeitos.com)
  • animais
  • Os quetognatas (do grego "maxilas com espinhos") são pequenos animais marinhos (máximo 15 cm de comprimento, essencialmente planctónicos de corpo alongado e não segmentado, com barbatanas laterais e caudal que são extensões da ectoderme. (wikipedia.org)
  • Nesse sentido, a diferenciação de uma célula vegetal é determinada por sua posição final no interior do corpo, assim não depende da linhagem como as células animais. (wikipedia.org)
  • Em zoologia, chama-se cutícula à cobertura resistente, mas flexível, do corpo dos animais do clado Ecdysozoa, que inclui os artrópodes, Nematoda e vários outros filos. (wikipedia.org)
  • Elas vivem enterradas (são animais subterrâneos), escavam galerias e canais, buscando abrigo e restos vegetais, seu principal alimento, ingerido com grandes quantidades de terra. (wikipedia.org)
  • Responsável pela circulação de fluidos, o sistema hemal não tem função totalmente conhecida, mas provavelmente ajuda a distribuir os nutrientes absorvidos no trato digestivo e comprovou-se a sua extrema importância para o transporte de gases dissolvidos através dos tecidos internos e superfície do corpo desses animais. (wikipedia.org)
  • fisiologia vegetal
  • Os fundamentos biológicos abrangem os estudos Taxonômicos, Filogenéticos e Evolutivos, com base na anatomia, morfologia e fisiologia vegetal, que promovem descobertas sobre Sucessões Florísticas e Paleofitogeografia. (wikipedia.org)
  • externa
  • Transpiração é o processo pelo qual a água contida em um corpo é eliminada devido a uma elevação de temperatura externa ou interna que a permita fluir para a superfície do mesmo corpo. (wikipedia.org)
  • outro
  • O corpo apresenta, durante o desenvolvimento, três regiões de celoma que são reduzidas a duas na fase adulta, um é o celoma anterior, que ocupa a maior parte do corpo, e o outro é o celoma posterior, localizado na parte terminal do corpo do animal, próximo às nadadeira posteriores, e separado do outro celoma por um septo transversal. (wikipedia.org)
  • outras
  • Para a aplicação dos estudos geológicos é necessário à inclusão de várias outras ciências, entre elas: Geocronologia: procura estimar o tempo relativo aos ciclos de vida e de fossilização dos fósseis vegetais. (wikipedia.org)
  • Como muitas outras espécies de hepática, Lunularia cruciata produz uma hormona de crescimento vegetal do grupo dos estilbenoides (estilbenos hidroxilados), o ácido lunulárico, que será um inibidor do crescimento das hepáticas. (wikipedia.org)
  • Anatomia (do grego ἀνατέμνω anatemnō "cortar em partes") é o campo da biologia que estuda a organização estrutural dos seres vivos, incluindo os sistemas, órgãos e tecidos que os constituem, a aparência e posição das várias partes, as substâncias de que são feitos, a sua localização e a sua relação com outras partes do corpo. (wikipedia.org)
  • sistema
  • A parede do corpo é constituída por quatro faixas longitudinais de músculo, que não se encontram em ligação com o sistema nervoso e são mais espessas na região ventral. (wikipedia.org)
  • O sistema nervoso dos quetognatos é composto de seis gânglios na cabeça (um cerebral, um par de vestibulares, um par de esofágicos e um subesofágico), responsáveis pelo controle e integração de informações sensoriais e pelo controle do aparato de captura de alimento da cabeça, e um gânglio não pareado ventral na parte central do corpo, responsável pelo controle da movimentação do animal. (wikipedia.org)
  • Epiderme vegetal A epiderme é um sistema de células de formas e funções variadas. (trabalhosfeitos.com)
  • O sistema nervoso é representado por gânglios na cabeça e ao longo da região ventral do corpo. (wikipedia.org)
  • O sistema respiratório das minhocas funciona nas partes externas de seu corpo. (wikipedia.org)
  • especializadas
  • Estômatos são aberturas na epiderme delimitadas por células especializadas, denominadas de células-guarda, que por sua vez podem ser ladeadas ou não por células subsidiárias (Fig. 10). (trabalhosfeitos.com)
  • ainda
  • O muco ainda protege a pele quando em contato com substâncias tóxicas ou nocivas e garante a umidade indispensável para as trocas dos gases respiratórios em toda a superfície do corpo. (wikipedia.org)
  • assim
  • O colênquima promove sustentação mecânica para os ógãos vegetais, assim como o esclerênquima, mas o colênquima é flexível, enquanto o esclerênquima é lenhoso, rígido. (wikipedia.org)
  • fungo
  • Isto requer uma extensão especializada do fungo na célula vegetal viva a que se dá o nome de haustório. (wikipedia.org)
  • Ciclo
  • Os fundamentos geológicos referem-se ao ambiente de sedimentação, de vida e de fossilização dos fósseis vegetais, permitindo datações e inferências sobre o ciclo sedimentar. (wikipedia.org)
  • celulose
  • Uma grande diferença é o facto de as células dos fungos terem paredes celulares que contêm quitina e glucanos, ao contrário das células vegetais, que contêm celulose. (wikipedia.org)
  • estudo
  • A paleobotânica é uma ciência multidisciplinar, dispondo de fundamentos biológicos e geológicos essenciais para o estudo dos fósseis vegetais. (wikipedia.org)