Existem alternativas a imipramina para controlar a ejaculação precoce ?


Não precisa explicar que é de fundo psicológico.
Quero saber se existem outra medicações que como "efeito colateral" retardam a ejaculação. Controlados ou não.
----------

Só médicos podem receitar medicamentos, e pela internet então, nem mesmo eles!

Procure um médico!  (+ info)

A imipramina e a clomipramina para enurese noturna podem causar alguma sequela futura a uma criança de 8 anos?


Se foi realmente diagnosticado o problema nas vias urinárias a medicação é indicada, mas cuidado com o tempo de exposição à ela, até porque ele é muito pequeno... Só vale lembrar que em geral os casos de eneurese são tratados em sua maioria em consultórios de psico pedagogos, por ser algo muito mais num contexto emocional do que físico. É um processo que demanda tempo, dedicação e o envolvimento de toda a família, mas que alcança a cura em 100%. Dependendo da idade e dos exames realizados, tenham certeza absoluta que é necessário tratar como incontinência física e não como reflexo psicológico, quase como uma "defesa" aos transtornos emocionais e muito particulares (rejeição, baixa auto estima, necessidade de chamar a atenção principalmente...) que o paciente sofre. Continuem olhando a questão com muito amor sempre e desculpem a interferência, ok, a intenção é ajudar. Boa sorte!  (+ info)

Imipramina 75 mg, Rivotril 1mg e Stelazine(Trifluoperazina) 5mg engordam e causam impotência?


1ª Pergunta Causa Impotência e engordam?

2º Pergunta, poderia ser substituido, se sim vou troca-los.

Obrigado.

A melhor resposta Ganhará todas as estrelas.
----------

OLá,
O imipramina pode reter líquidos no organismo e causar ganho de peso. Quanto à questão sexual, ele também pode causar perda ou diminuição de libido.
Peça ao médico para prescrever um antidepressivo que não engorda e não afete a sexualidade. Nesse sentido sugiro: venlafaxina, bupropiona, setralina, citalopram.
Abraços  (+ info)

gOSTARIA DE SABER SE ASSOCIAÇÃO DA iMIPRAMINA HCL E A CICLOBENZAPRINA TEM ALGUM EFEITO COLATERAL COMO INCHAÇO?


Minha mãe começou a inchar as pernas e pés após ter começado a tomar estas duas substâncias. Verificamos a pressão e está até baixa demais. Ela tem fibromialgia e é hipertensa...
----------

há possibilidade de acúmulo de líquido.causando inchaço  (+ info)

a imipramina é um antidepressivo ainda muito receitado?


ele é um medicamento que se dizem antigo ou seja um triciclo
é uma medicação segura?
----------

Alguns dos antidepressivos tricíclicos mais amplamente usados são imipramina e clomipramina. Após muitos anos como tratamento predominante, os ATCs atualmente estão sendo substituídos por outros fármacos devido a seus efeitos colaterais, resultantes de sua influência sobre a acetilcolina, um neurotransmissor não monoamina — boca seca, visão nublada, vertigem, sonolência, ganho de peso corporal, constipação e dificuldade para urinar.

Os tricíclicos apresentam também o risco de suicídio, já que uma quantidade suficiente para duas semanas de tratamento pode ser fatal se tomada de uma vez só. A retirada do medicamento deve ser gradativa a fim de evitar náuseas e insônia de rebote."

"Não tome por conta própria, somente tome com orientação médica".
aBçs

IMIPRAMINA

IMIPRA
TOFRANIL

A Imipramina é um antidepressivo tricíclico indicado para todas as formas de depressão, incluindo-se as formas endógenas, as orgânicas e as psicogênicas e a depressão associada com distúrbios de personalidade ou com alcoolismo crônico. Outras indicações: pânico; condições dolorosas crônicas; terror noturno; enurese noturna (apenas em pacientes acima de 5 anos de idade e somente se as causas orgânicas tiverem sido excluídas).

Farmacodinâmica
Grupo terapêutico: antidepressivo tricíclico. Inibidor da recaptação de noradrenalina e serotonina. Mecanismo de ação: a imipramina tem várias propriedades farmacológicas, incluindo-se as propriedades alfadrenolítica, anti-histamínica, anticolinérgica e bloqueadora do receptor serotoninérgico (5-HT). Contudo, acredita-se que a principal atividade terapêutica da imipramina seja a inibição da recaptação neuronal de noradrenalina (NA) e serotonina (5-HT). A imipramina é chamada de bloqueador "misto" da recaptação, isto é, ela inibe a recaptação da noradrenalina e da serotonina aproximadamente na mesma extensão.

Farmacocinética
Absorção: o cloridrato de imipramina é rapidamente e quase que completamente absorvido a partir do trato gastrintestinal. A ingestão de alimentos não afeta a absorção e a biodisponibilidade. Durante sua primeira passagem pelo fígado, a imipramina, administrada por via oral, é parcialmente convertida em desmetilimipramina, um metabólito que também exibe atividade antidepressiva.

Após administração oral de 50mg, 3 vezes ao dia durante 10 dias, as concentrações plasmáticas médias de steady-state de imipramina e de desmetilimipramina foram de 33-85ng/ml e 43-109ng/ml, respectivamente. Distribuição: cerca de 86% da imipramina se ligam a proteínas plasmáticas. As concentrações de imipramina no fluido cerebroespinal e no plasma são altamente correlacionadas.

O volume aparente de distribuição é de aproximadamente 21L/kg de peso corpóreo. Tanto a imipramina como seu metabólito desmetilimipramina passam para o leite materno em concentrações análogas às encontradas no plasma. Biotransformação: a imipramina é extensivamente metabolizada no fígado.

A molécula é transformada principalmente por desmetilação e, em menor extensão, por hidroxilação. Ambas as rotas metabólicas estão sob controle genético. Eliminação: a imipramina é eliminada do organismo com meia-vida média de 19 horas.

Aproximadamente 80% do fármaco são excretados através da urina e cerca de 20% nas fezes, principalmente na forma de metabólitos inativos. A quantidade de imipramina inalterada e de seu metabólito ativo desmetilimipramina excretados através da urina são de 5% e 6%, respectivamente.

Apenas pequenas quantidades são excretadas através das fezes. Características em pacientes: em função do clearance metabólico reduzido, as concentrações de imipramina são maiores em pacientes idosos do que em pacientes mais jovens. Em crianças, o clearance médio e a meia-vida de eliminação não diferem significativamente dos controles em adultos mas a variabilidade entre pacientes é grande.

Em pacientes portadores de distúrbios renais graves, não ocorrem alterações na excreção renal da imipramina e de seus metabólitos não-conjugados, biologicamente ativos. Entretanto, as concentrações plasmáticas de steady-state dos metabólitos conjugados, que são considerados biologicamente inativos, são elevadas.A importância clínica dessa descoberta é desconhecida.

Propriedades
É uma benzodiazepina que atua aumentando a concentração de norepinefrina na sinapse ou de serotonina no SNC, ao bloquear sua recaptação pela membrana neuronal pré-sináptica. Inibe a recaptação tanto de norepinefrina como de serotonina.

Acredita-se que a ação antidepressiva correlaciona-se melhor com as mudanças nas características dos receptores provocadas pela administração crônica dos antidepressivos tricíclicos do que com o bloqueio da recaptação dos neurotransmissores; isso poderia explicar o atraso de 2 a 4 semanas na resposta terapêutica.

Absorve-se bem e com rapidez após a administração oral; seu metabolismo é somente hepático, com efeito de primeiro passo, e seu metabólito ativo é a desipramina. Sua união às proteínas é mu  (+ info)

Eu estava tomando amitriptilina, estava engordando, agora o médico trocou para imipramina, também engorda?


Estava tomando amitriptilina, mas engordava, o médico trocou para imipramina, pergunto será que também engorda?
----------

fora do arfora do ar  (+ info)

A mais de 1 ano venho tratando a minha depressão com Imipramina mais...?


de uns tempos pra cá o remédio parou de fazer efeito. Estou me sentindo como antes do tratamento. Além dos outros sintomas, a tristeza aumentou muito. Tem horas em que acho que não vou aguentar mais.
Não sei o que fazer...
Me ajudem por favor...
----------

Olá Gu,
Você falou que o remédio parou de fazer efeito. Isso significa que fazia efeito antes. É estranho parar de fazer efeito de repente.
Penso em duas hipóteses:
-uma, você estava bem e resolveu deixar de tomar e começou falhar o uso
-outra, aconteceu algo que mexeu com seu emocional, sem ter relação com seu tratamento. Nesse caso, pense em algo que pode ter acontecido e mexido com você. Talvez um psicólogo possa lhe ajudar.
Abraços  (+ info)

A imipramina tira o efeito do anticoncepcional?


Amore, não corta o efeito nem diminui a eficácia pode ficar tranquila.

Beijos no core  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: