Fazer uma pergunta:


Sedilax pode tomar em suspeita de dengue?


esse remedio contem carisoprodol - diclofenaco sodico - paracetamol - cafeína

to com um pouco de febre, espirrando, garganta meio doendo, indisposição, leve dor de cabeça
----------

Amigo, é melhor que não use. O diclofenaco irrita a mucosa gástrica, o que aumenta o risco de sangramentos. Procure um médico para fazer um diagnóstico preciso. Boa sorte.  (+ info)

por favor urgente, o que esses remedios calsan em uma essoa?? eles fazem mal?? presiso mto de ajuda!!?


minha namorada ta tomando esses remedios

carisoprodol
flunorizina ou flunarizina nao deu pra ler
flucxotina
valeriana

ela toma um remedio que uni esses quatro remedios juntos .
eles fazem mal ? pra que exatamente eeles sao usados ???
to muito preocupado, agradeço de verdade a todos
----------

  (+ info)

Qual anti inflamatorio tomar no tratamento de pubalgia?


Dor na virilha.
----------

O tratamento padrão é de suporte e sintomático: repouso completo, alongamento da região, aplicação de compressa de gelo. Mas como ninguém aguenta vale tomar um antiinflamatório.
O difícil de falar de antiinflamatório aqui é que as pessoas podem ter diferentes reações com cada um deles.

Pra dor leve e se o paciente for ficar em repouso total mesmo: a aspirina funciona como antiinflamatório acima de 100mg. Diclofenaco potassico e sódico são bem "abrangentes", ou seja aliviariam dores nos mais diferentes lugares.

Para dor moderada ou se o paciente não puder seguir o repouso completo: Cetoprofeno, um antiinflamatório que também atua como antireumático e analgésico. Tem também uma fórmula que combina Carisoprodol (relaxante muscular, que faz uma enorme diferença pra melhor); Paracetamol (analgesia) ; e Diclofenaco sódico (antiinflamatório) - nomes comerciais dessa fórmula são Beserol e Tanderalgin, além de outros.

Dor forte: Tylex (paracetamol e codeína), só se puder dispensar o antiinflamatório pois não pode ser "misturado" com a codeína.  (+ info)

Dente do ciso arrancado e tirado já os pontos e doendo muito o que fazer?


Quando extraí os dois do lado direito só tive dor e sangramento no dia, foi super tranqüilo, semana passada na quarta feira retirei os outros dois do lado esquerdo e a semana foi terrível, nada tirava a dor, tomava de 2 diclofenacos de uma vez, rivotril pra conseguir dormir se não não conseguia, tirei os pontos ontem diminuiu um pouco a dor, estive olhando no espelho o buraco é imenso, ainda dói muito, já acabou minha quantidade de antibiótico a ser tomada, o que fazer pra parar de doer? Alguém tem alguma receita caseira? me ensinaram fazer boxexo com ''chá'' de folha de batata doce e sal, ferve espera esfriar e faz boxexo morninho mas é pra desinflamar, o dentista disse que não está inflamado, alguém me ajuda pelo amor de Deus?
----------

Um tandrilax por dia, de dia, porque tem cafeína e pode atrapalhar o sono. É um antiinflamatório, analgésico e relaxante muscular (CAFEÍNA, CARISOPRODOL, DICLOFENACO SÓDICO, paracetamol), que ajuda muito. Tomar de estômago cheio, principalmente quem tem dor de estômago. Se a dor voltar, antes de 4 horas, tomar ibuprofeno ou dipirona que são analgésicos... Tem que revezar os analgésicos. Não pode tomar o MESMO analgésico antes de 6 horas de ter tomado. Paracetamol de 6 em 6h tem efeito antiinflamatório também. Não tome Rivotril sem orientação médica, pois é um remédio controlado perigoso. Não é água. Se quer dormir, tome prometazina, que é um antialérgico com forte efeito sonífero... ou um relaxante muscular com efeito sonífero, tipo ciclobenzaprina.
Faça o repouso que deveria ter feito.  (+ info)

Tomo anticoncepcional faz 10 anos estou na quarta pílula e tomo direitinho,mas tomei um relaxante muscular?


Dorifax é analgésico e relaxante muscular,contém Paracetamol 350mg,carisoprodol 150mg,cafeína50mg,tenho medo de engravidar porque transei minutos depois de ter tomado.Qual é a porcentagem de engravidar,é analgésico ou não,quais analgésicos tenho que ter cuidado nas relasões sexuais para não engravidar?Estou preocupada.
Responda sem brincadeira por favor.
Obrigada.
----------

Daiane,

Se vc toma o anticoncepcional direitinho, pode ficar tranquila. Quem diminui a ação dos anticoncepcionais são os antibióticos (ex: Amoxicilina, Cefalexina, Azitromicina, etc) e não analgésicos como o que vc tomou.

[]s  (+ info)

estou tomando 3x ao dia,cetoprofeno 50mg,carisoprodol 100mg, sulpirida30mg,famotidina10mg para dor?


minha dúvida é continuo com a dor e pior estou engordando, pode ser o remedio?
----------

Amiga, você não revela que dor sente, mas dos 4 medicamentos citados, apenas dois têm indicação para dor, que são o Cetoprofeno (antiinflamatório e analgésico) e o Carisoprodol (relaxante muscular). Já a Sulpirida é um psicotrópico e a Famotidina é um antiulceroso. Fica difícil ajudá-la exatamente porque você não revela de que dor sofre, mas se a medicação não está surtindo efeito você deve retornar ao médico e informá-lo disso. Nenhum desses medicamentos provoca aumento de peso. Boa sorte.  (+ info)

Para que serve essa formula , para qual sintomas ou doenças?


PARACETAMOL 500MG, TENOXICAM 5MG, CICLOBENZAPRINA 5MG DICL.POTÁSSIO 50MG RANITIDINA 150MG ( 1ª FORMULA)

cARISOPRODOL 150MG (2ª FORMULA)
----------

Para sintomas de dor e necessidade de relaxamento muscular. boa sorte./  (+ info)

Quem tem reumatismo nos tecidos moles, sabe me informar?


Alguem sabe me dizer se quando vai chover, o reumatismo volta a doer, ou pode dar mais sensibilidade na dor?? Eu estava no começo do reumatismo e tratei e a dor passou, mas agora começou a doer novamente, e amanha vai chover, eu gostaria de saber se tem correlaçao.
Porque eu tenho um pe que sofreu de torçao e sempre antes de chover ele doi, e gostaria de saber se reumatismo tb e assim....
----------

Colega vou ganhar mais um 10 seu, assim espero.
Nessa categoria incluimos as algias generalizadas e difusas como as encontradas na fibromialgia, na fase prodrômica das doenças difusas do tecido conectivo, na polimialgia reumatica, algumasendocrinopatias, nas entesopatias inflamatórias primárias e metabolicas.
Fibromialgia:
É o protótipo aos reumatismos de partes moles e se caracteriza pela presença de dores músculoesqueléticas generalizadas acompanhadas por rigidez matinal, distúrbios do sono (sono não repousante) e fatigabilidade ou cansaço fácil. Tais sintomas estão presentes praticamente em 100% dos pacientes, porém as queixas iniciais podem bastante variadas, como dores articulares mal definidas, dor nas costas, alterações subjetivas de edema e formigamentos de extremidades, ou até quadros de fraqueza muscular debilitante.
A maior frequência dessa entidade é encontrada entre os individuos do sexo feminino (85%), predominantemente na faixa etária dos 30 aos 45 anos de idade.
A característica mais marcante nesses pacientes é a discrepãncia entre a quantidade e intensidade de sintomas com os exames laboratoriais e radiológicos dentro dos limites da normalidade. O achado de maior valor diagnóstico é a presença de pontos de "dolorimento" ("tender points"), facilmente identificáveis ao exame físico, em localizações perfeitamente previsíveis pelo médico, mastotalmente desconhecidos pelo paciente.
Alívio da dor:
Terapêutica Medicamentosa: para alivio dos fenômenos algicos podemos lançar mão de analgésicos comuns (salicilatos, paracetamol, propoxifeno, etc..) ou mesmo anti inflamatórios não hormonais (propiônicos, oxicans, indolacéticos, entre outros). Relaxantes musculares na presença de contraturas ou espasmos musculares (carisoprodol, tizanidina, benzodiazepinicos). Nas dores miofasciais e fibromialgia os antidepressivos tricíclicos como a amitriptilina e imipramina têm se mostrado útil no controle da dor e das alterações psico-afetivas frequentemente presentes nesses quadros.
2.2 Terapêutica não-medicamentosa: há uma vasta gama de meios físicos que podem e devem ser utilizados nesses quadros. Nas fases mais agudas, a crioterapia (imersão em água fria, compressas de gelo e sprays e recurso de importância no controle da dor. Podemos ainda utilizar iontoforese com histamina, eletroterapia e iniciar cinesioterapia o mais precocemente possível, visando manter a amplitude articular.
Nas fases sub-agudas e crônicas, o calor superficial (compressas quentes, banhos de parafinas, raios infra-vermelhos) ou profundo (ultra-som, ondas curtas e micro-ondas), dependendo das estruturas acometidas, será a terapêutica de eleição. Enfatizamos que a cinesioterapia é de extrema importância e visa a restauração da função motora comprometida. Os exercícios devem seguir um roteiro pré-estabelecido de acordo com o grau de lesão, o acometimento anatômico e a evolução da doença. A fisiologia muscular e a biomec`nica articular devem ser respeitadas.
2.3 Prevenção de novos surtos: Orientação quanto a prevenção de novos surtos deverá ser estabelecidas a partir da identificação de nexo etiológico da lesão e dos fatores predisponentes e desencadeantes do processo álgico. A adequação nas artividades profissionais, a manutenção osteo-mioarticulares, são fatores fundamentais para se atingir uma adequada prevenção de novas lesões. A abordagem terapêutica deve buscar o restabelecimento do equilibrio fisiológico e biomecânico, pois somente a normalização funcional e igual a cura.
Espero ter ajudado. Feliz 2011.
Abraço!!!  (+ info)