cinzenta

  • A substância gelatinosa de Rolando (ou substância gelatinosa do corno dorsal da medula espinal) é uma massa transluzente, gelatinosa de células da glia e neurônios em forma de "V" que recobre a coluna posterior, uma das três colunas de substância cinzenta da medula espinal. (wikipedia.org)
  • A forma do bulbo lembra um cone cortado, no qual a substância branca é externa e a cinzenta, interna. (wikipedia.org)
  • Desaparecimento da forma de H da substância cinzenta rodeada por matéria branca e surgimento dos núcleos próprios do qual se destaca o núcleo olivar inferior. (wikipedia.org)
  • Fazem sinapse na formação reticular, no colículo superior e na substância cinzenta periaqueductal. (wikipedia.org)

camada

  • membrana de Descemente: membrana basal do epitélio posterior, camada acelular homogênea que separa a substancia própria do endotélio. (wikipedia.org)
  • e, por vezes, Uma camada espessa e gelatinosa, que agrega as células em colónias (ou filamentos rígidos). (wikipedia.org)

principalmente

  • Contudo, algumas fibras A delta (carregando sensação de dor rápida, localizada) também fazem sinapse na substância gelatinosa, principalmente por axônios passando por essa área para chegar ao núcleo próprio. (wikipedia.org)
  • Aí ascende na substância branca na região antero-lateral até fazer sinapse principalmente no tálamo (núcleos póstero-lateral-ventrais), mas também na formação reticular. (wikipedia.org)

sinapse

  • A substância gelatinosa é um dos pontos (sendo o núcleo próprio o outro) onde os neurônios de primeira ordem do Trato espinotalâmico fazem sinapse. (wikipedia.org)

recobre

  • Apresentam, geralmente, uma estrutura externa para evitar a dessecação: a bainha de mucilagem, que é uma substância gelatinosa incolor que recobre totalmente ou parcialmente o indivíduo. (wikipedia.org)

fibras

  • A aparência gelatinosa se dá devido à concentração muito baixa de fibras mielinizadas. (wikipedia.org)
  • Alguns tipos de fibras solúveis absorvem água e se tornaram uma substância gelatinosa, viscosa, a qual é fermentada por bactérias no trato digestivo. (wikipedia.org)