tumor


  • Pode originar-se inicialmente como um adenoma (tumor glandular que geralmente é benigno). (wikipedia.org)
  • Carcinoma (gr. karkínos, καρκίνος) é um tumor maligno desenvolvido a partir de células epiteliais, glandulares (adenocarcinoma) ou do trofoblasto (coriocarcinoma) que tende a invadir tecidos circulares originando metástases. (wikipedia.org)
  • Adenoma é um tumor de tecido epitelial benigno que surge no epitélio da mucosa (estômago, intestino delgado, e intestino grosso), glândulas (endócrinas e exócrinas), e tubos. (wikipedia.org)
  • Nestes casos, as células da parte conjuntiva do tumor são monoclonais, as da parte epitelial são policlonais. (wikipedia.org)
  • De forma semelhante, embora o tumor geralmente tenha um componente estromal proeminente semelhante ao mesênquima, ele não é verdadeiramente uma neoplasia mista, que é derivada de mais de uma camada germinativa. (wikipedia.org)
  • O tumor é composto de uma mistura de epitélio glandular e células mioepiteliais permeados por um fundo semelhante ao mesênquima. (wikipedia.org)
  • É considerado um tumor ectomesenquimal (misto) por apresentar proliferação de tecido epitelial e conjuntivo. (odontoup.com.br)

tecido


  • Adenocarcinoma é uma neoplasia maligna (câncer/cancro) que se origina em tecido epitelial glandular. (wikipedia.org)
  • Por exemplo, uma excelente escolha para controle positivo é a parte de tecido mamário normal da amostra da paciente com suspeita de neoplasia de mama. (wikipedia.org)
  • As características histológicas da hiperplasia por fenitoína incluem aumento das quantidades de tecido conjuntivo, ausência de alterações vasculares e diminuição da espessura epitelial. (wikipedia.org)
  • No componente epitelial do fibroadenoma pode-se observar a dupla população celular (células epiteliais e mioepiteliais) como no tecido mamário normal. (wikipedia.org)
  • Os remanescentes epiteliais presentes na maxila e mandíbula são originais do ectoderma que reveste os processos embrionários que irão formar a face e boca ou de tecido epitelial que participa na odontogenese. (odontoup.com.br)
  • Cistos verdadeiros possuem uma capsula de tecido conjuntivo fibroso como seu revestimento interno, sem revestimento epitelial ou outros componentes. (odontoup.com.br)
  • Adenoma é o câncer de tecido glandular. (lookformedical.com)

suspeita de microinva


  • Lesão intra-epitelial de alto grau, adenocarcinoma in situ, suspeita de microinvasão ecitologia sugestiva de neoplasia invasiva (escamosa ou glandular). (gravidezesaudedamulher.com)

maligna


  • neoplasia epitelial maligna de caráter glandular e papilífero, apresentando variada diferenciação celular. (unicamp.br)
  • Se não for tratada, pode causar Neoplasia maligna ou Cancer endometrial.Outra patologia é a Endometriose que é o aparecimento e crescimento do endométrio fora do seu sítio normal, o útero. (wikipedia.org)

diferenciada


  • A Hiperplasia da próstata, também chamada de HPB (confundida com neoplasia) é o aumento da próstata de forma diferenciada. (wikipedia.org)
  • Os papilomas vírus humanos (HPV) apenas infectarão e replicarão em uma célula epitelial escamosa diferenciada. (slideplayer.com.br)

baixo grau


  • Lesão intra-epitelial de baixo grau ou células escamosas de significado indeterminado, em 2 citologias consecutivas. (gravidezesaudedamulher.com)
  • Lesão intra-epitelial de baixo grau ou ASC-US em uma única citologia. (gravidezesaudedamulher.com)
  • As Neoplasias Intra-epitelial cervical, SIL baixo grau e SIL alto grau, foram observadas em 12% e 18% no grupo de mulheres que apresentaram alterações celulares, respectivamente. (docplayer.com.br)

adenocarcinoma


  • O termo adenocarcinoma é derivado de 'adeno', que significa 'glândular' e 'carcinoma', que descreve um câncer epitelial. (wikipedia.org)
  • Notam-se áreas de adenocarcinoma endometrióide bem diferenciado e papilífero, padrão viloglandular (Figuras 1 e 2), associada a áreas com papilas complexas (Figura 3), com eixo hialinizado (Figura 4) e revestidas por células com núcleos mais atípicos, salientes ("hobnail"- Figura 5) e outras com citoplasma mucinoso, finamente vacuolado, com mucina na luz glandular (Figura 6). (unicamp.br)

pode causar


  • Quando essa neoplasia secreta hormônios pode causar doenças endócrinas, conhecidas como síndromes paraneoplásicas. (wikipedia.org)

mama


  • Ex: Proliferação do epitélio glandular da mama feminina na puberdade e durante a gravidez. (wikipedia.org)
  • Alguns fibroadenomas correspondem a hiperplasias, mas muitos são neoplasias benignas verdadeiras, originadas no estroma intralobular da mama. (wikipedia.org)

encontradas


  • A coloração imuno histoquímica é amplamente utilizada no diagnóstico de células anormais, tais como aquelas encontradas em neoplasias. (wikipedia.org)

origem


  • Um adenoma é uma colecção de crescimentos (-oma) de origem glandular. (wikipedia.org)

aumento


  • Fibroma é uma neoplasia benigna composta apenas por aumento e proliferação de fibras colágenas. (odontoup.com.br)

feminina


  • Segundo o Instituto Nacional do Câncer - INCA, o câncer do colo do útero representa a terceira causa de incidência bruta entre as neoplasias malignas para a população feminina nas regiões Sul e Sudeste, a segunda causa nas regiões Centro-Oeste e Nordeste e a primeira causa na Região Norte (INCA, 2012). (docplayer.com.br)

composto


  • O liquido cístico é sempre composto por ceratina/ queratina, proveniente do revestimento epitelial. (odontoup.com.br)

componente


  • Na microscopia, o componente epitelial forma túbulos ramificados e dilatados, em meio ao estroma. (wikipedia.org)
  • A proporção dos elementos epiteliais e do componente semelhante ao mesênquima é altamente variável dentre os diferentes tumores. (wikipedia.org)

seria


  • A presença pura e simples de restos epiteliais seria insuficiente para explicar a formação de um cisto. (odontoup.com.br)

ductos


  • As células epiteliais secretam o leite (nos lóbulos) ou o conduzem (nos ductos). (wikipedia.org)
  • Sialolitiase ou calculo salivar é o termo utilizado para designar a formação da estrutura mineralizada no interior dos ductos salivares excretores ou no próprio parênquima glandular. (odontoup.com.br)

especialmente


  • Essa falta de encapsulação completa é mais comum nos tumores de glândula salivar menor, especialmente ao longo da porção superficial dos tumores do palato, abaixo da superfície epitelial. (wikipedia.org)