cirurgia


  • Pode secundária a um traumatismo, no caso de cálculo biliares, mas usualmente é iatrogénica e acontece após uma cirurgia. (wikipedia.org)
  • Como fazer sexo após uma cirurgia de fístula anal? (lookfordiagnosis.com)
  • Quando se faz cirurgia de fístula ano-retal não se pode dar pontos, tem que deixar cicatrizar naturalmente? (lookfordiagnosis.com)
  • É um achado comum em pacientes que passaram recentemente por cirurgia ou endoscopia das vias biliares. (wikipedia.org)
  • Quando este achado está presente, ele pode ser secundário a: Recente cirurgia ou endoscopia das vias biliares Esfíncter de Oddi incompetente Fístula biliar-entérica Infecção (Colangite enfisematosa) Anomalias congênitas Outras causas raras que foram comunicados incluem divertículo duodenal, abscesso, trauma operatório, carcinoma do duodeno, pâncreas estômago ou vias biliares. (wikipedia.org)
  • É aconselhável tirar fotos aos ductos biliares durante a cirurgia. (wikipedia.org)
  • Se também houver pedras no ducto biliar comum, estas podem ser removidas antes ou durante a cirurgia por CPRE. (wikipedia.org)
  • Naqueles que não poderem ser submetidos a cirurgia, pode ser tentada a drenagem da vesícula biliar. (wikipedia.org)
  • a ret'rograda é melhor quando há muita inflamação Visão critica de Strasberg também é valida ma cirurgia aberta para evitar lesões da via biliar ou sua vasculatura. (slidegur.com)

pode ser


  • Se é diagnosticado precocemente, pode ser curado com a remoção da vesícula biliar (colecistectomia). (lookfordiagnosis.com)
  • A hepatectomia também pode ser a última opção no tratamento de cálculos biliares intra-hepáticos, cirrose e quistos parasitários. (wikipedia.org)
  • Hemorragia da via biliar ou pancreática: Pode ser por câncer, por fístula, ruptura de aneurisma. (wikipedia.org)

pedras


  • Onde posso vender cálculos biliares, ou pedras da vesícula biliar (gallstone, em inglês)? (lookfordiagnosis.com)
  • As causas mais comuns são a obstrução do conduto pancreático por pedras biliares, alcoolismo e efeito adverso de medicamentos. (wikipedia.org)
  • Mais de 90% dos casos de colecistite aguda resultam da obstrução do ducto biliar pelo aparecimento de pedras na vesícula. (wikipedia.org)
  • São mais comuns os casos em mulheres com pedras na vesícula biliar do que em homens, e normalmente ocorrem após os 40 anos de idade. (wikipedia.org)
  • Cerca de 80% das colecistites são devidos à presença de cálculos que causam obstrução dos canais biliares, ou seja, são uma conseqüência da litiase biliar: cálculos ou pedras no interior da vesícula. (wikipedia.org)

normalmente


  • A fístula biliar , normalmente secundária a uma intervenção cirúrgia, é uma fístula pela qual passa bilis para as zones circundantes. (wikipedia.org)
  • O tratamento de escolha para a fistula ano-retal é a fistulectomia, ou seja, a retirada da fístula, que é tão somente uma comunicação que não existe normalmente entre o ânus e o reto. (lookfordiagnosis.com)
  • Pneumobilia é a presença de gás nas vias biliares, normalmente detectada em um exame de imagens (ultrassom, TC ou MRI). (wikipedia.org)

tratamento


  • Fístula biliar também é uma complicação possível, embora mais passíveis de tratamento não-cirúrgico. (wikipedia.org)
  • O tratamento é geralmente realizado por remoção cirúrgica da vesícula biliar laparoscópica, se possível no prazo de 24 horas. (wikipedia.org)
  • Cerca de 20% das pessoas com cólica biliar, sem tratamento, desenvolvem colecistite aguda. (wikipedia.org)

pancreatite


  • A colecistite aguda pode agravar-se com pancreatite de origem biliar, cálculos do ducto biliar comum ou inflamação do ducto biliar comum. (wikipedia.org)

Outras


  • Existem várias possíveis causas, sendo as mais comuns: Pedra na Vesícula Biliar Danos causados pelo Álcool Outras possíveis causas são: Hipertrigliceridemia Esteroides Infecção viral (como caxumba/papeira) Hipotermia Diuréticos Autoimunidade Vasculite Mal formação genética Problemas pós-operatórios Ateroembolia Colelitíase Hiperlipoproteinemia Hipercalcemia Veneno de escorpião Mulheres grávidas são mais sensíveis a desenvolverem problemas com o excesso de triglicerídeos. (wikipedia.org)

entanto


  • O íleus biliar representa 1 a 4% das obstruções intestinais mecânicas, podendo no entanto ser responsável até 25% dos casos, em faixas etárias superiores. (min-saude.pt)
  • a dor, no entanto, dura mais tempo do que é normal num ataque da vesícula biliar. (wikipedia.org)

retirada


  • Como exemplo, a traqueostomia é aplicada a pacientes com dificuldades respiratórias, em que a traqueia é aberta abaixo do ponto congestionado e um tubo é inserido no local para permitir a entrada livre de ar, na colecistectomia quando se abre a vesícula biliar para retirada de cálculos e fecha-se ela novamente. (wikipedia.org)

cirurgicamente


  • Ouvi dizer que laboratórios de pesquisa compram cálculos biliares (gallstone, em ingles), extraídos cirurgicamente da vesícula biliar (gallbladder). (lookfordiagnosis.com)

seja


geralmente


  • Assim que a vesícula biliar é removida os resultados de melhora da saúde são geralmente positivos. (wikipedia.org)

risco


  • Os factores de risco para os cálculos biliares estão associados a pílulas anticoncepcionais, à gravidez, ao histórico familiar de cálculos biliares, obesidade, diabetes, doenças hepáticas ou rápida perda de peso. (wikipedia.org)

duodeno


  • Em menos de 10% dos doentes com íleus biliar, a localização do cálculo impactado é o duodeno ou piloro, o que resulta numa obstrução ao esvaziamento gástrico e conhecido por síndrome de Bouveret. (min-saude.pt)

relativamente


Onde


  • Ostomia (em Portugal, no Brasil utiliza-se o termo Estomia) é um procedimento cirúrgico que consiste na abertura de um órgão oco como, por exemplo, algum trecho do tubo digestivo, do aparelho respiratório, urinário, ou outro qualquer, podendo ou manter uma comunicação com o meio externo, através de uma fístula, por onde pode-se conectar um tubo de inspeção ou manutenção. (wikipedia.org)

processo


  • Enquanto a presença do ar no sistema biliar não é necessariamente prejudicial, este achado pode sugerir um processo patológico, como uma infecção do sistema biliar, esfíncter de Oddi incompetente, uma fístula biliar-entérica ou anomalias congênitas. (wikipedia.org)

normal


  • Em um indivíduo saudável com anatomia normal, não há nenhum ar dentro da árvore biliar. (wikipedia.org)