Tenho o H Pylori e já tomei 2 vz bombas de protons e de nada adiantou. Como acabar com isso c/ remédio nat.?


Sei que o H Pylori não traz problemas, mas por ter duodenite o meu caso se torna mais especial. Por favor não quero mais tratar com remédios convencionais, visto que desde o esôfago até o duodeno, estar tudo inflamado.
Fui em um gastro e ela demosntrou muita preocupação com a duodenite, preciso de ajuda
----------

Olá, se você tem a certeza que tem o Helicobacter Pylori você deve consultar um médico. Não me lembro do nome do medicamento, mas não é apenas um tratamento com inibidores da bomba de prótons. O medicamento que eu tomei quando me tratei era tomado em jejum (4 comprimidos entre eles 1 inibidor da bomba de prótons os outros eram antibóticos) e 4 a noite. Esse tratamento é feito durante sete dias, após esse período tarta-se com um inibidor da bomba de prótons para evitar dores causadas pelo uso do antibiótico.
Espero ter ajudado!  (+ info)

Fiz um exame de endoscopia e deu a seguinte?


Esôfago – apresenta se livre em sua luz e com mucosa de aspecto preservado em toda sua extensão. Cárdia incontinente as manobras de esforço realizadas durante o exame. Não há sinais de hérnia hietal. Pequeno refluxo gastroesofagico as manobras de esforço. A mucosa do esôfago distal apresenta uma hipertemia leve. EE1, a 40 cm ADS.

Estomago – distensivel, com volume e pregueado mucoso conservados. A mucosa do antro apresenta um enantema leve e difuso. Piloro centrico e de bom calibre.

Duodeno – bulbo e segunda porção duodenal se apresentam com aspecto endoscópico preservado.

Conclusão – cárdia incontinente – esofagite leve distal – gastrite endoscópica enantematosa leve de antro.

Teste da uréase para H. pylori: negativo

alguem pode me dizer o que deu nesse exame

obrigada
----------

Esofagite é uma inflamação da mucosa esofágica causada, na maioria das vezes, por refluxo de conteúdo gástrico. A mucosa do esôfago, mais sensível, não é adequada para receber conteúdo extremamente ácido como o suco gástrico.  (+ info)

O resultado exame foi : Pangastrite emantematosa leve. Alguém saberia me explicar o que isso?


Fiz hoje a ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA e copie o restado do exame logo abaixo.

ESÔFAGO: Com o calibre e a distensibilidade preservados. A mucosa está normal em todo o trajeto. A TE
G está coincidente com o pinçamento diafragmático, com a cárdia continente. Não foi observado refluxo
gastro-esofágico durante o exame.

ESTÔMAGO: Em boas condições para o exame, com o lago mucoso claro, distensível e com o pregueado pres
ervado. A mucosa do corpo e do antro mostrou-se levemente hiperemiada, edemaciada, sem úlceras ou ero
sões. Piloro pérvio.

DUODENO: O bulbo e o início da segunda porção estão distensíveis e sem alterações de mucosa. A passag
em para a segunda porção foi realizada com facilidade.


CONCLUSÃO: 1.PANGASTRITE ENANTEMATOSA LEVE
----------

Pangastrite Enantematosa é quando toda a mucosa do estômago se encontra inflamada. Pela intensidade da inflamação graduamos de Leve, Moderada ou Intensa.

A causa geralmente é medicamentosa, infecciosa ou alimentar. O tratamento consiste em afastar o agente causador, fazer dieta e tomar o medicamento adequado. A dieta é abster-se temporariamente de frutas cítricas, refrigerantes, álcool, fumo etc.  (+ info)

Esofagite Grau A e Pangastrite Erosiva Plana Moderada?


Boa noite! Fiz uma endoscopia hoje e gostaria de informações à respeito deste diagnóstico.
Detalhes do Laudo: Esôfago- presença de refluxo durante o exame.
Estômago: Hiperemia moderada além de algumas erosões planas ovalares, principalmente de antro. Piloro centrado, móvel e pérveo.
Duodeno: Curto, mucosa sem alterações.
Desde já, agradeço a colaboração.
----------

Colega, qualquer diagnóstico depende da história clínica e do médico, que vai juntar tudo e lhe falar o que você tem. Vou apenas comentar a carater informativo sobre os termos do laudo:

--> Esofagite: esofagite é uma inflamação da mucosa do esôfago, geralmente quando ocorrem episódios onde "o conteúdo do estômago volta", chamado isso de refluxo, entende? Quando a gente tem muitos refluxos, a mucosa do esôfago (a camada que cobre a parte de dentro do esôfago) fica inflamada. A inflamação pode ter outras causas; o refluxo é apenas a mais comum.

--> Hiperemia: é um aumento da quantidade de sangue circulante num determinado local, ou seja: quando ocorre uma inflamação em algum lugar, logo vai ter o aumento de sangue ali, pois o corpo tenta direcionar fluxo sanguíneo para o local afim de que cheguem mais células de defesa no local para combater a infecção.

--> Pangastrite: veja bem, gastrite é inflamação da mucosa do estômago. Pangastrite é quando toda a mucosa do estomago se encontra inflamada. Essa "erosão" se refere a perda da camada mucosa, perda/destruição desse epitélio que recobre o estômago.

Diagnósticos somente com o médico (veja bem que isto é apenas o laudo; essas alterações podem não ser a doença em si, mas sim consequências de uma doença).
Consulte seu médico para informações específicas sobre seu caso e em caso de dúvidas, dê sempre preferência para tirá-las com seu médico. Abraços.  (+ info)

sobre hernia de hiato e interpretaçao de um laudo?


Bem bom dia! venho pedir uma luz a respeito de um problema que minha mae esta passando
ELA TE NAUSEAS TODOS OS DIAS E NAO SE ALIMENTA BEM FEZ UM EXAME DE ENDOSCOPIA E FOI DADA A CONCLUSAO QUE ELA TEM HERNIA DE HIATO PEUENAS DIMENSOES ESOFAGITE EDEMATOSA DISTAL GASTRITE EROSIVA ENDOSCOPICA MODERADA DE ANTRO PILORO NORMAL DUODENO CONSERVADO . mINHA PERGUNTA NAO VE SO A SER A INTERPRETAÇAO DO QUE SIGNIFICA MAIS TAMBEM O QUE PODE SER FEITO PARA RESOLVER E SE E GRAVE! MUITO OBRIGADO. CLEBER.
----------

Sua mãe tem uma hérnia de hiato esofágico, istoé, a junção do esôfago com o estômago está torcida e fora do lugar. Isso faz com que ela não funcione direito, ocasionando REFLUXO do conteúdo ácido gástrico para o esôfago. É esse conteúdo gástrico que está causando a esofagite edematosa distal, pois o ácido está irritando o esôfago na porção mais inferior.

Além disso, a hérnia altera a anatomia e fisiologia normal do estômago, diminuindo seus mecanismos de defesa e tornando-o mais frágil: assim é causada a gastrite erosiva moderada. O piloro e o duodeno estão normais (duodeno é a porção do intestino logo após o estômago e piloro é a junção entre eles.


Olha, a situação da sua mãe é comum e existem muitos tratamentos, sendo bastante importante ela se tratar. No jeito que está não é um quadro grave, mas se não for tratado esse quadro pode evoluir de maneira grave, podendo causar até câncer.

Ela pode se tratar com medicações que vão diminuir a conteúdo ácido do estômago e proteger o esôfago, além de ter alterações na dieta que melhorem o quadro. porém, para a hérnia de hiato, que é a grande vilã do problema, o único tratamento definitivo é a cirurgia. É um cirurgia simples mas que dá ótimos resultados, ela tanto desfaz a hérnia quanto protege o esôfago do refluxo.

Vá ao médico, que ele te orientará melhor.  (+ info)

Porque o Brasil ainda é um paś muito atrasado até em alimentação?


Eu não como carne de porco a mais de 10 anos porque é o pior pecado, carne condenavel por Deus, ela é a maior fonte de doença que existe, Tênia, Lombriga, Oxiuros, Ancilostomo Duodenale, Toxoplasmose, Elipésia, Cisticercose Cerebral, Triquina,tec...
Todos os relatórios de médicos citados antes são sobre esses muitos porcos que são criados em condições higiênicas e, todavia, mesmo assim transportam germes, bactérias e vermes. Esses são os descobrimentos do tempo recente, baseados nas experiências da moderna criação de porcos. 58% do porcos que dizem sadios estão contaminados com todas essas doenças, são os mesmos resultados de séculos atras, principalmente nos lugares higienicos de criação de porcos.

Somente como carne branca a mesma que Jesus Cristo e os profetas e todos comiam, Frango e peixe, é interesse das elites que o povo permaneça ignorante ????

Feijoada de Triquina

A triquina está presente no prato mais '' imundo e descarado do mundo a feijoada.''
A infecção verifica-se ao ingerir sangue imundo de porco com seus pedaços esquartejados, presunto, montandela, baicon, carré, lombo, costeleta, etc,. na feijoada, também muito bem cozidos e preparados. Já esta provado a mais de 30 anos que os ovos das larvas resistem a mais de 300 graus de temperatura, impossivel da chama do fogão matalos. Em casos muito raros, a infecção da Triquina pode ser contraída ao comer carne de urso, javali porcos e alguns mamíferos marinhos. Qualquer destes animais pode conter um cisto com as respectivas larvas (Triquina). Quando a cápsula do cisto é digerida no estômago ou no duodeno, liberta larvas que atravessam a parede do intestino delgado. No decurso de dois dias, as referidas larvas amadurecem e acasalam. Os vermes machos já não participam no desencadeamento da infecção. As fêmeas permanecem aninhadas dentro da parede intestinal e ao sétimo dia começam a descarregar larvas vivas.
Cada fêmea pode gerar mais de 1000 larvas. A produção continua durante 4 a 6 semanas, depois das quais a fêmea morre e é digerida. As pequenas larvas são transportadas por todo o organismo através dos vasos linfáticos e da corrente sanguínea. Só sobrevivem as que conseguem alcançar os músculos do esqueleto. Penetram neles e causam inflamação. No final do terceiro mês enquistam-se.
Certos músculos, como os da língua, os do olho e os músculos localizados entre as costelas, são particularmente propensos a infectar-se até subir ao cerebro.
Sintomas
A sintomatologia varia, dependendo do número de larvas invasoras, dos tecidos invadidos e do estado físico geral do doente. Muitas pessoas não apresentam sintomatologia absolutamente nenhuma. Por vezes, um ou dois dias depois de comer carne infectada começam os sintomas intestinais e o doente tem pouca febre. De qualquer modo, os sintomas da invasão larvar não se manifestam habitualmente durante os primeiros 7 a 15 dias.
A tumefacção das pálpebras superiores é caracteristicamente um dos primeiros sintomas que aparece de repente perto do décimo primeiro dia depois da infecção. Em seguida surgem hemorragias na membrana branca dos olhos e na parte posterior dos mesmos, dor ocular e sensibilidade à luz intensa. Pouco depois pode ocorrer dor muscular, associada a uma erupção cutânea e a hemorragia por baixo das unhas. A dor é acentuada nos músculos respiratórios, da mastigação e da deglutição. Mais tarde, o doente pode ter grande dificuldade em respirar, o que por vezes conduz à morte.
Outros sintomas compreendem sede, sudação profusa, febre, calafrios e debilidade. Em geral, a febre é intermitente, costuma chegar pelo menos a 38,8ºC, permanece elevada durante vários dias e depois baixa gradualmente. Enquanto o sistema imunitário destrói as larvas fora dos músculos, tanto os gânglios linfáticos como o cérebro e a membrana que o reveste podem inflamar-se e, além disso, podem verificar-se perturbações da visão e da audição.

Por isso que os hospitais do Brasil são os mais lotados, estão cheios de pacientes quem nem sabem o que tem ... para muito poucos enfermeiros e médicos.

"O porco que tem o pé córneo e até o casco bifurcado, mas que não rumina, será impuro para Vós. Não comereis carne de nenhum deles nem tocareis nos seus cadáveres: são impuros para vós." (Levítico, 11: 7-8).

"Não comereis o porco porque tem a unha fendida, mas não rumina; considerá-lo-eis impuro." (Deuteronômio, 14: 8).

"Não penseis que eu vim revogar a Lei ou os Profetas: Não vim revogá-la, mas completá-la. Porque em verdade, vos digo: Até que passem o Céu e a Terra, não passará um só jota ou um ápice da lei, sem que tudo se cumpra. Portanto, se alguém violar um destes mais pequenos preceitos, e ensinar assim aos homens, será o menor no Reino dos Céus. Mas aquele que os praticar será o maior no reino dos Céus.
( Jesus Cristo )

E interese das elites que o povo permanessa assim na ignorancia ?

Opinem.
----------

"E interese das elites que o povo permanessa assim na ignorancia ?"
É... Pode ser... Por tudo que disse, penso que já respondeu por si, tudo que poderia dizer a ti.


Não como carne, nada contra quem come, mas... Sua desinformação é espantosa!  (+ info)

REED ( Raio X de contraste, esôfago, AONDE FAZ?


MEDICO PASSOU para minha filhotinho fazer esse exame REED ( Raio X de contraste, esôfago, estômago e duodeno), para diagnosticar refluxo.
Algum bb já fez esse AONDE QUER FAZ UM LUGAR MAIS BARATO
----------

Meu filho já fez, é um exame super tranquilo, enquanto o bebê toma uma mamadeira com contraste dá pra ver pelo raio x se o líquido vai até o estômago e volta, se voltar é diagnosticado refluxo, depois o médico só precisa avaliar o grau.
Quanto ao preço do exame não sei te informar pois fiz pelo convênio.
Boa Sorte!  (+ info)

quem esta com ulcera intestinal pode tomar suco de rabanete?


minha mãe esta com úlcera, ainda não sabemos se é gástrica ou duodeno,tudo que come provoca gostaria de saber se ela pode tomar suco de rabanete
----------

Acho que pode  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: