No reflexo enterogástrico, a inibição da contração propulsiva do antro do estômago é ocasionada por:?


Aumento do volume gástrico

Irritação duodenal

Aumento do pH duodenal

Ausência de gordura no conteúdo duodenal
----------

letra A  (+ info)

Qual a importância das FIBRAS alimentares na alimentação do diabético?


E quais são os EFEITOS na glicemia?
----------

Importância das fibras:
- Retardam o esvaziamento gástrico
- Aumentam o tempo de trânsito intestinal
- Tornam mais lenta a absorção de glicose
- Retardam a digestão do amido
- Reduzem os niveis elevados de colesterol sérico e da fração LDL- colestererol.
Esses efeitos resultam em REDUÇÃO DA GLICEMIA pós alimentar, ou seja, reduzem os picos pós-absortivos ( aumento da glicemia após a alimentação), contribuindo para a melhora do controle do diabetes, dimunuição da hemoglobina glicosilada, e finalmente, redução das complicações relacionadas a elevação da glicemia.  (+ info)

Fiz 1 exame o resultado foi Esofagite Erosiva e Pangastrite Enantematosa intensa,o que é isso?


Pois bem gostaria de saber o que é esofagite erosiva (A de Los Angeles) e pangastrite enantematosa intensa.
----------

Boa noite Elizandra!

Significa que você apresenta lesões na mucosa do seu estômago e esôfago em virtude da acidez gástrica.

A principal causa de lesão do esôfago (esofagite erosiva) é a Doença do Refluxo Gastroesofageano (DRGE). É uma doença onde o ácido gástrico entra em contato mais vezes do que deveria com a mucosa do seu esôfago, que não é preparada para suportar ácido. Ele "sobe" pelo esôfago por conta da falha de mecanismos do seu organismo contra o refluxo (não vale a pena falar muito disso). Com isso, lesa a mucosa e pode causar sintomatologia. Sintomas: dor em queimação que "sobe" até a garganta, sensação de "bolo" na garganta, aftas, tosse noturna, dentre outros. Medidas que podem melhorar são: evitar café, álcool, alimentos condimentados, evitar comer muito à noite, dormir com mais travesseiros...
Também existe tratamento medicamentoso que ajuda a melhorar. Ele é feito principalmente com Omeprazol, que é um medicamento que diminui a secreção de ácido pelo estômago. Esse medicamento também serve no tratamento da sua gastrite.

Com relação a sua gastrite, ela é bastante intensa e acomete grande parte do estômago (pangastrite). As medidas alimentares também vão ajudar a combater sua gastrite, bem como o Omeprazol.

Outra coisa: no exame de endoscopia se faz o TESTE DA UREASE, que é um teste para pesquisar a presença de uma bactéria chamada H.Pylori, que pode estar causando a manutenção da sua gastrite. Se ele der positivo, você terá que tomar medicamentos para matar essa bactéria.

O ideal é você procurar um Gastroenterologista para te orientar melhor. Ele vai tratar de você e tudo vai ficar bem, ok?

Abraço e boa sorte!  (+ info)

Existem alimentos que podem favorecer para a prática do futebol?


A alimentação balanceada é fundamental para o bom rendimento físico. Alimentar-se antes do exercício pode ser um desafio para todos os praticantes de atividade física. Uma boa recomendação é fazer uma refeição 2 a 4 horas antes do exercício. A refeição ideal deveria ser composta basicamente por carboidratos (massas, pães, arroz, cereais), ser moderada em proteínas (carnes, queijos e leite) e pobre em lipídeos (óleo e gorduras em geral). Os carboidratos são digeridos rapidamente, enquanto a digestão de proteínas e de lipídeos é mais lenta. As refeições ricas em lipídeos oferecidas antes do exercício podem causar desconforto gástrico.


Alimentar-se bem e de forma saudável também inclui fazer uma escolha inteligente dos alimentos a serem ingeridos após o exercício físico. A refeição adequada pós-exercício reabastece os músculos e ajuda na recuperação. É importante incluir nesta refeição, de forma equilibrada, uma variedade de alimentos fontes dos quatro grupos de alimentos existentes (carboidratos, proteínas, gorduras e sais minerais). Para ajustar sua dieta e planejar suas refeições de acordo com suas necessidades específicas, consulte sempre um nutricionista.

Os alimentos ricos em carboidratos e em energia são recomendados tanto para o período pré, quanto para o pós-exercício. Veja algumas sugestões para antes e depois do exercício.


4 horas ou mais antes e 4 horas após o exercício

• Frango grelhado, arroz, salada e frutas
• Sanduíche de peru, cenouras cruas e salada
• Espaguete com molho à bolonhesa e salada
• Queijo branco, biscoito água e sal e fruta
• Barras de cereais
• Bebidas esportivas

2-3 horas antes e 2 horas depois do exercício

• Cereais e leite com baixo teor de gordura (desnatado)
• Frutas frescas
• Pão com queijo branco ou peito de peru
• Barra de cereais
• Bebidas esportivas

1 hora ou menos antes e 30 minutos depois do exercício

• Bebidas esportivas
• Barra energética
• Frutas secas como uva passas  (+ info)

Porque sentimos dor de cabeça quando abaixamos a cabeça após comer?


O Título diz tudo.
Porque acontece isso?
----------

O correto é vc ir ao médico. A digestão difícil, dispepsia, é causada por uma disfunção do tubo digestivo que não trata correctamente os alimentos absorvidos. Estes não são digeridos por causa da carência de algumas substâncias, tais como as enzimas salivares ou pancreáticas, o ácido gástrico, a bílis.
A digestão difícil é um mal comum e recorrente para muitas pessoas, e tem como origem causas variadas, sobretudo disfunções alimentares, funcionais ou nervosas. Uma úlcera, cancro ou a estenose também podem originar uma digestão difícil.O primeiro passo para o tratamento da dispepsia é a correcção dos hábitos alimentares, antecedido pelo correcto diagnóstico. Em seguida, as plantas medicinais podem providenciar um tratamento natural extremamente eficaz, com efeitos sobretudo ao nível da facilitação da digestão, aumento do apetite e fornecimento de nutrientes essenciais.Em primeiro lugar vá a um GASTROENTEROLOGISTA.  (+ info)

Tenho Gastrite e Refluxo e qdo estou em crise tenho uma dor de cabeça , congestionamento nasal , é normal?


Tenho Gastrite e Refluxo e qdo estou em crise tenho uma dor de cabeça como se algo pressionasse, provocando uma sensação de leveza e também congestionamento nasal e sempre apos comer , isso é normal?
----------

No seu caso é normal. Quando você tem um refluxo, o conteúdo que está no estômago juntamente com o suco gástrico passam para o esôfago e como o suco gástrico é muito ácido, pode causar irritações no esôfago e na garganta, inclusive congestionamento nasal. É uma reação normal do seu organismo.  (+ info)

Quais são os tipos de retalhos mais utilizados em cirurgias odontológicas?


Tenho q fazer um seminário sobre incisões e retalhos em cirurgia odontológica!!! Quais são os mais utilizados!
----------

urgente!,

Vale a indicação de uma pesquisa mais aprofundada, mas vão alguns nomes pra iniciar tua pesquisa: envelope, reta com divertículo, semilunar. Lembre-se que há incisões (acho que é isso que queres ao invés de retalhos!) na área da cirurgia buco-maxilo e também na área da periodontia.

Boa pesquisa!  (+ info)

Qual a altura recomendada para se erguer o berço de um bebê com refluxo?


espero que a resposta abaixo ajude, bjs ♥
boa sorte
o ideal é vc usar o travesseiro anti-refluxo, mas aqui vao algumas dicas:
Refluxo na infância
Sabe aquela queimação que sentimos às vezes na garganta ou azia? Esse incômodo pode ser chamado de Refluxo Gastroesofágico, que nada mais é que a volta do alimento, sólido ou líquido, do estômago para o esôfago.

Acontece que isso não é apenas um problema de adultos. Os bebês e as crianças também sofrem com vômitos e regurgitações principalmente após as mamadas e refeições.

Antes de aprofundarmos no assunto, vamos entender o processo. O esôfago é um tubo muscular que conduz os alimentos da boca ao estômago. Na sua parte inferior existe um esfíncter que se abre para a passagem do alimento e se fecha para que o alimento não volte. Quando o esfíncter é fraco ou imaturo, ele não segura o alimento no estômago, que acaba voltando para o esôfago na forma de regurgitação ou vômito. Agora já estamos mais por dentro do assunto.

Todas as pessoas já devem ter apresentado em algum momento da vida a volta do alimento do estômago em direção à boca sem que isso acarretasse em algum problema. Quando a freqüência, quantidade e duração são exageradas, o refluxo é considerado uma doença.

A grande maioria dos bebês apresenta refluxo gastroesofágico por causa da imaturidade do esfíncter esofagiano. É chamado de refluxo fisiológico, isto é, que faz parte do desenvolvimento infantil.

Atenção, mamãe - Em 80% dos casos, o refluxo tende a regredir a partir dos seis meses de vida coincidindo com a introdução dos alimentos sólidos e a condição de uma postura corporal mais ereta.

O refluxo gastroesofágico é considerado patológico quando os episódios de vômitos e regurgitações não melhoram depois dos seis meses de vida mesmo com alterações na postura e dieta. Nessa fase, a criança não ganha peso ou o perde e pára de crescer e produz uma esofagite (inflamação do esôfago).

Além desses problemas, a criança apresenta sintomas como irritabilidade, choro persistente, dificuldade para dormir, recusa de alimentos ou complicações relacionadas ao nariz, ouvido, seios da face e garganta.

Em casos mais graves, a criança pode apresentar uma apnéia (parada respiratória) ou aspirar o próprio refluxo (chegar aos pulmões), progredindo para uma pneumonia aspirativa. Preste atenção se seu filho apresenta como sintoma chiado no peito.

Nas crianças mais velhas, os sintomas são de dor ou sensação de queimação no peito que se move até o pescoço (azia), gosto ácido ou amargo na boca, vômitos, episódios de tosse, arrotos e dor ao engolir o alimento.

Como vencer o refluxo? - O refluxo tem cura e pede alguns cuidados que devemos ter no cotidiano das crianças. A manutenção do leite materno é essencial, assim como deixar a criança no colo “em pé” para arrotar depois de alimentada por pelo menos meia hora antes de deitá-la. Se a criança já toma leite de vaca, às vezes poderá ser necessário engrossar com farinha de arroz ou milho.

Fracionar a alimentação para que o estômago não distenda e o refluxo seja evitado é outro cuidado. A quantidade de alimento deve ser menor por vez e dada em mais vezes ao dia. Alguns alimentos devem ser evitados como gorduras e frituras, chocolate, sucos cítricos (ácidos), café, refrigerante e iogurte.

Outra dica: a cabeceira do berço ou da cama da criança deveficar elevada para que a ação da gravidade ajude o esvaziamento gástrico, assim como a posição de lado em cima do braço direito.

Os casos mais sérios são tratados com medicação que auxiliam também no esvaziamento gástrico e neutralizam a acidez da substância do estômago. A indicação de cirurgia hoje é pequena devido ao bom desempenho dos medicamentos e dos cuidados na vida diária.  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: