O que significa o resultado da minha ressonância?O relatório do resultado foi um testamento ...?


so vou reproduzir o que parece ter alguma coisa: Alterações degenerativas nos platôs vertebrais apostos de L5-S1. Osteófitos marginais incipientes nos corpos vertebrais lombares. Redução da altura e da intensidade de sinal dos discos intervertebrais de L3-L4, L4-L5 e L5-S1, por degeneração. Desidratação parcial dos discos intervetebrais de L1-L2 e L2-L3. Abaulamento discal difuso de L3-L4, com componente focal foraminal a esquerda, indentando a face ventral do saco dural, reduzindo a amplitude do forame neural esquerdo e tocando a raiz nervosa emergente de L3 correspondente. Discreto abaulamento discal difuso de L4-L5, tocando a face ventral do saco dural e reduzindo a amplitude dos recessos inferiores dos forames neurais correspondentes. Abaulamento discal difuso de L5-S1, indentando a face ventral do saco dural, reduzindo a amplitude dos forames neurais correspondentes e aparentemente tocando as raízes nervosas emergentes de L5 bilateralmente.

Obs. Aspecto de miomatose uterina.

MORRI E ESQUECI DE DEITAR!?!?!?!!?
----------

Nada que uma boa fisioterapia, trabalhar essa postura, não resolva,,,,,,,,
e o que fez o exame, hummmm , cuidado tava de sacanagem , rsrsr foi ver seu útero? achou um mioma, Tratável, na maioria dos casos , com hormônios , o seu ginecologista te explica e trata. boa sorte./  (+ info)

complexo osteofitário posterior de base ampla em c5 c6 indentando o saco dural. qual o significado ?


Existe ainda uncoartrose promovendo redução a amplitude dos forames neurais
----------

Complexo osteofitário é o famoso "bico-de-papagaio". Existem 7 vértebras cervicais. Elas são contadas de cima para baixo a partir da mais próxima ao crânio. C5 e C6 são, respectivamente, a quinta e a sexta vértebras cervicais, isto é, do pescoço (o "C" vem de "cervical"). Indentar o saco dural significa enconstar mais ou menos como se fosse dando uma "dentada", sabe? E o normal é não haver esse tipo de contato. O saco dural, por sua vez, é uma espécie de capa que cobre a medula espinal, a qual é o "cabo central" que leva nervos a todas as outras partes do nosso corpo, com exceção da cabeça.
Essa indentação do saco dural pode acabar comprimindo a medula e causando dor, formigamento ou outras manifestações sensitivas.
A uncoartrose, por sua vez, é uma artrose de certas articulações intervertebrais (entre vértebras). No caso em questão, essa artrose está causando uma diminuição do buraquinho por onde o nervo passa quando sai da medula para ir inervar alguma região do corpo. Com a evolução dessa redução do forame (buraco), o nervo pode acabar sendo também comprimido, resultando em sintomas como os já mencionados a respeito da compressão da medula.
Espero ter esclarecido sua dúvida.
Um abraço!  (+ info)

O que é Listese G1 BL5 S1, osteofitose marginal anterior baixo sinal em T2, degeneração discal no nivel L5 S1


Meu pai tem 62 anos e fez RM, com este diagnostico e mais Abaulamento discal L5 S1 que toca a face ventral do saco bunal estreito os forames neurais tocando as raizes emergente, hipertrofia facetaria interapofisaria , hipertrofia dos ligamentos amarelos cone medular e calda equina de aspeco habitual, qual tipo de tratamento. Sendo que o medico encaminhou um laudo para pericia do INSS com cid m54 e m71.
----------

Isso é complicação grave na coluna vertebral.
Provavelmente ele está acamado e sofrendo de dores terríveis.
Procure um bom ortopedista.  (+ info)

Ressonancia da coluna cervical deu os seguintes resultados:?


tendencia a retificação da lordose cervical
corpos vertebrais apresentando incipientes osteofitos
redução da hidratação discal de c2 a c7
pequenos cistos perineurais nos forames neurais em c6-c7

é muito grave:
o que é exatamente
isso pode gerar tonturas, não aquelas de rodar mas uma sensação estranha na cabeça que te deixa todo atordoado.

tá complicado para fazer qualquer coisa...
----------

Amigo, neste laudo não tem nada demais. É raro uma coluna cervical impecável, sem nenhum destes achados descritos.
O importante é que não há estreitamento de canal medular ou compressão de forames neurais.

Quantos aos sintomas é difícil dizer. Não usaria este alterações discretos como bode expiatório para seus sintomas.  (+ info)

O resultado da minha ressonância saiu, quem pode traduzir?


Exame realizado nos planos sagital,coronal,e axial com cortes paralelos aos discos intervertebrais, ponderados em T1 e T2.
Interpretação:
Alterações degenerativas discais em C3-C4, C4-C5, C5-C6 caracterizadas por desidratação e redução da altura discal.
Protusões disco osteofitárias posteriores assimétrica à esquerda em C4-C5 e C5-C6, determinando compressão sobre o espaço subaracnoideo anterior e impressão sobre a face anterior da medula espinhal.
Osteoatrose das articulações uncovertebrais com formações osteofitárias posteriores em C4-C5 e principalmente em C5-C6, que se projetam para o interior dos foramens neurais promovendo redução de suas dimensões e compressão das raízes correspondentes.
Articulações interapofisárias apresentam alterações degenerativas com esclerose subcondral e irregularidades das facetas.
Amplitude dos canal vertebral encontra-se reduzida em C5-C6.
Agradeceria se alguém me esclarecesse a dimensão do problema. As dores não cessam apesar dos antiflamatórios e analgésicos.
----------

Qual a sua idade, só para termos uma base?  (+ info)

no meu resultado de ressonância acusou isso! ainda terei uma vida normal ?


DETALHES TÉCNICOS

FORAM OBTIDAS IMAGENS MULTIPLANARES PESADAS EM T1 E T2 COM SATURAÇÃO DE GORDURa

1-ESCILIOSE CERVICAL DE CONVEXIDADE Á ESQUERDA.
2-RETIFICAÇÃO DE LORDOSE CERVICAL FISIOLÓGICA
3-CORPOS VERTEBRAIS DE ALTURA PRESERVADA
4-OSTEÓFITOS MARGINAIS EM C5-C6
5-PEDÍCULOS ÍNTEGROS
6-ALTERAÇÕES DEGENERATIVAS NOS PLATÔS VERTEBRAIS CONTÍGUOS DE C5-C6
7-REDUÇÃO DE AMPLITUDE DOS FORAMES NEURAIS BILATERAIS DE C3-C4 E C5-C6
8-DEMAIS FORAMES NEURAIS LIVRES
9-REDUÇÃO NA ALTURA E INTENSIDADE DE SINAL EM T2 DOS DISCOS INTERVERTEBRAIS C5-C6,POR DEGENERAÇÃO
DEMAIS ESPAÇOS DISCAIS MANTIDOS,DESIDRATADOS.
10-COMPLEXO DISCO-OSTEOFITÁRIO DIFUSO EM C3-C4,COM COMPONENTE PÓSTERO-LATERAL/FORAMINAL À DIREITA MAIS
EVIDENTE,PROMOVENDO INDENTAÇÃO A FACE VENTRAL DO SACO DURAL E TOCANDO A PARTE CENTRAL DA MEDULA CERVICAL.
E RAIZ NERVOSA EMERGENTE DIREITA CORRESPONDENTE DE C4.
11-TÊNUE COMPLEXO DISCO OSTEOFITÁRIO PÓSTERO-MEDIANO EM C4-C5,APAGANDO A GORDURA EPIDURAL ANTERIOR.
----------

Normalíssima. Para início de conversa, a imensa maioria das pessoas possue algum tipo de problema na cervical C5 e C6. Todos nós temos lordose!!

Você deverá iniciar algum tratameto com fisioterapia ou RPG. Você tem problemas nas cervicais 5 e 6. Em geral esses problemas podem ser causados por estresse físico (muita carga) ou até má postura.

Isso pode causar compressão das raízes nervosas no canal vertebral ou gerar processos inflamatórios . Estas lesões, conforme a localização em que se estabelecem, são responsáveis por sintomas e sinais gerados , como exemplo: hérnia de disco lombar, gera dor lombar e irradiada para os membros inferiores

Na região cervical, os discos mais comprometidos estão localizados entre a quarta e a quinta vértebra cervical (C4/C5), entre a quinta e a sexta vértebra cervical (C5/C6) e entre a sexta e a sétima vértebra cervical (C6/C7). As hérnias discais cervicais incidem mais freqüentemente nas pessoas estressadas e tensas. Já a dorsal é mais rara, pois nesta área a coluna tem o suporte dos arcos costais (costelas).

Fique tranquilo e vá ao seu ortopedista para avaliar suas condições. Controle de peso, postura adequada e abdominais leves podem reduzir seus sintomas. Mas fale com o médico.  (+ info)

Qual o tratamento indicado para anteriolistese ?????


Anteriolistese de L4 , com aparente espondilólise bilateral , com edema no processo espinhoso e ruptura parcial no ligamento inter-espinhoso de L4-L5 , com provável instabilidade neste nivel.

Pseudo-abaulamento discal difuso em L4-L5 , com ruptura anelar postero mediana que comprime o saco dural e toca as raizes neurais intraforaminais de L4 bilateralmente , pequeno modulo Schmorl no platô superior de L2 ,Desidrataçao dos discos intervertebrais de L1L2 e L4L5 , Alteraçoes degenerativas nas articulaçoes interapofisarias de L4 e L5 , Reduçao da amplitude do canal vertebral em L3 L4 .
Discopatia cervical com protusões discais em C3 C4 , C4 C5 e C5 C6 , lateralizada á esquerda no primeiro nivel e á direita em C5 C6 , que toca de forma leve a face ventral da medula.
Reduçao discreta da amplitude do canal vertebral , pelas alteraçoes discais descritas .
----------

Procure um ortopedista para avaliação e tratamento.  (+ info)

Quem quer dar pitaco nesse laudo?


RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA COLUNA LOMBO-SACRA

Foram obtidas imagens da coluna lombo-sacra nas sequências pesadas em T1 e T2 nos planos sagital e axial.

Provável vértebra de transição lombo-sacra.

Corpos vertebrais de altura preservada.

Pequeno nódulo de Schmorl no platô vertebral superior de L5.

Pedículos íntegros.

Discreta redução de amplitude nos foramens neurais em L4-L5 e L5-VT.

Demais foramens neurais com boa amplitude.

Desidratação do disco intervertebral de L5-VT e parcial de L4-L5.

Pequenas protrusões discais difusas em L4-L5 e L5-VT, notando-se pequena rotura da porção posterior do anel fibroso neste último nível, tocando a face ventral do sacro dural.

Cone medular de aspecto anatômico.

IMPRESSÃO: Discopatia degenerativa em L5-VT e incipiente em L4-L5.

NOTA: A critério clínico, para avaliação de variações anatômicas e dos níveis estudados, correlacionar com a radiografia panorâmica da coluna vertebral.
41 anos, atleta.
----------

Protusão discal,inicio de Hernia discal.  (+ info)

1  2  3  

  Fazer uma pergunta: