comum

  • A prática de injetar drogas intravenosas usando a veia femoral é comum entre usuários de drogas. (wikipedia.org)
  • A veia femoral comum termina ao passar por trás do ligamento inguinal, quando passa a se chamar veia ilíaca externa. (wikipedia.org)
  • As safenas vão drenar em veias profundas: a veia femoral comum no caso da safena interna e a veia poplítea no caso da safena externa. (wikipedia.org)
  • No caso de o coágulo atingir a crossa da safena interna com a cabeça do coágulo flutuante dentro da veia femoral comum, uma cirurgia de urgência deve ser feita consistindo na laqueação desta crossa para evitar uma embolia pulmonar. (wikipedia.org)
  • Ela atinge a coxa por trás do ligamento inguinal, chamada neste ponto de artéria femoral comum, uma continuação da artéria ilíaca externa, estando a meio caminho entre a espinha ilíaca ântero-superior e a sínfise púbica. (wikipedia.org)
  • A artéria femoral comum separa-se da artéria femoral profunda e torna-se a artéria femoral superficial, descendo ao longo da parte anteromedial da coxa no triângulo femoral. (wikipedia.org)
  • Na linguagem clínica, a porção da artéria femoral proximal à origem da artéria femoral profunda é frequentemente denominada artéria femoral comum, enquanto que a porção distal à origem da artéria femoral profunda, é denominada artéria femoral superficial. (wikipedia.org)
  • A hérnia femoral representa o terceiro tipo mais comum de hérnias primárias, sendo responsável por 2 a 8% das hérnias da virilha no adulto. (alert-online.com)
  • Acima do joelho existe só uma veia para cada artéria: a veia femoral superficial e veia femoral profunda que convergem na veia femoral comum situada na região inguinal (virilha). (wikipedia.org)
  • Cada femoral comum continua-se pela veia ilíaca externa e ilíaca primitiva. (wikipedia.org)
  • Ela surge na bifurcação da artéria ilíaca comum e segue trajetória paralelamente à veia ilíaca externa, perpendicular e posterior ao ligamento inguinal, anterior aos músculos ilíacos e nervos femorais, terminando-se ao nível do anel femoral e emitindo ramos colaterais denominados de artéria circunflexa ilíaca profunda, artéria pudenda externa e artéria epigástrica inferior. (wikipedia.org)

externa

  • Ela termina na margem inferior do ligamento inguinal, onde muda de nome e se torna a veia ilíaca externa. (wikipedia.org)
  • Veia safena (ou simplesmente safena) refere-se normalmente à veia safena interna, safena magna ou grande safena, mas pode também referir-se à veia safena externa, pequena safena ou safena parva. (wikipedia.org)

medial

  • Diversas veias são coletadas para a veia femoral: veia circunflexa femoral lateral veia circunflexa femoral medial veia femoral profunda veia safena magna A veia poplítea após passar o hiato dos adutores recebe o nome de veia femoral. (wikipedia.org)
  • no primeiro caso, ela pode cruzar anteriormente à veia femoral e então passar em sentido contrário em volta de seu lado medial. (wikipedia.org)
  • porção medial: segue junto à veia femoral na porção superior do percurso. (wikipedia.org)
  • O canal femoral ocupa o compartimento mais medial da bainha femoral e estende-se desde o anel femoral até ao orifício da veia safena. (alert-online.com)
  • artéria femoral profunda que se ramifica em artéria circunflexa femoral lateral, artéria circunflexa femoral medial e artérias perfurantes (que irá contribuir para a vascularização do fémur e músculos da loca posterior da coxa). (wikipedia.org)
  • No momento do nascimento, quando cessa a circulação placentária, apenas a porção pélvica da artéria umbilical permanece dando origem à artéria vesical superior (ou artérias) do adulto, o restante da veia é convertida em um cordão contínuo de fibras, o ligamento umbilical medial (também conhecido como a artéria hipogástrica obliterado) que se estende da pelve para o umbigo. (wikipedia.org)

superficial

  • A veia safena magna, safena interna ou grande safena é a veia superficial principal (subcutânea) da perna e da coxa. (wikipedia.org)
  • Mais raramente drena diretamente na veia femoral.No terço superior da coxa situa-se abaixo da fascia superficial como a safena magna, mas torna-se muito superficial nos terços médio e inferior da coxa. (wikipedia.org)
  • Já flebotrombose, seria secundária a um processo vascular, tal qual estase, aumento da coagulação e outras doenças vasculares Tromboflebite superficial no caso de se tratar de uma veia superficial, Tromboflebite profunda ou trombose venosa profunda (TVP) se a/as veias atingidas são veias profundas. (wikipedia.org)
  • Tromboflebite superficial: existe uma tumefacção e vermelhidão marcadas ao longo do segmento de veia atingido, que é extremamante doloroso à palpação. (wikipedia.org)
  • A presença de coágulos na veia superficial é a responsável pelos sinais inflamatórios. (wikipedia.org)
  • A artéria femoral ramifica-se na coxa em vários vasos secundários: artéria ilíaca circunflexa superficial (en): pequena ramificação que chega até a região da espinha ilíaca ântero-superior. (wikipedia.org)

superior

  • Esta se aprofunda na pelve durante o seu trajeto ascendente, recebendo como tributárias constantes as veias circunflexa ilíaca profunda e epigástrica inferior, que drenam a parede abdominal inferior e são importantes como vias de colateralização com o sistema da veia cava superior. (wikipedia.org)
  • A veia cava superior e a veia cava inferior carregam sangue relativamente pobre em oxigénio (sangue venoso) das circulações sistémicas para a aurícula direita. (wikipedia.org)

ligamento inguinal

  • A artéria femoral profunda (AFP) é um grande ramo emergindo lateralmente da artéria femoral em aproximadamente 3,5 cm distal ao ligamento inguinal. (wikipedia.org)
  • artéria femoral profunda: grande e importante ramificação que origina-se na lateral da artéria femoral cerca de quatro centímetros abaixo do ligamento inguinal. (wikipedia.org)
  • O anel femoral é rodeado, anteriormente, pelo ligamento inguinal e, posteriormente, pelo ligamento iliopectíneo (de Cooper), o púbis e a fáscia sobre o músculo pectíneo. (alert-online.com)

inguinal

  • Nyhus propôs uma classificação para as hérnias da virilha: hérnia inguinal indirecta com anel interno de tamanho normal (tipo 1), hérnia inguinal indirecta com anel interno alargado (tipo 2), hérnia directa (tipo 3A), hérnia indirecta com compromisso do pavimento inguinal (tipo 3B), hérnia femoral (tipo 3C) e hérnias recorrentes (tipo 4). (alert-online.com)
  • A hérnia femoral, também designada por crural, foi primordialmente distinguida da hérnia inguinal por Guy de Chauliac, em 1363, no texto Chirugia Magna. (alert-online.com)

nervo femoral

  • porção lateral: situa-se o nervo femoral (en) e suas ramificações. (wikipedia.org)

veias

  • Abaixo do joelho existem duas veias para cada artéria, acima do joelho existe normalmente uma só veia para cada artéria. (wikipedia.org)
  • Há assim duas veias tibiais anteriores, duas tibiais posteriores e duas peroniais que convergem na veia popliteia a qual acompanha a artéria do mesmo nome e está localizada na face posterior da articulação do joelho (também chamado "escavado" poplíteo). (wikipedia.org)
  • As veias profundas estão quase sempre ao lado da artéria com o mesmo nome (ex: a veia femoral está ao lado da artéria femoral). (wikipedia.org)
  • A parede da veia possui uma camada de músculos lisos, porém esta camada é fina e as veias são vasos frágeis, com válvulas frágeis. (wikipedia.org)

chamada

  • A veia safena magna então segue lateralmente até atingir a virilha onde se curva em forma de cajado (a crossa da safena) para atravessar uma abertura na fáscia cribiforme chamada de abertura da safena. (wikipedia.org)
  • A tromboflebite, também chamada flebotrombose ou simplesmente flebite consiste na oclusão de um segmento ou da totalidade de uma veia decorrente da formação de um coágulo (trombo). (wikipedia.org)
  • A oclusão de uma veia profunda por trombose é chamada de trombose venosa profunda. (wikipedia.org)
  • chamada de contraste, pode ser injetada numa artéria ou veia introduzida num cateter inserido em uma artéria periférica e empurrada através do vaso até ser colocada no coração ou na origem das artérias do coração. (wikipedia.org)

bainha femoral

  • Bainha femoral aberta para mostrar seus três compartimentos. (wikipedia.org)
  • As interações da artéria femoral são: porção proximal: nos primeiros três ou quatro centímetros, a artéria segue junto à veia femoral, na bainha femoral (en). (wikipedia.org)

coxa

  • Irriga a região anterior da coxa, composta pelo quadriceps femoral. (wikipedia.org)
  • A veia safena acessória anterior da coxa (VSAA) é uma veia tributária da veia safena magna (VSM) que drena a face antero-lateral da coxa. (wikipedia.org)
  • Aviso médico: enfatiza-se a leitura de A Wikipédia não dá conselhos médicos A artéria femoral é a segunda maior artéria do corpo (a primeira é a aorta), localizada ao longo da coxa, sendo o principal vaso sanguíneo a irrigar o membro inferior. (wikipedia.org)
  • O trígono femoral (de Scarpa) é uma região anatômica na porção súpero-anterior da coxa humana. (wikipedia.org)

perna

  • A direção do movimento do cateter na artéria femoral pode ser contra o fluxo sanguíneo, por exemplo nas intervenções e diagnósticos no coração e perna oposta, ou no mesmo sentido do fluxo, por exemplo nas intervenções e diagnósticos na mesma perna. (wikipedia.org)
  • No entanto, se o fluxo na artéria femoral de uma perna normal for interrompido repentinamente, é muito raro que o fluxo sanguíneo distal seja suficiente. (wikipedia.org)
  • Nos primeiros socorros, o sangramento em excesso na perna pode ser estancado ao aplicar pressão em pontos do trígono femoral. (wikipedia.org)
  • Se um cateter intravenoso tem de ser inserido, para a maioria das finalidades é realizado em uma veia periférica (uma veia próxima à superfície da pele na mão ou braço, ou menos utilizado, na perna). (wikipedia.org)

inferior

  • As ilíacas primitivas direita e esquerda reunem-se finalmente na veia cava inferior que drena directamente na aurícula direita, uma das cavidades do coração. (wikipedia.org)

passar

  • Depois de passar através da abertura umbilical, as duas artérias agora denominado umbilical, entra o cordão umbilical, onde são enrolados em torno da veia umbilical, e, finalmente, se ramificam na placenta. (wikipedia.org)

lateralmente

  • Medialmente, o limite é constituído pelo bordo do ligamento lacunar enquanto, lateralmente, se encontra separado da veia femoral por um fino septo. (alert-online.com)

virilha

  • A veia safena é frequentemente usada em cirurgias para efectuar "bypass" arterial, como por exemplo o bypass coronários, ponte de safena ou "pontagem coronária" Secção transversal através do meio da virilha. (wikipedia.org)
  • Baleado com munição de borracha, Edvaldo perdeu muito sangue ao ser atingido na virilha e teve a veia femoral rompida. (yahoo.com)

pode ser

  • Quando ocorre uma obstrução em decorrência da aterosclerose, pode ser necessária uma intervenção percutânea com acesso a partir da artéria femoral oposta. (wikipedia.org)
  • Catéteres podem ser colocados na veia jugular para estes usos: Se se pensa que uma utilização por um longo período de tempo será necessária, um ponto permanente extra pode ser inserido cirurgicamente. (wikipedia.org)

vezes

  • Como a artéria femoral pode muitas vezes ser facilmente palpada através da pele, ela é frequentemente utilizada como acesso em procedimentos como angioplastia para a introdução de cateteres. (wikipedia.org)

raramente

  • A dilatação é causada, em geral, por uma falha muscular da parede de uma artéria, ou muito mais raramente, de uma veia. (wikipedia.org)

interna

  • Na ultrassonografia esta veia situa-se no alinhamento dos vasos femorais enquanto que a VSM é muito mais antero-interna. (wikipedia.org)

normalmente

  • Normalmente esta veia drena na crossa da VSM muito próximo da junção safeno-femoral. (wikipedia.org)

longo

  • A veia femoral interpõe-se entre a artéria femoral e o adutor longo. (wikipedia.org)
  • Esta arrasta o peritoneu pélvico e propicia o desenvolvimento dum saco peritoneal que vai deslizando ao longo do trajecto do canal femoral até se exteriorizar através do orifício femoral e se tornar aparente. (alert-online.com)

pequena

  • artéria genicular descendente (en): pequena ramificação que tem origem na artéria femoral, próximo à sua terminação dentro do canal adutor subsartorial (en). (wikipedia.org)

braquial

  • O contraste é geralmente injetado no vaso que vai ser examinado por um cateter fino na artéria femoral, braquial ou carótidas. (wikipedia.org)

sangue

  • Se for necessário realizar uma ligadura cirúrgica na artéria femoral para tratar um aneurisma poplíteo, o sangue pode chegar à artéria poplítea distal através de uma ligação com as artérias geniculares (en). (wikipedia.org)
  • No sistema circulatório, uma veia é considerada um vaso sanguíneo que transporta o sangue em direção ao coração. (wikipedia.org)

corpo

  • No corpo humano, a veia femoral é um vaso sanguíneo que acompanha a artéria femoral. (wikipedia.org)
  • Veia profunda é um termo utilizado para descrever uma veia que está profunda no corpo. (wikipedia.org)

Scarpa

  • Une-se com a veia femoral na região do triângulo de Scarpa. (wikipedia.org)

primeiro

  • Se origina de onde a veia dorsal do primeiro dedo do pé se une com o arco venoso dorsal do pé. (wikipedia.org)

grande

  • Numa grande maioria dos casos é a única veia patológica e os eixos safenianos não apresentam anomalia. (wikipedia.org)

caso

  • Esta situação pode surgir quando o paciente é obrigado a ficar imóvel durante muito tempo como no caso de doentes acamados, após uma cirúrgia, ou posteriormente a uma lesão de uma veia (como após uma injeção ou administração de soro intravenoso) e é particularmente frequente nos toxicodependentes que se injectam. (wikipedia.org)

Diversas

canal adutor

  • Ela inicia no canal adutor (também conhecido como canal de Hunter) e é uma continuação da veia poplítea. (wikipedia.org)

sistema

  • Exemplos de sistemas como esse incluem o veia porta hepática e o Sistema porta hipofisiário. (wikipedia.org)

considerada

  • A hérnia femoral é considerada adquirida, possivelmente resultante dum aumento da pressão abdominal. (alert-online.com)

deve

  • A medição da pulsação femoral deve indicar, em condições normais, uma pressão arterial sistólica de cerca de 109 mmHg (14 500 Pa). (wikipedia.org)

cerebral

  • Angiografia abdominal Angiografia aórtica Angiografia aorto-femoral Angiografia carotídea Angiografia cerebral Angiografia coronária Angiografia periférica Angiografia pulmonar Angiografia renal Angiografia torácica Angiocardiografia Arteriografia Linfografia Flebografia Esta técnica foi desenvolvida pela primeira vez em 1927, pelo neurologista português Egas Moniz, da Universidade de Lisboa. (wikipedia.org)

dentro

  • Os anti-inflamatórios não esteróides têm pouco efeito nesta situação pois não se trata de um verdadeiro processo inflamatório mas sim de uma reacção inflamatória à presença de coágulos dentro da veia que se resolve rapidamente após a reabsorção dos trombos. (wikipedia.org)