O que é esfregaço com alterações citológicas reativas inflamatórias?


Alterações reativas nas células são normalmente inespecíficas e independentes do fator causal. A infecção é uma causa comum, mas a reação também segue o trauma e concomitantemente reparação tecidual.

No caso da cérvix o trauma inclui medidas terapêuticas tais como cauterização, diatermia e laser.

Alterações celulares específicas são também vistas as quais alguns casos indicarão o fator estimulador provável. Tais alterações são vistas após radioterapia ou quando drogas citotóxicas ou esteróides foram dados. Infecções por vírus também podem produzir alterações específicas nas células. Além disso, reconhecendo mudanças reativas, é freqüentemente possível identificar o agente infeccioso no esfregaço cervical.

Agentes infecciosos:

Infecção bacteriana. A flora bacteriana normal consiste de lactobacilos extras foram vistos em 6. Neste campo há uma névoa coccacea densa a qual indica infecção bacteriana, mas a cultura é necessária para identificar o agente responsável.

Infecção por Gardnerella: células alvo. Esses organismos eram originalmente classificados como Haemophilus vaginalis e foram reconhecidos como causadores de uma variedade específica de vaginites

Grumos bacterianos. Bactérias podem apresentar-se como grumos densos, mas isto não é um achado específico e a cultura é necessária para identificar organismo causador

Trichomonas vaginalis. As tricomonas são uma das causas comuns de leucorréia e estão usualmente associados com infecção bacteriana mista.

Trichomonas vaginalis. Em grande aumento este campo mostra mão única tricomona com células intermediárias as quais apresentou um fino halo perinuclear com bordas borradas. Esta é uma reação inflamatória não específica que deve ser distinguida dos halos maiores com bordas bem definidas vistos na coilocitose.

Trichomonas vaginalis: padrão de células inflamatório. Uma tricomoníase é freqüentemente o associado com um padrão celular inflamatório no qual os polimorfos rodeiam as células dando uma aparência de “chumbo grosso” ou “bala de canhão”. Este aspecto tem sido descrito como específico para a infecção por Trichomonas, mas uma aparência similar revista no esfregaço de pós-radiação.

Candida. O grande aumento mostra a morfologia de esporos e hifas mais claramente. Para identificação precisa do tipo de fungo a cultura é necessária.

Entre outras bactérias, todas realacionadas á problemas ginecologicos e possivel sexualmente transmissíveis).

Um bom tratamento resolve o problema.  (+ info)

Qual o melhor tratamento para vaginose citolítica ou excesso de bacilos de Duoderlein?


Tive infecção urinária + candidíase e tratei com cipro + pomada vaginal + fentizol oral. Depois de umas duas semanas o desconforto continuou, fiz uma cultura que acusou excesso de Bacilos de Duoderlein e baixa de leucócitos. Estou viajando e não consigo encontrar minha ginecologista. Qual seria o melhor tratamento? Por enquanto estou fazendo banhos de assento com bicarbonato de sódio.
----------

  (+ info)

Qual tipo de dor de garganta merece injeção do tipo benzetacil?


As dores de garganta podem ser causadas por quadros virais e bacterianos. Às vezes a dor inicia em decorrência de um quadro viral e evolui para uma infecção bacteriana.

Os quadros bacterianos costumam ser mais dolorosos e apresentam febre mais alta, bem como a formação de placas na garganta (placas de pus). Nestes casos, está indicado o uso de antibioticotrapia, que pode ser por via oral, como a Amoxicilina, por exemplo, ou injetável, como a Benzetacil.

Os quadros de dor de garganta em que não ocorre a formação de placas devem ser tratados apenas com anti-inflamatórios e analgésicos comuns.

O médico saberá avaliar se a sua dor de garganta exige o uso de antibióticos ou não!  (+ info)

O meu exame preventivo deu esfregaço citologico inflamatorio especifico o que quer dizer?


EU TENHO Q ME PREOCUPAR!!!
----------

Alterações reativas nas células são normalmente inespecíficas e independentes do fator causal. A infecção é uma causa comum, mas a reação também segue o trauma e concomitantemente reparação tecidual.

No caso da cérvix o trauma inclui medidas terapêuticas tais como cauterização, diatermia e laser.

Alterações celulares específicas são também vistas as quais alguns casos indicarão o fator estimulador provável. Tais alterações são vistas após radioterapia ou quando drogas citotóxicas ou esteróides foram dados. Infecções por vírus também podem produzir alterações específicas nas células. Além disso, reconhecendo mudanças reativas, é freqüentemente possível identificar o agente infeccioso no esfregaço cervical.

Agentes infecciosos:

Infecção bacteriana. A flora bacteriana normal consiste de lactobacilos extras foram vistos em 6. Neste campo há uma névoa coccacea densa a qual indica infecção bacteriana, mas a cultura é necessária para identificar o agente responsável.

Infecção por Gardnerella: células alvo. Esses organismos eram originalmente classificados como Haemophilus vaginalis e foram reconhecidos como causadores de uma variedade específica de vaginites

Grumos bacterianos. Bactérias podem apresentar-se como grumos densos, mas isto não é um achado específico e a cultura é necessária para identificar organismo causador

Trichomonas vaginalis. As tricomonas são uma das causas comuns de leucorréia e estão usualmente associados com infecção bacteriana mista.

Trichomonas vaginalis. Em grande aumento este campo mostra mão única tricomona com células intermediárias as quais apresentou um fino halo perinuclear com bordas borradas. Esta é uma reação inflamatória não específica que deve ser distinguida dos halos maiores com bordas bem definidas vistos na coilocitose.

Trichomonas vaginalis: padrão de células inflamatório. Uma tricomoníase é freqüentemente o associado com um padrão celular inflamatório no qual os polimorfos rodeiam as células dando uma aparência de “chumbo grosso” ou “bala de canhão”. Este aspecto tem sido descrito como específico para a infecção por Trichomonas, mas uma aparência similar revista no esfregaço de pós-radiação.

Candida. O grande aumento mostra a morfologia de esporos e hifas mais claramente. Para identificação precisa do tipo de fungo a cultura é necessária.

Entre outras bactérias, todas realacionadas á problemas ginecologicos e possivel sexualmente transmissíveis).

Um bom tratamento resolve o problema.  (+ info)

Quanto tempo os remédios albendazol e secnidazol demoram pra fazer efeito?


Tomei ontem e ainda to muito enjoada :(, quando vai fazer efeito?
----------

O medicamento Secnidazol é usado para o tratamento de amebíase intestinal de todos as formas, giardíase, tricomoníase e amebíase hepática. Pode ser usado também como uma alternativa terapêutica de vaginoses bacterianas. Sendo um medicamento parasiticida, o Secnidazol possui ação amebicida, giardicida e tricomonicida. Após 3 horas da ingestão da dose sua ação farmacológica máxima já é alcançada.Já albendazol também receitado para infecções intestinais, sua dosagem a principio de 3 dias consecutivos demora um pouco mais para surgirem seus efeitos, sendo assim desde que a medicação tenha sido prescrita e dosada por um profissional da área, mesmo que com enjôos deve continuar afim de zerar a patologia. Bjs  (+ info)

è possível fazer o preventivo do cancer estando com 4 semanas de gravidez?


Minha amiga está grávida e o médico disse que agora ela tem que fazer o preventivo...achei estranho...
----------

É claro que ela tem que fazer!!!Mas o médico dela vai colher células apenas da vagina e da ectocérvice(parte externa do colo uterino) e vai evitar colher células da endocérvice (canal do colo uterino).
Algumas lesões achadas no exame microscópico podem ser tratadas(vaginoses,algumas bactérias,HPV) e evitar ruptura prematura das membranas,parto prematuro e infecções para o feto.Ela realmente tem que fazer esse exame.O "preventivo" não é apenas triagem para o câncer serve para muitos outros diagnósticos.  (+ info)

Potente anti-fúngico que não seja itraconazol,potente anti-viral e um potente bacteriano sem associação?


Radiação.  (+ info)

A vaginose bacteriana o tratamento deve ser para o casal ou nao?


Com certeza o teu medico irá orientá-la . O casal vai tomar o mesmo nº de comprimidos  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: