sarampo

  • A prevenção é feita através da vacina tríplice viral , fornecida pelo Ministério da Saúde, que protege contra a caxumba, o sarampo e a rubéola, a partir dos 12 meses de idade. (jornaldesafio.com.br)
  • Ordem: Mononegavirales Familia: Paramyxoviridae Gênero: Paramyxovirus Espécie: Vírus da parotidite É um vírus da família dos paramyxovirus, parente do vírus do sarampo. (wikipedia.org)
  • Existe vacina contra a caxumba e ela esta no calendário de vacinação com a tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo) realizada aos 12 e 15 meses de vida e também está recomendada para quem manteve contato direto com pessoas infectadas. (mulherdescomplicada.com.br)
  • Descrever os achados epidemiológicos, clínicos e liquóricos dos casos de meningite asséptica associada à vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), ocorridos no Estado da Bahia após campanha de vacinação em massa promovida pelo Ministério da Saúde do Brasil em agosto de 1997, e comparar esses casos aos de meningite asséptica não associada à vacina ocorridos no mesmo ano. (scielosp.org)
  • Meningite asséptica, vacina contra sarampo-caxumba-rubéola, vacina MMR. (scielosp.org)
  • No Brasil, a vacina tríplice viral contra sarampo-caxumba-rubéola (MMR) foi usada em larga escala pela primeira vez no ano de 1992, no Estado de São Paulo (1). (scielosp.org)
  • Em 1997, concomitantemente ao aumento da ocorrência de casos de sarampo em várias cidades brasileiras, uma campanha de vacinação tríplice viral foi realizada nos estados da Bahia, Rio Grande do Sul, Ceará e Piauí, sendo utilizados três produtos correspondendo a duas diferentes cepas vacinais para o vírus da caxumba: Urabe AM-9 e Leningrado-Zagreb. (scielosp.org)
  • A tríplice viral (português brasileiro) ou vacina antissarampo, parotidite e rubéola (VASPR) (português europeu) é uma vacina capaz de proteger o ser humano de três graves doenças: sarampo, rubéola e caxumba (também conhecida em Portugal como "papeira" e cujo nome técnico é parotidite). (wikipedia.org)

surtos de caxumba

  • De janeiro a julho deste ano, a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) já registrou cinco surtos de caxumba no Estado. (jornaldesafio.com.br)

viral

  • A caxumba é uma doença viral aguda, caracterizada por febre, dor e aumento de volume de uma ou mais glândulas salivares, com predileção pelas parótidas e, às vezes, pelas sublinguais ou submandibulares. (jornaldesafio.com.br)
  • Parotidite infecciosa, conhecida popularmente por papeira (português europeu) ou caxumba (português brasileiro), é uma doença viral causada pelo vírus da parotidite infecciosa. (wikipedia.org)
  • Os vírus atenuados para caxumba utilizados na vacina tríplice viral MMR têm sido implicados na ocorrência de diversas manifestações sistêmicas. (scielosp.org)
  • É importante lembrar que a vacina tríplice viral é feita com vírus vivos atenuados, ou seja, raramente causa formas graves das doenças, mas é contraindicada para gestantes (risco de rubéola congênita), indivíduos imunocomprometidos e em uso de corticosteroide de forma crônica. (wikipedia.org)

causada

  • Ela é transmitida pelo ar, através de tosse e espirros, ou por contato direto com saliva, causada por um vírus da família paramyxoviridae. (jornaldesafio.com.br)

vacina

  • A vacina triplica vírica, tem como função combater três doenças causadas por três diferentes vírus. (soumae.net)
  • Na associação entre meningite asséptica e uso da vacina para caxumba, tem sido implicada, principalmente, a cepa Urabe AM-9 (3). (scielosp.org)

paramyxovirus

  • A caxumba é causado por um vírus chamado Paramyxovirus, e é transmitido quando se entra em contato com pequena gotículas (muitas vezes bem pequenas mesmo) da saliva da pessoa que está infectada. (mulherdescomplicada.com.br)

muitas

  • Segundo a médica Andrezza de Vasconcelos, infectologista do Hospital Jayme da Fonte, no Recife, o tratamento é feito, em geral, sem muitas complicações: "A caxumba geralmente é benigna e seu tratamento é feito com analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas, já que não existe medicamento para eliminar o vírus. (jornaldesafio.com.br)
  • Sendo uma doença contagiosa, a Caxumba provoca inchaço das glândulas salivares, acompanhado de muitas dores. (soumae.net)

pessoa

  • O vírus é transmitido por gotículas provenientes da respiração ou por contacto direto com a pessoa infetada. (wikipedia.org)
  • O vírus também pode sobreviver fora do organismo por algumas horas e, em seguida, ser transmitido após o contato caso a pessoa encoste nele e depois encoste na mão na boca ou no nariz. (wikipedia.org)
  • A pessoa infectada com caxumba pode contaminar outros, entre aproximadamente seis dias antes do início dos sintomas até cerca de 9 dias após início dos sintomas. (wikipedia.org)
  • Quando a pessoa é diagnostica com caxumba, deve-se mantê-la afastada de suas atividades por 9 dias a partir do início dos sintomas. (mulherdescomplicada.com.br)

pode

  • O diagnóstico baseia-se na inflamação das parótides e pode ser confirmado isolando o vírus num esfregaço do ducto parotídeo. (wikipedia.org)
  • O vírus atravessa a placenta, sem causar malformações mas pode causar aborto. (wikipedia.org)
  • Uma dúvida muito comum é se a caxumba pode 'descer' e deixar o homem estéril. (mulherdescomplicada.com.br)
  • Não é a 'bola' do pescoço que desce… mas a caxumba pode afetar os ovários nas mulheres e os testículos nos homens, levando sim, a infertilidade. (mulherdescomplicada.com.br)

sintomas

  • Os sintomas geralmente têm início entre 16 e 18 dias após a exposição ao vírus e desaparecem ao fim de sete a dez dias. (wikipedia.org)

dias