• ativa
  • Em relação à fisiopatologia, acredita-se que a maior disseminação na coluna vertebral ocorre devido à medula óssea ativa e sua rica rede de capilares, além do plexo venoso descrito por atson em 1940 que permite a disseminação neoplásica vinda da região pélvica 1,3. (docplayer.com.br)
  • sendo
  • Métodos: foram avaliados 34 pacientes portadores de doença metastática da coluna toracolombar, submetidos à descompressão e estabilização posterior com retângulo de Hartshill, no período de fevereiro de 1998 à maio de 2004, sendo 16 (47,1%) do sexo masculino e 18 (52,9%) do sexo feminino. (docplayer.com.br)
  • Conclusões: A tuberculose na infância continua sendo um desafio do ponto de vista do diagnóstico. (slideshare.net)
  • Normalmente as lesões que resultam em paraplegia situam-se ao nível da coluna dorsal ou coluna lombar sendo que quanto mais alta for a lesão maior será a área de impacto, abrangendo o controle e sensibilidade, uma vez que a medula é afetada. (wikipedia.org)
  • sintomas
  • A disseminação da tuberculose é atribuída - embora não se possa verificar os dados com confiança - à sua ama de leite, Geneviève Poitrine, que desenvolveu a doença da malária depois de criar Luís José e seu irmão, estando já infectada sem sintomas quando começou a trabalhar. (wikipedia.org)
  • casos
  • abordagem cirúrgica está indicada nos casos de dor intratável, instabilidade vertebral e déficit neurológico. (docplayer.com.br)
  • O Wikispecies tem informações sobre: Mycobacterium tuberculosis Mycobacterium tuberculosis (MTB), ou bacilo de Koch, é uma espécie de bactéria patogênica do gênero Mycobacterium e o agente causador da maioria dos casos de tuberculose (TB). (wikipedia.org)
  • pacientes
  • 1 210 RTIGO ORIGINL / ORIGINL RTICLE Descompressão e estabilização posterior na doença metastática da coluna toracolombar Decompression and posterior stabilization in metastatic disease of the spine lejandro Enzo Cassone 1 José Carlos -Gonçalves 1 Cristian Rogers Cordeiro 2 RESUMO Objetivos: avaliar os resultados obtidos em pacientes portadores de doença metastática da coluna toracolombar, submetidos à descompressão e estabilização posterior. (docplayer.com.br)
  • Conclusão: a descompressão e estabilização posterior na doença metastática da coluna toracolombar melhora a dor e o déficit neurológico quando realizado precocemente, permitindo uma razoável qualidade de vida dos pacientes. (docplayer.com.br)
  • O objetivo do estudo é avaliar os resultados obtidos em pacientes portadores de doença metastática da coluna toracolombar, submetidos á descompressão e estabilização posterior. (docplayer.com.br)