• plaquetas
  • Trombocitose ou Hiperplaquetose é o termo médico referente a um número excessivo de plaquetas no sangue. (wikipedia.org)
  • Anormalidades neste gene ocorrem em algumas formas hereditárias de trombocitose (contagem de plaquetas) e, em alguns casos de leucemia. (wikipedia.org)
  • Clinicamente, isso traduz-se por um aumento das células do sangue, incluindo glóbulos vermelhos (eritrocitose), glóbulos brancos (leucocitose), e plaquetas (trombocitose), e um baço dilatado (esplenomegalia). (alert-online.com)
  • O hemograma mostra um excesso de células do sangue, devido à produção exagerada de células precursoras pela medula óssea: Um excesso de glóbulos vermelhos (eritrocitose), com um hematócrito aumentado, excesso de glóbulos brancos (leucocitose) em 60% dos casos, e excesso de plaquetas (trombocitose) em 50% dos doentes. (alert-online.com)
  • podem
  • As elevadas contagens plaquetárias podem se dever a diversos processos patológicos: Essencial (primária) Trombocitose essencial (uma forma de doença mieloproliferativa) Outras patologias mieloproliferativas, como a leucemia mielógena crónica, policitemia vera, mielofibrose Reativa (secundária) Inflamação Cirurgia (que origina um estado inflamatório) Hiposplenismo (devida a uma função diminuída do baço) Deficiência em ferro Frequentemente, não é necessário tratamento para a trombocitose reativa. (wikipedia.org)
  • A isquemia digital, fácil formação de hematoma, epistaxe, doença ácido-péptica ou hemorragia gastrointestinal podem ocorrer devido a estase vascular ou trombocitose. (wikipedia.org)