• celular
  • Neste caso pode haver lesão e morte celular mediada por toxinas bacterianas ou fúngicas ou então devido ao processo inflamatório, e como o tecido inflamado é rico em leucócitos as células mortas são rapidamente fagocitadas e digeridas. (wikipedia.org)
  • São toxinas encontradas na parede celular bacteriana, que são liberadas quando a célula desintegra-se. (wikipedia.org)
  • No Instituto de Bioquímica da Academia de Ciências do Usbequistão Oleg Krasilnikov começou a pesquisar a ação da α-hemolisina, proteína toxica sintetizada pela bactéria Staphylococcus aureus, na interação com células e bicamadas lipídicas (membranas artificiais) mostrando que a toxina se integra facilmente como na membrana celular, tanto na bicamada resultando na formação de canais iônicos. (wikipedia.org)
  • devido
  • Embora o número de vacinas recomendadas seja maior do que nunca, as vacinas utilizadas no atual programa de imunização na verdade possuem menos antígenos (vírus ou bactérias desativados ou mortos ou toxinas bacterianas alteradas que causam doenças e infecções) devido a avanços na tecnologia das vacinas. (blogspot.com)
  • algumas
  • Apesar daprodução da toxina envolvida ao crescimento de células vegetativas e a germinação de endósporos, algumas toxinas aparecem ao ser liberada pela lise. (trabalhosfeitos.com)
  • Endotoxina é uma toxina que é parte integrante da membrana externa de algumas bactérias e só é libertada após a destruição da membrana externa da bactéria das Gram negativas, libertando-se o LPS. (wikipedia.org)
  • 3) de que a habilidade dessas toxinas em formar poros trans membranares determina o mecanismo de ação dessas toxinas e algumas antibióticos, incluindo Polimixina B, Gramicidina S. Os tipos de canais investigados foram expandidos significativamente e incluíram toxinas formadoras de poros do veneno da aranha Viúva-negra, Melittina da abelha, proteínas tóxicas de bactérias patogênicas, como as da Staphylococcus aureus, Bacillus cereus, Shigella, Pasteurella e outras. (wikipedia.org)
  • febre
  • Dentre os efeitos das toxinas podemos destacar febre, alterações cardiovasculares, diarreia, interrupção da síntese de proteínas, toxemia, destruição das células do sangue e os vasos sanguíneos e alterar osistema nervoso. (trabalhosfeitos.com)
  • virais
  • A disenteria resulta de infecções virais, bacterianas, protozoárias ou parasíticas. (ebah.com.br)
  • As pró-convertases agem em vários substratos como: neuropeptídeos, hormônios peptídeos, fatores de crescimento e diferenciação, receptores, enzimas, moléculas de adesão, fatores de coagulação sanguínea, proteínas do plasma, proteínas das cápsulas virais e toxinas bacterianas. (wikipedia.org)
  • outros
  • O envenenamento é causado pela ingestão de toxina produzida nas gônadas e outros tecidos viscerais de alguns peixes da classe Tetraodontiformes, à qual pertencem o peixe fugu japonês ou baiacu. (wikipedia.org)
  • A estrutura do modelo do canal proteico da estafilotoxina, sugerida por Oleg Krasilnikov juntamente com colegas deste período foi confirmada por outros autores por meio da análise de difração de raios-X da cristalografia da toxina cristalina. (wikipedia.org)
  • sangue
  • As toxinas são transportadas pelo sangue e linfa causando lesões distantes ao ponto de invasão do microrganismo, que por sua vez consegue superar a defesa do hospedeiro, produzindo assim toxinas, que é uma das três formas de lesar as células do hospedeiro. (trabalhosfeitos.com)
  • Se houver suspeita de uma intoxicação sanguínea, o médico pode confirmar o seu diagnóstico mandando fazer culturas bacterianas no laboratório a partir de amostras de sangue do doente. (maissaude.info)
  • origem
  • Uma toxina, num contexto científico, é uma substância de origem biológica que provoca danos à saúde de um ser vivo ao entrar em contacto ou através de absorção, tipicamente por interacção com macromoléculas biológicas, tais como enzimas e receptor. (wikipedia.org)
  • e Photobacterium phosphoreum, apontam uma origem bacteriana para estas toxinas. (wikipedia.org)
  • inibindo
  • A toxina botulínica é gerada pelo Clostridium botulinum que é uma neurotoxina que age na junção neuromuscular impedindo a transmissão de impulsos da célula nervosa inibindo a acetilcolina, resultando na ausência de tônus musculares. (trabalhosfeitos.com)
  • O Cloridrato de Clindamicina é um fármaco da classe das lincosamidas, que age inibindo a síntese proteica bacteriana. (wikipedia.org)
  • dois
  • Essa toxina é uma proteína constituída por dois polipeptídeos diferentes, sendo um ativo e o outro deligação. (trabalhosfeitos.com)
  • S. aureus - Doenças mediadas por toxinas Síndrome da pele escaldada estafilocócica Caracterizada pelo aparecimento abrupto de um eritema (vermelhidão) localizado, inicialmente ao redor da boca e que cobre o corpo inteiro em dois dias. (slideplayer.com.br)
  • Esta toxina e a saxitoxina são dois venenos dos mais potentes conhecidos, sendo a dose letal mínima de cada uma delas, no camundongo, de aproximadamente 8 ug/kg. (wikipedia.org)
  • diferentes
  • A existência de plasmídeos com diversos genes de resistência a diferentes antibióticos é um problema no tratamento de doenças bacterianas: com a utilização generalizada de antibióticos, os plasmídeos evoluiram de forma a conferir multirresistências aos seus hospedeiros bacterianos, tornando essas doenças de difícil tratamento. (wikipedia.org)