pode ser

  • A incapacidade de digerir a lactose pode ser facilmente suspeitada em adultos ou adolescentes que desenvolvem sintomas gastrointestinais após a ingestão de leite. (wikipedia.org)
  • Pode ser confirmado pela pesquisa de acidez ou substâncias redutoras nas fezes após ingestão do leite e pela ausência de sintomas após a ingestão de leite isento de lactose. (wikipedia.org)
  • Pesquisas mostram que 70% dos brasileiros apresentam algum grau de intolerância à lactose, que pode ser leve, moderado ou grave, segundo o tipo de deficiência apresentada. (blogspot.com.br)
  • A intolerância à lactose também pode ser adquirida. (wikipedia.org)
  • O diagnóstico pode ser confirmado quando os sintomas desaparecem depois de eliminar a lactose da dieta. (wikipedia.org)

digerir a lactose

  • Apesar de todos os mamíferos ingerirem leite materno quando filhotes, eles não mantém a capacidade de digerir a lactose do leite depois de adultos. (wikipedia.org)
  • Apesar da maior parte dos humanos serem incapazes de digerir a lactose, ocorreu uma mutação em um indivíduo que deu a ele a capacidade de produzir a enzima lactase. (wikipedia.org)
  • Esta enzima é essencial para digerir a lactose no intestino, separando-a em glicose e galactose. (wikipedia.org)

leite

  • Nos adultos que deixam de tomar leite, a produção dessa enzima pode diminuir e causar dificuldade para digerir o leite ou intolerância à lactose. (wikipedia.org)
  • Intolerância à lactose é o nome que se dá à incapacidade parcial ou completa de digerir o açúcar existente no leite e seus derivados. (blogspot.com.br)
  • Ela ocorre quando o organismo não produz, ou produz em quantidade insuficiente, uma enzima digestiva chamada lactase, que quebra e decompõe a lactose, ou seja, o açúcar do leite. (blogspot.com.br)
  • É importante estabelecer a diferença entre alergia ao leite e intolerância à lactose. (blogspot.com.br)
  • Suplementos com lactase e leites modificados com baixo teor de lactose são úteis para manter o aporte de cálcio, quando a quantidade de leite ingerido for insuficiente. (blogspot.com.br)
  • Pessoa que desenvolveu intolerância à lactose pode levar vida absolutamente normal desde que siga a dieta adequada e evite o consumo de leite e derivados além da quantidade tolerada pelo organismo. (blogspot.com.br)
  • Intolerância à lactose ou hipolactasia é um transtorno no metabolismo da lactose, o açúcar do leite, devido a quantidade insuficiente da enzima necessária para romper a lactose em galactose e glucose: a lactase. (wikipedia.org)
  • Sem a presença da lactase, o açúcar do leite passa pelo intestino sem ser digerido e encontra bactérias que vão fermentar essa lactose. (wikipedia.org)
  • Essas bactérias é que são responsáveis pelo incômodo que as pessoas intolerantes à lactose sentem ao ingerir produtos derivados do leite. (wikipedia.org)
  • Continuar a alimentação com mamadeiras contendo lactose (afora o leite materno), nestes casos, pode prolongar a diarreia. (wikipedia.org)
  • Culturas que bebem leite há muito tempo acabam tendo menor índice de intolerância à lactose, pois a seleção natural favorece os indivíduos que são tolerantes à substância. (wikipedia.org)
  • Os sintomas aparecem entre 30 minutos a 2 horas após a ingestão dos derivados do leite, que contém lactose. (wikipedia.org)
  • A intolerância à lactose é uma condição distinta da alergia ao leite. (wikipedia.org)

glicose e galactose

  • A lactase é uma enzima que catalisa a hidrólise da lactose em glicose e galactose. (wikipedia.org)

exames

  • Além da avaliação clínica, o diagnóstico da intolerância à lactose pode contar com três exames específicos: teste de intolerância à lactose, teste de hidrogênio na respiração e teste de acidez nas fezes. (blogspot.com.br)
  • Podem ainda ser realizados outros exames complementares, como um teste respiratório de hidrogénio ou análises do pH fecal. (wikipedia.org)

sintomas

  • Os sintomas da intolerância à lactose se concentram no sistema digestório e melhoram com a interrupção do consumo de produtos lácteos. (blogspot.com.br)
  • Quanto mais dessas bactérias e quanto maior e mais frequente o consumo de lactose piores são os sintomas. (wikipedia.org)
  • Intolerância à lactose é uma condição em que as pessoas manifestam sintomas causados pela diminuição da capacidade de digerir lactose, um açúcar presente nos lacticínios. (wikipedia.org)
  • O nível de tolerância à lactose até que os sintomas comecem a aparecer varia entre as pessoas intolerantes. (wikipedia.org)

consiste

  • O teste laboratorial utilizado na prática clínica para o diagnóstico de intolerância à lactose é o teste de tolerância à lactose que consiste em monitorar a glicose sanguínea após uma dose oral de lactose. (wikipedia.org)
  • O tratamento geralmente consiste na diminuição da quantidade de lactose na dieta, em suplementos de lactase ou no tratamento da causa subjacente. (wikipedia.org)

quebra

  • Os filhotes de mamíferos sintetizam a enzima lactase, que faz a quebra do carboidrato lactose, durante o período do aleitamento, mas os adultos não. (wikipedia.org)

enzima

  • A intolerância à lactose é causada pela insuficiência da enzima lactase no intestino delgado. (wikipedia.org)

lactase

  • Lactase persistence shows indication of association with obesity in Portuguese children Olivier CE, Lorena SLS, Pavan CR, Santos RAPG, Lima RPS, Pinto DG, Silva MD, Zollner RL: Is it just lactose intolerance? (wikipedia.org)
  • A intolerância à lactose é um distúrbio digestivo associado à baixa ou nenhuma produção de lactase pelo intestino delgado. (blogspot.com.br)
  • A intolerância à lactose primária é causada pela diminuição da quantidade de lactase no intestino à medida que a pessoa envelhece. (wikipedia.org)
  • A intolerância à lactose congénita é uma doença genética extremamente rara em que desde o nascimento é produzida pouca ou nenhuma lactase. (wikipedia.org)

Pessoa

  • É possível realizar um exame genético para verificar se a pessoa possui a mutação que a torna tolerante à lactose, com uma simples coleta de sangue. (wikipedia.org)

fezes

  • O segundo considera o nível de hidrogênio eliminado na expiração depois de o paciente ter ingerido doses altas de lactose e o terceiro leva em conta a análise do nível de acidez no exame de fezes. (blogspot.com.br)
  • Nas fezes a lactose aumenta o acúmulo de água tornando-as aquosas. (wikipedia.org)

dose

  • O paciente recebe uma dose de lactose em jejum e, depois de algumas horas, colhe amostras de sangue para medir os níveis de glicose, que permanecem inalterados nos portadores do distúrbio. (blogspot.com.br)

adultos

  • Desconhece-se o número exato de adultos com intolerância à lactose. (wikipedia.org)

algumas

  • Algumas mulheres recuperam a capacidade de consumir lactose durante a gravidez. (wikipedia.org)

intestinal

  • A intolerância à lactose secundária é causada por lesões no intestino delgado, como aquelas resultantes de uma infeção, doença celíaca, doença inflamatória intestinal ou outras doenças. (wikipedia.org)

parte

  • Bactérias do intestino grosso são capazes de consumir parte da lactose, liberando metano no processo, o que gera flatulência, dor e inchaço. (wikipedia.org)