resistente à meticilin

  • O Staphylococcus aureus resistente à meticilina, geralmente referido pelas siglas SARM ou MRSA (do inglês Methicillin-resistant Staphylococcus aureus) ou ORSA (do inglês Oxacillin-resistant Staphylococcus aureus), e também denominado, em inglês, Multiple-resistant Staphylococcus aureus, é uma bactéria que se tornou resistente a vários antibióticos - primeiramente à penicilina, em 1947, e, logo depois, à meticilina. (wikipedia.org)
  • Um dos exemplos desta ameaça é o Staphylococcus aureus resistente à meticilina - ou SARM (também conhecido pela sigla em inglês MRSA - Methicillin-resistant Staphylococcus aureus) -, uma bactéria que rapidamente se tornou uma das palavras mais temidas nas enfermarias de hospitais, e há também crescentes relatos de resistência em cepas de E. coli, tuberculose e gonorreia. (blogspot.com)
  • Seu papel na antibioticoterapia foi, em boa parte, substituído pela flucloxacilina e pela dicloxacilina, embora o termo Staphylococcus aureus resistente à meticilina continue a ser usado para descrever cepas de Staphylococcus aureus resistentes a todas as penicilinas. (wikipedia.org)

meticilina

  • O Staphylococcus aureus resistente a meticilina foi descoberto em 1961 na Inglaterra e actualmente está muito comum, particularmente nas infecções hospitalares, onde, por causa da resistência está crescente, o Staphylococcus aureus (estafilococo dourado) é considerado como uma superbactéria (ou supergerme). (wikipedia.org)
  • As estirpes de S. aureus não resistentes à meticilina são alguma vezes chamadas methicillin-susceptible Staphylococcus aureus (MSSA), quando é necessário distingui-las. (wikipedia.org)

resistentes

  • Enterotoxinas, resistentes aos sucos agressivos gastrointestinais, são produzidas por 30-50% das estirpes de S. aureus . (wikipedia.org)
  • Foi desenvolvida pela empresa farmacêutica Beecham e já foi usada no tratamento de infecções causadas por bactérias Gram-positivas suscetíveis, em particular, organismos produtores de beta-lactamase como Staphylococcus aureus que seriam resistentes à maioria das penicilinas, mas não é mais usada clinicamente. (wikipedia.org)

diferentes

  • No laboratório é usada para distinguir diferentes isolados de Staphylococcus. (wikipedia.org)

MRSA

  • Edit on Web Grünther Ralf-Achim: MRSA - multiresistenter Staphylococcus aureus. (wikipedia.org)

toxina

  • Síndrome de pele escaldada estafilocócica: devido a S.aureus produtor da toxina esfoliativa. (wikipedia.org)
  • Síndrome do choque tóxico (SCT) é uma emergência médica rara causada por uma toxina bacteriana produzidas pelas bactérias Gram-positivas Staphylococcus aureus (mais frequente) ou Streptococcus pyogenes. (wikipedia.org)

produzidas

  • A síndrome é causada pela resposta dos linfócitos T às toxinas produzidas pelas bactérias Gram-positivas Staphylococcus aureus ou Streptococcus de grupo A. Nos primeiros casos identificados, a causa foi o acúmulo de sangue menstrual em absorventes internos por mais de um dia que utilizavam fibras sintéticas e produtos químicos que ampliavam sua absorção, facilitando a replicação do S. aureus. (wikipedia.org)

sistema

  • As colónias mais comuns da S. aureus são no sistema respiratório e feridas abertas, cateteres intravenosos e sistema urinário. (wikipedia.org)

causada

  • A gastroenterite é causada pelo consumo de alimentos contaminados por S. aureus . (wikipedia.org)