• gene
  • Cada gene é formado por uma sequência específica de ácidos nucléicos - as biomoléculas mais importantes do controle celular, pois contêm a informação genética. (wikipedia.org)
  • Dentro da genética moderna, o gene é uma sequência de nucleotídeos do ADN que pode ser transcrita em uma versão de RNA. (wikipedia.org)
  • Atualmente, diz-se que um gene é um segmento de DNA que leva à produção de uma cadeia polipeptídica e inclui regiões que antecedem e que seguem a região codificadora, bem como sequências que não são traduzidas (íntrons) que se intercalam aos segmentos codificadores individuais (éxons), que são traduzidos. (wikipedia.org)
  • A sequência de um gene pode ser alterada de diversas maneiras. (wikipedia.org)
  • Estes fatores de transcrição têm sequências ativadoras ou repressoras de aminoácidos que se anexam a promotores específicos e regulam a expressão do gene. (wikipedia.org)
  • podem
  • Nucleótidos de DNA são a base para o novo DNA, o DNA molde é a sequência específica a ser amplificada, iniciadores são nucleótidos complementares que podem ir em ambos os lados do DNA molde, e a polimerase Taq é uma enzima termicamente estável que salta-inicia a produção de DNA novo às temperaturas elevadas necessárias para a reacção. (wikipedia.org)
  • A mais comum, conhecida por transição, ocorre quando há a troca de uma purina por outra purina (A ↔ G) ou uma pirimidina por outra pirimidina (C ↔ T). Transições podem ser causadas por Ácido Nítrico, erro de pareamento entre as bases, ou mutagênicos análogos, como 5-bromo-2-desoxiuridina (BrdU). (wikipedia.org)
  • Centro das regiões codificadoras (ORF, do inglês Open reading frames), são regiões de um genoma de um organismo, contendo sequências de bases de ADN, que podem codificar uma proteína. (wikipedia.org)
  • origem
  • Nesse processo a mutação ocorrerá por falha do mecanismo de correção, onde, do processo de cópia da fita ocorrerá alguma adição, substituição ou perda de um ou mais nucleotídeos que pode dar origem a uma nova sequência codificante de outro tipo de proteína que iniciam ações metabólicas específicas diferentes da ação da estrutura original. (wikipedia.org)
  • pode
  • Nos eucariotos, o complexo de transcrição pode fazer o DNA curvar-se sobre si mesmo, o que permite a colocação de sequências regulatórias longe do local efetivo da transcrição. (wikipedia.org)
  • Um filamento de ARN pode se dobrar de tal modo que parte de sua próprias bases se pareiam umas com as outras. (wikipedia.org)
  • liga
  • Um exemplo é a caixa-E (sequência CACGTG), que se liga a fatores de transcrição na família hélice-loop-hélice básica (bHLH)(por exemplo BMAL1-Clock, cMyc). (wikipedia.org)
  • Em seguida liga-se às cadeias de DNA a enzima RNA primase que sintetiza um primer, que consiste numa sequência de bases de RNA que iniciam a síntese, visto que a DNA polimerase III não tem a capacidade de o fazer pela ausência de grupos hidroxila expostos. (wikipedia.org)
  • assim
  • No final do processo, o mRNA é constituído apenas pelas sequências que codificam os aminoácidos de uma proteína, podendo assim migrar para o citoplasma, onde vai ocorrer a tradução da mensagem, isto é, a síntese de proteínas. (wikipedia.org)
  • cadeia
  • Os nucleotídeos estão presentes em ambas as cadeias da dupla hélice, unidos com nucleótidos da mesma cadeia por ligações fosfodiéster e à cadeia complementar por meio de pontes de hidrogénio formadas pelas suas bases. (wikipedia.org)
  • ribossoma
  • Um destes activos processos é a síntese de proteínas, uma função universal fundamental na qual intervêm vários tipos de ARN: o ARNm leva a informação de como tem que ser a sequência da proteína, o ARNt leva os aminoácidos necessários, e o ARNr é parte constituinte do organelo onde se realiza a síntese, o ribossoma, e tem uma actividade catalítica que une os aminoácidos entre si. (wikipedia.org)
  • ligam
  • Sequências regulatórias de promotores eucarióticos normalmente se ligam a proteínas chamadas fatores de transcrição envolvidos na formação do complexo transcricional. (wikipedia.org)
  • foram
  • Até o momento, mais de 17000 sequências de miRNAs em mais de 140 espécies diferentes foram catalogadas no miRBase (http://www.mirbase.org/), número este que tem aumentado exponencialmente, e nos últimos três anos quase triplicou. (wikipedia.org)
  • elementos
  • Os receptores nucleares que são ativados por hormônios ativam receptores específicos do ADN chamados elementos sensíveis a hormônios (HREs, da inglês Hormone Responsive Elements), que são sequências de ADN que estão situados na região promotora dos genes que são ativados pelo complexo hormônio receptor. (wikipedia.org)