complexo


  • Os receptores nucleares que são ativados por hormônios ativam receptores específicos do ADN chamados elementos sensíveis a hormônios (HREs, da inglês Hormone Responsive Elements), que são sequências de ADN que estão situados na região promotora dos genes que são ativados pelo complexo hormônio receptor. (wikipedia.org)
  • O complexo ligante-receptor, em seguida, é transportado ativamente até o núcleo, onde interage com o DNA e com proteínas nucleares. (wikipedia.org)

Interagem


  • Hormônios peptídeos maduros então viajam através do sangue para todas as células do corpo, onde elas interagem com determinados receptores nas superfícies de suas células-alvo. (wikipedia.org)
  • Alguns hormônios peptídeos (angiotensina II, Factor de crescimento de fibroblastos básico-2, proteína relacionada ao hormônio paratiróide) também interagem com receptores intracelulares localizados no citoplasma ou núcleos por um mecanismo intracrino. (wikipedia.org)

citoplasma


  • Os receptores nucleares ou citoplasmáticos são proteínas solúveis localizadas no citoplasma ou no núcleo celular. (wikipedia.org)
  • Disponibilidade do hormônio no citoplasma: Muitos hormônios podem ser convertidos em formas de depósito pela célula receptora para seu posterior uso. (wikipedia.org)
  • Quando um hormônio peptídeo se liga a um receptor na superfície da célula, um segundo mensageiro aparece no citoplasma, o que ativa a transdução de sinal, levando a respostas celulares. (wikipedia.org)
  • É delimitado pelo envoltório nuclear, e se comunica com o citoplasma através dos poros nucleares. (wikipedia.org)

membrana


  • Os receptores são proteínas ou glicoproteínas presentes na membrana plasmática, na membrana das organelas ou no citosol celular, que unem especificamente outras substâncias químicas chamadas moléculas sinalizadoras, como os hormônios e os neurotransmissores. (wikipedia.org)
  • Os receptores transmembrana são proteínas que se estendem por todo a espessura da membrana plasmática da célula, com um extremo do receptor fora da célula (domínio extracelular) e outro extremo do receptor dentro (domínio intracelular). (wikipedia.org)
  • O hormônio que passa através da membrana plasmática, normalmente por difusão passiva, alcança o receptor e inicia a cascata de sinais. (wikipedia.org)
  • Os receptores nucleares são ativadores de transcrição ativados por ligantes, que se transportam com o ligante ao hormônio, que passam através da membrana nuclear ao interior do núcleo celular e ativam a transcrição de certos genes e portanto a produção de uma proteína. (wikipedia.org)
  • Essa comunicação é realizada pelos poros nucleares que se formam da fusão entre a membrana interna e a externa do envoltório nuclear. (wikipedia.org)

possuem


  • Hormônios Os hormônios são encontrados em pequenas concentrações plasmáticas, e possuem receptores específicos nos tecidos-alvos, além de possuírem multiplicidade de sua ação, ou seja, várias funções. (slideshare.net)
  • O retinol e o retinal possuem baixa atividade pelos receptores nucleares para retinóides, servindo basicamente como precursores diretos do ácido retinóico in vivo. (wikipedia.org)

atividade


  • e o domínio aminoterminal, envolvido na atividade de transativação do receptor e na sua especificidade. (wikipedia.org)

hormonal


  • Modificação dos hormônios no tecido receptor: Alguns hormônios podem ser modificados pela célula receptora, de modo que não ativem o receptor hormonal e assim reduzem a quantidade de hormônios disponíveis. (wikipedia.org)
  • Os receptores de glicocorticóides são, na ausência do ligante hormonal, primariamente citoplasmáticos, estando presentes em complexos oligoméricos com protéinas denominadas Hsp( proteínas de choque térmico). (wikipedia.org)

ativam


  • O hipotálamo produz fatores liberadores de hormônios que atuam sobre a hipófise e ativa a produção de hormônios hipofisários, os quais ativam os órgãos endócrinos que finalmente produzem os hormônios para os tecidos receptores. (wikipedia.org)

complexos


  • HR]=receptor unido ao hormônio O importante da força do sinal transmitido pelo receptor é a concentração de complexos hormônio-receptor, que é definida pela afinidade que existe entre o hormônio com seu receptor, pela concentração do hormônio e pela concentração do receptor. (wikipedia.org)

dentro


  • Os últimos, sendo lipossolúveis, movem-se através de membranas plasmáticas das células-alvo (ambas citoplasmáticas e nucleares) para atuar dentro de seus núcleos. (wikipedia.org)

crescimento


  • Os ligantes típicos dos receptores nucleares são hormônios lipofílicos como os hormônios esteróides, por exemplo a testosterona, a progesterona e o cortisol, derivados da vitamina A e vitamina D. Estes hormônios desempenham uma função muito importante na regulação do metabolismo, nas funções de muitos órgãos, no processo de desenvolvimento e crescimento dos organismos e na diferenciação celular. (wikipedia.org)

dois


  • A modulação da expressão gênica pelo ácido retinóico é mediada pela ativação dos receptores nucleares para hormônios esteróides/tiroideanos/vitamina D, que são divididos em dois grupos os receptores de ácido retinóico (Retinoic Acid Receptors - RAR) e receptores X retinóides (Retinoid X Receptor - RXR). (wikipedia.org)

pode


  • Também a célula pode modificar a sensibilidade do receptor, por exemplo pela fosforilação. (wikipedia.org)

permitem


  • Em citologia, o termo receptores (AO 1990: receptores ou recetores) designa as proteínas que permitem a interação de determinadas substâncias com os mecanismos do metabolismo celular. (wikipedia.org)