• exemplo
  • Embora a fosforilação oxidativa seja uma parte vital do metabolismo, produz espécies reactivas de oxigénio tais como o superóxido e o peróxido de hidrogénio, que induzem a propagação de radicais livres, danificando componentes celulares (por exemplo, oxidando proteínas e lípidos de membrana) e contribuindo para processos de envelhecimento celular e patologias. (wikipedia.org)
  • Exemplo: água liberada durante a síntese de proteínas, polissacarídeos, lipídios e ácidos nucléicos e, ainda, no final da respiração celular. (slideshare.net)
  • Toda proteína, por exemplo, fixa (atrai) certa quantidade de água denominada água de hidratação. (slideshare.net)
  • Embora a maioria do ARN produzido seja usado na síntese de proteínas, algum ARN tem função estrutural, como por exemplo o ARN ribossômico, que faz parte da constituição dos ribossomos. (wikipedia.org)
  • As tirosina cinases ou tirosina quinases (abreviadamente, PTKs, do inglês protein tyrosine kinases) são proteínas responsáveis pela fosforilação de substratos protéicos, como por exemplo, enzimas. (wikipedia.org)
  • Essas alterações químicas podem alterar a hidrofobicidade de uma proteína e assim determinar a localização celular desta (por exemplo, proteínas hidrofóbicas tendem a se ancorar em membranas fosfo-lipídicas). (wikipedia.org)
  • Por exemplo, uma proteína apolar e hidrofóbica pode se tornar polar e hidrofílica. (wikipedia.org)
  • Os receptores acoplados às proteínas G (GPCRs) podem ser ativados por ligantes como, por exemplo, hormônios, neurotransmissores, fatores de crescimento, odorantes e fótons de luz. (wikipedia.org)
  • Uma vez ativada, a proteína G intermedeia o processo de sinalização que é iniciado com a ativação do respectivo GPCR e termina com a resposta mediada pela ação de moléculas efetoras que incluem canais iônicos e enzimas que geram segundos mensageiros, como, por exemplo, a adenililciclase, a enzima que gera o segundo mensageiro AMP cíclico. (wikipedia.org)
  • enzimas
  • Estas enzimas são ativadas pelo AMP cíclico, que catalisa a fosforilação de determinadas proteínas. (wikipedia.org)
  • As proteínas-cinases pertencem a uma grande família de enzimas que compartilham uma sequência de 290 aminoácidos. (wikipedia.org)
  • ATP sintase é o nome genérico dado a enzimas que fornecem energia para o funcionamento das células através da síntese de ATP (trifosfato de adenosina) a partir de ADP (adenosina bifostato) e de fosfato inorgânico, utilizando para isso alguma forma de energia. (wikipedia.org)
  • O líquido do Sarcoplasma contém grandes quantidades de Potássio, Magnésio e Fosfato, assim como múltiplas enzimas protéicas. (wikipedia.org)
  • sendo
  • Uma proteína-cinase catalisa a reação de adição desse grupamento fosfato e essa reação é unidirecional, com o ATP sendo quebrado para produzir a energia necessária para a reação. (wikipedia.org)
  • Esta repulsão obriga aos fosfatos a posicionarem-se nos lados opostos das cadeias de ADN , sendo neutralizados pelas proteínas histonas, iões metálicos e poliaminas. (wikipedia.org)
  • celular
  • O campo de estudo da fosforilação oxidativa iniciou-se em 1906, com a divulgação por Arthur Harden de um papel vital do fosfato na fermentação celular, embora fossem conhecidos apenas então fosfatos de açúcares. (wikipedia.org)
  • Fatores de crescimento são produzidos por diversas células e têm a capacidade de estimular o crescimento celular, eles exercem seus efeitos pela ligação com receptores de membrana. (wikipedia.org)
  • A proteína p53, (já foi "molécula do ano", é conhecido como o guardião do DNA) de crucial importância para a manutenção da integridade do material genético e para o bom andamento do ciclo celular, possui 18 sítios de fosforilação. (wikipedia.org)
  • subunidade
  • O anel de subunidades C está firmemente ligado ao eixo assimétrico central (que consiste principalmente na subunidade gama), que roda no centro das subunidades alfa3beta3 da F1 obrigando os três centros catalíticos de ligação de nucleótidos a passar por uma série de mudanças de conformação que leva à síntese do ATP. (wikipedia.org)
  • O processo de direcionamento de pro-catepsinas para os endossomos/lisossomos se dá através da ligação daquelas com resíduos de manose-6-fosfato (M6PR) na subunidade trans-Golgi, os quais serão translocados para os endossomos maduros (late endosomes), onde o pH - já então ácido (~6) - dissociará as pro-catepsinas dos M6PR. (wikipedia.org)
  • seja
  • O fosfato de oseltamivir é considerado uma pró-droga, ou seja, ela é biotransformada dentro do organismo humano em carboxilato de oseltamivir. (wikipedia.org)
  • A ligação dipolo-dipolo, ao contrário da ligação iónica (explicada recentemente aqui no blog…), não envolve grupos funcionais ionizáveis, ou seja, com cargas totais positivas ou negativas. (blogspot.com)
  • grupos
  • Os açúcares são unidos por grupos fosfato que formam ligações fosfodiester entre o terceiro e quinto átomos de carbono dos anéis de açúcar adjacentes. (wikipedia.org)
  • locais
  • Esta proteína é sintetizada por macrófagos em locais de reparação de feridas e degranulação plaquetária para que ela possa desempenhar um papel importante na cicatrização de ferimentos. (wikipedia.org)
  • formando
  • A formação da UDP glicose, que é o precursor do glicogênio, ocorre através da fosforilação da glicose (as custas de UTP) formando glicose-1-fosfato, unido-se a uma UTP, e quem faz este processo todo é a UDP glicose pirofosforilase. (wikipedia.org)
  • ligado
  • Embora tenha sido descoberta em bactérias uma xantina desidrogenase portadora de tungsténio que contém tungsteno-molibdopterina e também selénio não ligado a proteínas, não foi ainda descrito de modo definitivo um complexo de molibdopterina de selénio-tungsténio. (wikipedia.org)
  • ligantes
  • A diversidade de ligantes naturais dos GPCRs é muito grande, variando de partículas subatômicas (fótons) a íons (H+, Ca++) e pequenas moléculas orgânicas, como peptídeos e proteínas. (wikipedia.org)
  • cinases
  • Algumas sequências específicas de aminoácidos permitem que as cinases reconheçam grupamentos específicos nas proteínas a serem fosforiladas. (wikipedia.org)
  • Como resultado da ação combinada entre proteínas-cinases e proteínas-fosfatases, tem-se os ciclos de fosforilação, que é uma das formas mais importantes de regulação na célula eucariótica. (wikipedia.org)
  • incluindo
  • Cada vez mais tem sido percebido que a regulação e sinalização desses receptores são muito mais complexas do que originalmente previsto, incluindo vias independentes através da proteína G . Recentes análises do genoma humano demonstraram a existência de aproximadamente 800 únicos GPCRs, dentre os quais aproximadamente 460 são receptores olfatórios. (wikipedia.org)
  • chamada
  • A ligação de hidrogénio é também chamada de ponte de hidrogénio e, como o próprio nome indica, envolve um átomo de hidrogénio. (blogspot.com)
  • cadeia
  • Do ponto de vista químico, o ADN é um longo polímero de unidades simples (monômeros) de nucleotídeos, cuja cadeia principal é formada por moléculas de açúcares e fosfato intercalados unidos por ligações fosfodiéster. (wikipedia.org)
  • A tradução é feita por um ARN mensageiro que copia parte da cadeia de ADN por um processo chamado transcrição e posteriormente a informação contida neste é "traduzida" em proteínas pela tradução. (wikipedia.org)
  • A cadeia principal do ADN é formada por fosfato e resíduos de açúcar, dispostos alternadamente. (wikipedia.org)
  • Modificação pós-traducional de proteínas é a modificação química de uma cadeia proteica depois de sua tradução. (wikipedia.org)
  • Logo após a tradução, a proteína é apenas uma longa cadeia de aminoácidos incapaz de exercer sua função biológica. (wikipedia.org)
  • Este processo - a passagem de uma cadeia amorfa para uma proteína ativa - é chamado de enovelamento. (wikipedia.org)
  • matriz
  • A contribuição da proteína Lyn para o total da atividade de PTK, no interior da matriz nuclear, ainda é desconhecida, porque Lyn foi extraída parcialmente. (wikipedia.org)
  • passo
  • As primeiras clivam as ligações peptídicas internas à proteína, ao passo que as segundas hidrolisam as extremidades C- ou N-terminal. (wikipedia.org)
  • ainda
  • Acaba no codão de início da síntese proteica AUG. Ainda que não se traduza, esta região tem sequências, como o sítio de ligação ao ribossoma e a sequência Kozak, que determinam a eficiência da tradução do ARNm, ou afectam a estabilidade do ARNm. (wikipedia.org)
  • unidos
  • Como os nucleótidos se unem uns aos outros pelos substitutos unidos aos seus átomos 5' (onde está o fosfato) e 3' (onde há um OH), os ácidos nucleicos têm extremidades 5' (onde está o fosfato terminal livre) e 3' (onde está o OH terminal livre). (wikipedia.org)
  • modo
  • Desse modo, uma proteína pode expor os aminoácidos antes escondidos em seu centro e mudar muito suas características. (wikipedia.org)
  • energia
  • A ligação entre a oxidação de açúcares e a síntese de ATP foi firmemente estabelecida no início da década de 1940 do século XX por Herman Kalckar, confirmando-se o papel central do ATP na transferência de energia proposto por Fritz Albert Lipmann em 1941. (wikipedia.org)
  • final
  • A síntese é uma reação complexa, que compreende uma série de etapas até a obtenção do produto final, o fosfato de oseltamivir. (wikipedia.org)