Fazer uma pergunta:


Alguém já teve prostatite bacteriana (infecção da próstata) e conseguiu se curar totalmente?


E aí como foi, demorou para tratar? tá normal hoje?
----------

Meu pai teve prostatite e curou após uns 3 meses de tratamento com antibióticos. Neste meio tempo ele fazia o PSA para controle, além do que meu pai tem hiperplasia prostática benigna.
Um urologista vai poder te passar o tratamento mais correto, e a duração do tratamento vai depender do grau da infecção.  (+ info)

Tenho prostatite e gostaria de ajuda sobre como tratar, varios medicos ja trataram sem muito resultados?


ja tomei varios antinflamatorios e antibioticos mas por tempo muito curto de tramento pois nunca consigo voltar ao mesmo medico visto que me trato pelo SUS. Ja tomei bactrim, ciprofloxacina e outros do genero. O ultimo exame PSA deu resultado de 7.2. Não cinto desejo de sexo e tenho muitas dores na região da pubis e lombar.
----------

Seu caso e para um UROLOGISTA experiente.

@  (+ info)

Prostatite gonocóccica é contagiosa?


tive um caso de gonorréia, e agora meu médico falou que evoluiu para uma prostatite. Já li que as prostatites não são contagiosas, mas será que esta, proveniente de uma infecção gonocócica, é? Se eu fizer sexo sem camisinha, corro o risco de infectar minha parceira tbm??
----------

gonococo é transmissivel sexualmente,seja uretrite ou prostatite  (+ info)

Após exames de ultrassonagrafia, o diagnóstico foi PROSTATITE?


O médico receitou 2 comprimidos por dia de vibramicina 100 mg e 2 de ponstam 500 mg. Será que o tratamento está correto.Quando vai passar a dor, e durante o tratamento, não posso tomar minha cervejinha ou meu vinho?O médico não me deu explicações, diagnosticou, receitou e tchau.... boa viagem..
----------

promeiramente, qualquer tipo de medicamento que esteja tomando não é compativel com alcool portanto é uma resposta obvia nada de cervejinha ok?

Prostatite
Definição
A glândula prostática é composta por um músculo liso e tecido glandular. Ela se localiza debaixo da bexiga e rodeia a parte superior da uretra. Seu diâmetro normal é de 3,5 a 4 centímetros, podendo variar devido a diversas patologias, como a hipertrofia benigna. A próstata se encarrega de secretar um fluido alcalino até a uretra durante a excitação sexual, para preceder e acompanhar o esperma que será ejaculado na vagina, cujo meio ácido poderia destruir os espermatozóides.
A prostatite é definida como a inflamação da próstata que pode ter origem bacteriana (Escherichia Coli), não bacteriana (Chlamydias e Mycoplasmas) ou pode se tratar de uma prostatodinia. Nas pessoas internadas, podem ser encontradas outras bactérias como as Pseudomonas ou Enterococcus.

Quadro clínico
A pessoa apresenta dificuldade para urinar, maior freqüência de micções e sensação de urgência para urinar. Pode aparecer dor ou desconforto na região genital que muitas vezes se irradia até a região lombar baixa, o reto, a zona imediatamente acima do púbis ou os genitais externos. Estes sintomas geralmente são acompanhados de febre alta (muitas vezes com calafrios) e alteração do estado geral.
A prostatite crônica consiste em uma infecção recidiva da glândula. Seus sintomas são similares, mas pode não ocorrer o aumento da temperatura do corpo. Na prostatodinia ocorre uma inflamação da próstata, mas sem infecção. Acredita-se que o estresse, a ansiedade e a depressão tenham um papel importante como causa das manifestações clínicas nas pessoas afetadas.

Tratamento
A eficácia do tratamento da prostatite bacteriana dependerá da concentração que possa alcançar o antibiótico na secreção do líquido prostático. A ciprofloxacina e a trimetoprima-sulfametoxazol são medicamentos eficazes. Nas bacterianas, pode-se utilizar eritromicina ou claritromicina. A prostatodinia pode ser tratada com analgésicos e bloqueadores alfa-adrenérgicos, como o prasozin. Na prostatite crônica, o tratamento pode se apoiar em massagens e banhos para aliviar os sintomas.
Os problemas de próstata são freqüentes principalmente em homens com idade avançada. Um dos problemas mais comuns é a hipertrofia benigna da próstata, que é o crescimento anormal das glândulas. Esta alteração apresenta sintomas incômodos (urgência e dificuldade para urinar) e geralmente é corrigido através de cirurgia.

deve ter tirado alguma duvida certo? beijinhos e nada de preocupação pois com fé em DEUS sara tudinho!!!  (+ info)

Prostatite pode vir a ser ou se tornar um câncer? Preciso saber!?


Prostatite

Prostatite

Prostatite ou inflamação da próstata é, de modo geral, uma infecção do trato urinário que se espalhou para a próstata.

Prostatite aguda

A inflamação da próstata pode ocorrer em praticamente todas as idades. É frequentemente devida a infecção. Embora a cistite – uma infecção da urina que causa queimação e frequência – seja uma doença que mais comumente afeta as mulheres, esses sintomas podem ocorrer nos homens. Os sintomas podem ser causados por uma infecção da próstata chamada prostatite aguda. Ela pode provocar febre alta e fazer com que o paciente sinta-se bastante mal. Em homens idosos que também sofrem da HBP, qualquer sintoma próstatico pode piorar e, às vezes, a prostatite causa retenção da urina.

Beber muito líquido e repousar é muito importante enquanto os sintomas estão fortes. Evitar a atividade sexual talvez seja sensato, mas a maioria dos pacientes não tem essa disposição. Posteriormente, passado o período mais doloroso, o sexo frequente pode ajudar, pois cada ejaculação é uma oportunidade para limpar uma infecção remanescente. Raramente se desenvolve um abcesso. Este é tratado drenando-se o pus de uma operação muito semelhante à RTUP.

Prostatite crônica

Esta pode levar a uma ocasional reativação dos sintomas da cistite ou causar mais dor crônica. Essa dor localiza-se no baixo abdômen, nos testículos, entre as pernas ou mesmo o ânus. A prostatite crônica pode ser muito difícil de se diagnosticar, uma vez que os sintomas que ela produz podem ser devidos a toda sorte de condições, não necessariamente envolvendo a próstata. Se forem causados por prostatite, a próstata pode estar dolorida ao exame físico. O médico pode tentar fazer uma cultura bacteriana de amostra de líquido tirado da próstata massageando-a ou por uma amostra de sêmen.

Algumas vezes a próstata está inflamada, mas não parece estar infectada por bactéria. A causa deste tipo de prostatite ainda não está bem esclarecida, mas os sintomas são às vezes melhorados com antiinflatórios tais como o ibuprofen ou indometacina – embora muitos outros medicamentos similares possam ser usados.

Prostatidínia

Sintomas semelhantes aos da próstatite são causados por uma condição chamada prostatodínia. Isto provavelmente resulta de espamos do músculo na próstata e certamente muitos homens que sofrem disso podem ser ajudados pelos mesmos alfabloqueadores usados na HBP.

Os prblemas causados por espasmo muscular geralmente são agravados por ansiedade e stress e muitos homens costumam mesmo ligar seus sintomas a dificuldades no trabalho. A própria preocupação em relação à condição pode agravá-la. Nessas condições ajuda bastante fazer um check-up da próstata para se despreocupar. É muito pouco comum que dor na próstata seja causada por câncer.

Outras causas da prostatite

lembre-se que a prostatite pode ser muito difícil de se diagnosticar e que seus sintomas não são muito específicos. Você pode ser encaminhado a um urologista para verificar se trata de uma prostatite. Se ele não encontrar nada, então você será encaminhado a um outro especialista para continuar a investigação dos seus sintomas.

Pontos Centrais

*
A inflamação da próstata pode ser causada por infecção.

  (+ info)

oque eh a prostatite e ela pode afetar adolescentes?


tudo sobre esa infecçao prostatica por favor.
=)
----------

Dificilmente dá em Crianças.

Prostatites

É qualquer condição associada à inflamação ou infecção da glândula prostática. Ocorre raramente em jovens, porém com muita frequência em homens adultos, aumentando a incidência com a idade. Estima-se que a prostatite seja responsável por cerca de 25% das consultas médicas anuais dos homens, em consequência de queixas referentes ao aparelho gênito-urinário. De fato, é a doença urológica mais comumente diagnosticada em homens. Cerca de 50% dos homens adultos desenvolvem alguma prostatite durante a vida.



A prostatite é causada por bactérias ou outros organismos infectantes que chegam na próstata vindos da bexiga, dos rins ou de um contato sexual com uma pessoas infectada. O uso de camisinha durante o ato sexual pode prevenir uma infecção. Uma outra causa da prostatite pode ser devido à hiperplasia prostática benigna (HPB), que pode causar um refluxo da urina depois da micção, fazendo com que esta penetre na próstata. Um químico presente na urina irrita os tecidos da próstata, causando uma inflamação.

As prostatites podem ser classificadas como:

Prostatites infecciosas:
Agudas: há sempre a participação de um agente infeccioso, representado em geral por certos micróbios, como bactérias. Em certos casos, podem surgir febre e calafrios, exigindo consulta médica sem perda de tempo;

Crônicas: a causa é sempre constituída também por uma bactéria. Seus sintomas, porém, são mais discretos muitas vezes representados por infecção repetida da bexiga (cistite).

Prostatites não-infecciosas: Embora sua causa permaneça desconhecida, a sintomatologia é muitas vezes expressiva, requerendo o uso de medicamentos, como os chamados "alfa-bloqueadores", que relaxam o tecido muscular da próstata, reduzindo a dificuldade de urinar.

A glândula prostática pode infectar-se por bactérias através da:

Via ascendente, na qual a urina pode refluir para dentro dos dutos prostáticos, geralmente ocorrendo após instrumentação da uretra ou bexiga;
Via hematogênica, por disseminação de bactérias, como infecções estafilocócicas agudas, tuberculose ou infecções fúngicas profundas;
Contaminação direta a partir do reto, através de ductos linfáticos.
De modo geral, o risco de uma prostatite aumenta em pessoas que:

Tiveram, recentemente, um instrumento médico inserido no trato urinário;
Praticam sexo anal;
Possuem alguma anormalidade no trato urinário;
Tiveram recentemente, ou têm frequentemente, infecções de bexiga;
Desenvolveram HPB.
Os sintomas de uma prostatite causada por bactérias são normalmente severos, fazendo com que a diagnose seja rápida. Incluem febre, calafrios, dor na porção baixa das costas e na região pélvica, fatiga e micção dolorida ou frequente. Os sintomas de uma prostatite causada por agentes não bacterianos são semelhantes, podendo também incluir desconforto nos testículos e na uretra, sangue na urina ou na ejaculação, dificuldades durante o ato sexual e micção frequente


@  (+ info)

qual exame adquado para constatação da prostatite.?


Um exame físico completo é necessário a fim de se descartar outras patologias que possam estar provocando os mesmos sintomas. Um toque retal mostrará uma próstata dolorosa, embora na prostatite crônica possa estar normal.

O médico não deverá massagear a próstata na fase aguda da prostatite a fim de não intensificar os sintomas. Exames de urina mostrarão a presença de bactérias, de leucócitos (pus) e de sangramento microscópico (hematúria). A urocultura com antibiograma identificará o germe, bem como orientará na escolha do antibiótico. A prostatite aguda geralmente é mais fácil de diagnosticar. O mesmo não acontece com a prostatite crônica que, além de muitas vezes não se achar o agente infeccioso, deve ser diferenciada de outras síndromes que ocasionam sintomatologia similar.

História de prostatite aguda prévia, infecção urinária no passado ou urocultura atual positiva reforçam o diagnóstico de prostatite crônica. Culturas fracionadas de urina (primeiro jato urinário, jato médio, urina pós-massagem prostática) são úteis no diagnóstico.

A ecografia transretal da próstata não acrescenta muito mais.  (+ info)

Como posso curar uma prostatite crônica?Ajudem-me,por favor?


Vivo com uma prostatite crônica ha anos,e não a consigo combater,preciso da vossa ajuda
----------

  (+ info)