• gene
  • As proteínas apo(a) variam em tamanho devido a um polimorfismo de tamanho [KIV-2 VNTR], que é causado por um número variável de repetições kringle IV no gene LPA. (wikipedia.org)
  • Isto sugere que uma maior produção da proteína precursora por dosagem excessiva do gene possa causar as lesões. (unicamp.br)
  • c-Met (MET ou MNNG HOS gene transformante) é um proto-oncogene que codifica uma proteína conhecida como receptor do fator de crescimento de hepatócito (HGFR, do inglês hepatocyte growth factor receptor). (wikipedia.org)
  • Os genes, em geral, codificam a informação necessária para a síntese de proteínas, no entanto, diversos tipos de gene não-codificantes de proteínas já foram identificados, como por exemplo genes precursores de microRNAs (miRNA) ou de RNAs estruturais, como os ribossômicos. (wikipedia.org)
  • O conceito de "um gene, uma proteína" é simplista e equivocado, por exemplo: um único gene poderá produzir múltiplos produtos (diferentes RNAs ou proteínas), dependendo de como a transcrição é regulada e como seu mRNA nascente é processador pela maquinaria de splicing. (wikipedia.org)
  • A sequência dos resíduos de aminoácidos em cada proteína é definida pela sequência de um gene, a qual está codificada no código genético. (wikipedia.org)
  • As proteínas RE luminal que possuem um motivo KDEL, como as chaperonas BiP e PDI, são reconhecidas na região cis-Golgi por um receptor KDEL (codificado pelo gene ERD2 em leveduras) e são direcionados para vesículas COP I. Estudos em mamíferos reportaram a relevância da COP I em outra via de transporte de vesículas: o transporte intra-Golgi. (wikipedia.org)
  • O gene Rb1, que codifica a proteína pRb, localiza-se no cromossomo 13 - mais especificamente, no local 13q14.1-q14.2. (wikipedia.org)
  • Se ambos os alelos deste gene são mutados no início da vida, a proteína é inativada e resulta em desenvolvimento de câncer de retinoblastoma. (wikipedia.org)
  • membrana
  • Esta é um fragmento de uma proteína precursora muito maior, APP , que atravessa a membrana celular, e é codificada no cromossomo 21. (unicamp.br)
  • A Proteína G pertence a uma classe de proteínas envolvidas na transdução de sinais celulares, ela é um importante mediador de vias metabólicas na forma de heterotrímero, com subunidades α, β e γ, que, na membrana plasmática, está associado a receptores GPCR. (wikipedia.org)
  • Quando um sinal extracelular se liga a um GPCR (receptor associado à proteína G) presente na membrana plasmática das células, a proteína G sofre uma alteração conformacional capaz de ativar uma de suas subunidades que possui ligação a GTP, tornando-se capaz de alternar entre um estado de ligação com uma guanosina difosfato inativa (GDP), a outro com uma guanosina trifosfato ativa (GTP). (wikipedia.org)
  • estrutura
  • A descoberta da estrutura do DNA, no entanto, não trouxe imediatamente o conhecimento de como as milhares de proteínas de um organismo estariam "codificadas" nas sequências de nucleotídeos do DNA. (wikipedia.org)
  • As proteínas diferem entre si fundamentalmente na sua sequência de aminoácidos, que é determinada pela sua sequência genética e que geralmente provoca o seu enovelamento numa estrutura tridimensional específica que determina a sua atividade. (wikipedia.org)
  • Entre os métodos usados para estudar a estrutura e funções das proteínas estão a imuno-histoquímica, mutagénese sítio-dirigida, ressonância magnética nuclear e espectrometria de massa. (wikipedia.org)
  • ocorre
  • Quando um agonista liga-se a um GPCR (receptor acoplado à proteína G), ocorre uma alteração conformacional no receptor que possibilita o acoplamento ao heterotrímero da proteína G. Essa alteração na conformação faz com que o fator de troca de nucleotídeos de guanina (GEF) induza a troca de GDP por GTP na subunidade α. (wikipedia.org)
  • normalmente
  • Um pró-hormônio refere-se a um precursor comprometido de um hormônio, normalmente tendo um efeito hormonal mínimo por si próprio, mas sim circulando na corrente sanguínea como um hormônio em uma forma inativada, pronto para ser "ligado" (ativado) posteriormente por uma modificação pós-traducional. (wikipedia.org)
  • Esses marcadores específicos sinalizam que a proteína normalmente se encontra no RE em estado estacionário e, logo, não deve ser endereçada para outros domínios celulares pela região trans do Aparato de Golgi, mas sim retornar pelas cisternas cis ao seu local de origem. (wikipedia.org)
  • celular
  • A proteína p53, (já foi "molécula do ano", é conhecido como o guardião do DNA) de crucial importância para a manutenção da integridade do material genético e para o bom andamento do ciclo celular, possui 18 sítios de fosforilação. (wikipedia.org)
  • A proteína G, junto com seu receptor transmite sinais de hormônios e neurotransmissores, controlando o metabolismo da maquinaria celular, como a contração, a transcrição e a secreção. (wikipedia.org)
  • receptor
  • A função desta proteína é discutida, mas poderia ser um receptor de superfície. (unicamp.br)
  • Quanto ao mecanismo da ativação gerada pela adrenalina, descobriu-se que quando a mesma liga-se ao seu receptor, este então ativa uma proteína G, finalmente ativando a enzima adenilato ciclase, que converte ATP (adenosina trifosfato) em cAMP (monofosfato cíclico de adenosina). (wikipedia.org)
  • acordo com
  • Os ratos que foram modificados geneticamente para não produzir uma versão da enzima não produziram proteína amilóide, de acordo com o Dr. Philip C. Wong, da Johns Hopkins University, em Baltimore, Maryland. (boasaude.com.br)
  • seja
  • O termo COP II se refere a um complexo de proteínas que atua no brotamento de vesículas constitutivas da via anterógrada, ou seja, originadas no Retículo Endoplasmático e endereçadas ao Aparato Golgiense. (wikipedia.org)
  • organismo
  • Os aminoácidos que o organismo não é capaz de sintetizar por si próprio são denominados aminoácidos essenciais e devem ser obtidos pelo consumo de alimentos que contenham proteínas, as quais são transformadas em aminoácidos durante a digestão. (wikipedia.org)
  • corpo
  • Se não como carne, nem soja, nem leite, nem ovos, onde posso conseguir as proteínas que meu corpo necessita? (blogspot.com)
  • Quando o corpo não recebe as quantidades de proteínas necessárias verifica-se insuficiência e desnutrição proteica, a qual pode provocar uma série de doenças, entre as quais atraso no desenvolvimento em crianças ou kwashiorkor. (wikipedia.org)
  • As proteínas são nutrientes essenciais ao corpo humano. (wikipedia.org)
  • aumento
  • Alguns marcadores biológicos do stress oxidativo são a presença de danos característicos das espécies reactivas de oxigénio e o aumento da quantidade de espécies oxidadas como o NAD+ ou ligações dissulfureto em proteínas. (wikipedia.org)
  • 1) A perda completa da pRb não causa imediatamente o aumento da proliferação de células da retina ou de outros tipos celulares - em parte porque a Cdhl e as CKIs também ajudam a inibir a progressão para a fase G1 e em parte porque outros tipos celulares contêm proteínas relacionadas à Rb que funcionam como uma cópia de segurança na ausência da Rb. (wikipedia.org)
  • foram
  • As proteínas G foram descobertas quando Alfred G. Gilman e Martin Rodbell tentavam desvendar como a adrenalina estimulava as células. (wikipedia.org)
  • processo
  • E sabe-se que as proteínas a serem transportadas, nos dois sentidos das vias secretoras, apresentam uma sequência de aminoácidos sinalizadoras de sua destinação, caracterizando esse processo como seletivo. (wikipedia.org)
  • geral
  • Em geral, esta proteína é composta de correntes de aminoácidos que é criada pela célula secretadora de hormônio antes que qualquer mudança tenha sido feita a ela. (wikipedia.org)
  • produzir
  • Nossa pesquisa mostra que ratos incapazes de produzir a enzima-chave, BACE1, não produzem a proteína amilóide nas células nervosas", disse Wong. (boasaude.com.br)
  • encontradas
  • NOVA YORK (Reuters Health) - Cientistas identificaram uma enzima-chave responsável pela produção de amilóide, proteína que forma as placas encontradas no cérebro dos pacientes com doença de Alzheimer. (boasaude.com.br)
  • alfa
  • Esta provoca a diarreia por meio do grande influxo de íons cloreto e água, esse quadro clínico é resultado da inibição de uma enzima que faz a transferência da ADP-ribose do NAD+ para a subunidade alfa da proteína Gs, o que impossibilita a hidrólise do GTP mantendo-o no estado ativo estimulando indefinidamente a adenilil-ciclase, aumentando os níveis de cAMP. (wikipedia.org)
  • efeito
  • Esses sintomas são provavelmente causados pelo efeito tóxico dos precursores de porfirina, o ácido δ-aminolevulínico (ALA) e porfobilinogênio (PBG). (wikipedia.org)
  • medula
  • É uma citocina (molécula de sinalização de proteína) para eritrócitos (glóbulos vermelhos) precursores da medula óssea. (wikipedia.org)
  • Actua sobre as células eritroblásticas da medula óssea, isto é, as células precursoras dos glóbulos vermelhos por intermediação de receptores específicos. (wikipedia.org)
  • radical
  • Ver artigo principal: peróxido de hidrogénio O peróxido de hidrogénio (H2O2) não é, por si só, muito reactivo, mas é o precursor directo do radical hidroxilo, a espécie reactiva de oxigénio mais perigosa que se conhece. (wikipedia.org)
  • necessita
  • A grande maioria dos aminoácidos está disponível na dieta humana, pelo que uma pessoa saudável com uma dieta equilibrada raramente necessita de suplementos de proteínas. (wikipedia.org)
  • participam
  • COPs, ou coatómeros (português europeu) ou coatômeros (português brasileiro), são proteínas que participam da formação de vesículas membranosas no interior das células, no início das vias secretoras. (wikipedia.org)
  • enzima
  • A questão crucial tem sido qual enzima, BACE1 ou BACE2, é responsável pela produção da proteína amilóide no cérebro", disse Wong à Reuters Health. (boasaude.com.br)
  • M. Rodbell propôs a existência de um intermediário entre a proteína transmembrana receptora e a enzima amplificadora intracelular responsáveis pela transdução deste sinal. (wikipedia.org)
  • Esta classe de proteína G é do tipo estimulatória, responsável pela ativação da adenilato ciclase, enzima catalisadora da reação de conversão do ATP em cAMP. (wikipedia.org)
  • vias
  • Síntese de ribonucleótidos, aminoácidos e precursores dos lípidos partindo de uma rede de vias protometabólicas comum. (astropt.org)