• fraturas
  • Esses processos controlam o formato e a substituição de ossos após danos como fraturas, mas também controlam micro-lesões, que ocorrem durante atividades normais. (wikipedia.org)
  • Fraturas podem ocorrer aleatoriamente a todas as pessoas, mas há uma maior incidência em certos grupos específicos, tal como em mulheres após a menopausa , devido à osteoporose (diminuição da densidade do osso pela menor produção de hormônios estrogênicos) e em idosos, devido ao maior número de quedas e à fragilidade óssea e muscular. (fisioterapia.com)
  • Os traumatismos que incidem sobre os ossos com forças superiores a sua capacidade de deformação são as causas mais frequentes de fraturas. (fisioterapia.com)
  • Isso acontece, sobretudo, em quedas, pancadas e acidentes, mas há também fraturas que ocorrem devido a impactos mínimos ou até espontaneamente, chamadas fraturas patológicas, as quais se devem a um anormal enfraquecimento dos ossos, devido à osteoporose ou a tumores ósseos . (fisioterapia.com)
  • Fraturas traumáticas: representam a maioria das fraturas e são causadas pela aplicação sobre o osso de uma força maior que sua resistência. (fisioterapia.com)
  • Fraturas patológicas: muitas vezes ocorrem espontaneamente ou em razão de traumatismos mínimos sobre um osso previamente fragilizado por osteoporose ou por um tumor ósseo . (fisioterapia.com)
  • Fraturas simples: apenas o osso é atingido e não há perfuração da pele ou lesão de outras estruturas adjacentes. (fisioterapia.com)
  • Fraturas expostas: a pele é rompida e o osso fica exposto ao exterior. (fisioterapia.com)
  • Fraturas complicadas: quando são atingidas outras estruturas além dos ossos, como vasos sanguíneos , nervos, músculos , etc. (fisioterapia.com)
  • Usa-se chamar de politraumatizado ao paciente que tenha sofrido ao mesmo tempo várias fraturas num mesmo ou em diversos ossos. (fisioterapia.com)